rfsp85

Despedir-me sem dar os dois meses a entidade empregadora

12 publicações neste tópico

Boa noite,

Eu estou efectivo, gostaria de saber se tenho algum tipo de penalização se sair sem dar os dois meses a entidade empregadora.

Penso que perco os meus direitos, mas tenho que pagar alguma indemnização?

Agradecia alguns esclarecimentos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Do código do trabalho: "O trabalhador que não cumpra, total ou parcialmente, o prazo de aviso prévio estabelecido no artigo anterior deve pagar ao empregador uma indemnização de valor igual à retribuição base e diuturnidades correspondentes ao período em falta, sem prejuízo de indemnização por danos causados pela inobservância do prazo de aviso prévio ou de obrigação assumida em pacto de permanência. "

Ou seja, no mínimo 60 (ou 30) dias de remunerações.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Quanto tempo tens de trabalho na empresa?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

1 ano e 7 meses.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

1 ano e 7 meses.

Pelo que sei, só tens que dar 30 dias. Os 60 dias não se aplicam a ti.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Artigo 400.º

Denúncia com aviso prévio

1 - O trabalhador pode denunciar o contrato independentemente de justa causa, mediante comunicação ao empregador, por escrito, com a antecedência mínima de 30 ou 60 dias, conforme tenha, respectivamente, até dois anos ou mais de dois anos de antiguidade.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado pessoal.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

bom dia pessoal

este e o meu primeiro post aqui no blog ....

desculpem a intrusão mas estou num caso semelhante a este !!

entao e assim ... trabalho e afectivo a 2 anos e 7 meses numa empresa

este ano ainda me faltam gozar 26 dias de ferias que pretendo gozar nas primeiras 3 semanas de agosto!

quando chegar ao trabalho dia 23 no caso queria despedir-me e para nao dar 2 meses queria negociar os

11 dias que me faltam as ferias deste ano e o sub-natal e possivel?? e recebo o ordenado ate ao dia 20 de agosto ??

será justo?? haverá outra forma?? ficarei a perder??

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia. 

  • Eu não sei a quem me dirigir e estou a precisar de ajuda. Já perguntei a todas as pessoas nesta categoria de trabalho mas todas me dizem coisas diferentes.

    Por favor me ajudem... Estou a trabalhar nas limpezas e devido a problemas com a minha chefe e uma colega, a minha saúde psicologica está a ser afetada. Por esses motivos quero me demitir.

    Entrei na empresa dia 01/04/2015 e o contrato acabou dia 30/9/2015. Mas não gozei os meus 11 dias de ferias (a minha chefe estava a dizer que não tinha direito), mas lá tudo resolvi. O meu problema é que eu quero enviar uma carta para o escritório mas não sei bem ao certo os dias. Estava a pensar enviar a carta amanha. Iria dar os 11 dias à casa e trabalhar até Sexta-feira. É que eu não aguento mais e preciso que alguém me oriente. Por favor, pode me ajudar??? Eu não sei se é correto enviar a carta antes do dia 15 deste mês .

     
     
    Eu muito sinceramente já não aguento aquele ambiente de pressão e desigualdade. Ajudem-me por favor...
  • Desculpem, eu não sei como publicar isto à parte....
  •  

     

     

 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Entrei na empresa dia 01/04/2015 e o contrato acabou dia 30/9/2015.

Portanto, o contrato renovou-se e estás agora num segundo contrato de 6 meses...

Mas não gozei os meus 11 dias de ferias (a minha chefe estava a dizer que não tinha direito), mas lá tudo resolvi.

Segundo a lei o direito a gozar esses dias de férias (não deviam ser 12 - 2 por mês? Artigo 239º do Código do Trabalho) começa após 6 meses do início do contrato ou, tipicamente, imediatamente antes do fim do contrato se este durar menos de 6 meses. Entretanto, e como já mais trabalhaste mais um mês, já tens direito a mais 2 dias de férias; se trabalhares até ao fim deste mês a ainda mais 2, num total de 16 dias de férias...

O meu problema é que eu quero enviar uma carta para o escritório mas não sei bem ao certo os dias. Estava a pensar enviar a carta amanha. Iria dar os 11 dias à casa e trabalhar até Sexta-feira. É que eu não aguento mais e preciso que alguém me oriente. Por favor, pode me ajudar??? Eu não sei se é correto enviar a carta antes do dia 15 deste mês .

Podes enviar a carta quando quiseres, não interessa se é perto do fim ou do início do mês.

De acordo com o artigo 400º, como se trata de um contrato a termo com 6 meses, tens de dar 30 dias de aviso prévio. Se o não fizeres, de acordo com o artigo 401º, tens de pagar os dias que faltarem para os 30 e ainda te podem cobrar eventuais prejuízos (imagina que ficava um trabalho por fazer porque não te conseguiram substituir à pressa - podiam-te exigir o valor desse trabalho perdido).

Quer isto dizer que se denunciares o contrato hoje, dia 10 de Novembro, só cumpres os 30 dias se disseres que pretendes cessar funções no dia 10 de Dezembro. Como nesse caso terias terminado o fim de Novembro e direito aos tais 16 dias de férias, quer dizer que terias de continuar a trabalhar até dia 24 deste mês, mais 2 semanas portanto (convém deixar bem claro na comunicação escrita que pretendes tirar os dias de férias no fim do contrato).

Lê bem os artigos 400º a 403º para ter a certeza que fazes tudo direitinho. Ou, caso não, que estás conscientes das consequências...

1

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Digam-me só se esta informação está atualizada. Trabalho numa empresa à 3 anos. Para me despedir sem dar 2 meses tenho de dar os dois meses de salario?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Citação

Artigo 401.º

Denúncia sem aviso prévio

O trabalhador que não cumpra, total ou parcialmente, o prazo de aviso prévio estabelecido no artigo anterior deve pagar ao empregador uma indemnização de valor igual à retribuição base e diuturnidades correspondentes ao período em falta, sem prejuízo de indemnização por danos causados pela inobservância do prazo de aviso prévio ou de obrigação assumida em pacto de permanência

 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead