hsfarao

Novas medidas para facilitar mudança de banco entram hoje em vigor

3 publicações neste tópico

Entra hoje em vigor um conjunto de regras destinadas a facilitar a mudança de banco pelos clientes, entre as quais a possibilidade de o novo banco actuar como intermediário na alteração e a obrigatoriedade de o antigo fornecer toda a informação necessária.

A Comissão Europeia definiu que os novos "príncipios comuns aplicáveis às mudanças de banco", que agilizam a transferência das contas à ordem entre instituições bancárias, entram em vigor a partir de hoje em Portugal.

Conforme foi anunciado por Bruxelas no início de Novembro, as novas directrizes foram adoptadas pelo sector bancário europeu em Dezembro de 2008, tendo em vista tornar mais fácil a tarefa dos clientes de mudarem de banco, com a sua implementação a cargo das associações bancárias de cada país, e já entraram em vigor em praticamente todo o restante espaço europeu no dia 01 de Novembro.

Fonte: www.lusa.pt de 01 de Dezembro de 2009

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Por exemplo: o banco antigo deve fornecer ao consumidor e ao novo banco toda a informação sobre os pagamentos recorrentes do cliente na instituição, como por exemplos os débitos directos ou ordens permanentes, e, sempre que possível, sem custos associados. E o banco antigo terá que prestar a informação necessária em sete dias úteis e o novo banco tem igual prazo para restabelecer as operações correntes em causa.

Regra geral este serviço deve ser gratuito (frase que deixa muito a desejar). Seria bem melhor que dissesse este serviço é obrigatoriamente gratuito

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead