Novais

Vigarices na Millennium

12 publicações neste tópico

Boas. A fim de alterar a minha taxa fixa para variável, dirigi-me a este banco e ao fim de um mês, tive a fantástica resposta por parte deles. Ora bem, de modo a me alterarem a taxa, teriam de me fazer um novo crédito e só baixaria de 490 para 430€ porque me iriam aplicar uma taxa de 4%.

Quer dizer que, quando eu tinha a taxa variável e mudei para taxa fixa, não foi preciso fazer novo crédito e agora querem-me fazer isto??? Duvido muito que seja legal. Vou apresentar este caso á DECO, já que sou sócio deles e vou retirar a maior parte dos meus produtos (cartão crédito, ppr, etc).

Vigaristas já bastam os do governo, agora ainda tenho de levar com estas bestas?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Começando pelo fim, dizes "Vigaristas já bastam os do governo, agora ainda tenho de levar com estas bestas?"

Se calhar não abona a teu favor a fotografia com que te identificas  ;D É uma perfeita contadição!

Agora a sério, estás a falar de um crédito à habitação (?) que tens nessa instituição bancária, que já mudaste de taxa variável para fixa e agora queres fazer ao contrário e eles querem-te "obrigar" a fazer um novo crédito?

Desculpa, mas não percebi. Não é nada comum. O que é comum é a subida do spread já que têm oportunidade de mexer no inicialmente contratado.

Que taxa é essa de 4%? Dá mais esclarecimentos.....

Acho que podes e deves falar com a DECO, mas não comeces a cancelar cartões e outros produtos movido pela fúria, pois podes cometer algum erro que te prejudique!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A fim de alterar a minha taxa fixa para variável, dirigi-me a este banco e ao fim de um mês, tive a fantástica resposta por parte deles. Ora bem, de modo a me alterarem a taxa, teriam de me fazer um novo crédito e só baixaria de 490 para 430€ porque me iriam aplicar uma taxa de 4%.

Quer dizer que, quando eu tinha a taxa variável e mudei para taxa fixa, não foi preciso fazer novo crédito e agora querem-me fazer isto??? Duvido muito que seja legal. Vou apresentar este caso á DECO, já que sou sócio deles e vou retirar a maior parte dos meus produtos (cartão crédito, ppr, etc).

Na altura em que optou pela taxa fixa, deve-os ter achado os maiores!...

Aconselhava-o a dar uma vista de olhos nestes artigos:

http://www.pedropais.com/taxa-fixa-a-opcao-certa-763.html

http://www.pedropais.com/taxa-fixa-ou-variavel-550.html

Creio que pelas circunstâncias de vida, na altura, pareceu-lhe ser a melhor opção a fazer. Tal como, então, não se sabia quando as taxas iriam parar de subir, agora também não é líquido que vão continuar a descer. Aliás parece-me que estão a subir ligeiramente a todos os prazos...

Eu aconselhava-o a tomar duas decisões, que me parecem razoáveis e nada precipitadas:

esperar pelo fim do período de taxa fixa que definiu com o seu banco para então mudar para taxa variável, no caso da taxa ser mais favorável.

Fazer uma simulação de acordo com os seus dados disponíveis aqui: http://www.pedropais.com/forum/index.php/topic,2070.0.html. Depois, calmamente, decide a que banco se deve dirigir no caso de este assumir as despesas de transferência do seu crédito à habitação.

Assim sem dados nenhuns, talvez o Barclays. Mas nada como ter dados para fazer a simulação...  ;)

Boa sorte!  :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa Noite,

parece-me uma situação idêntica à minha (cujo post ainda não obteve comentários infelizmente). No meu caso trata-se do BES onde ao tentar alterar o meu crédito de taxa fixa para variável, fui informado que tinha que pagar juros dos anos de taxa fixa em falta (no meu caso fixei em 10 anos). Ou seja, estes senhores calculam um valor de mais de 10 mil euros caso eu pretenda mudar para taxa variável. Um autêntico absurdo já que o governo fixou a comissão máxima de reembolso antecipado em 2% para os contratos de taxa fixa, o que dá um valor muito inferior.

Pode-se também chamar a isto uma vigarice? Não sei, mas o certo é que já apresentei uma reclamação junto do Banco de Portugal, à qual aguardo ansiosamente por uma resposta.

Entretando uma coisa é certa: Já tenho proposta de outro Banco que suporta todos os custos de transferência do crédito, pelo que estes senhores do BES para mim já foram.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Isso é diferente.... Estão a aplicar um Spread absurdo, mas ao menos não estão a cobrar juros referentes ao tempo de taxa fixa em falta.

Nesse caso, não sei se não é legítimo fazerem isso, embora seja um roubo obviamente: com um spread de 4% e a Euribor a 1,042 você vai ficar com uma taxa superior a 5%... é um roubo.... Quando a Euribor começar a subir para valores "normais" você fica com uma taxa como se estivesse a pagar um crédito de um carro ou outro semelhante.

Desejo-lhe sorte na reclamação junto da Deco, e se fosse assim não deixaria de questionar também o Banco de Portugal.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

E qual é o problema?

Querem um novo contrato. Cada uma das partes tem a liberdade de propor o que quer. A outra aceita ou não.

A mim parece-me tudo correcto.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Quer dizer que, quando eu tinha a taxa variável e mudei para taxa fixa, não foi preciso fazer novo crédito e agora querem-me fazer isto??? Duvido muito que seja legal. Vou apresentar este caso á DECO, já que sou sócio deles e vou retirar a maior parte dos meus produtos (cartão crédito, ppr, etc).

Não foi preciso fazer novo crédito porque provavelmente a mudança para taxa fixa ocorreu no fim do período de vigência da taxa da altura. Agora tu queres mudar as condições antes de acabar o prazo durante o qual tu próprio pediste ao banco para fixar a taxa.

Antes de andar a chamar vigaristas aos outros há que ser sério. E querer mudar as regras unilateralmente de cada vez que nos apetece não é ser sério... Se não gostas da contra proposta que te fizeram, procura alternativas na concorrência...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não foi preciso fazer novo crédito porque provavelmente a mudança para taxa fixa ocorreu no fim do período de vigência da taxa da altura. Agora tu queres mudar as condições antes de acabar o prazo durante o qual tu próprio pediste ao banco para fixar a taxa.

Antes de andar a chamar vigaristas aos outros há que ser sério. E querer mudar as regras unilateralmente de cada vez que nos apetece não é ser sério... Se não gostas da contra proposta que te fizeram, procura alternativas na concorrência...

Se me permite um comentário, visto que estou envolvido numa situação semelhante, não me parece nada correcto que os Bancos ajam desta maneira...No caso deste Sr até lhe propoêm "apenas" uma alteração de Spread... Agora repare numa situação em que o Banco lhe cobra  mais de 10000€ quando a comissão de reembolso antecipado máxima fixada por lei é de 2% e a mesma comporta num valor mais de 3 vezes inferior ao que o Banco tenta cobrar para alterar o regime da taxa... Não estará aqui o Banco a agir de de má fé?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se me permite um comentário, visto que estou envolvido numa situação semelhante, não me parece nada correcto que os Bancos ajam desta maneira...

Porquê? Só porque não nos dá jeito?

Pedir para mudar um contrato a nosso favor sem dar nada em troca é que não me parece correcto.

No caso deste Sr até lhe propoêm "apenas" uma alteração de Spread... Agora repare numa situação em que o Banco lhe cobra  mais de 10000€ quando a comissão de reembolso antecipado máxima fixada por lei é de 2% e a mesma comporta num valor mais de 3 vezes inferior ao que o Banco tenta cobrar para alterar o regime da taxa... Não estará aqui o Banco a agir de de má fé?

A essa outra situação já respondi num outro tópico, não misturemos as coisas...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Comparo as alterações de Fixa para Variável e de Variável para Fixa com uma fila de trânsito em que estamos sempre a mudar de faixa.. quando vamos a ver, acabamos por andar mais devagar que os outros..

há que escolher uma modalidade de taxa e levá-la até ao fim (principalmente a fixa!), senão dá nisto..

o banco faz contratos a contar que o Cliente os cumpra (assim como vocês esperam que o Banco cumpra com o que contratou convosco), se vocês querem alterar o contrato têm de se sujeitar ao que o banco está a praticar no momento da alteração...

quando foram abolidas as comissões sobre alterações aos empréstimos escrevi algures que em última instância os prejudicados iriam ser os clientes! isto porque os bancos vão simplesmente deixar de aceitar alterações aos contratos! se têm trabalho operacional com essas alterações e não podem ser pagos por elas (para poderem fazer face aos custos que estas implicam: alguém tem de as fazer, e o banco tem de pagar, pelo menos o salário aos trabalhadores e compensar o tempo que se perde e se deixa de fazer outra coisa), é certo que deixam de as aceitar (há já bancos que não aceitam a simples mudança de Euribor a 3 meses para 6 ou vice-versa)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

(há já bancos que não aceitam a simples mudança de Euribor a 3 meses para 6 ou vice-versa)

Foi o que me disse a gerente do bpi onde tenho o CH.

Tenho a Euribor a 6 meses e queria passar para 3 meses!

Sendo assim deixo estar como está!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead