ivosilva

Trabalhador dependente, com actividade paralela

13 publicações neste tópico

Boa tarde.

Antes de mais, sou novo neste fórum. Encontrei-o ao tentar encontrar respostas a algumas das questões que tenho.

Os conhecimentos de finanças/impostos/legislação que possuo são na óptica do consumidor e trabalhador dependente, e mesmo assim são reduzidos.

Como disse, sou trabalhador dependente. No entanto tenho equacionado a criação de um negócio paralelo, em que eu e a minha namorada (ambos empregados) poderiamos trabalhar juntos numa área que vai mais de encontro à nossa formação.

Pretendemos manter os nossos empregos, e tentar a sorte.

Pensamos aderir à "Empresa na Hora", mas não temos os 5.000 euros para o Capital Social inicial.

O que pensei foi o seguinte:

Tenho recibos verdes, pois dou workshops e faço alguns trabalhos esporádicos. Estou isento de IVA e faço sempre retenção na fonte. É possível criar/comprar uma Marca e associá-la ao meu negócio? É possível também criar facturas personalizadas com o nome e logotipo da minha marca, e passar estas facturas em vez dos recibos verdes (que além de feios, não vão de encontro à imagem que pretendo passar com esta actividade)? Caso afirmativo, como faço em relação ao IVA dos serviços que presto? E a retenção na fonte? Continuo a fazer e faço essa indicação na factura? Nessas facturas personalizadas, terei de lá colocar o meu nome ou basta a marca e o meu NIF?

Peço desculpa se são dúvidas básicas ou já respondidas, mas fiz uma pequena pesquisa e não encontrei nada específico que respondesse a estas perguntas. E os meus conhecimentos na área são nulos.

Cumprimentos,

Ivo Silva

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pensamos aderir à "Empresa na Hora", mas não temos os 5.000 euros para o Capital Social inicial.

Podem sempre abrir uma Sociedade em Nome Colectivo ( http://www.iapmei.pt/iapmei-art-03.php?id=478 ) , embora não tenha a certeza se é possível fazê-lo na empresa na hora.

Tenho recibos verdes, pois dou workshops e faço alguns trabalhos esporádicos. Estou isento de IVA e faço sempre retenção na fonte. É possível criar/comprar uma Marca e associá-la ao meu negócio? É possível também criar facturas personalizadas com o nome e logotipo da minha marca, e passar estas facturas em vez dos recibos verdes (que além de feios, não vão de encontro à imagem que pretendo passar com esta actividade)? Caso afirmativo, como faço em relação ao IVA dos serviços que presto? E a retenção na fonte? Continuo a fazer e faço essa indicação na factura? Nessas facturas personalizadas, terei de lá colocar o meu nome ou basta a marca e o meu NIF?

Podes associar uma marca ao teu negócio. E embora não possas passar facturas (só as empresas podem passar facturas) em vez dos recibos verdes podes passar notas de honorários. É um documento sem qualquer valor para o fisco, mas é uma hipótese... Nessa notas de honorários podes colocar o que quiseres, embora o ideal seja colocar tudo o que colocas no recibo verde (incluindo o teu nome e NIF) e adicionares a marca.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pensamos aderir à "Empresa na Hora", mas não temos os 5.000 euros para o Capital Social inicial.

Os 5000€ só são precisos ter no dia que abres a empresa - podes levantá-los logo a seguir...

Até conheço quem tenha pedido o dinheiro emprestado ao banco, aberto a empresa e pago o empréstimo no dia seguinte...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Os 5000€ só são precisos ter no dia que abres a empresa - podes levantá-los logo a seguir...

Até conheço quem tenha pedido o dinheiro emprestado ao banco, aberto a empresa e pago o empréstimo no dia seguinte...

Embora possas fazer isso não é recomendável. A partir do momento em que depositas o dinheiro o mesmo passa a ser o activo da empresa. Se o utilizas para reembolsar uma dívida de uma pessoa (ainda que seja o sócio), então o sócio fica em dívida para com a empresa, o que, no limite, nem agrada às Finanças, visto que é uma forma de retirar dinheiro da empresa por uma via que não a dos dividendos ou remunerações.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Constituir uma sociedade em nome colectivo acho que não é aconselhável. A responsabuilidade é ilimitada e solidária, o que pode ser perigoso. Só tem a vantagem de não ser necessário capital mínimo.

Embora não tenha a certeza absoluta acho que não se podem constituir na "Empresa na Hora".

Relativamente à marca não percebi bem. Queres usar um logotipo nas facturas e recibos? Se sim ,tens que constituir uma empresa, por exemplo unipessoal por quotas, escolheres o logotipo, a firma, etc.....

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado pelas respostas.

É que li (neste, e noutros fóruns e sites) que posso passar facturas, visto que tenho actividade iniciada, desde que utilize software homologado e coloque todas as informações que constam no recibo. Posso sempre passar o recibo normalmente, mas acrescento uma folha de face com os detalhes do serviço prestado no papel customizado da marca.

Onde posso obter mais informação sobre notas de honorário?

Obrigado mais uma vez.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado pelas respostas.

É que li (neste, e noutros fóruns e sites) que posso passar facturas, visto que tenho actividade iniciada, desde que utilize software homologado e coloque todas as informações que constam no recibo. Posso sempre passar o recibo normalmente, mas acrescento uma folha de face com os detalhes do serviço prestado no papel customizado da marca.

Onde posso obter mais informação sobre notas de honorário?

Obrigado mais uma vez.

Atenção, não podes passar facturas. Podes passar notas de honorário (que não têm qualquer valor fiscal ou contabilístico), mas não facturas.

Podes utilizar o modelo de qualquer factura, mas onde disser factura e/ou venda a dinheiro substituis por Nota de Honorário.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Então nesse caso tenho de passar o recibo na mesma, correcto?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Então nesse caso tenho de passar o recibo na mesma, correcto?

Correcto. Podes passar a nota de honorários no final (ou antes, se quiseres que seja tipo orçamento) da prestação de serviços e quando te efectuarem o pagamento passas o recibo verde.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Muito obrigado pelas respostas!

Tenho outra questão relacionada então com os recibos verdes:

Sou trabalhador dependente e recebo, liquidos, mais que 10.000 por ano. O IRS é automaticamente pago pela minha entidade patronal, obviamente.

Esse valor interfere na forma como passo os recibos, ou as contas para a isenção de IVA e IRS nos recibos verdes são independentes da minha actividade profissional permanente?

Exemplo recente:

Dei um workshop de 9 horas, a 50 euros cada hora. Total 450 euros. Foi numa universidade pública que parto do principio terá contabilidade organizada. Neste ano civil será o primeiro recibo que vou passar, e no ano anterior não passei nenhum.

Devo cobrar os 450 euros, sem retençao na fonte nem IVA, ou, tenho de fazer retenção na fonte e cobrar IVA?

Cumprimentos, e obrigado!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Esse valor interfere na forma como passo os recibos, ou as contas para a isenção de IVA e IRS nos recibos verdes são independentes da minha actividade profissional permanente?

As actividades são independentes uma da outra. O tal limite de 10.000€ só diz respeito aos teus rendimentos pela actividade independente.

Podes à mesma cobrar IVA e fazer retenção na fonte se assim o desejares mas até atingires os 10.000€ de volume anual de negócios na actividade independente podes optar por não o fazer...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Óptimo, tudo esclarecido então!

Muito obrigado pelas respostas.

Cumprimentos!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas.

Estive e ler com muita atenção as perguntas e respostas anteriores, mas fiquei com uma duvida:

Se vender vários artigos a uma empresa ou comerciante posso passar recibo verde com descrição pormenorizada do que vendi?

Caso seja possivel onde escrevo essas informações?

Caso não seja possivel como faço então?

Obrigádo desde já pela ajuda.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead