bairro

Mistas do BPI

136 publicações neste tópico

BPI tem uma modalidade chamada MISTAS.

Alguém que sabe dizer em concreto a formula de calculo das mistas...para que eu possa fazer ainda melhor as contas?

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Faz uma simulação e procura o mapa de pagamentos.

Deve ter os valores das várias prestações ao longo da vida do empréstimo.

As fórmulas normais já não são muito simples, estas então obrigam a cálculos mais estranhos. O mais simples é pedir o plano de prestações já pronto.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Comparando com o valor total que irias pagar, pelo emprestimo, é o mesmo que modalidade de prestações com taxa Euribor desde o inicio.

A diferença é que de inicio pagas menos, e o valor vai subindo até aos 10 anos...

No inicio amortizas menos o valor do emprestimo...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

bairro  :)

Por experiência própria, não te metas nas Mistas.

Comprei uma casa através dessa modalidade, passados 2 anos vendi-a, devido às Mistas amortizarem pouco Capital ao inicio, na data da venda quase que devia o mesmo, no entanto, já tinham passado 24 longos meses... >:(

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pipocas,

Para quem tenha dificuldades em pagar as prestações no inicio é uma boa alternativa...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu tenho as mistas, teve mesmo de ser  :P

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

E as mistas só são más para quem quer estar sempre a trocar de casa, ou quem tem mesmo de trocar no primeiro anos do empréstimo...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

bairro  :)

Por experiência própria, não te metas nas Mistas.

Comprei uma casa através dessa modalidade, passados 2 anos vendi-a, devido às Mistas amortizarem pouco Capital ao inicio, na data da venda quase que devia o mesmo, no entanto, já tinham passado 24 longos meses... >:(

Se eu tivesse possibilidades não me punha em mistas. Eu vi bem no plano de pagamentos que é só juros os primeiros anos...

Mas visto que estou a começar a vida preciso do dinheiro agora nos primeiros anos...

Além disso a ideia é logo que as mistas fiquem perto de uma modalidade normal, trocar de imprestimo

A diferença ainda é muito para um plano normal...são cerca de 100€/mês, isso é muito dinheiro.

Logo que a minha situação profissional fique mais favorável, pois neste momento ainda ganho pouco, irei com certeza mudar de modalidade.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A diferença ainda é muito para um plano normal...são cerca de 100€/mês, isso é muito dinheiro.

Logo que a minha situação profissional fique mais favorável, pois neste momento ainda ganho pouco, irei com certeza mudar de modalidade.

vê quanto é que  banco cobra por isso. Alterações ao contrato normalmente têm custos...

Além disso, a grande despesa das prestações mistas está justamente relacionada com as fracas amortizações que se faz de início. Depois de começares a amortizar normalmente, quando o valor da prestação subir, já não te adianta de muito fazer alterações ao contrato - pede ao banco que te simule esse cenário, para confirmares.

Se tens dificuldade em pagar uma prestação normal agora, não seria melhor esperares mais uns tempos antes de te atravessares com uma dívida tão grande? É que a evolução das taxas de juro ainda continua um bocado indefinida, podem subir ainda mais um bocado... O facto de ires amealhando mais algum e até conseguires dar uma entrada maior na casa só te vai beneficiar na negociação com o banco, também...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não é que tenha dificuldade em pagar a prestação.

Não queria era ficar a pagar tanto, foi essa a razão que parti para as mistas.

É no inicio da vida é que precisamos de mais dinheiro para nos estabelecer-mos...penso eu.

O plano é durante os 2 primeiros anos amortizar o mais possível logo de inicio.

Tenho um plano curto prazo de 2 anos que envolve amortizações e mobilar só a sala e quarto pois a cozinha está completa. (passando por não realizar mais créditos)

vou aplicar o conselho aqui do fórum de guardar cerca de 6000€ numa conta de emergência para esse mesmo efeito, emergências relacionadas com créditos.

Conheço muita gente que comprou apartamento agora para dps vender e passar para moradia, ora eu analisei  bem a minha situação e prefiro "sofrer" um pouco enquanto sou novo do que comprar uma moradia só quando for mais velho e tiver filhos para sustentar.

Em todo o caso pelas minhas contas penso que os primeiros 6 anos vão ser longos e difíceis mas que dps irá estabilizar.

(tenho uma visão muito optimista eu sei, mas quando faço as contas faço sempre com valores muito acima do normal esperando assim não ter muitos dissabores) 

Agradeço qualquer comentário a esta minha visão, sejam elas boas ou más

Obrigado

 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se o plano é amortizar ao máximo no primeiro ano então não vejo porque hás de optar pelas mistas - essa opção permite amortizações muito menores no período inícial.

Se não tiveres penalizações por amortização antecipada agora de início até é capaz de ficar ela por ela, se amortizares valores substanciais... Mas se tiveres penalização por amortizações antecipadas, mais vale que o plano de prestações amortize o mais possível logo de início para minimizares o que terás de pagar por estas penalizações.

Se já tens 6000€ postos de lado para eventualidades, isso já deve ser mais que suficiente, não vejo porque hás de estar a optar pelas prestações mistas como segurança adicional - só te vai conduzir a mais custos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se o plano é amortizar ao máximo no primeiro ano então não vejo porque hás de optar pelas mistas - essa opção permite amortizações muito menores no período inícial.

Se não tiveres penalizações por amortização antecipada agora de início até é capaz de ficar ela por ela, se amortizares valores substanciais... Mas se tiveres penalização por amortizações antecipadas, mais vale que o plano de prestações amortize o mais possível logo de início para minimizares o que terás de pagar por estas penalizações.

Se já tens 6000€ postos de lado para eventualidades, isso já deve ser mais que suficiente, não vejo porque hás de estar a optar pelas prestações mistas como segurança adicional - só te vai conduzir a mais custos.

já confirmei com o banco. Posso amortizar sem penalizações, e posso mudar a modalidade a partir do primeiro ano tb sem penalizações :P são uns fixes (a ver vamos)

Como disse sou uma pessoa muito cautelosa e apesar de o plano ser amortizar o mais possível a curto prazo pode sempre acontecer alguma eventualidade que me o impeça daí a minha opção pelas mistas.

Fiz as contas e fazendo numa modalidade normal iria ficar mais caro 90€+- o que x12 =  1080€

ora no final do 1º ano amortizava +- 1000€ seguindo esta modalidade.

Nas mistas amortizo só 400€ no primeiro ano mas se tudo correr bem vou ter esses 1080€ extra para amortizar no final do Ano...Assim poderia amortizar a partida 1480€ + o dinheiro junto durante esse ano. Isto caso tudo corra bem...Estou a falar hipoteticamente e as variáveis aqui são muitas e não tenho como prevelas claro...

Não sei se me fiz entender.

Quando estou a fazer as contas estou usar a simulação com + 1% que o banco disponibilizou...assim fico mais preparado para futuras surpresas.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

bairro  :)

Foi por isso mesmo que me meti nas mistas, de outra forma não poderia comprar a casa que comprei.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Faz uma simulação e procura o mapa de pagamentos.

Deve ter os valores das várias prestações ao longo da vida do empréstimo.

As fórmulas normais já não são muito simples, estas então obrigam a cálculos mais estranhos. O mais simples é pedir o plano de prestações já pronto.

[Cuidado já me foi proposto e uma das partes pode ser zero no fim do praso e aí feita a media deixa muito a desejar a taxa de juro paga/quote]

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

já confirmei com o banco. Posso amortizar sem penalizações, e posso mudar a modalidade a partir do primeiro ano tb sem penalizações :P são uns fixes (a ver vamos)

Sinceramente, dúvido muito. Depois da alteração da lei das penalizações por amortização antecipada, quase nenhum banco permite amortizar sem pagar penalização (contratos novos).

Quanto a mudar e não pagar nada.. só se for com a nova lei das renegociações.. actualmente paga-se toda e qq alteração do contrato..

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

quando disse sem penalizações referia-me claro penalizações extra...Tipo aumento de spreads.

E em relação ao mudar de modalidade de crédito, existe também a hipotese de mudar de banco e o novo banco acarretar com as despesas. mas de qualquer maneira o meu gestor de conta falou-me que a partir do 1º ano teria a possibilidade de mudar de modalidade sem penalizações...bom mas eu ainda estou longe desse dia.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá a todos,

Eu também contraí um emprestimo no BPI em Junho/07 com a modalidade MISTAS.

Mas até á data ainda não consegui entender este tipo de modalidade, disseram-me também que ficava a pagar menos no incicio, mas não consigo entender onde se enciaxa o "pagar menos".

O valor do meu empréstimo inicial foi :

CASA - 119.700,00€

Multi-funções - 6.865,30€

Com um spread de 1,00, no prazo de 40 anos.

Neste momento o meu capital em dívida já vai em:

CASA - 119.973,96€

Multi-funções - 6.880,99€

Se só estou a pagar juros, penso que o capital em dívida devia manter-se e não aumentar.

Inicialmente estava a pagar um prestação dos 2 empréstimos de 513,22 (sem seguros), e neste momento já estou com uma prestação de 628,03 (sem seguros), foi um aumento em 12 meses de 114,81€ (eu acho que é muito) - ESTOU ERRADA?  ???

Sempre me foi dito que no inicio dos empréstimos, não nos convém amortizar, porque só estamos a pagar juros.

Acham que é boa ideia alterar o meu crédito, sair das mistas?

Digo uma coisa, estou completamente baralhada.

Se alguém me poder ajudar, eu agradecia mt.  ::)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim eu vou esperar,  ;)

Obrigada.

Só mesmo em Setembro é que posso ir ao banco tentar negociar a minha prestação, porque fiz um pedido de transferência de balcão, só nessa altura é que está concluído o processo.

Onde inicialmente abri conta e onde adquiri empréstimo, não gostava do atendimento deles, nunca se disponibilizaram a ajudar-me, por isso vou tentar noutro balcão.

vamos lá ver.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá a todos,

Eu também contraí um emprestimo no BPI em Junho/07 com a modalidade MISTAS.

Mas até á data ainda não consegui entender este tipo de modalidade, disseram-me também que ficava a pagar menos no incicio, mas não consigo entender onde se enciaxa o "pagar menos".

O valor do meu empréstimo inicial foi :

CASA - 119.700,00€

Multi-funções - 6.865,30€

Com um spread de 1,00, no prazo de 40 anos.

Neste momento o meu capital em dívida já vai em:

CASA - 119.973,96€

Multi-funções - 6.880,99€

Se só estou a pagar juros, penso que o capital em dívida devia manter-se e não aumentar.

Inicialmente estava a pagar um prestação dos 2 empréstimos de 513,22 (sem seguros), e neste momento já estou com uma prestação de 628,03 (sem seguros), foi um aumento em 12 meses de 114,81€ (eu acho que é muito) - ESTOU ERRADA?  ???

Sempre me foi dito que no inicio dos empréstimos, não nos convém amortizar, porque só estamos a pagar juros.

Acham que é boa ideia alterar o meu crédito, sair das mistas?

Digo uma coisa, estou completamente baralhada.

Se alguém me poder ajudar, eu agradecia mt.  ::)

Não sei como funciona este produto das mistas, mas pelo caso prático apresentado, em que o capital em dívida aumentou, penso que única forma de aumentar o capital em dívida, sem contrair novo empréstimo, será porque teve algum periodo de carência de juros, em que o tempo que não pagou juros somou ao capital em dívida.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim  o aumento do capital deve se á carencia de juros... E esse spread já baixou???

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não, continua num 1,00%.

Na altura em que pedi uma revisão de spread, disseram-me para adquirir uma data de produtos, eu fiquei com eles todos, passo a mencionar:

  • Cartão de Crédito
  • Domiciliação do Ordenado
  • 2 Pagamentos por Conta (tenho 4 pagamentos por débito directo)
  • Seguro da Casa
  • Seguro de Vida (2 pessoas)

Depois quando lá voltei, para então fazer por escrito o pedido de revisão de spread, disseram-me para esperar mais um tempo, para ver se os nossos ordenados fossem aumentos, como isso não aconteceu, disseram-me que não era possível  :(

Já não sei o que fazer.

O que é certo, é que não vou conseguir aguentar isto por muito mais tempo, tenho mesmo que alterar o meu crédito habitação.

Podem me ajudar?

Obrigada.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

uma solução passa por ir a outro banco e tentar fazer com que esse banco pague todas as despesas associadas à transferência de crédito.

De qualquer maneira 1% de spread é muito alto!!! se consegui-se baixar nem que fosse 0,5% já iria ver uma diferença de +-50€ mensais a menos a pagar...(se as minhas contas não estiverem enganadas)

fale com o seu gestor de conta.

boa sorte

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Á cerca de 2 mês, fiz um pedido de transferência de crédito para outro banco, que me deram garantias que eles assumiam os custos todos da transferência.

O processo estava a correr lindamente, até ao dia em foi feita á avaliação á minha casa.

No BPI a casa foi avaliada em 136.500,00€, já neste banco não foi além dos 126.300,00€, foi entretanto pedido uma segunda avaliação que foi ainda mais baixa 122.000,00€.

Entretanto pedi ao BPI que me dissesse qual tinha sido a empresa que tinha feito a avaliação, deram-me este nomes:

- Benege

- Consulaval

- CPU

- Estilovalor

- Luso-Roux

- Quantimo

Por normas da empresa só podiam dizer com quais trabalhavam, mas nunca poderiam dizer qual tinha feito. (mas nós pagamos um serviço e não temos o direito de saber qual foi a empresa que fez a avaliação?)

Devido a esta avaliação, o banco deu-me 2 hipóteses:

- Transferir o crédito mas tinha que pagar os custos todos

- o 2º empréstimo iria para uma taxa muito alta, o que não iria compensar.

Resumindo e concluindo, não transferi o crédito.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Gostaria de saber, se algum de vocês ou se sabem de alguém que tenha escolhido esta opção de crédito "Mistas".

A minha questão é a seguinte: O vosso capital em dívida aumentou?

Obgd,  ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor