StoneEdge

Trabalhador Independente - Retenção na Fonte

5 publicações neste tópico

Ola

Tenho uma duvida em relação à retenção na fonte e gostaria de saber se alguém poderá esclarecer.

Este ano comecei a passar facturas(reiniciei a actividade passados alguns anos) e tenho duvidas na retenção na fonte.

As facturas que passo são na ordem dos 2000€(com estes valores não devo atingir os 10mil € este ano), mas agora tenho uma empresa que quer fazer um contrato de serviços, para prestação de serviços no estrangeiro, com um pagamento mensal de cerca de 6000€

A retenção na fonte é a mesma(os 20%)? Ou é mais elevado para estes valores?

Se a retenção na fonte for na mesma os tais 20%, então no final do ano será feito o acerto para as % existentes na tabela para os valores em causa?? Assim sendo no final do ano terei que pagar essa diferença?

Obrigado pelos esclarecimentos

SE

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá.

A retenção obrigatória será de 20%, qualquer que seja o montante.

No final do ano fazes a declaração de IRS e logo verás se tens de pagar ou receber.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

ola. eu tambem sou trabalhador independente e faço a retençao na fonte , independentemente do valor , mas faço de 10%nao de 20% .terá diferença de profissao para profissao?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ola

Pedro obrigado pelos seus esclarecimentos.

Em relação à duvida do casqueiro, dependera do acto.

Prestação de serviços que se enquadrem dentro de uma categoria tem diferentes % de retenção na fonte.

Os cidadãos que disponham de contabilidade organizada são obrigados a reter o imposto através da aplicação aos seus rendimentos ilíquidos das seguintes taxas:

          o 10% nos rendimentos auferidos no exercício, por conta própria, de qualquer actividade de prestação de serviços, incluindo as de carácter científico, artístico ou técnico;

          o 15% nos bens provenientes da propriedade intelectual ou industrial ou da prestação de informações respeitantes a uma experiência adquirida no sector industrial, comercial ou científico;

          o 20% em actividades como a dos arquitectos, engenheiros, geólogos, cantores, juristas, advogados, médicos, jornalistas, etc. (veja a lista completa no artigo 151.º do Código de IRS;

A única duvida que tinha era se o valor fosse mais elevado a % dos 20% seria alterada. Visto que é cobrado o IRS sobre 70% dos rendimentos anuais.

A duvida(ja não tanto divida, mas sim receio) será o final do ano com um valor muito elevado de "facturação" ter de pagar muito IRS. Visto que neste caso não é possivel declarar despesas relacionadas com deslocações, materiais consumíveis indispensáveis, etc.

Que são basicamente as minhas despesas para quem faz(ou fará) trabalhos no estrangeiro.

Obrigado

SE

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor