Debbie

grande confusão! Ajuda? Alguém?

26 publicações neste tópico

Boas novamente,

Aqui estou eu novamente para tirar mais umas duvidas, agradecendo desde já a todos aqueles que me responderam.

Na primeira tentativa em obter crédito à habitação, o crédito foi recusado porque um dos fiadores tinha o nome no Banco de Portugal, devido a incumprimento.

Na segunda tentavia, substitui o fiador por uma pessoa de 60 anos. Desta vez o crédito à habitação também foi recusado...pela idade do fiador de 60 anos, e porque o meu nome também apareceu no Banco de Portugal, por um incumprimento que eu nem sabia que tinha cometido (longa história).

Eu quero pagar o que devo, e ficar novamente com o nome limpo no Banco de Portugal. Já sei como é o procedimento.

A minha real questão aqui é:

Quando tiver o documento do Banco de Portugal a dizer que já não consto na lista negra, posso continuar com o meu crédito à habitação? Claro, que também arranjo novo fiador e desta vez vou pensar duas vezes e tentar arranjar um que respeite todos os critérios do banco. A situação com o Banco de Portugal foi mesmo uma coisa que não estava à espera e é de lastimar, porque senão fosse por isso já tinha o crédito aprovado na semana passada.

Acham que no Banco (CGD) me deixam continuar com o processo do crédito? Ou vão-me descartar porque já vou para a terceira tentativa ?

Se sim, o prazo da avaliação da casa expira daqui a um mês, acham que dá tempo para me "limpar" do Banco de Portugal e voltar a entregar os papeis no balcão com tudo certinho?

Se a CGD me descartar posso sempre ir a outro banco, certo? Ou este incidente com o Banco de Portugal vai-me assombrar sempre que pedir credito? Vou é ter que gastar sempre mais algum €€€ em nova avaliação etc.... certo?

Bem o meu MUITO OBRIGADO a todos aqueles que me aconselharem a fazer o que é mais certo para que finalmente eu seja bem sucedida nesta aventura que é o meu CH

OBRIGADO!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia, Debbie.

Esta confusão é mais comum do que se pensa, mas nada que não tenha solução.

Hoje em dia para os bancos o incumprimento é a pena capital para um credito Habitação, quer os proponentes quer os fiadores devem ter o as responsabilidades limpas no Banco de Portugal.

Um conselho que lhe dou para já, é que não faça outra tentativa no mesmo banco, primeiro porque já conhecem o seu historial, ou seja sabem que houve ocasiões de incumprimento, e o banco vai pensar :" se já falhou uma vez poderá falhar outra!" .

Uma das suas duvidas era o facto de ficar assombrada com o seu incumprimento, a resposta é não, deverão decorrer três meses até o histórico limpar.

Você poderá sempre fazer tentativas noutro banco, sem pensar para já no valor que tem que pagar pela avaliação, pois pode pedir uma pré-aprovação do seu credito, mesmo sem ter que abrir conta nesse banco.

Mais duvidas, contacte-me!

H. Carriço

;D

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Um conselho que lhe dou para já, é que não faça outra tentativa no mesmo banco, primeiro porque já conhecem o seu historial, ou seja sabem que houve ocasiões de incumprimento, e o banco vai pensar :" se já falhou uma vez poderá falhar outra!" .

Todos os bancos têm acesso a esse historial. Não é o facto de mudar de banco que vai fazer grande diferença...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim, Ok!

O que eu queria dizer e que aguarde mais um tempo e assim que o historial fique limpo, faça uma nova tentativa.

Já tive casos assim e não houve qualquer problema. Tendo em conta que o Incumprimento foi um "acidente " e não uma rotina.

Cumps.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

eis o meu caso:

tenho 3 situações no banco de portugal:

divida de 1.400 euros

outra de 500

e uma outra de 9000 euros....

consigo resolver as duas primeiras,mas...

a de 9000 euros estou a pagar coercivamente (penhoraram-me parte do ordenado)...

estou a tentar um crédito habitação e dizem-me que apesar de estar a pagar o de 9000 euros,não tenho qualquer hipótese e terei de esperar mais 5 anos...

será que não há mesmo hipótese?

no entanto o BBVA Finanziamento emprestou-me 14000 euros para comprar um carro novo e isto sem fiadores...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

eis o meu caso:

tenho 3 situações no banco de portugal:

divida de 1.400 euros

outra de 500

e uma outra de 9000 euros....

consigo resolver as duas primeiras,mas...

a de 9000 euros estou a pagar coercivamente (penhoraram-me parte do ordenado)...

estou a tentar um crédito habitação e dizem-me que apesar de estar a pagar o de 9000 euros,não tenho qualquer hipótese e terei de esperar mais 5 anos...

será que não há mesmo hipótese?

no entanto o BBVA Finanziamento emprestou-me 14000 euros para comprar um carro novo e isto sem fiadores...

Desculpe a pergunta, mas se tem 12.000 € em dívida e está a pagar parte coercivamente, porque não vende o carro e compra outro mais barato ? O emprestimo para o carro foi antes ou depois destes "acidentes" ?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

o empréstimo foi depois,foi em março passado.

quem financiou foi o BBVA finanziamento.

apesar de ter esses incidentes eles emprestaram sem problema algum.

os restantes 9000 euros (caso separado dos outros 2000) estou a pagar coercivamente e não acho muito justo que essa informação esteja no banco de portugal!apesar de tudo estou a pagar...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Mais uma vez desculpa a pergunta...

Tu tens essas dívidas todas, algumas a pagar coercivamente e ainda vais pedir 14.000€ para pagar um carro novo ???? A sério que não entendo...

Eu acho bem que o banco de portugal registe tudo o que são infracções no pagamento de qualquer crédito/contrato assumido..

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

pois mas tive de comprar.

será possivel conseguir um crédito habitação com essa situação?

já pensei dirigir-me ao BBVA,como financiaram-me o carro...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

No meu entender, creio que não há conselhos possíveis a fornecer por alguém relacionado com este fórum!

Creio também que este caso deveria de ser objecto de estudo noutra instância!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas!

Cada um sabe de si!

Mas pedir é porque precisa,mas é preciso pensar que quando se pede, tem que se pagar.

Depois, não corre bem ficamos aflitos...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sr. Magalhães,

Só queria mesmo era deixar-lhe umas palminhas... pela bela frase que tem como "assinatura"  ;D ;D

O BBVA anda a precisar de uns conselhos do Banco de Portugal, anda, anda  :D :D

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

essa tá boa!

eu tenho ordenado mais que suficiente para pagar!

a questão é que nessa altura eu estava com uma depressão enorme...

o Banco de Portugal não proibe qualquer banco de conceder empréstimos a pessoas que tenham o nome na tal lista negra!

olhem,penso até que é de maior risco emprestarem a imigrantes,isto é só um exemplo.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

este tópico está a  descambar.... se alguem decide comprar uma viatura por 14000 €  (o que até nem é nada do outro mundo) é perfeitamente livre de o fazer, usando qq meio de financiamento (legal) que consiga obter. Parece me que este tipo de juízos de valor não acrescentam nada ao tópico.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A poesia tem uma casa

como as pessoas têm,

só que é diferente,

só que tem espaço

para todos quantos

nela querem entrar

com a terna alegria

de quem a vai habitar.

É uma casa sem portas nem janelas,

sem tecto e sem cave,

pois assim tem mais espaço

para quem nela quer morar.

8)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

No meu entender, creio que não há conselhos possíveis a fornecer por alguém relacionado com este fórum!

olhem,penso até que é de maior risco emprestarem a imigrantes,isto é só um exemplo.

Este tipo de comentários é que é escusado... Por mim, sempre que posso dou conselhos (se os seguem ou não é outra história). E a comparação com os imigrantes é bastante infeliz - a maioria tem os seus empréstimos em dia, pelos vistos o teu caso foi um risco bastante maior.

Voltando ao tópico.

eu tenho ordenado mais que suficiente para pagar!

E, entretanto, não consegues fazer nada para regularizar a situação e deixares de ter o ordenado penhorado? Se já está tudo bem outra vez...

Quanto ao empréstimo para a casa, a única coisa que podes tentar é procurar noutras instituições até encontrares quem te empreste. Mas depende de outros factores, claro (valor da casa, quanto podes dar de entrada, etc). E, realmente, o facto de estares na lista negra não ajuda... A verdade é que erraste no passado (seja porque motivo for) e tens que arcar com as consequências.

Reitero a maior parte dos comentários acima - se já tens tanto empréstimo e, pelos vistos, alguns deles com problemas, não será melhor parar por aí e tentar mudar o estilo de vida antes de te meteres noutra alhada? Quem garante que não vais ter mais problemas no futuro? Não seria melhor amealhar algum dinheiro para uma eventualidade?

Porque não arrendar, em vez de comprar casa?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

vocês sabem qual o banco que facilite mais?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

vocês sabem qual o banco que facilite mais?

o banco primus é capaz de emprestar.. com spreads acima dos 5%..

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

De facto acho que o melhor seria negociar primeiro a dívida de 9.000€ para deixar de pagá-la coercivamente.

Só depois me parece possível algum banco emprestar para um CH.

Até porque se fizesses hoje o crédito automóvel ninguém te emprestava. Porque segundo o decreto-lei que entrou em vigor a 1 de Julho passado, sobre o crédito ao consumo, obriga que as financiadoras vejam sempre as responsabilidades no Banco de Portugal antes de concederem crédito...

Assim, não parece que consigas num banco normal...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

De facto acho que o melhor seria negociar primeiro a dívida de 9.000€ para deixar de pagá-la coercivamente.

Só depois me parece possível algum banco emprestar para um CH.

Até porque se fizesses hoje o crédito automóvel ninguém te emprestava. Porque segundo o decreto-lei que entrou em vigor a 1 de Julho passado, sobre o crédito ao consumo, obriga que as financiadoras vejam sempre as responsabilidades no Banco de Portugal antes de concederem crédito...

Assim, não parece que consigas num banco normal...

eu penso que não posso negociar mais a divida por que é o tribunal que me saca a quantia!

disseram-me que a situação só sai do banco de portugal quando estiver totalmente paga o que deve demorar mais uns 5 anos.

sou totalmente contra o BdP ter feito esse decreto-lei...

as pessoas que têm problemas são vistas como criminosas pelo banco...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

eu penso que não posso negociar mais a divida por que é o tribunal que me saca a quantia!

disseram-me que a situação só sai do banco de portugal quando estiver totalmente paga o que deve demorar mais uns 5 anos.

Vai guardando algum dinheiro para ir amortizando a divida antes do tempo. Nao precisas de ficar `a espera apenas do que o tribunal leva. Em vez de pagares uma eventual prestaçao de um credito habitaçao (que nao consegues contratar), colocas esse dinheiro de lado e vais amortizando no de 9000€. De certeza que vai em menos de metade do tempo...

sou totalmente contra o BdP ter feito esse decreto-lei...

as pessoas que têm problemas são vistas como criminosas pelo banco...

Nao e´ o BdP que faz as leis, escusas de ficar contra ele ;)

Mas neste caso acho que ate´ e´ para tua propria protecçao. Se contratasses o emprestimo e daqui por um ano tiveres outra depressao (salvo seja) e´ da forma que evita que te metas em problemas bem maiores. Ao te obrigar a resolver primeiro as situaçoes que estao pendentes, evita o risco de entrar numa espiral de problemas da qual dificilmente conseguirias sair...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

esta situação acredito q seja chata mas tenho q concoradar com os outros. eu tenho uma politica de vida q e contra creditos. "não há € não se compra", tanto q nem uso cartão de crédito.

infelizmente tive q pedir pa casa pq n m saiu o euromilhões e antes de comprar casa tb tinha o do carro q estava p ser pago em 5 anos e eu paguei em 1 ano, pq os créditos sufocam-m e so de pensar q agr tenho um pa 30 anos  :-\

eu só axo mal a lista no BP no caso de separações complicadas em q um dos conjujes deixa mts dividas e dps o outro q n sabia de nd é q tem q andar a pagar e a ficar c o ordenado penhorado, e sem poder comprar casa. para mim ixo é injusto.

Agr minha gente a q ter juizo a k pensar no dia de amnhã e ñ so no dia d hj.

eu costumo dizer q sei q me deito bem mas n sei cm vou acordar ou se vou acordar.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

olá,

a gerente de balcão do BPI onde tenho a conta disse-me que "apenas"  devo 600 euros,diz que é o que está no Banco de Portugal.

Fui ver um apartamento e a senhora da imobiliária disse-me que se tiver o nome no BdP por dividas pequenas,tipo até 1000 euros,os bancos "fecham os olhos".

será assim?

sérgio

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Fui ver um apartamento e a senhora da imobiliária disse-me que se tiver o nome no BdP por dividas pequenas,tipo até 1000 euros,os bancos "fecham os olhos".

será assim?

Isso é melhor perguntar aos bancos. Eles é que definem a sua própria política de risco...

Mas eu trataria de saldar as dívidas todas antes de avançar com mais alguma, sobretudo uma do montante de um empréstimo habitação...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead