José Ribeiro

Instituições de solidariedade social - doações

14 publicações neste tópico

Este tópico tem por base as últimas mensagens do tópico: Campanha a favor das vitimas temporal na Madeira

Decidi efectuar uma compilação de Instituições que se dedicam a ajudar os outros, nomeadamente recorrendo aos bens que lhes são doados.

Agradeço desde já, que colaborem no sentido de completar a informação aqui prestada, referindo instituições nacionais, links, contactos e um breve resumo do que fazem e se têm alguma experiência positiva ou negativa com qualquer uma delas ou outra que não conste desta lista inicial.

1. Comunidade Vida e Paz: http://comvidaepaz.blogspot.com/     

Como se presta auxilio a esta instituição?

Ligando o 760 50 10 20 (1 chamada=1L de leite)

Entregando óleo alimentar usado (1l = 0,20€ para CVPaz)

Doando dinheiro por transferência

Enviando bens pela Embalagem Solidária dos CTT

Doando bens alimentares e roupa directamente na sede

Localização, sede e centros: http://comvidaepaz.blogspot.com/2009/05/localizacao-e-contactos.html

2. Bolsa do Voluntariado: http://www.bolsadovoluntariado.pt/

O objectivo da Bolsa do Voluntariado é servir de ponto de encontro entre a procura e oferta de trabalho voluntário.

Email: bolsadovoluntariado@entrajuda.pt

3. Banco de Bens Doados: http://www.bancodebensdoados.pt/

O Banco de Bens Doados tem como objectivo distribuir a Instituições de Solidariedade Social produtos doados por empresas e entidades, desde que se encontrem em estado novo ou passível de reutilização, ou seja, produtos com utilidade social. Estes bens são encaminhandos para pessoas necessitadas através das instituições de solidariedade apoiadas pelo BBD.

O Banco de Bens Doados conhece profundamente as necessidades e carências das instituições de solidariedade social que apoia.

Contactos: Avenida de Ceuta – Bº Quinta do Cabrinha, nº 10 Loja G

1300-906 Lisboa

Telf. 213 600 500

Fax: 213 600 509

E-mail: bancodebens@entrajuda.pt

4. Entreajuda: http://www.entrajuda.pt/

A ENTRAJUDA é uma instituição particular de solidariedade social, que visa apoiar outras instituições ao nível da organização e gestão, com o objectivo de melhorar o seu desempenho e eficiência em benefício das pessoas carenciadas.

Morada: Av. de Ceuta,

Estação CP de Alcântara Terra – Armazém 1

1350-353 Lisboa

Telefone: 213 620 417

Fax: 213 622 360

E-Mail:  geral@entrajuda.pt

NIPC: 506 904 083

5. Banco Alimentar: http://www.bancoalimentar.pt/

Aproveitar onde sobra para distribuir onde falta. É este o nosso objectivo: evitar o desperdício de alimentos fazendo-os chegar às pessoas que têm fome. O Banco Alimentar recebe toda a qualidade de géneros alimentares, ofertas de empresas e particulares, em muitos casos excedentes de produção da indústria agroalimentar, excedentes agrícolas e da grande distribuição, e ainda produtos de intervenção da União Europeia.

Contactos: Telefone: 213 649 655

Fax: 213 622 442

E-mail: ba.federacao@bancoalimentar.pt

Morada: Avenida de Ceuta

Estação C.P. Alcântara Terra, Armazém 1

1300-125 LISBOA

6. Bens de Utilidade Social: http://www.bensutilidadesocial.pt/pages/homepage.php

É uma associação de solidariedade social que visa apoiar - fornecendo bens essenciais de carácter não alimentar - instituições de solidariedade social do distrito de Lisboa.

Estas entidades podem apetrechar as suas próprias infra-estruturas - Lares de idosos, Centros de actividades operacionais, Centros de dia, etc., - ou disponibilizar vários tipos de bens aos seus utentes.

Aceitam donativos em bens e/ou dinheiro.

Contactos: Telefone:  214 452 855

Fax: 214 452 857

Morada: Estrada 5 de Junho, Armazém B1 - Trajouce

2785-155 São Domingos de Rana

E-mail: geral@bensutilidadesocial.pt

beneficiarios@bensutilidadesocial.pt

7. Humana Portugal: http://www.humana-portugal.org/

A Associação tem por objectivo a ajuda humanitária internacional em países e comunidades em vias de desenvolvimento, mediante a concepção, a execução, e o apoio a projectos e programas de carácter social e, designadamente, através de acções:

· De auxílio em situações de emergência e auxílio a catástrofes; nomeadamente ajuda a vítimas da fome, de guerra, de catástrofes naturais, de desastres nucleares, pragas e outros cataclismos; assistência no realojamento de pessoas e na reconstrução das áreas atingidas pelos desastres e acidentes referidos;

· De desenvolvimento; auxílio às nações mais pobres e às populações mais pobres, nomeadamente mediante a promoção de iniciativas de auto-desenvolvimento; a realização de todo o tipo de projectos a nível mundial, incluindo nomeadamente, escolas, clínicas, mini-bancos, agricultura e de pequena indústria;

· De Protecção e Defesa do Meio Ambiente; nomeadamente através de defesa dos elementos da atmosfera em risco, da defesa do solo, da fauna e da flora; mediante acções de protecção para preservar rios, o mar e as florestas e da execução de projectos de qualquer tipo destinados a proteger o habitat natural da Terra;

· De pesquisa e desenvolvimento para prossecução das actividades supra referidas mediante o desenvolvimento de métodos e de sistemas para a respectiva implementação, mediante a realização e a distribuição ao público de material informativo contendo conhecimentos básicos e informação específica acerca das actividades acima indicadas, a realização de materiais educativo e informativos para a organização de escolas destinadas a participar nas actividades referidas;

· De construção da organização; para servir o público em geral de forma a possibilitar a sua participação nas actividades da associação; a criação de instalações educacionais para o treino de pessoal e de voluntários; a formação de membros da associação, a instiruição de grupos de apoio e a criação de uma rede mundial de colaboração e activistas;

Todas as acções serão realizadas com objectivos exclusivamente caritativos e educacionais.

Contactos: Portugal

Associação HUMANA,

Parque Industrial das Carrascas, E.N. 252 ao Km 11,46

2950 Palmela

Tel: +351 212 80 15 87

Fax: +351 212 80 15 86

info@humana-portugal.org

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Banco de Equipamentos: http://www.bancodeequipamentos.pt/como_fazemos.php

O Banco de Equipamentos tem como objectivo distribuir a Instituições de Solidariedade Social produtos entregues por empresas e entidades, desde que se encontrem em estado novo ou passível de reutilização, ou seja, produtos com utilidade social. Estes bens são encaminhados para pessoas necessitadas através das instituições de solidariedade apoiadas pelo Banco de Bens Doados que conhece profundamente as necessidades e carências das instituições de solidariedade social que apoia...

Com a doação destes equipamentos é potenciado o trabalho das instituições beneficiárias permitindo que canalizem alguns recursos financeiros para áreas mais críticas da sua actividade, como por exemplo, o reforço de recursos humanos, indispensáveis à prestação de cuidados sociais, de qualidade e afectuosos.

Contactos: Avenida de Ceuta – Bº Quinta do Cabrinha, nº 10 Loja G

1300-906 Lisboa

Telf. 213 600 500

Fax: 213 600 509

E-mail: bancodeequipamentos@entrajuda.pt

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

  Na sequência do post do JRibeiro, aproveito tb para informar que existe uma empresa com um projecto muito interessante: servir de financiamento ao trabalho de uma instituição de solidariedade social que, por sua vez, apoia uma lista numerosa de instituições de solidariedade social.

  É a datawide e tem as suas instalações na Rinchoa, perto de Sintra: 

  http://www.datawide.pt/loja/

  Ou seja, quem fizer compras nesta loja (informática, mas tb imagem e som ou electrodomésticos), estará a apoiar a associação. Mas também poderá fazer doações de material informático (mesmo que já bastante desactualizado), pois a loja encaminha posteriormente essas ofertas para as associações ou então vende-o em 2ª mão.

  Acho que pode ser uma alternativa interessante, inclusive, ao contentor dos REE :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

http://www.2010combateapobreza.pt/

Entidade Coordenadora Nacional do Ano e Equipa Técnica de Apoio:

Instituto da Segurança Social, IP

Instituto da Segurança Social

Contactos:

Rua Rosa Araújo, n.º 43 - 1250-194 Lisboa

Telefone: 21 310 20 00  |  Fax: 21 310 20 90

e-mail: 2010combateapobreza@seg-social.pt

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Santa Casa da Misericórdia de Lisboa: http://www.scml.pt/default.asp?site=scml

Contactos:

Largo Trindade Coelho

1200-470 LISBOA Lisboa (Encarnação)

Telefones: 213 235 000; 213 235 741; 213 235 409

Fax: 213 210 486

Cruz Vermelha Portuguesa-Instituição: http://www.cruzvermelha.pt/cvp_t/

Contactos:

Lisboa - Prazeres  Jardim 9 Abril 1/5, Lisboa

1249-083 LISBOA

Telefone: 213 913 900

Fax: 213 913 993

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

AMI sem alimentos para responder aos pedidos

A Assistência Médica Internacional (AMI) não tem alimentos suficientes para responder às necessidades. São cada vez mais as famílias a pedir ajuda às organizações, mas os excedentes do programa comunitário e a ajuda da sociedade civil não chegam.

Aos casos já existentes de pobreza, somam-se novas vítimas da crise e cada vez mais as famílias pedem alimentos para cozinhar em casa. O Programa Comunitário de Ajuda Alimentar a Carenciados não cobre todo o ano e, durante um trimestre, a população necessitada fica “a descoberto”, destaca Ana Martins, directora do Departamento de Acção Social da AMI. Além disso, os excedentes da Europa, distribuídos através da Segurança Social e mediante regras rigorosas, não chegam para resolver as carências alimentares.

São enviados cereais, arroz, leite, queijos, manteiga, farinha e açúcar. Mas, isto é um complemento, não é uma solução alimentar?, destaca Ana Martins, lamentando, por exemplo, que fiquem de fora bens como azeite e carne.

Por outro lado, os alimentos que chegam da sociedade civil, ou que recolhem nos hipermercados e escolas escasseiam, testemunha quem está nos Centros Porta Amiga. A ajuda é necessária para lanches e outros suplementos.

“Nunca temos latas de conserva e fazem imensa falta”, exemplificou Ana Martins, lembrando que os sem-abrigo não têm onde cozinhar. Esta população procura os abrigos nocturnos e os refeitórios da AMI, onde quem tem rendimentos paga 1,35 euros por cada refeição confeccionada por uma empresa de catering.

No ano passado, cerca de 9370 pessoas recorreram à AMI, a nível nacional. Um acréscimo de 18% face às 7702 de 2008. Também cresce o número de novos casos. Foram 4363 no ano passado. Acompanhando a tendência, aumenta o número de famílias que a AMI apoia com o programa comunitário. Em 2009, foram 1946 famílias e 5600 pessoas. A quantidade de alimentos distribuída duplicou. Quanto ao perfil dos mais de 9 mil utentes, 79% estão desempregados, 26% da população activa recebem o Rendimento Social de Inserção e 28% têm outros subsídios e apoios institucionais.

Também na Legião da Boa Vontade (LBV) desde 2008 que os pedidos de ajuda têm vindo a crescer, quer na distribuição mensal de alimentos quer nas rondas nocturnas que são feitas em Lisboa e no Porto. “Há muitas pessoas que por vezes só conseguem pagar um quarto e não têm como se alimentar. De madrugada, vêm à procura das equipas de rua para comer”, contou Elsa Pereira, da LBV. Para poder responder ao acréscimo da procura – os cabazes mensais só dão para cerca de 100 famílias – a LBV adoptou um regime de rotatividade e, durante o mês, assegura distribuições pontuais a quem precisa. Porque as doações das empresas também baixaram, este ano os voluntários também têm estado a fazer mais campanhas de recolha.

À Cruz Vermelha também chegam cada vez mais pedidos de ajuda, sobretudo de pessoas que ficaram desempregadas e que não podem fazer face aos compromissos financeiros que tinham assumido com a compra da casa e dos créditos pessoais. No último ano, no âmbito da campanha País solidário, a Cruz Vermelha gastou cerca de 500 mil euros a ajudar a pagar as contas de cerca de 850 pessoas. Na maioria, prestações da casa, água, luz e gás que deixaram ficar em atraso.

in Jornal de Notícias (17/06/2010)

Se puderem ajudar, e não vos fizer falta, têm endereços e alguns contactos neste tópico!...  ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

ABRAÇO

Largo José Luís Champalimaud 4.º, 1600 – 110 Lisboa; tel.: 800 225 115.

Donativos: roupa para meninas (para qualquer idade) e para rapazes (entre os 6 e os 14 anos).

ACREDITAR (Associação de pais e amigos de crianças com cancro)

Rua Professor Lima Bastos, n.º 73, 1070 – 210 Lisboa; tel.: 21 722 11 50

Donativos: brinquedos, material didáctico, livros, etc.

Ajuda de Berço (Associação de Solidariedade Social)

Avenida Ceuta, n.º 51-lj. 6 A/B, 1300 - 125 Lisboa; tel.: 21 362 82 74.

Donativos: roupa, brinquedos, etc.

APSI (Associação para a Promoção da Segurança Infantil)

Vila Berta, n.º 7, r/c esq., 1170 – 400 Lisboa; tel.: 21 887 01 61

Donativos: material de escritório, informática, expositores, etc.

Casa do Gaiato

Rua Padre Adriano, n.º 40, 2660 – 119 Santo Antão do Tojal; tel.: 21 973 86 70

Donativos: roupa de cama, roupa interior, etc.

Centro de apoio à população de Roriz

Mosteiro de Santa Escolástica, Roriz, 4780 Santo Tirso; tel.: 252 941 232

Donativos: mercearia, materiais de enfermagem, aparelhos de tensão, máquina de lavar loiça, roupas de cama, toalhas, cadeiras eléctricas, materiais de escritório, etc.

Centro social e paroquial de Alfena

Rua do Centro Social, 4445-066 Alfena; tel.: 22 969 80 80 ou 22 967 05 91

Donativos: material de escritório, informático, etc.

Centro Social Paroquial S.Vicente de Paulo

Rua da Igreja, n.º1 – Bairro da Serafina, 1070 - 321 Lisboa, tel.: 21 371 47 10

Donativos: electrodomésticos e outros

Irmandade da Santa Casa de Amarante

Rua Dr. Miguel Pinto Martins, n.º 134, 4600 - 090 Amarante; tel.: 255 423 380

Donativos: material de escritório, electrodomésticos, brinquedos, etc.

Irmandade da Santa Casa do Bom Jesus de Matosinhos

Av. D. Afonso Henriques (Adro da Igreja), n.º 365, 4450 - 014 Matosinhos; tel.: 22 938 02 54

Donativos: secretárias, cadeiras, armários de escritório, material informático, electrodomésticos, etc.

Movimento Emaús Portugal

Estrada Lugar Além, n.º16. Quinta das Lages, 1675 Caneças; tel.: 21 980 00 38.

Donativos: vidros, móveis, livros, biblôs, materiais de escritório, electrodomésticos, etc.

Património dos Pobres – Calvário do Carvalhido

Rua Sarmente de Beires, n.º 204 Porto; tel.: 22 831 30 11

Donativos: material de escritório, impressora, cadeiras de rodas, aspirador, lençóis, toalhas, colchões anti-escaras, etc.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

ELO SOCIAL

Associação para a Integração e Apoio ao Deficiente Jovem e Adulto

“Promover o bem-estar e a qualidade de vida das pessoas com deficiência”

Contactos:

Elo Social - Associação para a Integração e Apoio ao Deficiente Jovem e Adulto

+351 21 854 03 60

+351 21 854 03 61

Morada para Correspondência:

Av. Dr. Alfredo Bensaúde (Azinhaga do Casquilho) Nº 1

1800 - 423 Lisboa

Horário do Serviço Administrativo:

De Segunda a Sexta, das 09:00 às 13:00 e das 14:00 às 17:00

Transporte: A partir da Gare do Oriente, Autocarro nº 25 com destino ao Prior Velho, sair na Paragem do Instituto Militar.

Email: elo.social@mail.telepac.pt

geral@elosocial.org

Web: http://www.elosocial.org

"DEUS QUER, O HOMEM SONHA,  A OBRA NASCE..."

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

ASSOCIAÇÃO DE DADORES DE SANGUE DO BARLAVENTO DO ALGARVE

A Associação de Dadores de Sangue do Barlavento do Algarve, utiliza o Apartado 876, 8501 – 918 Portimão, e tem a sua Sede provisória na Rua Poeta António Aleixo esquina com a Av.ª 25 Abril, Freguesia e Concelho de Portimão, Distrito de Faro e é designada abreviadamente pela sigla ADSBA.

Foi fundada em 11 de Dezembro de 1989.

A ADSBA tem por fim a promoção altruísta e desinteressada da dádiva do sangue.

CONTACTOS

ADSBA-Associação de Dadores de Sangue do Barlavento do Algarve

Apartado 876 8501-918 PORTIMÃO

Telef/Fax: 282 417 295

email: adsba@sapo.pt

url: www.adsba.no.comunidades.net

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

CEDEMA

É uma instituição Privada de Solidariedade Social, sem fins lucrativos, fundada em 16 de Fevereiro de 1982 por um grupo de Pais que, ao ver-se envelhecer, vivia a angústia de deixar os filhos deficientes a familiares que não os desejavam, na rua, ou em locais inadequados, sem as condições mínimas de reabilitação exigidas.

Sede

CEDEMA - Associação de Pais e Amigos dos Deficientes Mentais

Rua Varela Silva Lote 8, loja A

1750-403 Lisboa

Contactos

Telefone:218 149 314

Fax: 218 149 315

E-mail: info@cedema.org.pt

http://www.brunomachado.net/cedema/newsletters/2011/telhadinho/newsletter_telhadinho_2011.htm

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

bom dia e o seguinte eu tenho dois filhos um com 6 anos e outro com kuaze 2 e tanto eu como o meu companheiro estamos desempregados eu estoua receber rendimento cosial de inserçao de 82€ e o meu companheiro recebe fundo de desemprego de 299€ e como nao xega para tudo precizo de ajuda em roupas, alimentos. se me poderem ajudar eu agradeço.    muito obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

deves dirigir-te à

[list type=decimal]

[*]assistente social da Junta de Frguesia da tua área de residência e expor a tua situação - em geral as juntas de freguesia estão aptas a intervir em situações como a que expões

[*]ou ao Pároco da igreja do teu bairro que também te poderá encaminhar para ajuda

[*]ou a alguma IPSS do teu local de residência que certamente deve haver aí alguma com a finalidade de prestar ajuda a familias carenciadas - Cáritas, etc

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Para deixar um comentário é necessário estar registado

Criar uma conta

Registe uma conta nova na nossa comunidade. É fácil!


Registar uma conta nova

Entrar

Já está registado? Entre aqui.


Entrar agora