Levi

Titular do Crédito e Fiador

5 publicações neste tópico

Olá.

Comprei uma casa com o meu ex marido, mas na altura foi só em meu nome, porque ele tinha outra em nome dele, então decidimos que ele ficaria como fiador.

Acontece que nos separamos, a casa é em Lisboa....eu moro agora no Porto, e ele comprou outra em Lisboa.

Consegui paga-la desde 2007, mas agora as coisas complicaram-se e preciso da ajuda do meu ex para conseguir pagar o crédito, senão não vou conseguir e vou cair em incumprimento.

Sei que legamente a casa é minha, mas a casa foi comprada para os 2, ambos a escolhemos.....não quero me prejudicar, nem prejudica-lo a ele, mas ele por ele diz com ar cinico e arrogante para deixar ir para contensioso...

nâo quero por nada faz-lo, porque sei que vai prejudicar toda a minha vida.

Em caso do incumprimento quais as consequencia para ambos?? Eu em meu nome só tenho carro e a casa, ele tem carro, casa, mota......e muito mais dinheiro que eu.

Mas eu não quero mesmo prejudica-lo apenas uma ajuda até as coisas melhorarem. Estou a trabalhar, mas sem receber....o patronato não paga....tenho andado a pedir a várias pessoas emprestado, mas já não tenho mais a quem pedir...e já tenho 2 meses e em atrazo.

O banco, neste caso o montepio, já me ameaçou que se for para pré-contencioso que combram logo uma multa de 250€.

Não sei o que fazer, nem o que me pode acontecer....alguem me pode ajudar??

Obrigada

peço desculpa pelos erros, mas estou nervosa.....:-(

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ninguem para ajudar??? Jà sei que deixar de pagar não é solução, mas não sei mesmo o que fazer.

A casa está vazia e a venda em várias imobiliárias, desde fins de 2006, está a venda por um valor muito mais baixo do que comprei e mesmo assim nada.

A banco, diz que não poder fazer nada....não estou a conseguir pagar uma casa que não uso, ninguem usa, e a porcaria de crédito que o montepio me aconcelhou na altura (era uma naba neste assunto) o valor da minha divida ainda é maior do que o valor que devia na altura da compra. :-(

Estou a viver em casa de familia desde de 2006, com a vida parada e com um casa que não consigo nem vender,nem pagar, :-(

Não sei mesmo o que fazer......

:-(

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Veja se isto ajuda...

http://www.pedropais.com/forum/index.php/topic,1633.0.html

Uma outra solução talvez fosse vender o carro que sempre tem mais liquidez ,usá-lo para pagar as prestações em atraso e mais algumas que possam viar a atrasar até que o patronato resolva pagar.

Depois compra outro carro.

Boa Sorte ,

Speedbird

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Veja se isto ajuda...

http://www.pedropais.com/forum/index.php/topic,1633.0.html

Uma outra solução talvez fosse vender o carro que sempre tem mais liquidez ,usá-lo para pagar as prestações em atraso e mais algumas que possam viar a atrasar até que o patronato resolva pagar.

Depois compra outro carro.

Boa Sorte ,

Speedbird

Vender o carro???? E depois como vou trabalhar???

A casa do familiar onde estou....é como eu custumo dizer.....(desculpem o termo) no c...de judas....não passa lá nada.

O carro é 2001, mesmo que o vendesse não dava muito, mas preciso mesmo dele, para mes deslocar para o trabalho.

:-)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Em caso do incumprimento quais as consequencia para ambos?? Eu em meu nome só tenho carro e a casa, ele tem carro, casa, mota......e muito mais dinheiro que eu.

Em caso de incumprimento, para começar, como já referiste, há logo multas e custos judiciais, se o caso chegar a esses termos.

O banco pode exigir ao fiador que ajude no pagamento mas este pode invocar o benefício de excussão e garantir que só tocam nos bens dele depois de te terem tirado todos os teus (lê mais em http://www.pedropais.com/forum/index.php/topic,651.0.html).

Quanto ao resto, começa desde logo a identificar outras fontes de rendimento alternativas: arrendar a casa que, pelos vistos está parada, vender algumas coisas tuas que já não uses no ebay, fazer pequenas peças de artesanato para vender pela vizinhança ou no emprego, etc. E sobretudo aperta com o patrão para ver se te adianta algum do que te deve - se os funcionários começam a ter que faltar ao emprego para ir a tribunal resolver os problemas de dívidas, o patrão também não sai a ganhar com isso...

Podes também entrar em contacto com alguns daqueles serviços de apoio ao sobre-endividamento, como o da DECO, por exemplo.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead