monte

Campanha a favor das vitimas temporal na Madeira, UMA VERGONHA

17 publicações neste tópico

Estado e P.T. ao melhor nível! Vergonhoso!!!!

A campanha a favor das vítimas do temporal na Madeira através de chamadas telefónicas é

um insulto à boa-fé da gente generosa .

A promoção reza assim: Preço da chamada 0,60 € + IVA.

São 0,72 € no total. O que de má-fé não se diz é que o donativo que deverá chegar (?) ao

beneficiário madeirense é de apenas 0,50 €.

Assim oferecemos 0,50 € a quem precisa,  mas cobram-nos 0,72 € , mais 0,22 € ou seja 30 %.

Quem fica com esta diferença?

1º - a PT com 0,10 € (17 %) isto é a diferença dos 60 para os 50.

2º - o Estado 0,12 € (20 %) referente ao IVA sobre 0,60.

Numa campanha de solidariedade, a aplicação de uma margem de lucro pela PT e da

incidência do IVA pelo Estado são o retrato da baixeza moral a que tudo isto chegou.

A RTP anunciou com expressa satisfação que o montante doado já atingiu os 2.000.000 de

euros. Esqueceu-se de dizer que os generosos pagaram mais 44 % ou seja mais 880.000 euros

divididos entre a PT (400.000 € para a ajuda dos salários dos administradores) e o Estado

(480.000 € para ajuda ao reequilíbrio das contas públicas e a todos os trafulhas que por

lá andam).

A PT cobra comissão de 20 % num acto de solidariedade.

O Estado faz incidir IVA sobre um produto da mais pura generosidade.

ISTO É UMA TOTAL FALTA DE VERGONHA!!!!

ISTO É UM ASQUEROSO ESBULHO!!!

Já agora, vale a pena pensar nas recolhas de alimentos para o Banco Alimentar Contra a

Fome feitas à porta dos hipermercados.

Tudo é pago, contemplando o lucro dos ditos e, claro está, os impostos ao consumo.

Em Portugal, miseravelmente, ser solidário é  sinónimo de TÓTÓ!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Estado e P.T. ao melhor nível! Vergonhoso!!!!

A campanha a favor das vítimas do temporal na Madeira através de chamadas telefónicas é

um insulto à boa-fé da gente generosa .

A promoção reza assim: Preço da chamada 0,60 € + IVA.

São 0,72 € no total. O que de má-fé não se diz é que o donativo que deverá chegar (?) ao

beneficiário madeirense é de apenas 0,50 €.

Assim oferecemos 0,50 € a quem precisa,  mas cobram-nos 0,72 € , mais 0,22 € ou seja 30 %.

Quem fica com esta diferença?

1º - a PT com 0,10 € (17 %) isto é a diferença dos 60 para os 50.

2º - o Estado 0,12 € (20 %) referente ao IVA sobre 0,60.

Numa campanha de solidariedade, a aplicação de uma margem de lucro pela PT e da

incidência do IVA pelo Estado são o retrato da baixeza moral a que tudo isto chegou.

A RTP anunciou com expressa satisfação que o montante doado já atingiu os 2.000.000 de

euros. Esqueceu-se de dizer que os generosos pagaram mais 44 % ou seja mais 880.000 euros

divididos entre a PT (400.000 € para a ajuda dos salários dos administradores) e o Estado

(480.000 € para ajuda ao reequilíbrio das contas públicas e a todos os trafulhas que por

lá andam).

A PT cobra comissão de 20 % num acto de solidariedade.

O Estado faz incidir IVA sobre um produto da mais pura generosidade.

ISTO É UMA TOTAL FALTA DE VERGONHA!!!!

ISTO É UM ASQUEROSO ESBULHO!!!

Já agora, vale a pena pensar nas recolhas de alimentos para o Banco Alimentar Contra a

Fome feitas à porta dos hipermercados.

Tudo é pago, contemplando o lucro dos ditos e, claro está, os impostos ao consumo.

Em Portugal, miseravelmente, ser solidário é  sinónimo de TÓTÓ!

Quanto ao 1º caso que apresenta não confirmo nem desminto. Não tenho qualquer conhecimento de que isso tenha acontecido.

Quanto ao Banco Alimentar, pode pensar o que quiser, o pensamento é livre...mas a insinuação ....... Trabalho com o Banco Alimentar desde que existe e é uma maldade (para ser muito educadinha) insinuar que se passa  o mesmo que na campanha para a madeira ( se é que se passou alguma coisa). Se tem provas, que tal apresentá-las?

Não me considero Totó por ser solidária, antes pelo contrário  :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu sempre disse que a história de dar dinheiro com um simples telefonema é ridícula. Só serve para atrair as dádivas das pessoas que não estão para se dar ao trabalho. Assim podem dizer "ah, mas eu já dei"...

Enfim!

Quem realmente quer dar dinheiro para estas causas passa um cheque ou faz uma transferência de um montante em condições e pronto (50 cêntimos? Porque não pelo menos 5€?) - normalmente até dá direito a recibo para descontar depois no IRS ;)

Dito isto, nada impede o Estado de usar esse IVA para abater às dívidas da Madeira, por exemplo (dava-lhes boa imagem e não faziam mais que a obrigação).

Seja como for, muito mais do que esse dinheiro já foi entregue à Madeira pelo governo central para combate à tragédia, portanto tal anúncio seria mero populismo... da mesma forma que eu acho que é mero populismo um texto como o que está escrito acima, como se o estado não tivesse feito nada pela MAdeira...

P.S: Muitas das pessoas que incitam a que as dádivas para o banco alimentar, por exemplo, não deviam pagar IVA, são as mesmas que arranjariam um esquema qualquer para tirar partido disso comprando produtos sem os fazer chegar depois a quem eram destinados... como controlar isso?

É que nem o próprio BA faz grande alarido a pedir semelhante coisa...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Quanto ao Banco Alimentar, pode pensar o que quiser, o pensamento é livre...mas a insinuação ....... Trabalho com o Banco Alimentar desde que existe e é uma maldade (para ser muito educadinha) insinuar que se passa  o mesmo que na campanha para a madeira ( se é que se passou alguma coisa). Se tem provas, que tal apresentá-las?

Posso ter percebido mal mas acho que não era bem isso que o monte estava a insinuar ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obviamente que não pretendi questionar a nobreza do BANCO ALIMENTAR CONTRA A FOME ,e muito menos altruismo dos voluntarios que lamentavelmente so uma vez por ano,e gratuitamente ,angariam bens e destribuem por os que mais precisam .Lições de bem fazer permita-me mas não as recebo .Agora parece-me inquestionavel que as grandes redes supermercados batem palmas a estas iniciativas e tiram respectivos dividendos aumentando as vendas . E isto foi o que entendi dever partilhar no forum

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

monte, os voluntários do Banco Alimentar não trabalham só uma vez por ano. Há aqueles que se voluntarizam para as Campanhas periódicas (recolha nos supermercados e recepção nos armazéns) e há aqueles que trabalham TODO o ano (nos armazéns) em arrumação, recepção e distribuição dos bens doados pelas Entidades Beneficiárias.

Não sei se sabes mas o Banco Alimentar não ajuda pessoas, só ajuda Entidades que são préviamente registadas e analisadas / vistoriadas pelo Banco. E depois são acompanhadas em auditorias periódicas. Essas entidades são, normalmente, IPSS - Instituições Particulares de Solidariedade Social - que recebem com regularidade quer alimentos, quer consumíveis (detergentes, etc) quer outros bens doados (televisões, frigorificos, roupa, mobiliário, etc) que existem numa outra instituição - o Banco de Bens Doados - que funciona juntamente com o Banco Alimentar mas de forma autónoma. Porquê ? Porque a Lei não permite que armazenes arroz, p.ex. e simultâneamente detergente para o chão na prateleira do lado. O Banco Alimentar, o Banco de Bens Doados e a Entreajuda são uma organização que merece toda a credibilidade e a Isabel Jonet é uma pessoa extraordinária, viva e super activista e esforçada  em prol desta causa- e pessoas (lê: com as IPSS como intermediárias) necessitadas há-as em todo o lado - vimos recentemente nos EUA, só para dar um exemplo, com a crise do sub-prime, as multidões de desalojados a necessitar de ajuda alimentar e outra. Não é só em Portugal que existe essa necessidade embora muitos pensem que sim, que isso é apanágio nosso - não é, definitivamente. Se queres contribuir basta enviares um donativo e solicitar o respectivo recibo para o teu IRS.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obviamente que não pretendi questionar a nobreza do BANCO ALIMENTAR CONTRA A FOME ,e muito menos altruismo dos voluntarios que lamentavelmente so uma vez por ano,e gratuitamente ,angariam bens e destribuem por os que mais precisam .Lições de bem fazer permita-me mas não as recebo .Agora parece-me inquestionavel que as grandes redes supermercados batem palmas a estas iniciativas e tiram respectivos dividendos aumentando as vendas . E isto foi o que entendi dever partilhar no forum

A leitura precipitada levou-me a dar uma resposta também precipitada. Peço, por isso , as minhas desculpas.

Relativamente ao teor do tópico, partilho em absoluto os comentários do Pauloaguia e do carlos2008.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

monte, os voluntários do Banco Alimentar não trabalham só uma vez por ano. Há aqueles que se voluntarizam para as Campanhas periódicas (recolha nos supermercados e recepção nos armazéns) e há aqueles que trabalham TODO o ano (nos armazéns) em arrumação, recepção e distribuição dos bens doados pelas Entidades Beneficiárias.

Não sei se sabes mas o Banco Alimentar não ajuda pessoas, só ajuda Entidades que são préviamente registadas e analisadas / vistoriadas pelo Banco. E depois são acompanhadas em auditorias periódicas. Essas entidades são, normalmente, IPSS - Instituições Particulares de Solidariedade Social - que recebem com regularidade quer alimentos, quer consumíveis (detergentes, etc) quer outros bens doados (televisões, frigorificos, roupa, mobiliário, etc) que existem numa outra instituição - o Banco de Bens Doados - que funciona juntamente com o Banco Alimentar mas de forma autónoma. Porquê ? Porque a Lei não permite que armazenes arroz, p.ex. e simultâneamente detergente para o chão na prateleira do lado. O Banco Alimentar, o Banco de Bens Doados e a Entreajuda são uma organização que merece toda a credibilidade e a Isabel Jonet é uma pessoa extraordinária, viva e super activista e esforçada  em prol desta causa- e pessoas (lê: com as IPSS como intermediárias) necessitadas há-as em todo o lado - vimos recentemente nos EUA, só para dar um exemplo, com a crise do sub-prime, as multidões de desalojados a necessitar de ajuda alimentar e outra. Não é só em Portugal que existe essa necessidade embora muitos pensem que sim, que isso é apanágio nosso - não é, definitivamente. Se queres contribuir basta enviares um donativo e solicitar o respectivo recibo para o teu IRS.

Muito bem! 

;)

Aqui há dias deu uma breve reportagem sobre a Madeira onde se questionava alguns habitantes dos que sofreram mais perdas (apenas tinham a roupa com que fugiram...) no sentido de saber se tinham recebido alguma ajuda para alêm da que o governo da Madeira estava a prestar. Responderam que não.

Questionado alguns responsáveis, nomeadamente um de uma IPSS e este foi peremptório em dizer o mesmo. Sabem se a verba aqui referida já foi desbloqueada pelo governo e se já foi de facto enviada para a "Madeira"?

Se não for a informação (Telejornal, jornal) vai-se sabendo pouco sobre a desburocratização da dita verba de auxilio à população!...

Aproveito este tópico, para questionar o seguinte. Tenho alguma mobilia em estado razoável de conservação e bem acondicionada. Gostaria de a doar para uma destas instituições. Sabem qual o número/contacto de email para o qual devo ligar?

Decidi em tempos "oferecer" esta mobilia à REMAR para que a vendessem e ficassem com o produto da venda. Levei lá um agente deles e ele ficou deveras interessado. Foi falar com o chefe, e ao contrário do que publicitam nos grandes cartazes, queriam-me cobrar pelo transporte pela mobilia que lhes estava a oferecer!...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Aqui há dias deu uma breve reportagem sobre a Madeira onde se questionava alguns habitantes dos que sofreram mais perdas (apenas tinham a roupa com que fugiram...) no sentido de saber se tinham recebido alguma ajuda para alêm da que o governo da Madeira estava a prestar. Responderam que não.

Questionado alguns responsáveis, nomeadamente um de uma IPSS e este foi peremptório em dizer o mesmo. Sabem se a verba aqui referida já foi desbloqueada pelo governo e se já foi de facto enviada para a "Madeira"?

Não faço a minima ideia sobre o que destas campanhas já foi ou deixou de ser entregue à Madeira.

Mas acho natural que a maior parte dessas ajudas chegasse através do governo regional - sobretudo os donativos em dinheiro...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

JRibeiro, tu és de onde, de Lisboa ?

Se fores de Lisboa tenta ligar para a Comunidade Vida e Paz        http://comvidaepaz.blogspot.com/        que se dedica a assistir sem abrigos e familias carenciadas, penso que eles vão buscar a casa .

Se não fores de Lisboa tenta falar e obter informações na tua Junta de Freguesia ou então faz uma busca no site

http://www.bolsadovoluntariado.pt/        em organizações

e tenta encontrar uma organização, na tua área de residência, que necessite de mobilias e coisas do género, há de certeza e telefona ou e-maila pois existem algumas que vão buscar a casa.

Já agora depois diz o resultado da pesquisa pois é interessante saber a titulo informativo....cultura geral...!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

o Banco de Bens Doados não vai buscar a casa, a pessoa tem que lá ir entregar, eles recebem muita coisa de empresas ( restos de colecção...e coisas do género ) mas são lá levadas pelas empresas. Eu já dei uma televisão velha, p.ex., mas meti no porta-bagagens e fui lá levar, é a única solução e sempre é melhor que colocar no passeio junto ao lixo como fazem muitos concidadãos nossos...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

o Banco de Bens Doados não vai buscar a casa, a pessoa tem que lá ir entregar, eles recebem muita coisa de empresas ( restos de colecção...e coisas do género ) mas são lá levadas pelas empresas. Eu já dei uma televisão velha, p.ex., mas meti no porta-bagagens e fui lá levar, é a única solução e sempre é melhor que colocar no passeio junto ao lixo como fazem muitos concidadãos nossos...

Não arranjas contactos telefónicos destas instituições que de alguma forma possam ou levam "bens", sem ser alimentícios ou monetários, para a Madeira?

Se fosse esse tipo artigos (Televisão velha,...) até eu levava à IPSS, mas são artigos/mobilias de grandes dimensões. E para uma familia que ficou sem casa e sem os seus haveres vinha mesmo a calhar!...

Fui aos links que indicaste e apenas descobri email's. Enviei ontem 3 email's e não obtive ainda resposta. Mas se for como dizes (quem doa é que leva) será muito dificil efectuar a doação!...  :(

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não arranjas contactos telefónicos destas instituições que de alguma forma possam ou levam "bens", sem ser alimentícios ou monetários, para a Madeira?

Se fosse esse tipo artigos (Televisão velha,...) até eu levava à IPSS, mas são artigos/mobilias de grandes dimensões. E para uma familia que ficou sem casa e sem os seus haveres vinha mesmo a calhar!...

Fui aos links que indicaste e apenas descobri email's. Enviei ontem 3 email's e não obtive ainda resposta. Mas se for como dizes (quem doa é que leva) será muito dificil efectuar a doação!...  :(

...

Não sei se sabes mas o Banco Alimentar não ajuda pessoas, só ajuda Entidades que são préviamente registadas e analisadas / vistoriadas pelo Banco. E depois são acompanhadas em auditorias periódicas. Essas entidades são, normalmente, IPSS - Instituições Particulares de Solidariedade Social - que recebem com regularidade quer alimentos, quer consumíveis (detergentes, etc) quer outros bens doados (televisões, frigorificos, roupa, mobiliário, etc) que existem numa outra instituição - o Banco de Bens Doados - que funciona juntamente com o Banco Alimentar mas de forma autónoma. Porquê ? Porque a Lei não permite que armazenes arroz, p.ex. e simultâneamente detergente para o chão na prateleira do lado.

O Banco Alimentar, o Banco de Bens Doados e a Entreajuda são uma organização que merece toda a credibilidade e a Isabel Jonet é uma pessoa extraordinária, viva e super activista e esforçada  em prol desta causa - e pessoas (lê: com as IPSS como intermediárias) necessitadas há-as em todo o lado - vimos recentemente nos EUA, só para dar um exemplo, com a crise do sub-prime, as multidões de desalojados a necessitar de ajuda alimentar e outra. Não é só em Portugal que existe essa necessidade embora muitos pensem que sim, que isso é apanágio nosso - não é, definitivamente. Se queres contribuir basta enviares um donativo e solicitar o respectivo recibo para o teu IRS.

Fiquei com a ideia, se calhar errada, de que poderias ter contactos directos com estas instituições!...

Em relação aos email's que enviei, ainda ninguêm respondeu!...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Fiquei com a ideia, se calhar errada, de que poderias ter contactos directos com estas instituições!...

Em relação aos email's que enviei, ainda ninguêm respondeu!...

É difícil entrar em contacto com estas instituições e efectuar a doação parece que ainda mais!...  :(

Por email, posso continuar a aguardar que difilcmente alguêm responde!...  :-X

Acho que vou experimentar, quando tiver vagar, ir presencialmente para ver como é que a "coisa" se processa!...  :-\

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

É difícil entrar em contacto com estas instituições e efectuar a doação parece que ainda mais!...   :(

Por email, posso continuar a aguardar que difilcmente alguêm responde!...  :-X

Acho que vou experimentar, quando tiver vagar, ir presencialmente para ver como é que a "coisa" se processa!...  :-\

A quem interessar, há um tópico sobre instituições de solidariedade social aqui: http://www.pedropais.com/forum/index.php/topic,2889.msg24786/topicseen.html#msg24786

Ainda não recebi resposta aos email's que enviei!...

Arranjei o contacto de uma delas mas informaram-me que só aceitam material eléctrico. As tais TV's (que o carlos2008 falou), rádios e afins!...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A quem interessar, há um tópico sobre instituições de solidariedade social aqui: http://www.pedropais.com/forum/index.php/topic,2889.msg24786/topicseen.html#msg24786

Ainda não recebi resposta aos email's que enviei!...

Arranjei o contacto de uma delas mas informaram-me que só aceitam material eléctrico. As tais TV's (que o carlos2008 falou), rádios e afins!...

E o tempo a passar e nada de resposta aos meus email's por parte destas entidades de solidariedade social!...

Se a doação fosse em dinheiro, já tinha obtido respostas e já me tinham passados recibos a esta hora!...

Haverá por aqui alguêm da Madeira que frequente este fórum? Se tiver algum contacto poderia deixar aqui, se fizesse o favor!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

E o tempo a passar e nada de resposta aos meus email's por parte destas entidades de solidariedade social!...

Se a doação fosse em dinheiro, já tinha obtido respostas e já me tinham passados recibos a esta hora!...

Haverá por aqui alguêm da Madeira que frequente este fórum? Se tiver algum contacto poderia deixar aqui, se fizesse o favor!

Tomei a iniciativa de telefonar a duas destas instituições a expressar a minha intenção de doar alguns artigos. Num responderam que me ligavam no dia seguinte para combinar e no outro para lhes indicar por email quais os artigos que pretendia doar, ressalvando que aceitam e fazem o transportes de artigos no estado de novo!...

Até parece que ninguêm precisa, a não ser quando as doações são em dinheiro!...

Assim, é dificil!... 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor