José Ribeiro

Sugestões para contornar a crise!

17 publicações neste tópico

Pequenos negócios fáceis para ganhar dinheiro extra

Ocupações parciais podem ajudá-lo a enfrentar as despesas.

Tem ideias de negócios? Partilhe as suas ideias e sugestões!

Se ficou desempregado ou se, com a crise, o seu dinheiro encolheu e está a precisar de uns extras, eis alguns exemplos de pequenos trabalhos que pode fazer e que não requerem grande investimento para se lançar.

1 - Organizar festas e eventos pode render dinheiro.

Festas de aniversário para crianças, casamentos, jantares de empresas, são apenas alguns exemplos do que pode organizar. Fazer recados à noiva atarefada, tratar do catering ou das flores, tratar da decoração, providenciar palhaços e brincadeiras ou organizar jogos pode ser divertido.

2 - Escrita em regime de freelance.

Se quer escrever à peça, guarde uma cópia de todos os artigos que publicar num portfólio digital que possa enviar a potenciais clientes. Facilitar-lhe-á a vida.

3 - Fotografia.

Muitas entidades têm interesse em comprar fotografias, (por exemplo, jornais) sobre determinados temas mais em voga. Antes de as colocar online, certifique-se de que coloca uma marca de água em todas elas. As pessoas menos honestas não hesitarão em usar as suas fotografias sem permissão e pode perder o seu rendimento.

4 - Desenho gráfico e Web design.

Se consegue fazer bons projectos, não faça um preço muito baixo só porque não é profissional.

5 - Artesanato pode ser uma boa opção se tem talento para artes manuais.

Cerâmica, bijutaria, pintura... as opções são mais que muitas. Conte com o custo de todos os materiais e acrescente a mão-de-obra: um tanto à hora, na altura de fixar os preços.

6 - Tomar conta de crianças pode ser uma boa ocupação se gosta de lidar com os mais pequenos.

Há muitos sites onde pode inscrever-se para estes trabalhos, mas se quer actuar mais na sua zona de residência e não quer pagar uma comissão a terceiros, imprima cartões de visita e espalhe-os. Poucos métodos funcionam tão bem como passar a palavra.

7 - Tomar conta de animais ou objectos importantes na ausência dos donos ou de pessoas na ausência dos familiares responsáveis, também pode render bom dinheiro.

Por exemplo, olhar pelos mais velhos algumas horas por dia ou tomar conta de casas durante as férias dos proprietários.

8 - Consumidor mistério.

Eis uma ocupação que dá pouco trabalho. Muitas empresas de estudos de mercado pagam para obter a opinião das pessoas acerca de produtos e serviços. Aqui o truque é inscrever-se no maior número de sites possível e verificar o e-mail com frequência.

9 - Dar explicações a crianças sobre matérias em que é entendido

Pode fazê-lo pessoalmente ou online. Evite inscrever-se nos sites que cobram comissões e ganhe mais algum dinheiro.

10 - Assistente virtual é uma função que está em forte crescimento lá fora.

Mas para ser uma secretária-remota, convém que tenha um bom tarifário para chamadas internacionais.

11 - Demonstrações de produtos.

Um conselho: não tente vender uma coisa em que não acredita. O mais provável é que não convença ninguém.

12 - Fazer recados.

Muita gente não tem tempo no seu dia-a-dia para tratar de pequenas coisas como entregar documentos, ir buscar a roupa à lavandaria, comprar um presente para uma festa de aniversário ou ir às compras para reabastecer a dispensa lá de casa. Nada que você não possa fazer. Alugue o seu tempo.

Espero que este tópico tenha utilidade e, como foi dito no início do tópico, partilhe as suas idéias e sugestões! 

:)

in «The Consumerist»

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Acho as dicas excelentes e de grande ajuda.

Parece-me que depois de ter a ideia, o problema vai ser colocar o "produto" no mercado.

Falo por mim.... tenho algum jeito para malhas e resolvi fazer cachecois de lã para vender. São artigos úteis e únicos mas grande parte das pessoas prefere produtos made in china, sem grande qualidade

Foi apenas um desabafo, não quero como isto que ninguem desisita de tentar alguma coisa, antes pelo contrario.... toca a lutar!!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Parece-me que depois de ter a ideia, o problema vai ser colocar o "produto" no mercado.

Falo por mim.... tenho algum jeito para malhas e resolvi fazer cachecois de lã para vender. São artigos úteis e únicos mas grande parte das pessoas prefere produtos made in china, sem grande qualidade

Muitas vezes (sobretudo nas grandes cidades) as pessoas têm receio de comprar esse tipo de coisas a um particular, que não sabem se lhes dá grandes garantias ou não.

Uma hipótese pode ser contactar uma loja de comércio tradicional, que tipicamente tem vários fornecedores diferentes, para saber se estaria interessada em comercializar os produtos (provavelmente será necessário acumular algum stock antes de responderem afirmativamente - mas pode-se ir sondando).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Muito do que se aprende/aprendia nos trabalhos manuais/artesanais do ciclo, podiam ser usados como forma de ganhar alguns euros...

O escoamento pode ser um problema, mas recordo-me, por exemplo, que em Aljubarrota há um senhor que vive simplesmente de fazer peças em barro manualmente e nem ficam muito perfeitas...

A porta está sempre aberta para as visitas!...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Muitas vezes (sobretudo nas grandes cidades) as pessoas têm receio de comprar esse tipo de coisas a um particular, que não sabem se lhes dá grandes garantias ou não.

Uma hipótese pode ser contactar uma loja de comércio tradicional, que tipicamente tem vários fornecedores diferentes, para saber se estaria interessada em comercializar os produtos (provavelmente será necessário acumular algum stock antes de responderem afirmativamente - mas pode-se ir sondando).

É verdade, o maior problema é colocar o produto, seja ele qual for, no mercado.

A sugestão dada pelo Pauloaguia era muito boa, mas infelizmente não funciona. :(

Quando eu era estudante, e precisava de algum dinheiro, fazia botinhas de lã para os bebés, de todas as cores e feitios. Vendia-as aos amigos e conhecidos dos amigos, mas os meus "clientes" não precisavam de botinhas a toda a hora e comecei a deixar de vender!

Decidi ir a uma loja, tinha o tal stock de segurança, e pedi para me venderem a "mercadoria". Vendiam imenso, até tive ruptura de stocks :D No entanto, a loja como intermediária, cobrava 35% por cada pantufinha vendida! Quase que não valia a pena, mas como precisava de dinheiro continuei e diversifiquei os meus trabalhos; também fazia pegas para as panelas e pantufinhas para Sras.

Tive que desistir, quase não estudava .......

Há uns tempos dei esta sugestão a uma jovem desempregada com muito jeito para trabalhos manuais. Contactou uma loja e embora tivessem vontade de a "ajudar" disseram que não o podiam fazer, pois, podiam ser fiscalizados por estarem a vender produtos dos quais não tinham factura. ??? Como o que ela produzia não dava para se colectar nas finanças, desistiu!

Há, de facto, bastantes entraves, é preciso ser muito persistente e .....criativo!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Há, de facto, bastantes entraves, é preciso ser muito persistente e .....criativo!

Criatividade e persistência são as palavras chave. A partir daqui... arregaçar as mangas e dar uso aos dotes de cada um!  ;)

Entretanto sugiro um link, que responde à sugestão nº 8 da mensagem inicial do tópico: http://pt.testandvote.com/inscription.php?src=NetAffiliation_PT_Nov2007

"Ao tornar-se membro, poderá dar a sua opinião e ser pago por isso."

Quem conhecer este site ou outros do género pode deixar aqui a sua opinião!...  ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Inquérito ao Consumo das Famílias

Razões para participar:

1. Ao responder o inquérito, o seu nome entra automaticamente no sorteio, onde poderá ganhar 10000€ e 10 televisores LCD.

2. As suas respostas ajudarão a melhorar a qualidade e a diversidade de produtos e serviços, que você Consumidor, mais deseja.

3. Poderá receber múltiplas ofertas de redução de preço sobre várias marcas de renome.

As suas respostas fazem a diferença:

O Inquérito ao Consumo das Famílias é patrocinado por marcas líderes em Portugal: a sua opinião ajuda a perceber quais os produtos e serviços as pessoas querem ver nas lojas e online.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Inquérito ao Consumo das Famílias

Razões para participar:

1. Ao responder o inquérito, o seu nome entra automaticamente no sorteio, onde poderá ganhar 10000€ e 10 televisores LCD.

2. As suas respostas ajudarão a melhorar a qualidade e a diversidade de produtos e serviços, que você Consumidor, mais deseja.

3. Poderá receber múltiplas ofertas de redução de preço sobre várias marcas de renome.

As suas respostas fazem a diferença:

O Inquérito ao Consumo das Famílias é patrocinado por marcas líderes em Portugal: a sua opinião ajuda a perceber quais os produtos e serviços as pessoas querem ver nas lojas e online.

Quem são? https://www.icfp.pt/linkpages/Port-About.htm

Politica de privacidade: https://www.icfp.pt/linkpages/Port-Privacy.htm

Protecção de dados: https://www.icfp.pt/linkpages/Port-AcxiomPrivacy.htm

Condições do sorteio: https://www.icfp.pt/linkpages/Port-TandC.htm

Premiados em anteriores edições: https://www.icfp.pt/linkpages/Port-Winners.htm

Contactos: https://www.icfp.pt/linkpages/Port-Contact.htm

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eis uma sugestão para os aventureiros: http://www.ryanair.com/pt/careers/job

Requisitos (tradutor, please!...):

    * Experienced in dealing with the public & comfortable in a selling role

    * Physically fit with a good attendance record in your current position

    * Hard working, flexible & willing to operate on a shift roster

    * Over 18 years of age (esta é fácil!...  :D)

    * Between 5'2 (1.57m) and 6'2 (1.85) in height with weight in proportion (recrutas e magalas com as devidas proporções 'bora lá!...  ;D)

    * Of normal vision (contact lenses acceptable)

    * Able to swim well (esta aqui, já não é para qualquer um!...  :o)

    * You must be in possession of a valid European Union passport and have the right to work in both the UK and Ireland

    * Fluent in English (both written and spoken) (toca a limpar o pó dos manuais!...  :P)

    * Prepared to live within one hour's travelling time of any Ryanair base

    * Ready to meet the challenge of dealing with people and demanding situations

    * Friendly and outgoing with a lively personality

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Mais um site que pode ser útil: http://ilead.itrack.it/clients/CIL_Nutricion_PT/c15522/popup.asp?campaignid=15522&websiteid=9340&scriptid=100812&subwebsiteid=100199&viralref=0

Saídas profissionais:

Segundo o Ministério da Saúde, em Portugal um de cada dois adultos tem excesso de peso e o número de crianças obesas triplicou.

Uma vez concluído o Curso Prático de Nutrição e Dietética poderá aceder a vários postos de trabalho relacionados com a Alimentação tanto em Nutrição como em Dietética e será um dos profissionais mais destacados.

Poderá assessorar em Centros de Dietética e Estética. Importantes empresas procuram diariamente em Bolsas de Emprego especializadas pessoas com conhecimentos em nutrição para incorporar nos seus quadros.

Poderá assessorar na área de nutrição em Colégios, Infantários, Residências, Cantinas, Empresas de Catering e Hotéis, elaborando um plano alimentar equilibrado tendo em conta cada caso específico.

Além disso, poderá Trabalhar por Conta Própria como Assessor(a) na área da nutrição.

Com uma vasta projecção laboral, este Curso Prático de Nutrição e Dietética dá-lhe a oportunidade de aportar os seus conhecimentos para tornar a alimentação das pessoas mais saudável.

Não sei se não será uma forma de escoar "livros", mas é uma questão de pedir informações!...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Achei os posts muito úteis e interessantes.

Lembrei-me que também podia ser bom deixar a dica de que assim como se pode cuidar de crianças e idosos, também se pode:

- cuidar de animais de estimação de pessoas que não os possam ir passear, dar banho, etc;

- lavar carros (não me refiro no meio de uma fila de trânsito enquanto o semáforo está fecahdo mas por exemplo, lavar o carro do vizinho que nunca tem tempo e enfia o carro na garagem todo sujo  :P)

- Para quem tem talento, fazer rissóis, salgados e bolos para fora também pode ser uma opção.

Eu mesma vou colocar mãos à obra e aproveitar algumas das sugestões dadas :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eis uma sugestão para os aventureiros: http://www.ryanair.com/pt/careers/job

Requisitos (tradutor, please!...):

    * Experienced in dealing with the public & comfortable in a selling role

    * Physically fit with a good attendance record in your current position

    * Hard working, flexible & willing to operate on a shift roster

    * Over 18 years of age (esta é fácil!...  :D)

    * Between 5'2 (1.57m) and 6'2 (1.85) in height with weight in proportion (recrutas e magalas com as devidas proporções 'bora lá!...  ;D)

    * Of normal vision (contact lenses acceptable)

    * Able to swim well (esta aqui, já não é para qualquer um!...  :o)

    * You must be in possession of a valid European Union passport and have the right to work in both the UK and Ireland

    * Fluent in English (both written and spoken) (toca a limpar o pó dos manuais!...   :P)

    * Prepared to live within one hour's travelling time of any Ryanair base

    * Ready to meet the challenge of dealing with people and demanding situations

    * Friendly and outgoing with a lively personality

A Ryanair não é uma agência de viagens low-cost? Se uma das exigências deles é saber bem nadar, de repente fiquei sem vontade de experimentar esta agência... :-\

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ja participo em vários estudos de mercado e posso dizer que nunca mais fui ao Toluna porque não se ganha nada!

Os unicos onde já ganhei bastante é no BeRuby, que para por visitas, registos e compras em sites:

http://pt.beruby.com/promocode/u5zrpE

E no Trivago, um site que nos paga para dar-mos a nossa opinião acerca do que visitamos (hoteis, parques e atracções), pelas fotos que foram tiradas por nos nas férias e por descrever hoteis.

Neste site 2000 milhas dá 1 €. Para ter 2000 milhas precisa de 5 descrições, 10 opiniões ou 30 fotos.

Se escreverem muitas descrições recebem um euro por descrição, existem pessoas que o seu trabalho é descrever hoteis no site e recebem o dinheiro que querem.

http://www.trivago.pt/MiguLuso-friends

_________________

Em estudos de mercado existe a net sonda - Nunca recebi nada deles por acaso, só um questionário para saberem mais coisas acerca de mim em que ganhei 1 euro.

http://www.netsonda.pt/

Internacional Service Check:

http://www.internationalservicecheck.com/

Vou colocando aqui novidades a medida que descubro.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

1. A Ryanair não é uma agência de viagens low-cost?

2. Se uma das exigências deles é saber bem nadar, de repente fiquei sem vontade de experimentar esta agência... :-\

1. É sim!  :)

2. É uma das exigências. Não quer dizer que seja excluida por esse "handicap". Só experimentando é que saberá... mas com um menor torna-se complicado!  :(

Obs. Experimente começar por estas sugestões que estão no início deste tópico: "Pequenos negócios fáceis para ganhar dinheiro extra"

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Acho as dicas excelentes e de grande ajuda.

Parece-me que depois de ter a ideia, o problema vai ser colocar o "produto" no mercado.

Falo por mim.... tenho algum jeito para malhas e resolvi fazer cachecois de lã para vender. São artigos úteis e únicos mas grande parte das pessoas prefere produtos made in china, sem grande qualidade

Foi apenas um desabafo, não quero como isto que ninguem desisita de tentar alguma coisa, antes pelo contrario.... toca a lutar!!

Tendo experiência e aptidão para fabricar esses produtos penso que poderia dar o próximo passo com os apoios que existem.

Aconselho a leitura deste artigo que pode ajudar aqueles que procuram apoios monetários para os iniciar os seus negócios

http://insolvenciasingular.com/combater-desemprego

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Para deixar um comentário é necessário estar registado

Criar uma conta

Registe uma conta nova na nossa comunidade. É fácil!


Registar uma conta nova

Entrar

Já está registado? Entre aqui.


Entrar agora