José Ribeiro

Benefício Fiscal versus Painel Solar Térmico

30 publicações neste tópico

Se a instalação de Painéis Solares, ocorrer em 2010, por motivo de indisponibilidade do instalador, os Clientes receberão a factura, também, em 2010, pelo que só poderão obter o respectivo benefício fiscal, no próximo ano, apenas e só, se este for mantido em Orçamento de Estado.

Portanto, aqui fica a chamada de atenção, para os mais desatentos, que caso queiram ainda usufruir do benefício fiscal concedido este ano, na instalação de paineis solares térmicos, que poderão não obter benefício nenhum caso o governo não aprove a manutenção deste benefício para 2010.

Concluindo, daqui até 31 de Dezembro, os bancos ou funcionários dos mesmos que aceitem pedidos de instalação, a crédito ou a pronto pagamento, afirmando que há benefícios fiscais para quem aderir até 31 de Dezembro de 2009, estão a informar mal os clientes!

Aconselho que aguardem pelo próximo orçamento de estado, para saber se o governo decide continuar com este benefício e em que moldes o fará ou se o cancelará para dar prioridade noutras áreas!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Diz-me sff onde é que isso está escrito, para enviar a um amigo que precisa dessa informação.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Penso que não esteja escrito em lado algum?

Tal como diz o JRibeiro, enquanto não sair o orçamento de estado para o próximo ano, não sabemos se as deduções fiscais para esta ou outras situações (ex: PPR's) vão continuar. Ou seja se a factura for com data posterior a 31 de dezembro, só pode ser deduzida no irs do próximo ano, como tal é uma incógnita.

E com o apertar do cinto, queda brusca na receita fiscal do estado no corrente ano, é natural que alguns destes benefícios fiscais se percam, ainda há pouco tempo se falou pela primeira vez em colocar limites nas despesas de saúde.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Diz-me sff onde é que isso está escrito, para enviar a um amigo que precisa dessa informação.

Por enquanto só está escrito aqui, que eu saiba!...  ;)

Esta é mais uma daquelas contas de somar, que faço às vezes!...  :)

O Grabulho completou a minha informação e não há muito mais a dizer por agora, a não ser, que o alerta está dado, uma vez que os próprios funcionários bancários na ânsia de alcançar os minimos ou as comissões não deverão estar muito preocupados em informar "agora" o que será uma evidência em 2010!

Cumps

P.S. Como para se obter este benefício é necessário dirigir-se a um banco aderente, experimenta dar esta informação ao "amigo" e depois pedir para confrontar o funcionário ou gestor do balcão sobre esta possibilidade. Se ele confirmar, é uma questão de aguardar pelo próximo orçamento de estado, caso contrário, diria que é caso para desconfiar ou então o instalador deverá fazer horas extraordinárias para que o banco possa cobrar a factura ainda este ano!...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

É isso mesmo!

Telefonei hoje para pmlink e foi isso que me disseram.

Ora, fiz a encomenda no dia 27 de Novembro e até à data nada. O instalador disse-me que a digal (solaharte) se comprometeu a enviar o painel em 4/5 dias, por isso deve chegar para a semana...

Caso assim seja, e como conheço o instalador, damos logo o painel como instalado para ver se me passam a factura ainda em 2009.

Caso não chegue o painel em 2009, já disse no banco que iria desistir do contrato, pois em 2010 logo decido!

Isto é uma forma de impedirem o pessoal de meter esta despesa no IRS, afinal o Zé precisa de dinheiro para o TGV e outras obras que não fazem falta neste momento...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

É isso mesmo!

Telefonei hoje para pmlink e foi isso que me disseram.

Ora, fiz a encomenda no dia 27 de Novembro e até à data nada. O instalador disse-me que a digal (solaharte) se comprometeu a enviar o painel em 4/5 dias, por isso deve chegar para a semana...

Caso assim seja, e como conheço o instalador, damos logo o painel como instalado para ver se me passam a factura ainda em 2009.

Caso não chegue o painel em 2009, já disse no banco que iria desistir do contrato, pois em 2010 logo decido!

Então se tiver novidades até ao final do ano, diga alguma coisa!...  ;)

Isto é uma forma de impedirem o pessoal de meter esta despesa no IRS, afinal o Zé precisa de dinheiro para o TGV e outras obras que não fazem falta neste momento...

Nem mais! Tira-se uns pozinhos daqui, acrescenta-se ali e está a "poção" feita!...  :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas pessoal!

O meu painel já chegou e "está montado" desde ontem.

Assinei uma especie de contrato de manutenção e outro de instalação. Ambos os documentos foram enviados para a Digal (que distribui a marca Solaharte), e estes depois enviam para a pmelink.

Hoje liguei para a Digal a referir o que me foi dito ao telefone pela pmelink e para reforçar a ideia de que quero a factura com a data de 2009 e uma senhora (muito simpática) disse-me para eu não me preocupar que a factura viria com a data de 2009, pois a data de instalação foi antes do final do ano. Disse-me ainda que as indicações que têm da pmelink é que eles (Digal) têm que fazer chegar todas as facturas à pmelink até ao dia 6 de Janeiro.

Fiquei mais descansado mas...

Agora coloca outra dúvida.

Como estou a construir uma casa e vou ter, além do painel solar, um recuperador de calor o que devo fazer: colocar o painel solar e o recuperador no IRS deste ano ou colocar o painel solar este ano e pedir a factura do recuperador com a data de 2010?

Será que no próximo ano os recuperadores de calor terão direito ainda a beneficio fiscal?

Agradeço uma ajuda do pessoal!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Como estou a construir uma casa e vou ter, além do painel solar, um recuperador de calor o que devo fazer: colocar o painel solar e o recuperador no IRS deste ano ou colocar o painel solar este ano e pedir a factura do recuperador com a data de 2010?

Será que no próximo ano os recuperadores de calor terão direito ainda a beneficio fiscal?

Ainda bem que obteve a resposta de que a factura vem com a data de 2009. Pode ser que o benefício se mantenha no próximo ano, mas na dúvida mais vale garantir o benefício deste ano do que a eventualidade de não ter nenhum!...  ;)

Se calhar deveria pensar no "tecto" (montante máximo) do benefício fiscal para este tipo de materiais (energias renováveis). Se já o atingiu com a a instalação do painel solar, porque vai pedir mais uma factura com a data de 2009 para o recuperador? Se calhar mais vale ter a factura com a data de 2010!...  ;)

Quanto ao facto de haver ou não para 2010, vamos parar novamente ao cerne deste tópico. Teremos de aguardar pelo orçamento de estado para o saber!...

Descobri entretanto, que se pedirmos factura da lenha que usamos para as lareiras, também podemos colocar no IRS.  :)

Mas quem é o vendedor de lenha que passa facturas? Eu pelo menos não conheço nenhum e já a pedi antes de saber esta novidade!...

Cumps

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Será que no próximo ano os recuperadores de calor terão direito ainda a beneficio fiscal?

Para este ano, os recuperadores de calor têm benefício fiscal conforme pode constatar neste tópico: http://www.pedropais.com/forum/index.php/topic,2031.0.html

Para o ano, parece-me que ainda é cedo para o poder afirmar com certeza absoluta!...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Fiz a encomenda de um painel solar térmico (AQS) no dia 23-12-2009, e até hoje só sei que o dinheiro saiu da conta!

A factura só deve sair para 2010!

Bom Ano para todos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Fiz a encomenda de um painel solar térmico (AQS) no dia 23-12-2009, e até hoje só sei que o dinheiro saiu da conta!

A factura só deve sair para 2010!

Há por ai qualquer coisa que não está bem!

Quando fez a encomenda deve ter falado com alguêm ou uma empresa que lhe vai instalar o painel. Eles precisam do número da encomenda para lhe darem uma estimativa de quando será a sua instalação.

Depois o dinheiro só poderá sair da sua conta, aquando da sua instalação definitiva e não antes. Portanto há algo no que conta que não está bem. Deverá dirigir-se ao banco e pedir esclarecimentos bem como entrar em contacto com a empresa instaladora (que não é a da marca do painel que escolheu) para lhe darem uma data provável para a instalação do seu painel.

Bom ano de 2010

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Há por ai qualquer coisa que não está bem!

Para ter direito à compartipação de 1.614.70€ tinha que ser através do banco!

Agora vou ter que aguardar...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Fiz a encomenda de um painel solar térmico (AQS) no dia 23-12-2009, e até hoje só sei que o dinheiro saiu da conta!

De acordo com esta informação, fez a encomenda do painel solar. Parto do princípio que a efectuou através do banco!...

O que não percebo, é como lhe retiraram o dinheiro da conta se ainda não instalaram o dito painel!...  ???

A informação que tenho é que o pagamento só é efectuado após a instalação do painel solar térmico!...

Para ter direito à compartipação de 1.614.70€ tinha que ser através do banco!

Agora vou ter que aguardar...

Mas não efectuou a encomenda através do banco? Se a fez através do banco tem de ter obtido a comparticipação de 1.614.70€.

O que se trata aqui neste tópico é referente ao benefício fiscal!...  ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A informação que tenho é que o pagamento só é efectuado após a instalação do painel solar térmico!...

Essa informação que tem é se a encomenda for feita através do banco ou directamente com a marca do painel escolhido?

Obrigado!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Essa informação que tem é se a encomenda for feita através do banco ou directamente com a marca do painel escolhido?

A informação que tenho, actualmente, é sobre os dois casos. Qual quer saber?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

De acordo com esta informação, fez a encomenda do painel solar. Parto do princípio que a efectuou através do banco!...

O que não percebo, é como lhe retiraram o dinheiro da conta se ainda não instalaram o dito painel!...  ???

A informação que tenho é que o pagamento só é efectuado após a instalação do painel solar térmico!...

Boas

As encomendas para terem a comparticipação do estado, têm de ser formalizadas junto de um dos bancos aderentes.

Quanto ao pagamento penso que é assim:

Supondo que o equipamento custa 2600€, subtraiem-se a estes "os tais" 1600€ e se for pagamento a pronto, o cliente paga de imediato o diferencial, ou seja 1000€, depois não tem de pagar mais nada aquando da instalação.

Se for a credito já não sei  ???

Eu pp também subscrevi um painel e já paguei e sinceramente só conto recebê-lo lá para Março.....

Para ter direito á comparticipação do estado, tem de ser instalado até 30 Jun 2010!!!!

Resta saber se além dessa comparticipação do estado,  os benefícios fiscais de 30%, se vão manter para 2010 e neste caso o equipamento ficaria por:

1000-30% = 700€

...penso que não estou errado, caso contrario corrijam-me PF

abraço

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A informação que tenho, actualmente, é sobre os dois casos. Qual quer saber?

.

Feita através do banco.

Obrigado!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Feita através do banco.

Obrigado!

Vou responder aos dois por atacado!...  ;)

As encomendas para terem a comparticipação do estado, têm de ser formalizadas junto de um dos bancos aderentes.

Quanto ao pagamento penso que é assim:

Supondo que o equipamento custa 2600€, subtraiem-se a estes "os tais" 1600€ e se for pagamento a pronto, o cliente paga de imediato o diferencial, ou seja 1000€, depois não tem de pagar mais nada aquando da instalação.

Se for a credito já não sei  ???

Eu pp também subscrevi um painel e já paguei e sinceramente só conto recebê-lo lá para Março.....

Para ter direito á comparticipação do estado, tem de ser instalado até 30 Jun 2010!!!!

Resta saber se além dessa comparticipação do estado,  os benefícios fiscais de 30%, se vão manter para 2010 e neste caso o equipamento ficaria por:

1000-30% = 700€

...penso que não estou errado, caso contrario corrijam-me PF

De acordo com as informações que disponho, a primeira parte da sua informação está correcta. Já a segunda...  ???

O banco só transfere o dinheiro da sua conta aquando do envio da informação por parte da empresa instaladora de que o dito painel está montado nas devidas condições e devidamente certificado pela empresa escolhida. Antes da instalação, o banco limita-se a efectuar a nota de encomenda em seu nome e enviar o pedido para a empresa que escolheu.

Caso seja necessário a visita de um técnico terá de pagar a sua deslocação (50€ mais qualquer coisa), isto se for atravês do banco, pois se contactar directamente a empresa, esta deslocação é gratuita.

Se recorrer ao crédito, ai terá de pagar uma comissão de abertura de processo mais imposto de selo e aqui os valores podem variar de banco para banco.

Agora, o pagamento do painel em si, já com o desconto dos 1600€ e mais uns céntimos, nunca será antes da sua instalação na casa do cliente.

Se esta informação é proveniente de um banco aderente, obviamente que todos os bancos aderentes têm seguir o mesmo protocolo. Se não o fazem, é porque algo está incorrecto na informação que estão a transmitir.

E agora uma nota pessoal. Parece-me que o desconto obtido pela instalação do painel, os tais 1600€ e uns céntimos, são da própria empresa que o cliente seleccionou. O estado até ao final de 2009 "limitava-se" a conceder um benefício fiscal que podia ir até próximo dos 800€, consoante o tipo e marca de painel escolhido. Para este ano, esse benefício está em dúvida.

Se não fosse assim, como é que se compreende que empresas que não estão no programa conseguem fazer preços próximos ou abaixo das concedidas pelas empresas que estão no programa?

Espero ter elucidado algumas dúvidas!

Cumps

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Vou responder aos dois por atacado!...  ;)

De acordo com as informações que disponho, a primeira parte da sua informação está correcta. Já a segunda...  ???

O banco só transfere o dinheiro da sua conta aquando do envio da informação por parte da empresa instaladora de que o dito painel está montado nas devidas condições e devidamente certificado pela empresa escolhida. Antes da instalação, o banco limita-se a efectuar a nota de encomenda em seu nome e enviar o pedido para a empresa que escolheu.

Caso seja necessário a visita de um técnico terá de pagar a sua deslocação (50€ mais qualquer coisa), isto se for atravês do banco, pois se contactar directamente a empresa, esta deslocação é gratuita.

Se recorrer ao crédito, ai terá de pagar uma comissão de abertura de processo mais imposto de selo e aqui os valores podem variar de banco para banco.

Agora, o pagamento do painel em si, já com o desconto dos 1600€ e mais uns céntimos, nunca será antes da sua instalação na casa do cliente.

Se esta informação é proveniente de um banco aderente, obviamente que todos os bancos aderentes têm seguir o mesmo protocolo. Se não o fazem, é porque algo está incorrecto na informação que estão a transmitir.

E agora uma nota pessoal. Parece-me que o desconto obtido pela instalação do painel, os tais 1600€ e uns céntimos, são da própria empresa que o cliente seleccionou. O estado até ao final de 2009 "limitava-se" a conceder um benefício fiscal que podia ir até próximo dos 800€, consoante o tipo e marca de painel escolhido. Para este ano, esse benefício está em dúvida.

Se não fosse assim, como é que se compreende que empresas que não estão no programa conseguem fazer preços próximos ou abaixo das concedidas pelas empresas que estão no programa?

Espero ter elucidado algumas dúvidas!

Cumps

Caro JRibeiro, se é ou não sinceramente não sei, o que sei é que tal qual o colega CMagalhães mencionou, a mim também me debitaram de imediato esse "diferencial", que eu expliquei atrás, na minha conta "sem espinhas", ou seja sem painel instalado ou qualquer contacto da empresa escolhida, simplesmente na hora!!! e pela conhecimento que tenho de outros 2 colegas, o procedimento em outros bancos foi o mesmo, foi-lhes retirado o dinheiro na hora.

Falo como disse no caso da opção de pagar a pronto, quanto ao crédito sinceramente não sei

:)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Poder-se-á dar o caso dos bancos estarem a retirar o dinheiro para garantir os benefícios fiscais aos clientes, por a conta ter sido paga ainda em 2009? (e, talvez, entretanto aproveitarem para investir enquanto não pagam ao fornecedor)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Poder-se-á dar o caso dos bancos estarem a retirar o dinheiro para garantir os benefícios fiscais aos clientes, por a conta ter sido paga ainda em 2009? (e, talvez, entretanto aproveitarem para investir enquanto não pagam ao fornecedor)

Parece-me que não é esse o caso!  ;)

Caro JRibeiro, se é ou não sinceramente não sei, o que sei é que tal qual o colega CMagalhães mencionou, a mim também me debitaram de imediato esse "diferencial", que eu expliquei atrás, na minha conta "sem espinhas", ou seja sem painel instalado ou qualquer contacto da empresa escolhida, simplesmente na hora!!! e pela conhecimento que tenho de outros 2 colegas, o procedimento em outros bancos foi o mesmo, foi-lhes retirado o dinheiro na hora.

Falo como disse no caso da opção de pagar a pronto, quanto ao crédito sinceramente não sei

:)

Caro larekiku,

de facto, fui verificar e o procedimento usual do banco aderente é a de "cativar" o saldo necessário para pagar o painel. Significa que nem o cliente nem o banco pode mexer neste dinheiro que serve de garantia para pagar o dito painel.

O cativo no valor de €X é efectuado pela Agência, de modo a garantir o pagamento imediato da factura referente ao painel solar em questão, quando a mesma for apresentada ao banco.

Dito de outra forma, se não tivesse o "guito" aquando da subscrição do painel, não lhe efectuavam a encomenda do mesmo, por não haver garantia, para o banco, de que o cliente podia pagar a pronto o painel que pretende instalar na sua casa.

Quem lida com os bancos sabe que eles querem garantias por tudo e mais alguma coisa. É o que sucede neste caso. O dinheiro está na conta, mas ninguêm lhe mexe até a pmlink enviar a informação de que o painel já foi instalado na casa do cliente e está a funcionar a 100%.

O restante das minhas afirmações anteriores mantem-se!

Aguarde-se então pelo orçamento para saber se há direito ou não aos tais 30% de benefício fiscal para o ano de 2010!...  ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas

As encomendas para terem a comparticipação do estado, têm de ser formalizadas junto de um dos bancos aderentes.

Quanto ao pagamento penso que é assim:

Supondo que o equipamento custa 2600€, subtraiem-se a estes "os tais" 1600€ e se for pagamento a pronto, o cliente paga de imediato o diferencial, ou seja 1000€, depois não tem de pagar mais nada aquando da instalação.

Se for a credito já não sei   ???

Eu pp também subscrevi um painel e já paguei e sinceramente só conto recebê-lo lá para Março.....

Para ter direito á comparticipação do estado, tem de ser instalado até 30 Jun 2010!!!!

Resta saber se além dessa comparticipação do estado,  os benefícios fiscais de 30%, se vão manter para 2010 e neste caso o equipamento ficaria por:

1000-30% = 700€

...penso que não estou errado, caso contrario corrijam-me PF

abraço

[/quote

boas a todo o forum

é a primeira vez que aqui entrei e desculpem me mas gostaria de falar do meu caso

construi uma vivenda de raiz

e logo no inicio pensei em instalar paines solar termicos

mas deparava me sempre com a mesma situaçao

de verao tudo otimo

de inverno todos os fornecedores torciam  o nariz e encolhiam os ombros quando os questionava acerca da rentabilidade dos referidos paines

mas o caso que me leva a aqui escrever é um pouco diferente

foi e ainda é o do referido apoio governamental para aquisicçao e instalaçao dos paines

nunca percebi bem e tb nunca me foi bem explicado que era o beneficiario desse apoio , pois pela minha vasta busca em diferentes fornecedores, marcas, sistemas, os orçamentos que eu ia abtendo eram muito parecidos, diferenças de mais ou menos 100 euros.  de referir que eu procura um sistema de 300 litros de agua

e nos forneçedores normais isso custaria a volta de 3000 euros mais coisa menos coisa

ora quando tive conhecimento que o nosso gov. iria apoiar eu tb me fui informar

quando nao é o meu espanto que pelos mesmos sistemas ja com esse apoio eu iria pagar sensivelmente a mesma coisa

a minha pergunta é e sempre foi esta: Quem é que está a ganhar dinheiro com o contribuinte portugues ( que somos todos nós)?

pois no total os sistemas ficavam na volta dos 4500 euros ?

se me puderem responder a razao dessa diferença que nao é assim tao pouca agradecia que me respondessem ....

la esta o povo portugues a levar com areia nos olhos  e a rir sem saber o motivo

Ah ja me esquecia

eu instalei um sistema de termossifao de 300 litros com um apoio de uma serpentina ligada ao recuperador de calor

e por muito menos dinheiro que o que teria efectivamente de pagar no banco que estava envolvido nesta situaçao

desde ja peço desculpa pela tao grande descriçao mas era para que nao houvesse mal entendidos

com os melhores agradecimentos

nlgurkha

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Isto esta um pouco confuso, por isso vou contar uma situação que sei.

Foram encomendados os painéis em 2009, através do banco.

O dinheiro desapareceu logo da conta do comprador.

Os painéis ainda não estão instalados.

Essa pessoa já tem a factura para meter agora no IRS.

É possivel? o que está mal aqui se é que alguma coisa já está errada.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

construi uma vivenda de raiz e logo no inicio pensei em instalar paines solar termicos

mas deparava me sempre com a mesma situaçao

de verao tudo otimo

de inverno todos os fornecedores torciam  o nariz e encolhiam os ombros quando os questionava acerca da rentabilidade dos referidos paines

mas o caso que me leva a aqui escrever é um pouco diferente

foi e ainda é o do referido apoio governamental para aquisicçao e instalaçao dos paines

nunca percebi bem e tb nunca me foi bem explicado que era o beneficiario desse apoio , pois pela minha vasta busca em diferentes fornecedores, marcas, sistemas, os orçamentos que eu ia abtendo eram muito parecidos, diferenças de mais ou menos 100 euros.  de referir que eu procura um sistema de 300 litros de agua

e nos forneçedores normais isso custaria a volta de 3000 euros mais coisa menos coisa

ora quando tive conhecimento que o nosso gov. iria apoiar eu tb me fui informar

quando nao é o meu espanto que pelos mesmos sistemas ja com esse apoio eu iria pagar sensivelmente a mesma coisa

a minha pergunta é e sempre foi esta: Quem é que está a ganhar dinheiro com o contribuinte portugues (que somos todos nós)?

pois no total os sistemas ficavam na volta dos 4500 euros?

se me puderem responder a razao dessa diferença que nao é assim tao pouca agradecia que me respondessem ....

eu instalei um sistema de termossifao de 300 litros com um apoio de uma serpentina ligada ao recuperador de calor e por muito menos dinheiro que o que teria efectivamente de pagar no banco que estava envolvido nesta situaçao

Não percebi muito bem a explicação pois creio que a confundiram ou não a souberam elucidar.

Pode encontrar aqui uma série de perguntas e respostas sobre o programa que o governo estabeleceu em relação aos paineis solares: http://www.paineissolares.gov.pt/faq.html

Na realidade o desconto na aquisição do painel atravês deste programa é efectuado pela empresa instaladora. O Governo "concedia" (e creio que vai continuar a conceder) o benefício fiscal de 30% sobre o valor de aquisição do painel.

A grande vantagem em relação às empresas que estão fora deste programa é a garantia de 6 anos. Uma empresa fora deste programa, e há muitas, quando muito estabelece uma garantia de 1 ou 2 anos na manutenção do equipamento.

Em termos de preços do painel da sua preferência, como pode constatar e se percebi bem o que li, é ela por ela. Não há assim uma grande diferença, ou seja, qualquer empresa poderá instalar o painel da sua preferência e "aproximar" o valor do concedido seguindo o programa "preço chave na mão".

Há uma lista, nesta altura já não vale a pena visto que já instalou o painel que pretendia, no link que forneci, das empresas/marcas e como poderá constatar o painel que instalou deverá constar nesta lista!...  ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Isto esta um pouco confuso, por isso vou contar uma situação que sei.

Foram encomendados os painéis em 2009, através do banco.

O dinheiro desapareceu logo da conta do comprador.

Os painéis ainda não estão instalados.

Essa pessoa já tem a factura para meter agora no IRS.

É possivel? o que está mal aqui se é que alguma coisa já está errada.

A história que conta deve estar um pouco incompleta!...  ;)

Deve ter havido um acordo entre as partes para que lhe emitissem a factura com data de 2009 por forma a adquirir o beneficio fiscal de 30%. Nesse acordo, verbal ou não, deve ter ficado estabelecido uma data "previsivel" mediante a entrega da empresa para que os instaladores efectuem a montagem do equipamento na casa do cliente no decorrer de 2010.

O dinheiro não desapareceu. Continua na conta do cliente mas está cativo. Significa que está na conta do cliente reservado apenas para este fim. Podia dar-se o caso do cliente gastar o dinheiro todo e na altura em que fosse necessário pagar o painel, o saldo não o permiti-se. Os bancos previnem-se nestas situações!...

Como deve ter havido um acordo entre as partes, e já lhe passaram a factura, o banco já deve ter pago à empresa o valor do painel em questão.

Convinha dar uma leitura no ponto relativo a IRS e IVA: http://www.paineissolares.gov.pt/faq.html

Destaco esta informação: "Para facturas emitidas em 2010 não é possível garantir benefícios fiscais no IRS 2010."

Dai a necessidade de possuir factura com data de 2009!...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead