Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
meskita

ajuda com advogado

10 publicações neste tópico

Espero ser este o topico certo para colocar esta minha questão.

Estou em processo de divorcio e estava a tentar fazer as coisas a bem.

Mas por várias razões desisti de esperar pela boa vontade da minha ex esposa, e apesar do dinheiro ser muito curto vou avançar para a consulta a um advogado e tentar resolver a situação via judicial visto que a bem não está a resultar.

a minha pergunta é a seguinte????

sou da zona de Lisboa e vila franca de xira e gostava de saber se conhecem ou me podem indicar um advogado que me possa ajudar com esta situação do divorcio, mas que seja baratinho.

Sei ke barato e bom é dificil de encontrar mas o orçamento é curto.

agradeço a vossa ajuda

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

sou da zona de Lisboa e vila franca de xira e gostava de saber se conhecem ou me podem indicar um advogado que me possa ajudar com esta situação do divorcio, mas que seja baratinho.

Sei ke barato e bom é dificil de encontrar mas o orçamento é curto.

Já pensou em pedir ajuda a um advogado oficioso?

Dirige-se à segurança social, ou Junta de Freguesia, e pede a declaração para requerer o auxílio de advogado oficioso.

Este poder-lhe-á ser atribuido ou não, mediante os seus rendimentos declarados.

Cumps

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Todos os advogados são competentes qd aceitam uma causa.

O problema é que nem sempre os clientes são competentes.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Vou contactar uma advogada amiga, expor o assunto e sem demora dou-te uma resposta aqui.

Mais tardar segunda ou terça feira.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Agradeço a todos as vossas respostas pois toda a ajuda é bem vinda.

Hugoriba agradeço a tua atenção e disponibilidade e ficarei á espera de uma resposta da tua parte.

Todos os advogados são competentes qd aceitam uma causa.

O problema é que nem sempre os clientes são competentes.

Caro ildemaro não percebi onde quer chegar com a sua afirmação, os clientes quando procuram um advogado é para que esse advogado o ajude no seu probelema, claro que há uns advogados melhores que outros, mas se resolverem o probelema do cliente, o cliente fica satisfeito.

Agora dizer que o cliente nem sempre é competente, não entendi.

eu neste momento infelizmente necessito ser cliente de um advogado.

E só quero encontar um advogado que me ajude com o meu probelema, e agradeço toda a ajuda e conhecimento dos users deste forum.

Um grande obrigado a todos

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Estava na brincadeira.

Não conheço nenhum advogado que lhe possa indicar.

Boa sorte para o divórcio.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

brincadiera com coisas sérias não é muito correcto, mas................

fica bem

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

VANARK, tens mensagem privada.  ;)

Abraço.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

vanark

Antes de te comprometeres, com quem quer que seja, vai ao site da Segurança Social e simula no simulador que eles lá têm se tens direito a apoio judiciário com base nos teus rendimentos. E se tiveres esse direito não andes por aí à procura de advogados baratinhos porque esses não existem.

Eu fujo dessa gente como o diabo foge da Cruz.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Antes de te comprometeres, com quem quer que seja, vai ao site da Segurança Social e simula no simulador que eles lá têm se tens direito a apoio judiciário com base nos teus rendimentos.

Não sabia desse simulador!  :)

Já pensou em pedir ajuda a um advogado oficioso?

Dirige-se à segurança social, ou Junta de Freguesia, e pede a declaração para requerer o auxílio de advogado oficioso.

Este poder-lhe-á ser atribuido ou não, mediante os seus rendimentos declarados.

Já não é a primeira vez que sugiro a utilização deste apoio, mas parece-me que as pessoas não ligam muito. Preferem ir a um advogado "baratinho e bom", pagar no minímo 250€ para lhes tratar do processo do divórcio. Fora o valor das partilhas...

Cumps  8)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0