hpassos

Euribor 3M vs Euribor 6M

17 publicações neste tópico

Num crédito a longo prazo, qual será mais vantajoso?

Euribor a 3 meses ou a 6 meses...

Já sabemos que se houver subidas no indexante, se o crédito estiver indexado a 3M a subida refecte-se mais rápido, mas se houver descidas isto também acontece.

Pela minha análise do histórico da euribor a 3M está sempre abaixo da 6M...ou seja essa diferença compensa sempre as subidas!

Estou certo?

Outra coisa: porque é que as IC's induzem os clientes a optarem por 6M? É que esses senhores adquirem dinheiro a euribor a 1 mês ou menos...e estes indexantes estão sempre bastante abaixo dos 6 meses...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pessoalmente eu iria para a de 3 meses, justamente pelos motivos que apontas.

No entanto, há pessoas que dão mais valor à estabilidade do valor da prestação do que ao facto de virem a pagar mais juros a médio/longo prazo - nesses casos são preferíveis taxas mais longas...

Outra coisa: porque é que as IC's induzem os clientes a optarem por 6M? É que esses senhores adquirem dinheiro a euribor a 1 mês ou menos...e estes indexantes estão sempre bastante abaixo dos 6 meses...

Será porque a diferença é lucro para o banco? ;)

De qualquer forma, nem sempre os bancos se financiam a 1 mês - sobretudo nas chamadas taxas fixas, com prazos a 2, 5 ou mais anos, é frequente os bancos financiarem-se com base nesse mesmo indexante (pelo menos a julgar pela justificação que depois apresentam para não mudar o contrato).

E o facto de sugerirem um prazo mais longo para o indexante pode justamente ter a ver com o facto do cliente dar a entender que não quer flutuações muito frequentes.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu iria (e fui) para a Euribor 3M, mas penso que num cenário de subida de taxas seja positivo alterar para 6M, isto se for possível fazê-lo sem prejuízos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu iria (e fui) para a Euribor 3M, mas penso que num cenário de subida de taxas seja positivo alterar para 6M, isto se for possível fazê-lo sem prejuízos.

Não será sempre mais favorável 3M??!

Vamos supor:

Médias dos meses anteriores em que é revista a prestação:

Setembro

3M: 0,8

6M: 1,0

Dezembro

3M: 1,0

6M: 1,2

Março

3M: 1,2

6M: 1,4

Vamos supor que nos 6M a prestação é revista em Setembro e em Março.

Se estiver com o indexante a 3M

em Set, Out e Nov pago 0,8+spread

em Dez, Jan e Fev pago 1,0+spread

em Mar, Abr e Mai pago 1,2+spread

Se estiver com o indexante a 6M

de Set a Fev pago 1,0+spread

de Mar a Ago (no minimo) levo uma ximbalada de 1,4+spread

Claro que isto é uma situação simples, mas mostra que será sempre melhor optar por 3M...não é?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Claro que isto é uma situação simples, mas mostra que será sempre melhor optar por 3M...não é?

Mostra que no período económico que analisaste teria sido sempre melhor a Euribor 3M, sim. Mas estás a analisar um período muito uniforme - as taxas estiveram sempre a descer, e, com o mercado sempre a dizer que o fim da crise estava próximo, as de longo prazo não acompanharam a descida tão rapidamente (em períodos em que as taxas descem de forma sustentada, as de longo prazo tendem a ser mais baixas que as de curto prazo, antecipando essa descida).

Mas um empréstimo de uma casa, por exemplo, decorre ao longo de uma década ou mais. E aí, podes apanhar vários ciclos de subidas e descidas das taxas, em que umas vezes as de mais curto prazo são mais baixas, mas outras vezes são mais altas.

Embora a Euribor seja uma taxa recente e não tenha um historial muito longo (pouco mais de 10 anos), já passou por fases de subida e descida, rápidas e mais lentas. E, em quase todos eles, a Euribor 3M esteve realmente mais abaixo do que a 6M. Mesmo nos períodos em que esteve acima (que os houve - por exemplo em 2002/2003) a diferença foi bem menor do que na maior parte dos períodos em que esteve abaixo. Foi por isso que referi antes que preferia a de 3 meses.

Claro que a análise do passado não garante que as coisas se vão passar da mesma forma no futuro. Mas quanto maior o período em que te baseares, melhores as conclusões que podes tirar sobre esse passado. Só por isso é que chamo a atenção para que não deves basear a escolha para um crédito a longo prazo, na análise apenas de meio ano... Por exemplo, se tivesses feito uma análise idêntica há um ano atrás, sobre o final de 2007, talvez não ficasses tão seguro assim, porque as taxas andaram muito próximas ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu iria (e fui) para a Euribor 3M, mas penso que num cenário de subida de taxas seja positivo alterar para 6M, isto se for possível fazê-lo sem prejuízos.

Subscrevo, embora como diz o Paulo a 3M num histórico é a mais vantajosa.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

LOL

...esta é a melhor de todas!

Fui informado hoje que não me autorizam o crédito habitação com a revisão a 3 meses! Só a 6 meses!!

:D :D :D :D :D :D :D :D :D :D :D

Já estou a começar a tratar com o Banco de Portugal, DECO, e outras instituições...pode não valer de nada, mas seria um ultraje não denunciar isto!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Já estou a começar a tratar com o Banco de Portugal, DECO, e outras instituições...pode não valer de nada, mas seria um ultraje não denunciar isto!

Nada obriga o banco a aceitar uma negociação com base na Euribor a 3 meses. Portanto, por mais que reclames, não vai adiantar de nada, neste caso...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Nada obriga o banco a aceitar uma negociação com base na Euribor a 3 meses. Portanto, por mais que reclames, não vai adiantar de nada, neste caso...

Nada obriga?!

Pois não...o que é certo é que depois de uma cartinha a expor as coisas de forma nua e crua e com umas palavras mais aguçadas ao departamento de qualidade da instituição, passado umas horas estavam a telefonar-me a dizer que a carta de aprovação seria com EUR a 3M.

Coincidências? Hummmm....

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pois é...se tivesse permitido que a instituição bancária tivesse levado a sua estratégia avante, em 16 prestações teria pago mais 215 euros (+/-)! 13,5 por mês.

Relembro que contratei o empréstimo de 100.000 com sread de 0,6 e EUR3M a 44 anos em Agosto de 2009 e até ao momento paguei 4.692,70€ (amort+jur+seguros+comissões).

Se tivesse ido na cantiga dos 6M teria pago 4.908,19€...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pois é...se tivesse permitido que a instituição bancária tivesse levado a sua estratégia avante, em 16 prestações teria pago mais 215 euros (+/-)! 13,5 por mês.

Relembro que contratei o empréstimo de 100.000 com sread de 0,6 e EUR3M a 44 anos em Agosto de 2009 e até ao momento paguei 4.692,70€ (amort+jur+seguros+comissões).

Se tivesse ido na cantiga dos 6M teria pago 4.908,19€...

Não acompanhei a história toda. Quando contraiu o seu crédito à habitação este ficou associado à Euribor a 6 meses?

Quantas prestações pagou na Euribor a 6 meses?

Pagou alguma coisa ou foi penalizado por ter efectuado essa transferência da Euribor a 6 meses para a Euribor a 3 meses?

Ressarciram-no nas prestações que pagou na Euribor a 6 meses?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Na altura da contratação não me queriam aprovar o crédito com a Eur3M, só aprovavam com a Eur6M!

Quando a IC anunciava em todas as suas comunicações/publicidade possibilidade de escolha entre 3M ou 6M...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu tenho a 3 meses, e pelo histórico da Euribor, acho que compensa sempre. Até já cheguei a tentar mudar para um mês, porque ainda é mais vantajosa.

Mesmo por uma questão de estabilidade do valor da prestação, eu prefiro ter duas subidas de 5€ em seis meses, do que uma de 10€.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Nada obriga o banco a aceitar uma negociação com base na Euribor a 3 meses. Portanto, por mais que reclames, não vai adiantar de nada, neste caso...

De facto o Paulo tem razão quando diz que nada obriga o banco aceitar negociar com base na EUR3M.

Se faziam publicidade afirmar que negociavam com base na EUR3M, ai sim a coisa muda de figura! E acho que fez muito bem em fazer queixa!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Actualização...

Em 26 prestações já lá vão 300 euros de poupança.

Por mês tem sido 11,50 euros em média...

Se puderem contratem sempre a eur3M...se fizerem bem as contas e virem o histórico desde que a euribor teve inicio, ganham sempre!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ora, segue mais uma actualização...

Em 44 prestações já vão 625 euros de diferença!

Fazendo a média neste momento são 14 euros de poupança mês...começo agora a perceber a relutância da IC quando contratei o CH...davam como hipótese a escolha entre a Eur3M ou Eur6M mas não queriam aprovar o contrato com a Eur3M...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

De facto já tinha ouvido histórias similares á sua mas com valores ainda superiores, talvez por serem empréstimos de valores superiores. Em todo o caso obrigado pela sua partilha.

Felicidades.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead