Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
Eurico, o presbítero

Sugestões para uma aplicação

23 publicações neste tópico

A venda de uma quota numa sociedade (há que dar o lugar aos mais novos ...) permitiu-me ter acesso a uma nova disponibilidade financeira. Não estava nada à espera desta proposta de compra, mas, depois do primeiro impacto, resolvi aceitá-la. Já tenho com que me entreter noutra empresa e penso ser justo dar uma oportunidade à "malta nova" que se quer lançar.

Bem, mas o que importa é que lá para o fim do mês vou ter novamente algum capital para aplicar e gostava de auscultar a vossa opinião. Serão cerca de 50 mil euros.

Têm alguma sugestão de médio/longo prazo onde aplicar este capital?

Antes de falar com os "Financial Advisors" dos bancos - que estão mais preocupados com a "carteira" deles do que com a minha... - gostava de trocar ideias convosco, pois parecem-me conhecedores do mercado e totalmente idóneos.

Agradeço desde já.

Eurico

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Um deposito a prazo acho que seria o ideal, por exemplo no Banco BIG estão a dar 2.00 brutos a 3 meses, ou ntão arriscar mais um bocadinho e aplicar em fundos de investimento.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Um deposito a prazo acho que seria o ideal, por exemplo no Banco BIG estão a dar 2.00 brutos a 3 meses, ou ntão arriscar mais um bocadinho e aplicar em fundos de investimento.

Obrigado pela sugestão.

Naturalmente, vou diversificar o investimento.

Embora ainda predomine muita incerteza, não pretendia aplicar o dinheiro em DP de curto prazo. Talvez me incline mais para os "seguros de capitalização" (a 8 anos para aproveitar o benefício fiscal). No banco garantiram-me uma boa rendibilidade (à volta dos 5 ou 6%) mas ... nunca fiando. Nem sei se este tipo de aplicação é "capital garantido". Terei de ver.

Penso também reforçar a minha carteira de fundos.

Até agora é constituída por:

- Santander Global Acc

- BlackRock Global Funds - US Basic Value Hedged E2 EUR

- BlackRock Global Allocation Fund

- Invesco Funds - Euro Corporate Bond Fund

- Invesco Asia Infrastructure Fund E Acc

- Fidelity Funds - Global Sector Fund

- JPMorgan Highbridge Statistical Market Neutral

- Schroder ISF Glb High Yield B EUR Hedged Acc

Talvez vá entrar noutros fundos ou reforçar posições naqueles que citei e em que já estou. A minha carteira tem cerca de 1 mês e já valorizou cerca de 5% o que, convinhamos, não é mau. Vou ter de analisar o mercado, falar com os "experts" e decidir-me pelas melhores opções.

E por aí? Não há dicas que me queiram dar quanto a boas soluções de investimento?

Aguardo.

Eurico

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Vejo que não há grandes ideias ...

Dia 28 vou efectuar a cessação da quota e receber o dinheiro.

As vossas sugestões serão bem-vindas.

Obrigado.

Eurico

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Dependente dos montantezitos que for dividir o valor, não sabendo o ano de aquisiçao da quota,não se esqueça de ver se a operaçao está sujeita a irs e, se for caso disso, gardar algum para o pagamento do imposto.

:)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Dependente dos montantezitos que for dividir o valor, não sabendo o ano de aquisiçao da quota,não se esqueça de ver se a operaçao está sujeita a irs e, se for caso disso, gardar algum para o pagamento do IRS.

::)

Agradeço a observação mas, naturalmente, refiro-me a valores líquidos de imposto.

Aliás, como é normal nestes casos, é a própria empresa que fica responsável por esse pagamento. É para isso que temos director financeiro e avença num ROC.

Essa "engenharia" foi pensada logo no 1º momento, está no contrato de cessação e tudo será feito na mais estrita legalidade e profissionalismo. Nem podia ser de outra forma.

Eurico

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Fui sondado pela minha gestora de conta do BPI sobre 2 possibilidades de aplicação: o BPI TOP CONSUMO 2009-2012 e o BPI PERPÉTUAS.

Além conhece estes produtos e tem opinião sobre eles?

Agradeço.

Eurico

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Fui sondado pela minha gestora de conta do BPI sobre 2 possibilidades de aplicação: o BPI TOP CONSUMO 2009-2012 e o BPI PERPÉTUAS.

Além conhece estes produtos e tem opinião sobre eles?

Agradeço.

Eurico

Eurico, no teu caso que já anunciaste não precisar do capital nos próximos anos, o BPI consumo parece-me um produto relativamente interessante, uma vez que tem garantia de capital e depende da valorização dos mercados accionistas, que é uma forte probabilidades nos próximos tempos, bastando para conseguires os 7% ao ano, que essa variação no intervalo anual em causa seja positiva, o que não será improvável de acontecer 8)

Quanto ao BPI perpétuas provavelmente estarás a falar de obrigações perpétuas não subordinadas, semelhantes às que o BCP lançou recentemente, ou seja, daquelas em que o pagamento de juros está condicionado à disponibilidade financeira do emitente...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim, o BPI Perpétuas é um fundo fechado, a 8 anos, que investe numa carteira de dívida perpétua do sector financeiro. Os riscos são muito elevados, podendo este fundo vir a apresentar desvalorizações muito acentuadas e chegar ao fim dos 8 anos ... "depenado".

Depois, sendo um fundo "fechado", não há possibilidade de resgate. E (eu) querendo vender posteriormente, terei que me sujeitar à eventualidade de "alguém" (algum comprador pontual) quer comprar a minha posição, geralmente por valores muito baixos (logo, com elevadas perdas para mim), isto porque o BPI não assume qualquer compromisso de ter posição compradora.

Claro, todos estes "riscos" são proporcionais à (eventual) rendibilidade do produto. Se a coisa correr bem durante estes 8 anos, o potencial de retorno é muito atractivo! A brochura de divulgação do produto (que vale o que vale...) fala de Yields na ordem dos 11 a 18% ...

Estou a pensar dar uma pequena "bicada" neste produto ... Aplicar uns 10 / 15.000€ só para "pagar para ver"  :) ...

Já quanto ao BPI TOP CONSUMO 2009-2012 vou entrar forte! Isto é, vou aplicar nele a resto do dinheiro que recebi da venda da quota.

Eurico

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim, o BPI Perpétuas é um fundo fechado, a 8 anos, que investe numa carteira de dívida perpétua do sector financeiro. Os riscos são muito elevados, podendo este fundo vir a apresentar desvalorizações muito acentuadas e chegar ao fim dos 8 anos ... "depenado".

Depois, sendo um fundo "fechado", não há possibilidade de resgate. E (eu) querendo vender posteriormente, terei que me sujeitar à eventualidade de "alguém" (algum comprador pontual) quer comprar a minha posição, geralmente por valores muito baixos (logo, com elevadas perdas para mim), isto porque o BPI não assume qualquer compromisso de ter posição compradora.

Claro, todos estes "riscos" são proporcionais à (eventual) rendibilidade do produto. Se a coisa correr bem durante estes 8 anos, o potencial de retorno é muito atractivo! A brochura de divulgação do produto (que vale o que vale...) fala de Yields na ordem dos 11 a 18% ...

Estou a pensar dar uma pequena "bicada" neste produto ... Aplicar uns 10 / 15.000€ só para "pagar para ver"  :) ...

Já quanto ao BPI TOP CONSUMO 2009-2012 vou entrar forte! Isto é, vou aplicar nele a resto do dinheiro que recebi da venda da quota.

Eurico

Amigo Eurico, repito o que te já te disse anteriormente, que devias repartir mais o teu investimento, dispersando-o por um maior número de aplicações, por forma a minimizar os riscos...

Eu pessoalmente nestas coisas prefiro investir o minimo possível, quando o risco que comporta não me compensa o empate de capital...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

"Radical", o BPI TOP CONSUMO 2009-2012 garante o capital investido. Já o BPI PERPÉTUAS será um investimento, assumidamente, de risco ... portanto, cá estarei para "aparar"...  :D

Mas que outras alternativas propõe? Continuar nos fundos Schroders, BlackRock, JPMorgan, Invesco e do género? Já tenho alguma coisa aplicada nisso... Acha que devia reforçar a minha posição num carteira desse tipo?

Agradeço sugestões.

Eurico

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Mas se o capital até alguma coisa que se "veja"  ;D porque não arriscar assim num terreno num sitio com algum potencial? e vender daqui a 5 anos por exemplo? aproveitar um pouco o poder negocial que agora temos, ha alguns construtores á "rasca", e conseguir um bom preço hoje para rentabilizar amanha  ;D

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Mas se o capital até alguma coisa que se "veja"  ;D porque não arriscar assim num terreno num sitio com algum potencial? e vender daqui a 5 anos por exemplo? aproveitar um pouco o poder negocial que agora temos, ha alguns construtores á "rasca", e conseguir um bom preço hoje para rentabilizar amanha  ;D

Obrigado pela sugestão, mas pretendo realizar investimentos financeiros.

Comprar imobiliário para alugar está fora de questão. Comprar um terreno para o deixar "um monte de silvas" e o vender daqui a 5 ou 10 anos, também não me agrada. A liquidez desse investimento seria mais aparente do que real, teria um custo fixo associado, teria de obter um "projecto de viabilidade" de construção, de pagar possiveis "mais valias", etc ...

Como já tenho casa até ao fim da minha vida (portanto, não iria comprar o terreno para depois construir e morar) e os meus filhos têm já a sua vida orientada nesse aspecto, imobilizar o dinheiro num terreno não se parece ser boa solução.

Portanto, as soluções que eu peço aqui são mesmo para aplicações financeiras.

Agradecia sugestões.

Eurico.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eurico,

gostaria de sugerir que desse uma vista de olhos neste tópico: http://www.pedropais.com/forum/index.php/topic,1743.0.html

Pode sempre aplicar algum e ganhar uns dias de repouso num hotel à sua escolha. Nãso se esqueça é de me mencionar para usufruir também qualquer coisinha!...  :D

Agora, um pouco mais sério, vou analisar umas possibilidades e já lhe trago algo um pouco mais substancial!

Cumps  8)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado pela sugestão.

Naturalmente, vou diversificar o investimento.

Embora ainda predomine muita incerteza, não pretendia aplicar o dinheiro em DP de curto prazo. Talvez me incline mais para os "seguros de capitalização" (a 8 anos para aproveitar o benefício fiscal). No banco garantiram-me uma boa rendibilidade (à volta dos 5 ou 6%) mas ... nunca fiando. Nem sei se este tipo de aplicação é "capital garantido". Terei de ver.

Penso também reforçar a minha carteira de fundos.

Até agora é constituída por:

- Santander Global Acc

- BlackRock Global Funds - US Basic Value Hedged E2 EUR

- BlackRock Global Allocation Fund

- Invesco Funds - Euro Corporate Bond Fund

- Invesco Asia Infrastructure Fund E Acc

- Fidelity Funds - Global Sector Fund

- JPMorgan Highbridge Statistical Market Neutral

- Schroder ISF Glb High Yield B EUR Hedged Acc

Talvez vá entrar noutros fundos ou reforçar posições naqueles que citei e em que já estou. A minha carteira tem cerca de 1 mês e já valorizou cerca de 5% o que, convinhamos, não é mau. Vou ter de analisar o mercado, falar com os "experts" e decidir-me pelas melhores opções.

E por aí? Não há dicas que me queiram dar quanto a boas soluções de investimento?

Aguardo.

Eurico

Eurico, vou dar-te o meu exemplo: vou levantar em breve cerca de 10000 € que tenho em certificados de aforro a render mt pouco... Pretendo reparti-los em pelo menos 4 parcelas, de igual valor, da seguinte forma: esse prod estruturado do BPI a 3 anos; um dep a  prazo com liquidez permanente e um seguro de capitalização do Barclays a 1 ano, com boas rentabilidades para a conjuntura; um dep.  a prazo (reforço) que já tenho no Banif, a 6 meses: e ainda um outro produto estruturado (tb baseado em acções) no Big On-Line.

Para além destas apostas, alguns euros que sobrem tenciono reforçar a minha carteira de fundos, que neste momento é composta por :

UBS BF AUD P AC

UBS EF USA P

CS PF GROWTH B

UBS EF AUSTRLIA

UBS BF GBP P AC

UBS EF GBRITAIN

UBS EF CANADA

BPI Taxa fixa

BPI Portugal

Como se percebe, um dos conceitos chave que considero basilares é numa politica de investimentos de consumidores particulares como nós passa pela inventariação das diversas oportunidades e diversificação!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ora viva!

Tenho seguido o forum ha ja um tempo, e desde ja o meus parabens pela qualidade.

Qual a vossa opiniao sobre o novo produto estruturado do BIG "Portugal Top"?

Com capital garantido e maturidade a 1 ano, que permite participar a 100% na variação positiva do PSI20 ate ao limite de 17,5% (Knock-Out), face à cotação na data de início. Caso o Knock-Out seja atingido, o produto garante na maturidade uma remuneração variável de 5% da valorização do índice PSI20. O seja se a variacao for negativa = capital garantido (dinheiro empatado por um ano mas sem risco); variacao positiva ate 17,5% = 100% da variacao (boa!); acima de 17,5% = 5% da variacao (o que pode vir a ser menos do que um deposito a prazo se acreditar que o indice suba mais do que 17% em 1 ano).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bem,

aqui venho de novo com algums elementos que me parecem indicados para potenciais investidores que não se preocupem muito com o curto prazo mas que gostem de tirar alguma rentabilidade com um risco minimo ou nulo.

Em termos de acções não tenho nada para indicar, pois é um tema que me ultrapassa, desde o caso do individuo do chamado "JET SET" que prometia altas rentabilidades e foi-se a ver era tudo falso. Tudo se esfumou em etério tal como a dona branca. E os pedidos e acções até se acumulavam pelas escadas de acesso ao seu escritório... De vez em quando lá vai surgindo, na comunicação social, um caso ou outro de aprendizes de feiticeiro mas tenho para mim que o único aprendiz de feiticeiro é o Mickey na fantástica animação da Walt Disney, FANTASIA, mas isso agora não interessa nada!  ;D

Convençam-me do contrário!...  8)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Então aqui vão algumas sugestões mas, como digo, tudo depende dos riscos que o investidor queira (ou não) correr e do prazo que pretenda.

NO SANTANDER:

Por princípio, as aplicações mais rentáveis, têm algum risco e são as de prazos superiores.

SEM RISCO:

têm os depósitos a prazo puros

3 meses, tx = 2,25% (só para clientes novos) (depois dos 3 meses, deve falar com o banco para ver a melhor opção disponivel)

12 meses, tx = 2,75% (só para depósitos novos) (depois dos 12 meses, deve falar com o banco para ver a melhor opção disponivel)

3 anos,

Tx 1º ano = 1,5%

Tx 2º ano = 2%

Tx 3º ano = 3%

COM RISCO (quase nulo):

Fundo Global, teve em 2008 rendimento líquido para o cliente de +/- 4% (ano de conjuntura desfavorável) este ano está com rendimento superior.

O investidor deve sempre informar-se de TODAS as caracteristicas da aplicação e o banco é obrigado a entregar documentação de informação Pré-contractual, em quase todas as aplicações. ( excepto nos Dep Prazo Puros)

Cumps  8)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

No BARCLAYS:

A melhor aplicação que têm designa-se por BOOM II.

Trata-se de um depósito a prazo que renova trimestralmente até aos 5 anos, com liquidação em qualquer altura só com penalizaçao dos juros corridos desde o último pagamento.

Juros Trimestrais pagos para a conta ordem.

Taxa no 1º e 2º ano de 3.25%

3º e 4º ano de 3.55%

5º ano  de 4.90%, Taxas brutas.

Em relação ao que o mercado está a oferecer e tendo em conta que pode movimentar em qualquer altura é uma aplicação muito boa!

Caso necessite do prospecto, pode entrar em contacto comigo que posso fornecer-lho.

E para já é o melhorzinho que consegui encontrar!  ;)

Cumps  8)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Em suma, dei indicações relativas ao BES, SANTANDER e BARCLAYS.

Não trouxe mais, porque estas me pareceram as melhores. Mas os bancos estão sempre em "guerra" e o que hoje é muito bom amanhã já não é.

O que posso garantir é que se investirem agora têm estas condições. No futuro próximo, atendendo à descida da euribor, não sei! Embora alguns bancos digam que esta tendência de descida se vai inverter em breve... uma verdade de La Palisse!  :D

Cumps  8)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Viva,

Obrigado antes de mais pela informação disponibilizada e pela seriedade do fórum.

Tenho andado a pesquisar informação sobre produtos a prazo garantidos e dei com estes do PrivatBank com taxas de 4% bastante superiores à média dos bancos mais conhecidos para os mesmo produtos.

Alguém tem informação adicional sobre o banco? Será uma boa e segura opção?

Muito Obrigado desde já pela atenção.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tenho andado a pesquisar informação sobre produtos a prazo garantidos e dei com estes do PrivatBank com taxas de 4% bastante superiores à média dos bancos mais conhecidos para os mesmo produtos.

Alguém tem informação adicional sobre o banco? Será uma boa e segura opção?

Há já vários tópicos aqui no fórum sobre esse banco. É uma questão de fazer uma pesquisa:

http://www.pedropais.com/forum/index.php?action=search2

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0