sinbad

Seguro de Vida

22 publicações neste tópico

Bom dia,

tenho andado a pensar fazer um Seguro de Vida que em caso (da minha) morte garanta à minha mulher e filhos a manutenção do estilo de vida. Há muitas situações em que a morte precoce de um dos mmbros do casal deita abaixo toda uma vida (dos que cá ficam) fazendo com que se tenha de vender a casa, carro, ... acrescentando ruína financeira à dor da perda. Por este motivo tenho andado a pensar no assunto.

Tenho no entanto algumas questões para as quais muito agradecia a vossa ajuda/opinião:

- gostaria de saber se já pensaram neste assunto, se vos parece importante ou um exagero da minha parte? Quais as vossas experiencias pessoais sobre o assunto?

- se sabem se as indemnizações (em caso de seguro de Vida) que venham a receber o beneficiarios do Seguro, são objecto de tributação ou se pelo o contrário são isentas de impostos?  Por exemplo se eu faço um seguro de Vida que em caso de morte paga 100k eur, se esse valor será o que efectivamente o beneficiário irá receber, ou se pelo contrário o Estado vai aí buscar alguma parte?

- por fim, quais serão as melhores seguradoras para este tipo de Seguro? têm alguma sugestão que me possam dar?

Desde já muito Obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Apenas posso contribuir com 3 informações:

- Se tiver um Crédito à Habitação (CH), é natural que tenha um seguro de vida associado enquanto durar o CH.

- Se não tem CH, poderá procurar no seu banco ou um consultor financeiro (O CFinanceiro, por exemplo, também deve tratar destes casos!...) o melhor produto relacionado com seguros de vida e comparar no site do ISP (http://www.pedropais.com/forum/index.php/topic,2121.0.html).

- Em 2010 são dedutíveis à colecta de IRS 25% dos prémios pagos relativos às coberturas de Morte e Invalidez, com o limite de 65 EUR por sujeito passivo e 130 EUR por casal (limites aplicáveis também à cobertura Poupança Vida, a qual está sujeita aos requisitos legais dos seguros de capitalização para ter benefício fiscal). Estes limites estão previstos no Orçamento de Estado para 2010. No entanto, é possível que no decurso do ano fiscal venham a ocorrer alterações em sede de benefícios fiscais...

Observação: Em tempos, fiz um tópico sobre uma nova companhia de seguros (creio que é francesa), que estabelece contratos com os clientes sem atender à idade. Se efectuar uma pesquisa pelo fórum, pode ser que encontre o dito tópico. Eu não estou a conseguir e o tempo começa a apertar!...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado JRibeiro,

Queria apenas clarificar os seguintes pontos:

-> o Seguro de Vida que pretendo fazer não está relacionado com o Crédito à Habitação (CH). De facto tenho um CH (que tem seguro de Vida associado) mas em caso de morte o que acontece? Acontece que a casa fica paga (o CH desaparece), mas isso em nada cumpre o meu objectivo: que a minha mulher/filhos tenham (alem da casa paga) dinheiro que lhes permita viver. E com este objectivo em mente a unica forma é a constituição de um Seguro de Vida adicional.

-> relativamente à questão dos impostos a minha questão tem a ver, não com o tratamento fiscal dos prémios, mas com o tratamento fiscal em caso de ocorrência da Indemnização. Ou seja, não é uma questão de saber se posso deduzir os premios que gasto com o Seguro de Vida em sede de IRS, mas saber se caso a Seguradora tenha de pagar ao beneficiario uma Indemnização, se essa indemnização será sugeita a Tributação ou não.

Obrigado mais uma vez.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Posso lhe ver preço para o seguro vida mesmo sem estar associado ao crédito. Qual é a sua data de nascimento?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Junho de 1975. Obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Junho de 1975.

Muito previdente!...  ;)

O tópico que referi à pouco era este:

Novos seguros de saúde não ligam à idade: http://www.pedropais.com/forum/index.php/topic,2120.0.html

Mas atendendo à sua idade e ao tipo de seguro que pretende, para já este está afastado!...  :)

Relativamente aos impostos, aquilo que sei até ao momento, disponibilizei neste tópico (e já precisa de actualizar as taxas!...):

Formas de poupar no IRS em 2010: http://www.pedropais.com/forum/index.php/topic,3018.0.html

No entanto, parece-me que até ao final do ano, ainda vamos ter muitas novidades a esse respeito!...  :o

Enquanto o CFinanceiro elabora a pesquisa pelo melhor produto ao melhor preço, deixo este link sobre seguros de vida, que o pode elucidar: http://www.zurich.com/portugal/particulares/vida/Seguros+de+vidas/protec%C3%A7ao_vida_zurich.htm#cober

Cumps

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Junho de 1975. Obrigado.

Começa em 17€/Mês e no 20º ano 93€/Mês. Mas depois pode colocar outras coberturas como de doenças graves ou acidente de viação que duplica o seguro pago aos herdeiros...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia, CFinanceiro.

Quais são as coberturas: Morte e Invalidez Total e Permanente, ou só Morte?

e qual seria a seguradora?

obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Morte e Invalidez absoluta e definitiva. Liberty, quando faz pouca diferença opto sempre pela Liberty tem os níveis de satisfação dos clientes sempre muito acima da média

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Complementando as informações passadas, informo que os benefício pagos por Morte por qualquer causa, Invalidez e Doenças são isentas de tributação.  O valor é depositado totalmente livre de taxas ou encargos.

Outro porto a salientar é que existe no mercado Seguros de Vida Vitalícios e/ou resgatáveis, que são bem interessantes.

Ressalto a seguradora Norte Americana Prudential Financial.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa Tarde,

queria reactivar este tópico.

Alguém me consegue dar cotações de Seguros de Vida para as seguintes coberturas:

Coberturas: Cobertura Vida + Invalidez Total e Permanente

Capital: 100.000

dtNascimento: Jun 1975

Pagamento de Prémio Anual (não fraccionado)

Alternativa 1) Seguro Anual com renovação (prémio varia de ano para ano)

Alternativa 2) Seguro váido por 10 Anos (prémio Anual constante - não varia durante os 10 anos).

Obrigado,

sinbad

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa Tarde,

queria reactivar este tópico.

Alguém me consegue dar cotações de Seguros de Vida para as seguintes coberturas:

Coberturas: Cobertura Vida + Invalidez Total e Permanente

Capital: 100.000

dtNascimento: Jun 1975

Pagamento de Prémio Anual (não fraccionado)

Alternativa 1) Seguro Anual com renovação (prémio varia de ano para ano)

Alternativa 2) Seguro váido por 10 Anos (prémio Anual constante - não varia durante os 10 anos).

Obrigado,

sinbad

Boa tarde,

Segue simulação para a Alternativa 1

Se for um seguro de vida ligado a crédito habitação com capital decrescente conforme amortização - 191,20€

Se for um seguro de vida para protecção pessoal - 201,59€

Cumprimentos,

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Gostaria de tirar uma dúvida relativamente a seguros de vida associados aos CH.

Se uma pessoa de 36 anos tiver uma casa há cerca de 6 anos, a casa estiver apenas em seu nome, no valor de 85.000€ estiver de baixa há mais de 2 anos e meio e com riscos de ser reformada por invalidez, a casa fica paga através do seguro, devendo ainda a pessoa ao banco cerca de 77000€? ???

Aguardo respostas. Obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Esqueci-me de dizer que a pessoa tem Seguro Vida em caso de morte e de invalidez. O seguro diz que em caso de invalidez os beneficiários são:

Pelo capital em divida com o limite do capital seguro: irrevogavel a favor da CGD, SA

Pelo eventual remanescente para o capital seguro: pessoa segura...

Se a pessoa conseguir reforma por invalidez com 36 anos de idade e tendo 95% do capital em divida, fica com a casa paga???

obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Biatrice,

Para que o empréstimo que tem fique liquidado a invalidez tem de ser igual ou superior à que tem contratada no seguro de vida com o banco.

Exemplo 1

Invalidez 40%

Invalidez contratada no seguro - 75%

O empréstimo não fica pago e o seguro não pode ser acccionado.

Exemplo 2

Invalidez 80%

Invalidez contratada no seguro - 75%

O empréstimo  fica pago e o seguro pois o seguro pode ser acccionado :blank:

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigada, Sandra Calejo, mas acho que a CGD só tem seguros por invalidez total e permanente por doença (grau igual ou superior a 66,66%) ou por invalidez total e permanente por acidente (grau igual ou superior a 50%), pelo que me parece aqui nos papéis da pessoa em questão...

O que entendo é que se houver algum acidente, e a pessoa ficar com invalidez de grau superior a 50%, o seguro paga e o empréstimo fica liquidado.

Se não houver nenhum acidente a registar, se for só por invalidez total ou permanente por doença, a pessoa tem de ter um grau de invalidez superior a 66,6%, para que o seguro pague e o empréstimo fique liquidado...

Não sei se sendo baixas consecutivas de foro psiquico o grau de incapacidade atinja esses valores, não sei...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Segundo o site da Caixa Geral de depósitos no que diz res`peito aos seguros de vida copio:

"Os riscos de Invalidez Total e Permanente não se encontram cobertos quando devidos a:

a. Doenças resultantes do consumo de bebidas alcoólicas, do uso de produtos tóxicos, de drogas ou de estupefacientes fora de prescrição médica;

b. Patologias do foro psíquico, salvo se verificadas ininterruptamente por um período mínimo de 2 anos. "

Link: https://www.cgd.pt/Particulares/Casa/Seguros/Documents/Principais-Exclusoes-Caixa-Seguro-Vida.pdf

Assim sendo e pelo que refere as baixas já duram há um ano e meio. Já lhe foi dado algum grau de invalidez?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Segundo o site da Caixa Geral de depósitos no que diz res`peito aos seguros de vida copio:

"Os riscos de Invalidez Total e Permanente não se encontram cobertos quando devidos a:

a. Doenças resultantes do consumo de bebidas alcoólicas, do uso de produtos tóxicos, de drogas ou de estupefacientes fora de prescrição médica;

b. Patologias do foro psíquico, salvo se verificadas ininterruptamente por um período mínimo de 2 anos. "

Link: https://www.cgd.pt/Particulares/Casa/Seguros/Documents/Principais-Exclusoes-Caixa-Seguro-Vida.pdf

Assim sendo e pelo que refere as baixas já duram há dois anos e meio. Já lhe foi dado algum grau de invalidez?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Segundo o site da Caixa Geral de depósitos no que diz res`peito aos seguros de vida copio:

"Os riscos de Invalidez Total e Permanente não se encontram cobertos quando devidos a:

a. Doenças resultantes do consumo de bebidas alcoólicas, do uso de produtos tóxicos, de drogas ou de estupefacientes fora de prescrição médica;

b. Patologias do foro psíquico, salvo se verificadas ininterruptamente por um período mínimo de 2 anos. "

Link: https://www.cgd.pt/Particulares/Casa/Seguros/Documents/Principais-Exclusoes-Caixa-Seguro-Vida.pdf

Assim sendo e pelo que refere as baixas já duram há um ano e meio. Já lhe foi dado algum grau de invalidez?

sandracalejo

Obrigado pelas respostas.

A pessoa já está de baixa há 2 anos e meio seguidos (como referi no meu 1º comentário aqui neste tópico), ou seja, já se enquadra naquelas ciscunstancias que menciona acima. Não sei se realmente lhe foi dado algum grau de invalidez mas presumo que para doenças de foro psiquico não haja um grau de invalidez tão elevado (superior a 66,6%) ou há??

A pessoa pediu opinião mas isso são coisas "tão pessoais" que não sei se já tem algum grau de invalidez...

Isso diz onde? Nos relatórios médicos das renovações das baixas?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O grau de invalidez é determinado por um médio delegado de saúde numa "junta médica". É um ato pago (50€) e é determinada a incapacidade ou invalidez mediantes vários critérios. As baixas não emitem uma invalidez.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O grau de invalidez é determinado por um médio delegado de saúde numa "junta médica". É um ato pago (50€) e é determinada a incapacidade ou invalidez mediantes vários critérios. As baixas não emitem uma invalidez.

ddascaldas

Sim, eu sei que é determinado pelo delegado de saude numa junta médica mas existem baixas de for psiquico com mais de 66,6% de invalidez???

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Essa situação só mesmo o delegado de saúde pode aferir. Fora deles é especulação, pois os critérios são determinados no âmbito da consulta.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead