Joe

Seguro Auto e debito directo

9 publicações neste tópico

Ola pessoal do forum...

Tenho uma duvida, o meu seguro auto vai ser renovado pronto, 12-Fev., já recebi a carta verde (que vou a devolver)

pago por debito directo(DD), pedi ao banco para cancelar o DD, porque não quero renovar o seguro,

consegui melhores condições em outra seguradora. A resposta do banco foi que não podiam anular o DD,

porque ainda o tinha contrato com o seguro vigente.

A pergunta é ; o banco pode recusar a cancelação do DD ???

Muito obrigado,

Joe

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tenho uma duvida, o meu seguro auto vai ser renovado pronto, 12-Fev., já recebi a carta verde (que vou a devolver)

pago por debito directo(DD), pedi ao banco para cancelar o DD, porque não quero renovar o seguro, consegui melhores condições em outra seguradora. A resposta do banco foi que não podiam anular o DD, porque ainda o tinha contrato com o seguro vigente.

A pergunta é ; o banco pode recusar a cancelação do DD ???

Em princípio não pode recusar cancelar o DD a não ser que seja uma condição adjacente a um contrato de crédito. Se cancelar este DD, podem alterar as condições desse crédito.

Isto é uma suposição, pois na verdade, já estamos em Fevereiro e se vai fazer seguro noutra companhia, concerteza que também vai fazer pagamento por DD. Não vejo razão para que o seu banco recuse cancelar o DD com a companhia de seguro vigente.

Já falou com a companhia de seguro vigente a informar de que pretende cancelar o contrato com eles?

Disseram-lhe para fazer alguma coisa (escrever uma carta a pedir a rescisão do contrato, por exemplo) ou para deixar de pagar?

Eu já fiz algo semelhante, que coincidiu com o final do prazo do DD e o banco não me recusou o cancelamento do DD, antes pelo contrário. Até me informaram que não era preciso avisar a companhia de seguros do cancelamento do DD, visto que eles assumiam que não iria continuar nessa companhia.

O livro de reclamações do seu banco pode ser útil para lhe explicarem no imediato o motivo "real" porque não lhe cancelam o DD para a companhia de seguro.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado JRiberio...

O banco é a asseguradora são empresas afiliadas, pertencem ao mesmo grupo/banco.

Acho que é essa a razão, amanha, vou falar com o gestor novamente.

Joe.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Por acaso esse banco é o BES?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tulipa...

Bom, melhor não revelar as companhias (???), mais se tens alguma experiência sob essa companhia....

Sé que demorei muito em avisar, hoje falei pessoalmente com o gestor e me informou que não era possivel anular o DD.

insisití e me explicou que o seguro ja tinha enviado carta verde etc, etc....

a final  enviamos uma carta que assinei ao seguro para que seja anulado em 30 dias.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Exactamente, sé que demorei muito em avisar, hoje falei pessoalmentecom o gestor e me informou que não era possivel anular o DD.

insisití e me explicou que o seguro ja tinha enviado carta verde etc, etc....

a final  enviamos uma carta que assinei ao seguro para que sea anulado em 30 dias.

Mesmo assim, acho que eles não têm o direito de recusarem o cancelamento do débito directo!...

Então, significa isso que vai pagar o mês de Fevereiro a duas companhias de seguro diferentes, porque decidiu cancelar o pagamento do seguro por débito directo apenas com 15 dias de antecedência?...

Tenho dúvidas! Talvez haja outras opiniões que validem o argumento do seu gestor.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim Joe, comigo aconteceu-me a mesma coisa.

Mas deixei a conta sem saldo para eles não poderem debitar e anular o seguro por falta de pagamento. Engano meu... Debitaram e fiquei com a conta a negativo.

Pedi o encerramento da conta e enviei reclamação por escrito para o banco e, nada!... Então enviei reclamação para o Banco de Portugal e para o IPS, passado uma semana regularizaram a conta e encerraram-a.

Eles têm que distinguir seguros e contas à ordem, são coisas diferentes e Instituíções diferentes mesmo que pertençam ao mesmo grupo e nós como clientes temos deveres mas também temos direitos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Joe, o Débito Directo cancela-se num qualquer multibanco instantaneamente: basta teres a referência do Credor e do Débito, ires ao multibanco, entrares em Débitos Directos, solicitar "Cancelamento de" , introduzires as duas referências atrás e ficares com o comprovativo: fica cancelado em menos de 24 horas. Ou, em alternativa poderás fazer isso por homebanking ou banca telefónica, vai dar ao mesmo. Uma coisa é certa: não tens que ir a nenhum balcão nem pedir a nenhum funcionário bancário que te faça essa operação. Podes fazê-lo se quiseres, evidentemente, mas é pura perda de tempo ! Agora certo é também outra coisa: enquanto não efectuares o cancelamento a entidade credora tem legitimidade para te debitar a conta e os saldos a zero não valem, ou dizendo de outra forma só valem para te trazer problemas pois o débito é legitimo e depois, se o banco efectuar o pagamento, o problema é só e apenas teu: tens que repor o dinheiro !  Mas podes, depois, cancelar o seguro e pedir o respectivo estorno, isso podes sempre fazer, também, mas 1º pagas...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Desculpem estar a desenterrar este tópico, mas de certa forma está "enquadrado" com uma informação que necessito saber se pode ou não ser feito.

Situação:

Resolvi telefonar para o nº geral da minha seguradora para saber o que podia fazer a fim de anular o seguro auto do meu carro, que associado ao mesmo é me descontado mensalmente por débito direto.

No call center disseram-me que não podia anular o DD sem que eles fossem avisados antecipadamente 30 dias por escrito e dessem ordem nesse sentido, que posteriormente seria avisado do andamento do processo.

Como era de esperar, já me debitaram o presente mês e o tal aviso sobre a suposta anulação, forma apenas dois emails a confirmar que o processo estava em tratamento.

Hoje, o mediador de seguros da minha zona ligou-me porque tinha acabado de receber o processo e queria apresentar-me outras soluções.

Fiz questão de lhe dizer, que o valor mensal já tinha sido debitado da minha conta, mas ainda não tinha nenhum documento que ditasse o fim da anulação do mesmo!

O que me disse o mediador sobre esta situação foi, que eu tinha duas opções de fazer as coisas:

- Anular o débito direto na net ou caixa MB (coisa que me disseram não ser possível no call center) para que não voltassem a retirar o valor.

- Ir a um balcão do meu banco pedir a revogação do valor que a seguradora retirou da minha conta.

Agora pergunto, tal pedido pode ser feito (revogação do valor retirado pela seguradora)?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead