Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
Piki_Piki

Proprietário vs usufrutuário

4 publicações neste tópico

Boa noite a todos,

Gostaria de saber se alguém seria capaz de me esclarecer o seguinte (falando somente em situações de imóveis).

Numa situação em que existe o proprietário (dono da nua propriedade axo k é isto) e 2 usufrutuários cada um com direito a metade, sendo um desses usufrutuários o proprietário ou seja o dono.

A minha questão é a seguinte: quais os deveres exclusivos do proprietário tanto a nível de pagamentos (prediais, imi, autárquicas, condomínios, advogados, licenças, certificados de eficiência energética) como de tratamento de situações (ordens de despejo) e assinaturas. E quais os deveres de ambos por serem usufrutuários, o que ambos devem pagar a meias, assinar os 2…visto que os rendimentos que advém são divididos pelos 2 usufrutuários.

Pergunto isto também pk parece k o proprietário é k tem de tratar de tudo pk tem sempre de assinar as coisas, mas visto o usufruto ser em conjunto não terão de ser ambos a assinar e a tratar.

Será k por ser proprietário também pode tratar das coisas sozinho? e a outra pessoa não pode tratar de nada sozinha com a sua assinatura? Pergunto isto porque, posso estar enganada, mas nos casos em k existe o proprietário e outra pessoa com o usufruto total, é o usufrutuário k tem de tratar das coisas como kiser, arrendar se quiser e a kem quiser, e como só ele tem os rendimentos também e só ele k acarreta com as despesas…ou estou enganada?

Outra kestao..pelo que sempre ouvi dizer não se pode doar nem vender nada sem autorização da outra pessoa (usufrutuário de metade) e caso se faça o dinheiro adquirido é sempre dividido a meias por ambos … isto é mesmo assim tão linear? Tendo a outra pessoa metade do usufruto ela não tem só de ter garantido o valor do usufruto k supostamente estaria a dar o imóvel.

Desde já peço desculpa pelo longo post..tenho uma certa dificuldade em exprimir-me  :-X

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

situações de imóveis.

Numa situação em que existe o proprietário (dono da nua propriedade axo k é isto) Acha ou tem a certeza?

e 2 usufrutuários cada um com direito a metade, sendo um desses usufrutuários o proprietário ou seja o dono.

A minha questão é a seguinte: quais os deveres exclusivos do proprietário tanto a nível de pagamentos (prediais, imi, autárquicas, condomínios, advogados, licenças, certificados de eficiência energética) como de tratamento de situações (ordens de despejo) e assinaturas.

Se é exclusivo e sendo ele o propritário, cabe-lhe a honra de fazer o supra citado!

E quais os deveres de ambos por serem usufrutuários, o que ambos devem pagar a meias, assinar os 2…visto que os rendimentos que advém são divididos pelos 2 usufrutuários.

Mas o dono não é dono de tudo, mesmo usufruindo a meias?

Será k por ser proprietário também pode tratar das coisas sozinho? e a outra pessoa não pode tratar de nada sozinha com a sua assinatura? Pergunto isto porque, posso estar enganada, mas nos casos em k existe o proprietário e outra pessoa com o usufruto total, é o usufrutuário k tem de tratar das coisas como kiser, arrendar se quiser e a kem quiser, e como só ele tem os rendimentos também e só ele k acarreta com as despesas…ou estou enganada?

Outra kestao..pelo que sempre ouvi dizer não se pode doar nem vender nada sem autorização da outra pessoa (usufrutuário de metade) e caso se faça o dinheiro adquirido é sempre dividido a meias por ambos … isto é mesmo assim tão linear? Tendo a outra pessoa metade do usufruto ela não tem só de ter garantido o valor do usufruto k supostamente estaria a dar o imóvel.

Podes tentar expor as dúvidas por pontos?

1. isto equivale a tal?

2. E isto equivale a outro tanto?

Tentei esclarecer algumas dúvidas, mas há algo que me escapa na explicação total...

Pode ser que agora, seja um pouco mais claro!

Cumps

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

hum obrigada desde ja pela ajuda...bem ja vi que me expliquei mal..

talvez seja mais façil entao esclarecer só :

numa situaçao em que existe o proprietario de raiz do imovel e o usufrutuario (com usufruto total).

quais os deveres e obrigaçoes de cada um nomeadamente:

Quem paga o registo predial do imovel;

Quem paga o condominio;

Quem trata da licença de habitaçao

Quem trata da eficiencia energetica

Quem trata de contratos de arrendamento e eventualmente ordens de despejo

Quem trata do seguro obrigatorio do imovel

ja agora neste caso o proprietario não pode doar nem vender nada sem autorização do usufrutuário?

e caso o faça com autorizaçao do usufrutuario, o dinheiro adquirido é sempre dividido a meias por ambos … isto é mesmo assim tão linear? Tendo a outra pessoa o usufruto ela não tem só de ter garantido o valor do usufruto k supostamente estaria a dar o imóvel.

talvez assim me consigam esclarecer melhor  :)

obrigada

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Piki_Piki, isso depende do Contrato de Usufruto: pode ser um ou outro de acordo com o estabelecido. No entanto qualquer Notário que tenhas próximo de ti te explica isso timtim por timtim e te mostra logo uma minuta de contrato de usufruto aplicável ao teu caso. Porque para haver usufruto tem que haver um Contrato escrito, só de boca não vale, ou, pelo menos, só de boca implica que o proprietário anda sempre com o "credo na boca" ... talvez o ideal seja falares a um notário pois para te esclarecer ele não te lava nada - só te levará dinheiro para redigir e registar o tal Contracto.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0