hector

Análise de Risco / Crédito Habitação

9 publicações neste tópico

Boa Noite

Pretendo comprar uma casa e pedir um crédito à habitação.

Fiz várias simulações e a taxa de esforço nas melhores propostas variam entre os 27% e os 29% dos nossos rendimentos. A situação profissional é estável, com contratos sem termo.

Temos possibilidade de dar uma entrada de 40% do custo total da casa pretendida (trata-se de uma habitação nova, e tivemos a indicação que têm sido avaliadas sempre acima do custo acordado com o vendedor).

A minha pergunta é: devo esperar que me sejam exigidos fiadores nestas condições?

Não temos alguém que pudesse ser 'de caras' uma boa opção para fiador, logo poderá ser um problema caso os bancos o exijam.

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tranquilo, os dois efectivos e com uma entrada inicial assim não irão pedir fiadores!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim parece me pacifico e com condições para negociar um bom preço!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não sei se será assim tão pacífico. No ano passado eu e a minha esposa tentamos obter um crédito à habitação pela CGD. Praticamente foi-nos dito que, tendo menos de 35 anos, ser-nos-ia pedido fiadores mesmo que tivéssemos 90% do capital inicial.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

90%??? De quanto era a vossa taxa de esforço para esses 10%??

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde Hector.

Faça uma pesquisa no mercado e escolha uma empresa de consultoria financeira credível, que negoceie o seu dossier de financiamento em vários Bancos. Analise em que condições o serviço de consultoria será prestado: exiga um contrato assinado pelas partes, e que mencione a abrangência do serviço, bem como, o seu custo e a forma de cobrança do mesmo.

Tenho a certeza que se escolher um bom parceiro nesta área, aumentará em muito a sua capacidade negocial. As suas hipóteses de contrair o empréstimo sem fiadores será bem maior. E mais: poupa imenso tempo!

p.s.: faça uma pesquisa no mercado do crédito hipotecário / habitação nos EUA e Inglaterra, e perceberá o que eu quero dizer.

Os meus cumprimentos,

Paulo

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

90%??? De quanto era a vossa taxa de esforço para esses 10%??

A nossa taxa de esforço era inferior a 20%, com a quantia total. No entanto somos ambos emigrantes (Holanda). No fim recomeçamos o processo como emigrantes e aí safamo-nos sem fiadores. Spread de 1,4 e valor máximo do crédito de 70% do valor de avaliação.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não sei se será assim tão pacífico. No ano passado eu e a minha esposa tentamos obter um crédito à habitação pela CGD. Praticamente foi-nos dito que, tendo menos de 35 anos, ser-nos-ia pedido fiadores mesmo que tivéssemos 90% do capital inicial.

No entanto somos ambos emigrantes (Holanda).

Provavelmente este último é que foi o motivo pelo qual vos tentaram impor os fiadores...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia.

Para residentes no estrangeiro, nomeadamente Europa, há soluções no mercado que financiam até 80% do menor dos dois valores: valor de aquisição ou valor de avaliação do imóvel.

Na modalidade crédito Habitação, os spread's poderão ficar abaixo de 1%, mas o Banco exige seguro de vida.

Na modalidade leasing imobiliário, o spread é de 1,5%, mas o Banco não exige seguro de vida aos proponentes.

Os meus cumprimentos,

Paulo

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead