Jonsi

Compra/encomenda sofá - agora está a outro preço (saldos)

17 publicações neste tópico

Bom dia.

Pois bem, a minha questão se calhar não tem "muito por onde se lhe pegar", mas deixo aqui a questão no fórum caso algum dos utilizadores já tenha passado por isso ou saiba se existe algo que possa fazer.

Comprei um sofá. Aliás, encomendei o sofá. A encomenda que ocorreu no fim do mês de Junho pressuponha um determinado preço, uma promoção que estavam a fazer naquele sofá em que a encomenda teria que ser feita até ao final do mês de Junho. Questionei a vendedora se o sofá não iria entrar em saldo, ao que ela me respondeu que não uma vez que o mesmo já tinha uma promoção associada. Tive que dar uma entrada para o sofá, sofá esse que só me irão entregar no fim do mês de Outubro, possivelmente inicio mês de Novembro.

Entretanto chamaram-me agora à atenção de que o mesmo sofá está em saldo!! O preço do mesmo baixou cerca de 400 euros! Fiquei e ainda estou um pouco parvo com a baixa de preço e com o facto do mesmo ter entrado em saldo quando a vendedora me confirmou que este não iria entrar.

A minha questão, que deixo aqui no fórum, é se existe alguma forma ou algo em que possa pegar para tentar baixar do preço da encomenda que fiz. Penso que não, só com conversa na loja talvez consiga que me baixem o preço, algo que pretendo fazer este fim de semana.

Em todo o caso se souberem de algo em que possa efectivamente "reclamar" pela alteração do preço, agradecia que me dissessem.

Obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

E já pagaste o sofá?

Na totalidade não. Tive que dar uma entrada de 500€.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom, a verdade é que eles são relativamente livres de mudar o preço. Claro que podes pedir para te baixarem o preço (especialmente porque te "prometeram" que o produto não ia entrar em saldos) e, se a loja tiver a mínima atenção aos clientes, baixará o preço. Se a coisa der para o torto podes fazer uma de duas coisas:

1 - Esqueces a encomenda (ficas a arder com €500, mas que na prática são só €100) e chateias um bocado os gajos;

2 - Tentas ver junto do instituto do consumidor e/ou deco se há alguma coisa que possas fazer.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pode tentar saber se a empresa tem a politiva de devolução, em 15 dias por exemplo. Aí devolve e volta a comprar, ou como já informaram, tenta explicar pode pode ir por aí e assim deduzirem o preço.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Comprei um sofá. Aliás, encomendei o sofá. A encomenda que ocorreu no fim do mês de Junho pressuponha um determinado preço, uma promoção que estavam a fazer naquele sofá em que a encomenda teria que ser feita até ao final do mês de Junho. Questionei a vendedora se o sofá não iria entrar em saldo, ao que ela me respondeu que não uma vez que o mesmo já tinha uma promoção associada. Tive que dar uma entrada para o sofá, sofá esse que só me irão entregar no fim do mês de Outubro, possivelmente inicio mês de Novembro.

Entretanto chamaram-me agora à atenção de que o mesmo sofá está em saldo!! O preço do mesmo baixou cerca de 400 euros! Fiquei e ainda estou um pouco parvo com a baixa de preço e com o facto do mesmo ter entrado em saldo quando a vendedora me confirmou que este não iria entrar.

A minha questão, que deixo aqui no fórum, é se existe alguma forma ou algo em que possa pegar para tentar baixar do preço da encomenda que fiz.

... se souberem de algo em que possa efectivamente "reclamar" pela alteração do preço, agradecia que me dissessem.

Deve ser um sofá e peras, para encomendar em Junho e só estar pronto 5 meses depois (parece-me que 1 mês ou 1 mês e meio, seria o ideal)!...  :o

Ao pagares o sinal de 500€, deves ter recebido uma nota de encomenda. Está algo escrito sobre devolução de artigos ou outros?

De facto, e dependendo da "loja" (se foi numa grande superfície ou no comércio tradicional), eles não são obrigados a devolver o sinal. Algumas lojas fazem-no, num prazo de 15 dias a 30 dias por cortesia.

No entanto, parece-me que tens argumentos (destaquei a negrito ou sublinhado) para tentares baixar o preço do sofá. A falar é que nos entendemos!...  ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia.

Obrigado pelas dicas.

Ao pagar o sinal recebi uma nota de encomenda, no entanto não está lá nada escrito sobre a devolução. Ontem andei a tentar ver se tinham lá alguma coisa escrita mas nada.

O sofá não é por aí além, o facto de demorar tanto tempo é que irá demorar mais porque pedi o estofo ortopédico e como isso representa uma minoria nos sofás por eles vendidos irá demorar mais do que o estofo tradicional. Atenção que pelo facto de ter pedido estofo ortopédico não implica um maior custo do que o tradicional. Os valores são iguais. A loja, posso aqui revelar o nome, é a Divani.

O que vou fazer no sábado ou domingo é falar com a vendedora e tentar que ela baixe o preço argumentando com a questão de que ela me assegurou que não iam fazer saldos no sofá. Aliás, quando a questionei ela até me disse que nunca fazem saldos nos sofás, só nos artigos de decoração (isto veio à conversa porque gostei lá dumas peças e perguntei-lhe se estas também não entrava em saldo, ao que ela me disse que não, que os artigos de decoração ficam em saldo após dia 15 de Julho, mas os sofás não).

Acho que se não for pela conversa não tenho outra forma de conseguir baixar o preço. Não me parece que metendo a Deco ao barulho resolva alguma coisa..

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Na nota de encomenda não refere o prazo para entrega do bem?

Se referir e já estiver ultrapassado diz que o bem já não te interessa e que queres resolver o contrato.

Claro que eles vão alegar que o atraso não é culpa deles, que foi o fornecedor que ficou sem matéria prima, que as transportadores estiveram de greve... mas é uma hipótese, embora primeiro fosse melhor tenatres falar com eles a bem e verificar se eles não reduzem o preço.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Na nota de encomenda refere o prazo. Não sei ao certo o dia mas é para fim de Outubro.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Essa situação do prazo será "discutida" apenas em Novembro assim como eventuais defeitos ou alterações ao pedido efectuado. Nessa altura, e com base nestas razões há motivo para entrar em contacto com a defesa do consumidor se e só se a Divanis se recusar a corrigir a situação ou a devolver o dinheiro. Antes disso e uma vez que não deve ter passado ainda um mês desde a nota de encomenda, aconselhava o Jonsi a "dialogar" por forma a a fazer sentir na vendedora que se sente lesado pelo que ela disse. Provavelmente, ela trabalha a comissão e não deverá querer ver reduzida a sua, mas se repartirem, em vez de obter os 400€ da redução se obtiver 200€, creio que já seria um bom negócio e o Jonsi não se sentiria tão lesado, ou não será assim?  ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim, sem dúvida.

É que provavelmente se não me tivessem sequer avisado nem dava conta que o sofá tinha entrado em saldo, sendo que nem era suposto ter entrado. Convenhamos que ainda é bastante dinheiro...

Vou falar com a vendedora e depois reporto  :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bem lá falei com a vendedora e não me deu resposta pois disse que teria que falar com o gestor comercial, só ele poderia resolver isso, sendo que entretanto me disse que o sofá que entrou em saldo, apesar de ser igual ao que encomendei só poderá ser com o estofo normal (eu pedi com estofo ortopédico, sendo que na altura que encomendei o preço era o mesmo sendo ortopédico ou normal). Segunda parece entrou em saldo porque têm um stock grande e então decidiram fazer um valor mais baixo, e daí ter entrado em saldo. Além disso até têm prazo de entrega do sofá para Agosto (no meu caso só para o fim de Outubro).

Fiquei a pensar no assunto durante o fim de semana, se valia a pena a diferença ou não, o ter estofo normal ou estofo ortopédico (segundo me disseram, quem já tem sofás Divani, que após uns anos o sofá com estofo normal começa a "afundar" muito, e que a melhor opção é ortopédico porque vai afundar um pouco mas fica como um com estofo normal novo). Sendo que estava inclinado para o ortopédico, a diferença em termos monetários ainda é bastante.

Hoje telefonaram a informar que mesmo que queira com estofo normal (os únicos que estão em saldos) não podem fazer essa alteração de valor porque encomendei o sofá antes da altura dos saldos.

Em parte era um pouco o que estava a pensar que iria acontecer, e em parte estava a optar pelo ortopédico, e sendo assim nunca poderia aproveitar o saldo que existe agora no sofá. No entanto esperava uma outra resposta, do género a dar-me opção caso pretendesse um com estofo normal, porque isto me leva a pensar que se tivesse encomendado um com estofo normal também não me iria baixar o preço e nesse caso ficaria mesmo chateado...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Quanto tempo já passou desde que deu o sinal?

Se for superior a um mês e atendendo ao que lhe disseram, parece-me que não há grande possibilidade de haver um abatimento ao preço acordado antes do início dos saldos, e nem a devolução do sinal.

Quando muito poderia pedir o livro de reclamações para expor a situação da vendedora lhe ter dito que aquele sofá nunca baixaria de valor, e como forma de pedir a devolução do sinal!...

Assim sendo, resta aguardar por Outubro para verificar se recebe o sofá de acordo com as suas pretensões!...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Passou quase um mês desde que fiz a encomenda.

Deu-me a parecer que a vendedora não sabia que o preço se iria alterar ou que o sofá fosse entrar em saldos. Em todo o caso estava à espera que uma empresa como a Divani tivesse maior atenção face ao cliente numa situação destas. Mas compreendo perfeitamente que nada possa fazer.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Passou quase um mês desde que fiz a encomenda.

Deu-me a parecer que a vendedora não sabia que o preço se iria alterar ou que o sofá fosse entrar em saldos. Em todo o caso estava à espera que uma empresa como a Divani tivesse maior atenção face ao cliente numa situação destas. Mas compreendo perfeitamente que nada possa fazer.

Há uns tempos comprei um aparelho na Worten e passado cerca de 20 dias o mesmo apresentava um problema. Fui à loja, relatei o sucedido e não só me trocaram o aparelho na hora por outro (apesar do período de troca normal ser de 15 dias) como ainda me devolveram algum dinheiro porque entretanto o aparelho tinha baixado de preço. É uma filosofia diferente de trabalho daquela que a Divani pratica.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim, sem dúvida.

Eu tive algo semelhante na Worten aqui há uns dias e o comportamento deles foi excepcional.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim, sem dúvida.

Eu tive algo semelhante na Worten aqui há uns dias e o comportamento deles foi excepcional.

E eu tive algo parecido num oculista (http://www.pedropais.com/forum/index.php?topic=3192.0), e resolvi o assunto favoravelmente em diálogo sereno. Até fiquei com a ideia que me iam devolver o sinal caso eu insisti-se que não estava satisfeito!...  ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Para deixar um comentário é necessário estar registado

Criar uma conta

Registe uma conta nova na nossa comunidade. É fácil!


Registar uma conta nova

Entrar

Já está registado? Entre aqui.


Entrar agora