maria ribeiro

CH - Seguro Multirriscos

10 publicações neste tópico

Bom dia.

Gostaria de pedir a Vossa ajuda no calculo do seguro multirriscos que preciso de fazer para um CH.

O andar foi avaliado pelo Banco em 186.000 €, e segundo o meu gerente o valor que foi indicado pelo avaliador para servir de capital seguro seria 100.000 €, valor que acho demasiado pequeno.

Já me disseram que para calcular o valor do capital teria que multiplicar a area do andar + area da arrecadação e garagem, por um valor chamado valor de reconstrução que é publicado todos os anos no diario da republica.

Será assim??

O andar fica na Amadora e tem como total das três areas atrás mencionadas 131,09 m2 (97,00 + 9,30+24,79)

Obrigada desde já pela atenção dispensada.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia.

Antes de mais, sugiro que peça uma cópia do relatório de avaliação ao Banco, para que possa ver quais os cálculos que o avaliador fez para apurar os valores.

O valor de reconstrução, como o nome indica, não engloba o valor do terreno e a margem de lucro do construtor.

Os meus cumprimentos,

Paulo

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom Dia,

Queria apenas aqui deixar a informação quanto à resolução da situação do seguro multirriscos por mim apresentada.

Após conversas com o banco CGD e algumas agências da Fidelidade, acabei por fazer um seguro multirriscos com o capital de 100.000 €.

Com base no valor de reconstrução e com base no valor estimado pelo avaliador da casa, eu teria que fazer o seguro com o valor de 90.000 €.Ou seja optei por aumentar em mais de 10.000 € valor do capital.

Mais do que isto achei desnecessário e talvez uma má ideia porque se se colocar um capital demasiado elevado, numa situação de sinistro poderão não pagar pela totalidade do capital.

Para além disso, ficou fixado na apolice, a actualização automatica do capital pelo ISP.

Querendo isto dizer que todos os anos o capital do seguro irá sempre aumentar um pouco e consequentemente o valor a pagar.

Ficou apenas de fora a cobertura de fenómenos sismicos, que se quiser poderei acrescentar mais tarde ao seguro.

Obrigada pelas ajudas que tive e espero que a exposição da minha situação possa ajudar mais alguem.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá,

Tem razão.Não vale a pena aumentar o capital segurado porque em caso de sinistro não lhe pagarão nem mais um tostão por isso. O que o seguro lhe garante é mesmo a reconstrução.

O que acho que fez mal foi não optar pela cobertura anti-sismos. Em uma época em que está a haver terremotos por todo o mundo (este ano já foram mais de 9 acima de 6 na escala de Richter) , talvez não fosse má idéia.

E depois , se pensar bem , por que razão teria que reconstruir a sua casa a não ser por um terremoto? Está À espera que um avião se choque contra a sua casa ou uma explosão de gás que a ponha abaixo?

Minha opinião...

Speedbird

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A respeito de as seguradoras efectuarem sempre a reconstrução e portanto o valor seguro ser sempre mais baixo do que o valor do apartamento, uma vez que o valor de reconstrução não inclui o terreno, lucro do construtor, etc..., surge-me uma dúvida.

Suponhamos que tenho um apartamento num edifício, e cujo valor de compra foi 120.000€, e a seguradora fez o seguro multi-riscos por 60.000 (valor de reconstrução)... Suponhamos que existe 1 acidente que provoca a destruição do edifício (terramoto, explosão de gás, etc..), e suponhamos também que os outros condóminos (ou pelo menos alguns) não têm qualquer seguro multi-riscos (situação muito frequente, principalmente em edifícios mais antigos). E que estes condóminos sem seguro também não têm dinheiro para pagar a parte deles na reconstrução do edifício.

Numa situação destas a seguradora optará por pagar o valor seguro ao segurado, em vez de se efectuar a reconstrução, certo? E se assim for, onde é que eu volto a comprar 1 apartamento que originalmente custava 120.000, mas que agora teria que arranjar 1 idêntico por 60.000?

Não será melhor ter o seguro multi-riscos muito mais aproximado do valor de aquisição, para prevenir estas situações, pelo menos no caso de apartamentos, uma vez que estarão envolvidos terceiros, que poderão ou não ter 1 seguro multi-riscos? No caso de vivendas penso que faz todo o sentido segurar apenas o valor de reconstrução.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não será melhor ter o seguro multi-riscos muito mais aproximado do valor de aquisição, para prevenir estas situações, pelo menos no caso de apartamentos, uma vez que estarão envolvidos terceiros, que poderão ou não ter 1 seguro multi-riscos? No caso de vivendas penso que faz todo o sentido segurar apenas o valor de reconstrução.

Tu até podes segurar 1.000.000€ e a seguradora calcular-te o prémio em conformidade, pagares e teres o seguro em dia.

Mas se chegar a hora de ter que pagar, só te vão pagar o valor de reconstrução e nem mais um cêntimo.

Por isso não vale a pena segurar por mais...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tu até podes segurar 1.000.000€ e a seguradora calcular-te o prémio em conformidade, pagares e teres o seguro em dia.

Mas se chegar a hora de ter que pagar, só te vão pagar o valor de reconstrução e nem mais um cêntimo.

Por isso não vale a pena segurar por mais...

Com certeza...

De nada vale possuir um seguro por um valor superior ao valor de reconstrução...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tu até podes segurar 1.000.000€ e a seguradora calcular-te o prémio em conformidade, pagares e teres o seguro em dia.

Mas se chegar a hora de ter que pagar, só te vão pagar o valor de reconstrução e nem mais um cêntimo.

Por isso não vale a pena segurar por mais...

Certo... Mas como eu disse anteriormente, e no caso de uma fracção de uma propriedade horizontal em que alguns dos condóminos não possuam seguros ou não tenham possibilidade de pagar a reconstrução da fracção deles? Nessa situação de pouco me adianta que a seguradora me pague o valor de reconstrução, se eu não vou poder reconstruir devido a terceiros.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Certo... Mas como eu disse anteriormente, e no caso de uma fracção de uma propriedade horizontal em que alguns dos condóminos não possuam seguros ou não tenham possibilidade de pagar a reconstrução da fracção deles? Nessa situação de pouco me adianta que a seguradora me pague o valor de reconstrução, se eu não vou poder reconstruir devido a terceiros.

Assumes as perdas e partes para outra - e sempre é melhor do que perderes tudo, pelo menos tens uma entrada jeitosa para recomeçar noutro lado, o que não se poderá dizer desses vizinhos. Eventualmente até se pode colocar a questão de fazer um prédio mais pequeno, com espaço apenas para os condóminos que puderem suportar as obras (seja através das seguradoras, seja por conta própria).

Mas, se calhar, partir para outra até acaba por ser o melhor. A reconstrução pode levar anos (enquanto as seguradoras se entendem, se trata das devidas licenças, as obras propriamente ditas, etc). Nesse espaço de tempo tens que arranjar um sítio para viver, estabeleceres-te noutro lado qualquer... Eu se calhar preferia pegar no dinheiro, sair dali, e recomeçar mesmo...

Mas cada caso é um caso, e provavelmente não vale a pena perder o sono a pensar nisso :)

Se algum dia houver uma catástrofe do género (salvo sejas), nessa altura avalias as tuas opções... Por mais que te prepares agora, vai haver sempre um cenário que não contemplaste e vais ter que ponderar tudo muito bem, mesmo...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead