investidorx

Seguro de Capitalização

12 publicações neste tópico

Pretendo fazer um seguro de capitalização, para obter o beneficio fiscal, pelo que será no valor de +/- €300,00.

Pedia a vossa ajuda para me indicarem qual é a melhor opção, tendo em conta rentabilidades e comissões.

Obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

é mesmo um seguro de vida, mas capitalização.

O PPR também vou fazer, mas para maximizar a poupança fiscal quero fazer também o Seguro.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Vou tomar a liberdade de indicar 3:

BPI:

http://www.google.pt/search?client=firefox-a&rls=org.mozilla%3Aen-US%3Aofficial&channel=s&hl=pt-PT&source=hp&q=seguro+de+capitaliza%C3%A7%C3%A3o&meta=&btnG=Pesquisa+do+Google

BES:

http://www.bes.pt/sitebes/cms.aspx?plg=A4218B8A-5584-4BC7-AB5E-268C34FDB9D0

CTT:

http://www2.ctt.pt/fewcm/wcmservlet/ctt/particulares/Oferta_Nacional/prodservfin/prodpoupseguros/seguroscapitalizacao.html

Aconselho-o a ter em atenção o prazo de subscrição e as comissões que são cobradas de cada vez que faz uma entrega bem como o custo de subscrição.

Aguarde, entretanto, que surgam novas respostas ao seu pedido.

Cumps  8)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde,

Não deixa de ser curiosa a sua questão, suponho que pretende investir 300€ ?

Se é um investimento único de 300€, honestamente O benefício fiscal será irrisório.

Os seguros que o colega JRibeiro, são todos muito diferentes, uns exigem investimento mínimo de 5.000€, outros não, mas não dão para deduzir no IRS, o dos CTT tem uma carga de subscrição de 0.5% mais uma carga de gestão de 1% ( esta taxa é muito importante porque é sobre o capital), o que pode levar a rendimento 0%, caso a inflação seja superior perde dinheiro :)

Um conselho, faça uma conta poupança ( pode ser seguro de capitalização) mas não se preocupe com o Benefício fiscal.

Se quer garantir o dinheiro invista em seguros de taxa garantida e há por aí com taxas de 2,5% com poucos encargos.

Se quer apostar aposte num seguro de tenha forte componente de acções dos mercados BRIC.

Vasco Martins

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Gostaria de indicar um link, sobre Seguros de Capitalização:

http://www.pedropais.com/forum/index.php/topic,1934.0.html

Se observarem alguma incorrecção ou acrescentar algum pormenor que considerem útil, agradeço que o indiquem!

Pessoalmente, um Seguro de Capitalização não é um produto que me atraia como forma de investimento numa poupança para o futuro.

Algum tempo atrás, um funcionário do MG entrou em contacto telefónico e tentou que aderisse a um seguro de capitalização por 8 anos e um dia. Aparentemente a rentabilidade era boa. Quando lhe perguntei sobre despesas e comissões, já não conseguiu ilustrar um "quadro tão bonito". Ainda me ligou mais algumas vezes, incluindo um feriado mas não me convenceu.

No entanto, como refere o participante Vasco Martins, pode haver Seguros de Capitalização com taxa garantida atractivos para os dias de hoje. É uma questão de procurar, ouvir ou ler alguns conselhos e ter a preocupação de ler o prospecto do respectivo seguro.

Cumps  8)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Por incrível que pareça os seguros fazem todos sentido.

O importante é que eles correspondam exactamente ao que o consumidor quer.

Com de capitalização passa-se o mesmo.

Posso-lhe dizer que comercializo seguros de capitalização em que a taxa de subscrição é ao meu critério ( dentro de certos limites, claro), mas nos prospectos a taxa que aparece é a máxima.

E os seguros de capitalização têm a vantagem de ajudar e habituar os consumidores a criar poupança, que falta neste país.

Posso dizer que o que eu vendo mais são os que têm entregas programadas de 25€/mês, e o meu alvo são os casais que têm filhos pequenos.

Podem dizer que existem melhores produtos, certamente existem, mas aqui o objectivo não é a rentabilidade mas sim a poupança como um principio.

E se alguém comprar um produto destes com a ideia de poupança( com taxa garantida, claro, com o mínimo de custos) está sempre a comprar um bom produto.

Vasco Martins

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Fica ainformação:

O beneficio fiscal, investindo €300,00 será o mesmo que caso invista €300.000,00, isto é, €64,00.

O mesmo acontece com o PPR, que caso invista €2.000,00 ou €2.000.000,00 o beneficio é sempre de €400,00.

Tendo em conta que existe uma comissão de subscrição até bastante elevada, é-se compensado, pois €64,00/300,00=21,33%, isto é, mesmo subtraindo o valor da subscrição à dita rentabilidade do 1º ano (21,33%), ficamos com uma excelente taxa.

A questão passa depois por ter um produto que tenha comissão de gestão e resgate nula ou com % muito baixa, para ter uma rentabilidade minima aceitável, durante o restante período de capitalização.

É neste sentido que peço a vossa ajuda, pois o meu conhecimento neste tipo de poupanças é praticamente nulo.

Obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

É evidente que cometi um erro, peço desculpa :( ( não sei porque diabo estava a referir-me a PPR, que confusão )

Grande parte das companhias têm este tipo de produto apenas com encargo de subscrição ( o de resgate normalmente acontece se fizer o resgate antes do prazo).

Curiosamente as 3 companhias que trabalho têm esse produto assim só com encargos de subscrição, portanto, é muito provável que a companhia que trabalha também o tenha.

Agora se quer saber taxas de rendimento, bom, desde que lhe garantam 2,5% de rendimento apenas com encargo de subscrição, já estará bem servido :)

Um conselho : fale com o seu mediador ! É sempre uma boa opção :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O beneficio fiscal, investindo €300,00 será o mesmo que caso invista €300.000,00, isto é, €64,00.

O mesmo acontece com o PPR, que caso invista €2.000,00 ou €2.000.000,00 o beneficio é sempre de €400,00.

Qualquer um destes benefícios é valido apenas para o presente ano. Caso não continue a investir nos produtos, de acordo com o plano estabelecido por motivos de força maior, perde direito aos beneficios fiscais do respectivo ano e é penalizado de acordo com as cláusulas do contrato que for estabelecido. Estou correcto?

Cumps  8)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O benefício fiscal só existe para o ano de subscrição, sendo que nos anos futuros, a + valia passa pela rentabilização do valor aplicado.

Quanto a penalizações, ou perda do benefício, só existe se fizer um resgate antecipado relativamente à data estabelecida no contrato (caso seja feita sem uma das justificações apresentadas no contrato: doença prolongada, desemprego prolongado,....)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O benefício fiscal só existe para o ano de subscrição, sendo que nos anos futuros, a + valia passa pela rentabilização do valor aplicado.

Creio que não é bem assim.

Se eu fizer um plano anual de entregas mensais ou estabelecer a entrega de uma determinada importância (o valor mínimo para obter benefícios fiscais, por exemplo), no final de cada ano tenho direito a beneficios fiscais derivados do valor das entregas efectuadas nesse ano civil!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor