Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
€ureka

auxilio fiador

3 publicações neste tópico

boa tarde a todos e bom natal!

venho aqui tirar uma duvida, espero que alguem me possa ajudar. o meu irmao enquanto namorava com a sua ex ficou de fiador num credito pessoal dela para aquisição de uma computador. ate aqui tudo bem. entretanto ele acabou com ela e começou a namorar com outra acabando por casar com ela. segundo sabe, a ex nunca tinha falhado nenhuma prestação, mas à uns dias ligaram-lhe do banco a dizer que faltavam duas prestações e tb lhe falaram que ela tb tinha cerca de 200€ de divida no cartao de credito. a minha pergunta é: ele como fiador tem que assegurar o pagamento das prestações do credito ou tem tb que assegurar o pagamento de compras por ela feitas atraves do cartao?

aguardo respostas, desde ja agradeço a vossa ajuda.

bem hajam a todos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

... segundo sabe, a ex nunca tinha falhado nenhuma prestação, mas à uns dias ligaram-lhe do banco a dizer que faltavam duas prestações e tb lhe falaram que ela tb tinha cerca de 200€ de divida no cartao de credito. a minha pergunta é: ele como fiador tem que assegurar o pagamento das prestações do credito ou tem tb que assegurar o pagamento de compras por ela feitas atraves do cartao?

Creio que uma conversinha entre os dois, ou no caso da desavença ter sido enorme, entre um representante legal do seu irmão, poderia ajudar a esclarecer o porquê de vir agora passado este tempo, tendo o seu irmão já contraido matrimónio com outra pessoa, esperar que ele lhe pague as suas dividas.

Parece-me um caso de desavenças pessoais. E nesse campo, desde que se possa ou consiga provar que "ela" tem meios materiais para pagar, o seu irmão não deveria ser chamado a pagar as prestações em falta.

Bem sabemos que um fiador é para isso mesmo que serve, mas se o podermos evitar, é melhor para todos, sob pena de um dia não haver fiadores por falta de confiança. E o caso flagrante é este que é apresentado aqui!...

Parece-me que deveriam ir ao banco esclarecer a situação e em último recurso a um advogado!

No entanto, aguarde por mais umas opiniões!

Boa sorte!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0