José Ribeiro

Amortização vs Conta a Prazo

19 publicações neste tópico

Boa tarde

obrigado pela correcção. espero agora com este novo Tópico poder iniciar um diálogo mais concreto e esclarecedor.

Aconselho a generalidade das pessoas a darem uma vista de olhos pela seguinte noticia, cujo seu teor é AMORTIZAR OU DINHEIRO A PRAZO:

http://www.agenciafinanceira.iol.pt/noticia.php?id=960630&div_id=3851

Gostaria que me esclarecessem acerca dos seguintes produtos e gostaria de deixar um valor concreto para saber qual o ganho obtido ao aderir a cada um dos produtos com um valor de 1000€

   

1º Montepio Dupla Vantagem On-line

O novo produto de subscrição exclusiva no Net24.

O Montepio Dupla Vantagem On-line é um duplo depósito a prazo a 1 ano, constituído pela combinação de dois depósitos a prazo com remuneração e prazos distintos:

50% do capital é aplicado num Depósito a Prazo a 2 Meses, o qual no final do prazo é automaticamente renovável pelo prazo de 10 Meses; e

50% são aplicados num Depósito a Prazo a 6 Meses, automaticamente renovável pelo mesmo prazo.

A subscrição deste produto é efectuada exclusivamente no Net24, apesar de poder ser movimentado nos restantes canais Montepio 24.

http://www.montepio.pt/v10/PT/jsp/oferta/poupanca/DuplaVantagemOnLine.jsp

2º   

Montepio Vantagem Associado

Dupla Poupança, máxima transparência

Se procura para as suas poupanças uma aplicação com boa rendibilidade e transparência, então o Montepio Vantagem Associado é para si.

Esta dupla poupança permite aplicar 25% do capital num Depósito a Prazo a 3 Meses e 75% na Modalidade Mutualista Montepio Capital Certo - 1ª Série 2008.

http://www.montepio.pt/v10/PT/jsp/oferta/CampanhaPoupanca.jsp#0

Pessoalmente não me agrada ter uma conta a prazo trimestral cujos juros são 1,75% e destes ainda tenho de descontar x (não sei quanto, nem nunca me esclareceram ou quiseram esclarecer nas agências bancárias) para o IRS creio, mas não tenho a certeza.

Em relação a estes dois produtos gostaria então que me dissessem exactamente quanto é que eu arrecado ao fim de um ano no produto 1 e ao fim dos cinco longos anos no produto 2.

Obrigado pela atenção dispensada

Cumps

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Quanto a mim parecem-me claras as vantagens de amortizar:

- descida da prestação

- pagamento 'limpo' da dívida, sem juros, logo, redução da dívida, redução dos juros futuros...

Se não precisar a curto prazo do dinheiro que tem guardado de parte, amortize-o no crédito habitação (ou mesmo outro qualquer) e verá as contas ao final do mês mais folgadas.

Mas mesmo em relação a isto tenho uma dúvida:

O que traz mais vantagens em termos de componente de juros: redução do prazo do crédito ou redução da prestação?

Este post do Pedro também ajuda:

http://www.pedropais.com/2007/03/28/amortizar-emprestimos-sim-ou-nao/

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado João

se leste bem eu pretendia algo mais concreto.

Apresento 3 cenários. Respondeste a um e sugeriste um post do Pedro. Gostaria, em função do valor apresentado obter valores de rentabilidade líquida para as duas hipóteses apresentadas em relação a depósitos a prazo.

Já em relação à noticia da agência financeira não há comentário nenhum a fazer?

Obrigado pela atenção

Cumps

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O posto do Pedro que o João referiu vai justamente ao encontro do que é dito na notícia da agência financeira - compensa mais amortizar os créditos do que investir o dinheiro, a menos que se consiga uma taxa melhor para o investimento.

Quanto ao resto, e começando pelo fim:

Todos os rendimentos obtidos com juros (em aplicações inferiores a 5 anos) são sujeitos a IRS à taxa liberatória de 20%. Este valor deve ser descontado na fonte (pelo banco) para ser entregue ao estado. Mais detalhes: http://www.millenniumbcp.pt/site/conteudos/60/6005/article.jhtml?articleID=1954

Relativamente ao Montepio Vantagem Associado, com 1000€ não ganha nada. O mínimo de investimento é 2000€ ;) A julgar pelo nome, penso que também tem de ser associado do montepio para poder investir nesse produto. De qualquer forma, ficam os cálculos para 10 000€:

* 25% (2500€) são investidos no Depósito a prazo a 75% (7500€) no Capital Certo.

* Ao fim de 3 meses, o depósito a prazo rende 2500 * 0,075 * 0,8 * 90 / 360 = 37,5€ (considerei o ano com 360 dias para simplificar)

* Nos trimestres seguintes, considerando a Euribor a 3 meses de ontem (10/06) temos 2500 * 0,8 * 0,0496 * 0,8 * 90 / 360 = 19,84€

* Ao fim dos 5 anos, caso a Euribor não se alterasse, a componente de depósito a prazo renderia 37,5 + 19,84 * 19 = 414,46€ de juros líquidos.

* No caso do Capital certo os juros já são capitalizados, ou seja, são usados no cálculo dos juros do período seguinte. Assim ganha de juros:

** ao fim do primeiro ano: 7500 * 0,05 * 0,8 = 300€ de juros

** ao fim do segundo ano (uma vez mais considerando o valor da Euribor 12M de ontem) : 7800 * 0,05432 * 0,8 = 338,96€

** ao fim do terceiro ano: 8138,96 * (0,05432 + 0,0025) * 0,8 = 369,96€

** ao fim do quarto ano: 8508,92 * (0,05432 + 0,005) * 0,8 = 403,80€

** ao fim do quinto ano: 8912,72 * (0,05432 + 0,01) * 0,8 = 458,61€

* Esta componente, ao fim dos 5 anos vale 9371,33€

Somando os dois temos, ao fim dos 5 anos, 2500 + 414,46 + 9371,33 = 12285,79. Ou seja, uma rendibilidade líquida de 22,85% (em 5 anos). Esta rendibilidade, naturalmente, é influenciada pela evolução das taxas Euribor nesse período...

Quanto ao Dupla Vantagem (vou usar os mesmos 10000€ para melhor comparar os 2).

* 5000€ vão para um depósito a prazo a 2 + 10 meses. Vou assumir que não há capitalização de juros durante o tempo de vida dos depósitos a prazo.

** Ao fim de 2 meses, os juros da primeira componente ascendem a 5000 * 0,075 * 0,8 * 60 / 360 = 50€

** Nos restantes 10 meses: 5000 * 0,75 * 0,05337 * 0,8 * 300 / 360 = 133,43€

* Os restantes 5000€ vão para um depósito a prazo de 6 + 6 meses. Tem-se:

** Ao fim de 6 meses: 5000 * 0,05 * 0,8 * 180 / 360 = 100€

** Nos restantes 6 meses: 5000 * 0,75 * 0,05124 * 0,8 * 180 / 360 = 76,86€

Ou seja, ao fim desse ano, o total é de 10000 + 50 + 133,43 + 100 + 76,86 = 10360,29€. Ou seja, uma TANL (taxa anual nominal líquida) de 3,60% (uma vez mais influenciada pelas flutuações da Euribor).

Para comparar os dois produtos é preciso, em primeiro lugar, "reduzir" as taxas ao mesmo prazo. Supondo que se reinvestia o capital deste último produto (incluindo os juros) num produto com uma taxa idêntica, teríamos, ao fim de 5 anos, uma taxa líquida de 1,0365 = 19,34%

Ou seja, o primeiro produto parece ser mais rentável. Claro que tudo depende da evolução da Euribor durante os próximos tempos... se esta subir durante os 5 anos, as rendibilidades serão bem superiores. Se começar a descer em breve, a rendibilidade será mais baixa... A tendência actual é de que as taxas continuem a subir durante mais uns tempos, agora quanto é que eu não sei.

Já agora, para uma comparação das taxas de depósito a prazo praticadas pelos vários bancos consulte também este tópico: http://www.pedropais.com/forum/index.php?topic=162.0

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde

Muito obrigado pela explicação detalhada PauloAguia. Era mesmo isto que eu queria.

A titulo de curiosidade, fui durante a hora do almoço falar com um gerente do montepio, visto que só havia um caixa e os restantes tinham ido almoçar. Disse-lhe que tinha uma série de dúvidas sobre os produtos e as taxas deles e respondeu-me que trabalha naquela instituição à 13 anos.

Quando lhe pedi uma explicação mais detalhada sobre os produtos do seu banco, disse-me para eu ler o prospecto e confiar que eram bons produtos.

Quando lhe perguntei o que iria receber líquidos mediante um investimento de x € disse-me que 50% do capital iam para uma conta a prazo a 2 e a 10 meses e os outros 50% iam para outra conta a 6+6 meses...

Quando lhe perguntei qual era o valor da Euribor a 2 e a 10 meses, ficou a olhar para mim e eu para ele... Acabou por dizer que quem fez aquele plano é que sabe fazer os cálculos e que ele apenas vende o produto de acordo com a informação do prospecto!

Tá bem, tá! Será que eu também me posso candidatar a bancário? Nem me importo de ir para o balcão... Creio sinceramente, mediante o meu trabalho de pesquisa que neste momento sei um bocado mais do que aquilo que ouço como resposta a algumas perguntas que faço...

Só um pequeno reparo, no Vantagem Dupla os valores são capitalizáveis, pois os primeiros 50% a 2 e 6 meses são reinvestidos nos outros 50% a 10 e a 6 meses. Logo, só vejo o dinheiro no final do ano que dura o produto.

Será que com esta informação continua a dar apenas TANL de 3,60%? O tal gestor disse-me a olho que seria á volta de 4,muitos %!!!!

Como é que se consegue ser bancário? A sério que também gostava de experimentar. Devo ter muito mais formação e ser mais expedito que muitos deles!

Obrigado pela atenção dispensada

Cumps

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas de novo

Não resisti a voltar para vos dar a conhecer esta noticia:

http://www.agenciafinanceira.iol.pt/noticia.php?id=961019&div_id=1730

O tal gerente que falava à pouco quando lhe dei a saber que não estava muito à vontade ainda com movimentos via net, riu-se como se eu fosse infantil em ter dúvidas ou receios em fazer movimentos via net...

Podem-me explicar o que significa  a expressão PISHING, nos termos em que são usados na noticia?

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Confesso que não li o prospecto detalhado. Como na página do produto não faz referência aos juros, simplesmente assumi que não eram capitalizados, que é o mais frequente... De qualquer forma, a diferença não costuma ser muito grande - os novos valores passariam a ser:

** Ao fim de 2 meses, os juros da primeira componente ascendem a 5000 * 0,075 * 0,8 * 60 / 360 = 50€

** Nos restantes 10 meses: 5050 * 0,75 * 0,05337 * 0,8 * 300 / 360 = 134,76€

* Os restantes 5000€ vão para um depósito a prazo de 6 + 6 meses. Tem-se:

** Ao fim de 6 meses: 5000 * 0,05 * 0,8 * 180 / 360 = 100€

** Nos restantes 6 meses: 5100 * 0,75 * 0,05124 * 0,8 * 180 / 360 = 78,40€

Ou seja, ao fim desse ano, o total é de 10000 + 50 + 134,76 + 100 + 78,40 = 10363,16€. Ou seja, uma TANL (taxa anual nominal líquida) de 3,63%

Os bancos normalmente apresentam as taxas brutas (antes de impostos). Ou seja, neste caso 3,63 / 0,8 = 4,54, mais ou menos como lhe disseram no banco (dê-lhes algum crédito, não fazem tudo mal ;))

Quanto a candidatar-se a bancário, é relativamente fácil - basta contactar os serviços de recrutamento de um banco. Já se consegue o lugar ou não isso depende de muitos factores. E se conseguir, o mais provável é que tenha que começar "por baixo" (ao balcão, por exemplo). Há também alguns bancos que disponibilizam formulários online para dar início ao processo. Um exemplo: http://www.millenniumbcp.pt/candidaturas/1000_1.jhtml

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O tal gerente que falava à pouco quando lhe dei a saber que não estava muito à vontade ainda com movimentos via net, riu-se como se eu fosse infantil em ter dúvidas ou receios em fazer movimentos via net...

Podem-me explicar o que significa  a expressão PISHING, nos termos em que são usados na noticia?

Um esquema de PHISHING basicamente segue os seguintes passos:

  • a vítima recebe um email indicando que precisa de aceder ao site da instituição X para actualizar os seus dados, ou evitar que caduquem, por exemplo
  • para tal deve clicar num link enviado no próprio email
  • no entanto, esse link não a envia para o site da instituição X, mas sim para um outro, noutro endereço, de aspecto semelhante
  • ao inserir os seus dados, sem o saber está a enviá-los para o autor da fraude

O tal gerente tem os seus motivos para confiar nas ligações aos bancos através da net: são extremamente seguras, toda a troca de informação é encriptada e, mesmo que alguém conseguisse ter acesso a essa comunicação iria levar semanas ou meses de computação a conseguir quebrar essa encriptação... O que fica mal é rir-se dos outros e não aproveitar para os educar...

Para evitar problemas basta seguir alguns procedimentos muito simples:

  • Certificar-se que o endereço do site a que acede é efectivamente o do seu banco
  • Nunca aceder a este tipo de sites a partir de links - digitar sempre o endereço directamente
  • Antes de enviar informação sensível seja para que site for, confirmar que este usa uma ligação segura (o endereço começa por HTTPS e há um cadeado no browser, indicando tratar-se de uma ligação encriptada)
  • Usar de bom senso ao receber mails não esperados. Em caso de dúvida confirmar primeiro com a entidade em causa através de outra via (telefone, contacto directo ou mail enviado para um endereço conhecido dessa entidade) e nunca em resposta ao próprio mail!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde

estou interessado em investir numa conta a prazo que valha mesmo a pena, para mais tarde poder amortizar uma grande fatia de capital em dívida relativa ao empréstimo da casa e só nessa altura aliviar a prestação mensal.

Em Agosto de 2008 a Euribor vai ser revista, e mantendo-se a actual tendência de subida, contrária à tendência de descida verificada em Fevereiro, Março..., parece-me que vou sofrer um ligeiro agravamento, pois se agora tenho 5,136% (Euribor a 4,886% em Dezembro) parece-me que vou para 5,3 e muitos%...

Gostaria que me fizesse uma análise detalhada em termos de rentabilidade liquida relativa ao mais recente produto lançado pelo Montepio Geral:

Montepio Rendimento Top

Quer petiscar sem arriscar? Subscreva até 18 de Julho.

http://www.montepio.pt/ePortal/v10/PT/jsp/oferta/RendimentoTop.jsp

Tão seguro quanto rentável

O Montepio tem de novo ao seu dispor um produto com elevada rendibilidade e segurança, o Montepio Rendimento Top 2ª série.

Um produto de subscrição limitada entre 16 de Junho e 18 de Julho, com garantia do capital investido no final do prazo e uma remuneração acima da média.

Período de Subscrição

De 16 de Junho a 18 de Julho de 2008, com liquidação financeira a 23 de Julho de 2008.

Montante mínimo de subscrição

500 Euros, com múltiplos de 50 Euros.

Prazo do Produto

10 anos. O Montepio tem a possibilidade de exercer o reembolso antecipado a partir do final do 5º ano.

Pagamento de Juros

Pagamento semestral de juros na conta à ordem.

De acordo com o que investiguei, neste caso por ser uma conta a prazo acima de 8 anos o estado não cobra 20% sobre os rendimentos. Estarei certo?

O valor, pode ser os mesmos 10000€ que foi utilizado nos produtos anteriores, para poder ter uma base de comparação.

Obrigado pela atenção dispensada

Cumps

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Por sua vez a CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS tem o produto:

Eurovalor Junho 2009

Não percebi como funciona, mas oferece 9% de rentabilidade? Parece-me muito... e muito bom caso seja verdade!

Algures no prospecto informativo, apresentam a fórmula de cálculo, que me parece ser útil para apresentar aqui no site como ferramenta de cálculo, e falam também em ienes...

Hummm, aqui já desconfio!

Investindo 10000€ qual a rentabilidade líquida real?

Cumps

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Por sua vez a CAIXA GERAL DE DEPÓSITOS tem o produto:

Eurovalor Junho 2009

Investindo 10000€ qual a rentabilidade líquida real?

Não é possível dar uma resposta à partida. Não se trata de um depósito a prazo mas sim de um produto indexado à flutuação das taxas de câmbio. A lógica subjacente, neste caso, é que o Euro se encontra a um nível historicamente elevado e há fortes espectativas de que corrija essa subida. Neste caso, o produto renderá tanto mais quanto o Euro se desvalorizar relativamente ao Iene. Se daqui a um ano o Euro se tiver valorizado relativamente a esta moeda, o dinheiro renderá 0% de juros (ou seja, recebe exactamente o que investiu). Se ao fim de um ano o Euro se desvalorizar, isso converter-se-á em taxa de juro (até um máximo de 9,75%). Em termos líquidos, renderá 80% da desvalorização do Euro face ao Iene.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia

gostaria de saber se o pauloaguia é o Paulo Aguiar?

Tenho escrito Paulo Águia, mas tem sido mesmo por desconhecimento e como não sou muito adepto dos nicks... mas posso sempre mudar :-)

Cumps

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Relativamente ao produto: Montepio Dupla Vantagem On-line

questionei o banco sobre a rendibilidade líquida no final do prazo de 1 ano. Ao contrário da resposta esclarecedora que obtive aqui, a resposta imediata deles foi de que como é um produto indexado à euribor não me podem dar valores...

Cada vez me interesso menos pelo Montepio Geral. Por vezes não me largam para que eu invista nos produtos deles, mas quando quero saber algo mais, colocam-me em espera ou respondem que não podem saber ou então para eu aguardar que fico a saber na altura da obtenção dos juros...

Assim não está certo!

Investi à cerca de 5 anos num produto designado por PLANO MUTUALISTA - DESPESAS PERIÓDICAS. Até hoje ainda não percebi verdadeiramente como funciona! Quando os questiono sobre o capital acumulado até ao momento e o que é esperado no final do prazo que são 15 anos, não me dão respostas claras. Ligam para colegas e depois surgem mais dúvidas do que as que tinha!

Pelo facto de ser associado e ter uma série de produtos, o melhor que me ofereceram em termos de spread foi de 0,35%. Não sei se faço bem, em continuar!

Se me puderem aconselhar relativamente aos vários assuntos expostos, agradecia!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

gostaria de saber se o pauloaguia é o Paulo Aguiar?

Tenho escrito Paulo Águia, mas tem sido mesmo por desconhecimento e como não sou muito adepto dos nicks... mas posso sempre mudar :-)

Sim, eu sou ele (ou será ele é eu? ;D)

Curiosamente a culpa do meu nick ter perdido a última letra do meu nome até é de um banco (esses malvados). E cheguei à conclusão que é muito mais fácil registar-me em todo o lado como pauloaguia do que como pauloaguiar que às vezes já está ocupado. E, como eu costumo dizer a muita gente, eu sou uma mistura de animais, porque não uma águia também (mas só neste caso, nada tem a ver com preferências clubísticas que não podiam andar mais longe da águia)

questionei o banco sobre a rendibilidade líquida no final do prazo de 1 ano. Ao contrário da resposta esclarecedora que obtive aqui, a resposta imediata deles foi de que como é um produto indexado à euribor não me podem dar valores...

Em abono da verdade, a resposta deles é mais correcta que a minha. A minha depende de um grande SE - SE as taxas se mantivessem ao valor de hoje, a rendibilidade seria esta. Mas, na verdade, este tipo de cálculos pode causar expectativas incorrectas se não se prestar a devida atenção a esse SE. Claro que já acho que se se virasse para eles e perguntasse "ok, eu percebo que não me podem responder porque a Euribor varia. Mas se fosse aos valores de hoje, qual seria a rendibilidade do produto?" aí já acho que tinham obrigação de lhe saber dar uma resposta (e muitos não sabem).

Seja como for, concordo consigo - quando não se está bem, muda-se. O único problema é encontrar um banco onde não vá ter o mesmo tipo de problemas. Tipicamente, nos grandes bancos, há centrais de atendimento ao cliente onde quem nos atende tem formação para esse tipo de assuntos - mesmo quando ao balcão não nos atendem em condições, podemos sempre tentar a nossa sorte por telefone ou email na tal central ou reclamar para um provedor do cliente ou algo do género. Claro que este tipo de serviços se paga (directa ou indirectamente) e tipicamente os grandes bancos também não oferecem produtos tão atractivos como os pequenos... mas, como de costume, já estou a divagar...

Pelo facto de ser associado e ter uma série de produtos, o melhor que me ofereceram em termos de spread foi de 0,35%. Não sei se faço bem, em continuar!

Não tenho acompanhado os créditos ultimamente, mas acho que hoje em dia 0,35% de spread não é tão mau como isso. Claro que depende sempre das condições do empréstimo.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado Faraó

mas eu tenho spread a 0,25.

Achas que vale a pena mudar por causa de 0,01 no spread?

Tenho um colega que me passa a vida a falar do Banco Popular, creio que é do homem da Cortiça... ou seja, é bem mais rico que o Belmiro!

Quando eu expus o que se passa no Montepio Geral, tem a ver com a minha opinião!

A instituição não merece assim tanta credibilidade como apregoa aos sete ventos, pois o seu Presidente diz que vai restringir os empréstimos e como tal aumentar os spread's, no entanto, os seus funcionários fazem orelhas moucas e continuam a todo a velocidade a emprestar o dinheiro pouco se importando com a taxa de esforço do agregado familiar.

Depois uma pessoa adere a uma série de produtos e até se torna associado e quando precisa, o máximo que lhe oferecem é 0,35%? E acham eles que é muito bom? "No mercado não há melhor", já ouvi da boca de um dos seus funcionários...

Eu costumo fazer a ronda no final de cada 6 meses para ver como anda o mercado. E este site tem sido muito útil para elucidar dúvidas que muitas instituições com o dever de o fazer, não o fazem!

Todas as opiniões são bem vindas!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado Faraó

mas eu tenho spread a 0,25....Achas que vale a pena mudar por causa de 0,01 no spread?....Todas as opiniões são bem vindas!

Por 0,01 claroq eu não vale a pena mudar. A não ser que haja uma grande diferença no preço dos seguros, extratos e cartões de débito/crédito e sempre na condição do Banco para o qual se transfere suportar todos os custos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

mas eu tenho spread a 0,25.

Achas que vale a pena mudar por causa de 0,01 no spread?

Penso que ele só sugeriu isso porque tinhas falado em 0,35% e não em 0,25% ;)

Ainda sobre a questão da falta de qualidade na informação prestada pelo banco: tenta os "serviços centrais": http://www.montepio.pt/v10/PT/jsp/montepio/phone24/contacto.jsp#4#0 . Envia-lhes uma reclamação do tipo "na minha agência bancária não me conseguem esclarecer as seguintes dúvidas: ... ". Normalmente estes serviços centralizados têm pessoal mais competente por trás e as respostas são mais elucidativas. Se por acaso receberes uma carta tipo como primeira resposta, e que não te responda ao que perguntaste, insiste. As respostas tipo num primeiro contacto são frequentes, mas à segunda costuma vir uma resposta como deve ser...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

b]CGD lança cinco soluções para baixar prestações da casa

Se lerem esta noticia:

http://www.agenciafinanceira.iol.pt/noticia.php?id=970501&div_id=1729

pasme-se que uma das soluções é aumentar o limite da idade para os 80 anos...

Mas esta gente vive neste mundo? Não contentes com o negócio que fizeram ainda querem hipotecar já o futuro dos filhos? E netos, já agora...

Parece-me que anda tudo aluado! Não encontro palavras mais correctas!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead