Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
Alsf

Caixeira ajudante ou escriturária

2 publicações neste tópico

Ola a todos.

Trabalho à 6 ou 7 anos numa empresa de decoração retalhista(penso que é assim, importamos e vendemos para as lojas). Sempre foi uma empresa pequena, eu estive sempre no escritório a tratar da facturação, pagamentos(recibos) e tudo que engloba serviço de escritório. Nunca vendemos a publico, tinhamos era uma sala de exposição onde raramente poderia ir algum cliente visitar e encomendar. Fazemos feiras para expor os artigos para os lojistas. O meu contacto com o cliente era feito assim ou por telefone. Muitas vezes fui para as feiras ao fim de semana sem receber remuneração por isso, nem a ajuda da gasolina. Alem disso muitas vezes ai para o armazém separar encomendas. A minha função no recibo é caixeira ajudante até hoje. Cheguei a falar 2 vezes ao patrão que não achava bem esta função pois dava a sensação que trabalhava numa loja e nao essa a situação mas ele sempre disse que essa função dava para o que eu fazia. À cerca de um ano ele resolveu abrir uma loja de venda ao publico e juntou o serviço de florista e manteve a revenda na mesma, eu vim com o "meu" escritório para a loja e faço as 2 partes agora, o que fazia antes e o atendimento ao publico. Alem de fazer algumas coisas inerentes à loja, atender o cliente, facturar e receber o dinheiro, fazer o fecho de caixa, e depois faço também coisas  como regar as plantas, ajudar com as flores naturais, lavar vasos e tudo isso. Sempre a reclamar pois acho um abuso.

Mas talvez agora, mais do que nunca "caixeira" esteja adequado às minhas funçoes, embora ainda venha caixeira ajudante, acho que ja deveria estar num nivel bem acima não é?

A minha outra questão é a seguinte: como as coisas estão más, se calhar mais dia menos dia mandam-me para o desemprego e como sempre descontei como caixeira se calhar só me farão ofertas para lojas e eu não gosto nada de lojas, do atendimento ao publico, gosto de trabalhar ao computador e fazer o que sempre fiz até à cerca de um ano. Acham que devo pedir para mudar para escriturária? Apenas para me facilitar as ofertas caso me despeçam. È que ja nem falo em ordenado, porque penso que deve ser equivalente entre o nível que poderei estar e escriturária. . O que acham que faça? E já agora se ele disser que muda, tem de pagar alguma coisa à Segurança Social por isso? E pode-me meter num nível já mais avançado de escriturária(devido aos anos que aqui estou) sem ter d passar pelo escriturária ajudante se é que há essa categoria.

Desculpem o testamento mas tinha de explicar bem.

Obrigado desde já.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

No Boletim do Trabalho e Emprego, n.o 6, 15/2/2009, pode ficar com uma ideia do valor da sua remuneração nas diferentes categorias que fala: http://bte.gep.mtss.gov.pt/documentos/2009/6/04910492.pdf.

Agora, recomendaria alguma prudência na forma como interpela a entidade patronal, pois de um momento para o outro pode ficar sem o seu vencimento!...  :-X

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0