Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
m.elis

Probabilidade de fraude em condomínio?!

25 publicações neste tópico

Venho pedir os vossos conselhos para poder lidar da melhor forma com uma possível fraude em contas de condomínio.

O condomínio do meu prédio é administrado por uma empresa da qual não tenho nada a apontar de desfavorável. As reuniões são nas datas previstas, as contas são explicadas ao pormenor, o orçamento para cada ano é apresentado para aprovação, é indicado o valor do seguro e o fundo de reserva também. Tudo regular.

Há dias, umas pessoas conhecidas estavam a conversar sobre um roubo (?) praticado por uma empresa de condomínio e que só deram conta por causa de umas obras que tinham que fazer e o dinheiro do fundo tinha "desaparecido". Fiquei a saber que se trata da empresa que tem a administração do meu prédio  ???

Será que nos aconteceu o mesmo? Para já é o meu problema. Não quero acusar sem provas, nem sei como abordar a questão junto da empresa. Não sei onde temos conta e se perguntar aos vizinhos é um rastilho.....

Tenho ainda mais um problema, são meus conhecidos, já antes de serem administradores.

O que me aconselham a fazer?

Agradeço a ajuda.

m.elis

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A conta bancária é só administrada pela empresa ou algum dos condóminos também assina cheques etc?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A conta bancária é só administrada pela empresa ou algum dos condóminos também assina cheques etc?

É só administrada pela empresa. Ninguém assina cheques, só sabemos que o fundo tem um determinado valor, valor esse que nos é comunicado pela empresa!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

m.elis

As empresas de administração de condomínios AINDA não foram regulamentadas porque o nosso (des)Governo não tem tido tempo para se debruçar sobre esta matéria: dá trabalho e poucas contrapartidas. E é por isso elas funcionam um pouco em "roda livre".

No caso que apresentas, penso que não seria má ideia sugerir numa próxima reunião que fosse facultado aos condóminos, juntamente com as outras contas e actas, uma cópia do extractos da conta/condomínio, caso esta exista em alguma instituição bancária. Já dava para controlar os movimentos bancários...tudo a bem da transparência... sem desconfiar de nada nem de ninguém, etc. etc. etc.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sem querer entrar em alarmismos, no caso do prédio onde resido existiu um caso similar.

foi muito menos grave pois a empresa não dava garantias de pagar nada a horas e começou a faltar de tudo, quando se foi analisar eram facturas da Epal e EDp com meses de atraso.

Após isso, voltou tudo para a mão dos moradores.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O administrador é obrigado a prestar contas perante a assembleia de condomínios. Mostrar os extractos bancários ou dizer em que banco está a conta, caso a isso sejam solicitados, não é mais do que a obrigação deles (deviam até fazê-lo sem serem solicitados, por uma questão de transparência).

No nosso caso passámos por uma situação idêntica e a administração passou para as mãos dos condóminos. Actualmente, os extractos bancários são publicados mensalmente no fórum (privado) que montámos para o condomínio, e todos têm acesso. Mesmo que a administração voltasse para uma empresa, acho que íamos continuar a exigir isso...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

No caso que apresentas, penso que não seria má ideia sugerir numa próxima reunião que fosse facultado aos condóminos, juntamente com as outras contas e actas, uma cópia do extractos da conta/condomínio, caso esta exista em alguma instituição bancária. Já dava para controlar os movimentos bancários...tudo a bem da transparência... sem desconfiar de nada nem de ninguém, etc. etc. etc.

Vou ter que fazer isso, a reunião ainda é este mês e vou-me preparar  >:(

foi muito menos grave pois a empresa não dava garantias de pagar nada a horas e começou a faltar de tudo, quando se foi analisar eram facturas da Epal e EDp com meses de atraso.

Parece que quanto a pagamentos anda tudo em dia, senão penso que já saberíamos.

O administrador é obrigado a prestar contas perante a assembleia de condomínios. Mostrar os extractos bancários ou dizer em que banco está a conta, caso a isso sejam solicitados, não é mais do que a obrigação deles (deviam até fazê-lo sem serem solicitados, por uma questão de transparência).

Também é o que penso, nem seria preciso solicitar os extractos.

No nosso caso passámos por uma situação idêntica e a administração passou para as mãos dos condóminos. Actualmente, os extractos bancários são publicados mensalmente no fórum (privado) que montámos para o condomínio, e todos têm acesso. Mesmo que a administração voltasse para uma empresa, acho que íamos continuar a exigir isso...

No meu prédio não vejo qualquer possibilidade de o condomínio ser gerido pelos condóminos. E não é só pelo trabalho. Já assisti a discussões pelas quais não quero voltar a passar, mas isso já são outras histórias.

Obrigada pelas dicas.

Já agora, sabem se é obrigatório ter uma conta por cada prédio ou eles podem ter na mesma conta vários prédios?

Essa contas rendem juros? Se sim, alguém sabe qual o banco que pratica a melhor taxa? Este poderia ser um princípio de conversa com a empresa. Podia questioná-los dando-lhes uma(ou mais) alternativa melhor  :-\

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Já agora, sabem se é obrigatório ter uma conta por cada prédio ou eles podem ter na mesma conta vários prédios?

Essa contas rendem juros? Se sim, alguém sabe qual o banco que pratica a melhor taxa? Este poderia ser um princípio de conversa com a empresa. Podia questioná-los dando-lhes uma(ou mais) alternativa melhor  :-\

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não podem, têm de usar uma conta por cada condomínio administrado, pois sendo uma conta à ordem "especial", com as inerentes a um condomínio, ou seja, uma pessoa colectiva um banco nunca aceitaria 2 titularidades de sujeitos juridicamente completamente distintos, para além da confusão a nível contabilístico.

Portanto, esperemos que os problemas que ocorreram no outro prédio não estejam a acontecer no teu, até porque a responsabilidade pelo desvio dos fundos pode ser apenas meramente individual...

Quanto ao melhor banco, segundo um estudo recente da DECO (da qual pelo que sei és associada), lembro-me deles aconselharem a C.G.D. como escolha acertada.

Mas poderás procurar nas publicações da Dinheiro e Direitos e até levar contigo para a reunião para melhor argumentares  ;)

Também espero que não tenham ocorrido. Boa dica, vou ver o que diz a Dinheiro e Direitos e realmente pode ser uma forma diplomática de abordagem do assunto.

Obrigada  :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Também espero que não tenham ocorrido. Boa dica, vou ver o que diz a Dinheiro e Direitos e realmente pode ser uma forma diplomática de abordagem do assunto.

Obrigada  :)

Já encontraste esse número? eu não tenho de memória se o tal artigo já foi publicado este ano ou ainda no final do ano passado...mas posso ajudar caso não encontres, em princípio, uma busca pelo site deve ser suficiente!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Como já referi noutros posts, este ano nós e outro vizinho estamos com a "pasta" do condominio. E como tb referi, qdo fui a conferir as contas faltava dinheiro.

Na reunião que houve em Junho levei os extractos da conta corrente e da poupança condominio, para poder mostrar. Ninguém pediu para ver mas nós é que fizemos questão de mostrar para que todos vejam que está tudo organizado, pago e controlado.

E faremos o mesmo no final do ano quando passarmos a "pasta".

A nossa conta condominio é do BPI. Não tem remuneração na conta á ordem mas a poupança condominio onde colocamos o dinheiro do Fundo de Reserva tem taxa de 1.9% TANB. Dentro dos bancos ditos "normais" não havia taxas melhores.

Temos acesso via internet e de 2 em 2 meses faço o respectivo reforço da poupança condominio com o dinheiro para o FR entretanto recebido. E o extracto comprova que o dinheiro lá está.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Já encontraste esse número? eu não tenho de memória se o tal artigo já foi publicado este ano ou ainda no final do ano passado...mas posso ajudar caso não encontres, em princípio, uma busca pelo site deve ser suficiente!

Já, obrigada. É a de Janeiro deste ano. Vou ver se leio com atenção.

Como já referi noutros posts, este ano nós e outro vizinho estamos com a "pasta" do condominio. E como tb referi, qdo fui a conferir as contas faltava dinheiro.

Na reunião que houve em Junho levei os extractos da conta corrente e da poupança condominio, para poder mostrar. Ninguém pediu para ver mas nós é que fizemos questão de mostrar para que todos vejam que está tudo organizado, pago e controlado.

E faremos o mesmo no final do ano quando passarmos a "pasta".

A nossa conta condominio é do BPI. Não tem remuneração na conta á ordem mas a poupança condominio onde colocamos o dinheiro do Fundo de Reserva tem taxa de 1.9% TANB. Dentro dos bancos ditos "normais" não havia taxas melhores.

Temos acesso via internet e de 2 em 2 meses faço o respectivo reforço da poupança condominio com o dinheiro para o FR entretanto recebido. E o extracto comprova que o dinheiro lá está.

Pois, o comportamento correcto seria esse mesmo, mas nem sempre é assim! É bom ter a referência do BPI.

Obrigada pela atenção.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

  M. elis:

  Não te cheguei a agradecer os comentários elogiosos que teceste a propósito da minha intervenção no outro tópico, mt obrigado  :D

  em relação a este tópico do condomínio, alguma novidade? já teve lugar a dita reunião?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

  M. elis:

  Não te cheguei a agradecer os comentários elogiosos que teceste a propósito da minha intervenção no outro tópico, mt obrigado  :D

Não tens que agradecer, são elogios merecidos  ;)

 

  em relação a este tópico do condomínio, alguma novidade? já teve lugar a dita reunião?

A reunião não houve e nem tão-pouco recebemos a convocatória, o que pode ser um atraso normal ou não. No entanto, como vivo por cá há muitos anos, e tenho uma profissão muito exposta, conheço muita gente e um amigo conseguiu ver a nossa conta na EDP. Está tudo pago. Menos um problema.

Em meios pequenos tudo se sabe e conheço também uma pessoa que por sua vez conhece outra que vive num dos prédios onde começou o problema e a história está mal contada. Parece que, penhoraram o elevador  ??? por falta de pagamentos de....quase tudo! Havia um litígio antigo e os condóminos deixaram de pagar o condomínio à empresa enquanto não fossem feitos determinados arranjos..... Confusões atrás de confusões.

No meu caso concreto, assim que tivermos reunião, vou falar abertamente, sem acusações, mas de forma a colocar os outros vizinhos com o ninho atrás das orelhas. Afinal, o assunto não é segredo cá na terra..... Não tenho provas de nada, mas temos direito a saber.

Vamos ver se corre tudo bem, agora, só após o mês de Agosto :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não sei se ainda venho a tempo de intervir neste tópico mas deixo aqui a minha observação muito rápida.

Pode ser que seja útil para mais alguêm.  :)

Há certos condomínios que funcionam sem lei. Algumas das queixas dos consumidores contra empresas de administração de condomínios são, má gestão, serviços aquém dos contratados, fugas ao fisco, burla e conflitos de interesses.

A revista da DECO, Dinheiro & Direitos, na sua edição de Janeiro trás um artigo sobre Condomínios onde alerta para a falta de legislação que regule, supervisione e certifique o sector. E recomenda que se confirme no Instituto dos Registos e do Notariado se a empresa contratada é legal.

Cumps  8)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ainda não está resolvido.

O radical_pt também me indicou a revista. Já a li, fiquei preparada para a reunião anual.

Também já vi, a empresa existe mesmo.

Muito obrigada. Depois deixo aqui o resultado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este tópico está inactivo há uns meses, infelizmente. Digo, infelizmente, porque ainda não há alteração relativamente ao que expus atrás.

Para quem não acompanhou, coloco aqui umm breve resumo:

- empresa de condomínio sem marcação de assembleia

- correu na cidade o boato de algumas fraudes noutro condomínio, administrado pela mesma empresa

- o valor recebido pela instalação de uma antena no prédio serve para pagar o condomínio

- os sócios são meus conhecidos.......

Em Agosto contactei os meus vizinhos mais próximos. Acharam que a reunião já se devia ter realizado, mas não deram grande importância.

Como acho que isto já ultrapassa o atraso razoável tenho telefonado quase todas as semanas. Os empregados vão dizendo que vão transmitir ao administrador, que na realidade já devia ter acontecido, etc.

O prédio, em Agosto, estava a sofrer melhorias. De repente os trabalhos não foram concluídos e o pessoal desapareceu e não apareceu mais. Então, temos um prédio semi-descascado!!!!

Resolvi, individualmente, há quinze dias, mandar uma carta registada com a viso de recepção, solicitando a marcação da Assembleia Geral. Ainda não obtive resposta, mas já sei o que se passa. A empresa é uma sociedade por quotas, cujos sócios são marido e mulher. Como estão em processo de divórcio litigioso, nós estamos neste impasse. No entanto, sempre que há uma avaria, por exemplo do elevador, mandam alguém tratar do assunto.

Como não posso contar com os vizinhos, sabem-me dizer o que é posso fazer mais, individualmente?

Agradeço as vossas opiniões e experiência nestes casos, que pelos vistos são mais frequentes do que eu tinha conhecimento.

Obrigada.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Quantos condóminos são?

Sendo poucos, acho que se se juntassem, seria mais fácil entre todos resolverem o problema. Se forem muitos, já me parece mais difícil obter uma reunião consensual.

O mal disto tudo está na não regulamentação desta actividade de gestão de condomínios.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Quantos condóminos são?

Sendo poucos, acho que se se juntassem, seria mais fácil entre todos resolverem o problema. Se forem muitos, já me parece mais difícil obter uma reunião consensual.

O mal disto tudo está na não regulamentação desta actividade de gestão de condomínios.

São 24 habitações, algumas desocupadas, ainda para venda, e outras pertencentes a bancos, de pessoas que não conseguiram pagar as prestações aos bancos. Há também garagens vendidas a pessoas estranhas ao prédio.

Grande alhada!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Para quem não acompanhou, coloco aqui umm breve resumo:

- empresa de condomínio sem marcação de assembleia

- correu na cidade o boato de algumas fraudes noutro condomínio, administrado pela mesma empresa

- o valor recebido pela instalação de uma antena no prédio serve para pagar o condomínio

- os sócios são meus conhecidos.......

Em Agosto contactei os meus vizinhos mais próximos. Acharam que a reunião já se devia ter realizado, mas não deram grande importância.

Como acho que isto já ultrapassa o atraso razoável tenho telefonado quase todas as semanas. Os empregados vão dizendo que vão transmitir ao administrador, que na realidade já devia ter acontecido, etc.

O prédio, em Agosto, estava a sofrer melhorias. De repente os trabalhos não foram concluídos e o pessoal desapareceu e não apareceu mais. Então, temos um prédio semi-descascado!!!!

Resolvi, individualmente, há quinze dias, mandar uma carta registada com a viso de recepção, solicitando a marcação da Assembleia Geral. Ainda não obtive resposta, mas já sei o que se passa. A empresa é uma sociedade por quotas, cujos sócios são marido e mulher. Como estão em processo de divórcio litigioso, nós estamos neste impasse. No entanto, sempre que há uma avaria, por exemplo do elevador, mandam alguém tratar do assunto.

Como não posso contar com os vizinhos, sabem-me dizer o que é posso fazer mais, individualmente?

Em situação normal um pedido de assembleia tem de ser subscrito por, pelo menos, 25% dos condóminos. Daí talvez não atenderem ao seu pedido.

Artigo 1431. ° - Assembleia dos condóminos

1- A assembleia reúne-se na primeira quinzena de Janeiro, mediante convocação do administrador, para discussão e aprovação das contas respeitantes ao último ano e aprovação do orçamento das despesas a efectuar durante o ano.

2- A assembleia também reunirá quando for convocada pelo administrador, ou por condóminos que representem, pelo menos, vinte e cinco por cento do capital investido.

3- Os condóminos podem fazer-se representar por procurador.

Mas, atendendo à falta de informação, deve recorrer ao Artº 1438º

Artigo 1438.° - Recurso dos actos do administrador

Dos actos do administrador cabe recurso para a assembleia, a qual pode neste caso ser convocada pelo condómino recorrente.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Em situação normal um pedido de assembleia tem de ser subscrito por, pelo menos, 25% dos condóminos. Daí talvez não atenderem ao seu pedido.

Artigo 1431. ° - Assembleia dos condóminos

1- A assembleia reúne-se na primeira quinzena de Janeiro, mediante convocação do administrador, para discussão e aprovação das contas respeitantes ao último ano e aprovação do orçamento das despesas a efectuar durante o ano.

2- A assembleia também reunirá quando for convocada pelo administrador, ou por condóminos que representem, pelo menos, vinte e cinco por cento do capital investido.

3- Os condóminos podem fazer-se representar por procurador.

Mas, atendendo à falta de informação, deve recorrer ao Artº 1438º

Artigo 1438.° - Recurso dos actos do administrador

Dos actos do administrador cabe recurso para a assembleia, a qual pode neste caso ser convocada pelo condómino recorrente.

Acho que não percebi bem, o que se adapta a minha situação é o artº 1438? Já agora, que lei é esta?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Acho que não percebi bem, o que se adapta a minha situação é o artº 1438?

Traduzindo por miúdos é o seguinte:

Convocatória

Considerando que o Administrador não apresenta contas desde... blá blá blá convoco a assembleia de condóminos ao abrigo do Artº 1438º para o dia X às Y horas com a seguinte Ordem de Trabalhos:

1. ---

2. ---

...

Data, .....

Condómino do 24º Andar Esquerdo

XPTO

Além das recomendações que deixei e para continuar a "luta", passe na sede da empresa que administra o edifício e faça uma pequena reclamação, escrevendo no livrito de reclamações, já obrigatório!  ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Acho que não percebi bem, o que se adapta a minha situação é o artº 1438? Já agora, que lei é esta?

É um artigo do Código Cívil. Podes consultar aqui: http://www.confap.pt/docs/codcivil.PDF

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O administrador só é obrigado a apresentar as contas no início do ano e a pedido da assembleia (e não de um condómino em particular - embora eu ache que também devia, pelo menos em nome da transparência). Pelo que percebi ainda não falhou com essas obrigações (fui o que percebi do primeiro post da m.elis) logo não sei se há motivo para invocar o artigo 1438º como recurso das acções (ou inacções, neste caso) da administração e convocar uma assembleia sozinha.

(Parece-me que pelo menos te devias preparar para refutar uma argumentação deste género, se alguém decidir impugnar tal reunião).

Agora, com 25% do capital já é possível convocar uma assembleia, seja porque motivos for. Neste caso:

- fazer correr um abaixo assinado pelos condóminos a pedir uma assembleia pelos motivos X e Y.

- se se conseguir reunir mais de 25% do capital do prédio (a contar pela permilagem) enviar convocatória (com pelo menos 10 dias úteis de antecedência, não esquecer) a TODOS os condóminos do prédio (bancos e empreiteiro incluídos, se for o caso). A convocatória deve ser feita pro carta registada ou então haver prova da entrega em mão (por exemplo, assinar que se recebeu a convocatória em data X). Convocar também o administrador.

Mesmo que o administrador não compareça à reunião, podem avançar sem ele. Agora, se o único ponto da ordem de trabalhos for a análise das contas vai ser difícil fazê-lo, se ele não aparecer com as contas. Mas se a ordem de trabalhos incluir como ponto a eleição de nova administração podem aproveitar a oportunidade para se livrarem dele (se não estiver na ordem de trabalhos, esse tema não pode ser votado) e o administrador provavelmente aparecerá. ;) Claro que também convém que alguém apresente alternativas (ou se chegue à frente e se proponha), senão não haverá ninguém em quem votar para o lugar...

Agora, m.elis, tens é que reunir os 25% do capital do prédio para convocar a assembleia ao abrigo do nº 2 do artigo 1431º. Provavelmente não tens uma reunião antes do fim de Dezembro... será que se justifica o trabalho quando em Janeiro a administração tem obrigação de convocar a assembleia, de qualquer forma? (isso só tu poderás avaliar).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O administrador é obrigado a prestar contas perante a assembleia de condomínios. Mostrar os extractos bancários ou dizer em que banco está a conta, caso a isso sejam solicitados, não é mais do que a obrigação deles (deviam até fazê-lo sem serem solicitados, por uma questão de transparência).

No nosso caso passámos por uma situação idêntica e a administração passou para as mãos dos condóminos. Actualmente, os extractos bancários são publicados mensalmente no fórum (privado) que montámos para o condomínio, e todos têm acesso. Mesmo que a administração voltasse para uma empresa, acho que íamos continuar a exigir isso...

Boas,

como sou leigo na matéria e adorei a ideia de um forum privado para o comdominio, se me pudesse ajudar agradecia-lhe.

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0