ildemaro

Que poupança fazer?

24 publicações neste tópico

Qd me registei neste fórum estava a começar a procurar casa e decidi informar-me sobre alguns assuntos relacionados com o tema.

Ainda aproveitei umas dicas para ganhar uns trocos em juros e assim pagar a net durante algum tempo  :)

Acontece que a casa está comprada e equipada, tenho carro novo e não conto com mais despesas "consumistas) casa, carro, móveis, electrodomésticos, aparelhos de som/imagem...) Enfim, agora é apenas o crédito habitação (o único que tenho "infelizmente") e a gestão corrente.

E é aqui que preciso de mais umas dicas.

E não me esqueci do fundo de emergência, que tendo em conta os meus gastos mensais dará para quase dois anos, por isso bem superior ao recomendado. Ainda pensei em amortizar o crédito habitação, mas a crise e a vontade de começar a visitar um tópico que está por este fórum ("A minha gravidez e as suas despesas", ou algo do género) faz-me preferir ter o dinheiro do meu lado.

"Trabalho" desde que nasci com dois bancos: CGD e Montepio e tenho o dinheiro à ordem e qd suge algo de interessante em depósitos a prazo subscrevo-o...

Acontece que agora pretendo algo diferente.

Primeiro, gostava de subscrever um depósito a prazo que permita reforços e que o dinheiro por lá fique. Mas isto lá vejo. Não sei se compensará ter um depósito destes ou esperar que apareça pontualmente um destes ususais depositos a um ou três meses. Mas, enfim...

O segundo ponto e para o qual preciso de algumas dicas é o seguinte. Preciso de ir acumulando uma quantia para ser levantada daqui a 26 anos. A ideia será todos os meses, ou num outro período qq, entregar uma determinada quantia, que tanto poderá ser 30 euros num mês, como 50 noutro, ou 137, ou 250 euros noutros meses.

Este dinheiro em caso algum (bate na madeira) será usado antes daqueles 26 anos.

Com este esquema os seguros capitalizáveis não interessam pq estes têm apenas uma entrega. Acções não me parece interessante neste mês comprar 100 euros e pagar comissões, depois comprar 50 euros e mais comissões e taxas disto e daquilo.

PPR tb não, pois acho que ainda sou um pouco novo (acabei de fazer 28) e preciso do dinheiro antes da reforma.

Estava a pensar naquelas poupanças complementares que alguns bancos oferecem e mesmo seguradoras em que se entrega 25/30/etc euros mês.

Que aconselham?

Para finalizar, o BIG On Line e o Baco Best não cobram comissões, correcto? por ex, se tiver lá 5000 euros parados numa conta qq, não há "comichões" de manutenção, despesas xpto e outros afins? Só se paga algumas operações e os cartões de crédito quem os quiser?

Obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Acontece que agora pretendo algo diferente.

Primeiro, gostava de subscrever um depósito a prazo que permita reforços e que o dinheiro por lá fique. Mas isto lá vejo. Não sei se compensará ter um depósito destes ou esperar que apareça pontualmente um destes ususais depositos a um ou três meses. Mas, enfim...

Muitos bancos têm esses depósitos a prazo que permitem reforços, é uma questão de consultares os com que costumas trabalhar ou um dos mais badalados por aqui (best, bigonline, santander...)

O segundo ponto e para o qual preciso de algumas dicas é o seguinte. Preciso de ir acumulando uma quantia para ser levantada daqui a 26 anos. A ideia será todos os meses, ou num outro período qq, entregar uma determinada quantia, que tanto poderá ser 30 euros num mês, como 50 noutro, ou 137, ou 250 euros noutros meses.

Este dinheiro em caso algum (bate na madeira) será usado antes daqueles 26 anos.

Para isto parece-me que o Montepio tem vários produtos adequados, que garantem o que tu precisas. Basicamente funcionam como os PPRs, fazes entregas mensais e no final podes receber uma renda vitalícia ou um valor único. Também há várias opções dentro daquilo que referes como seguros.

Para finalizar, o BIG On Line e o Baco Best não cobram comissões, correcto? por ex, se tiver lá 5000 euros parados numa conta qq, não há "comichões" de manutenção, despesas xpto e outros afins? Só se paga algumas operações e os cartões de crédito quem os quiser?

À partida não cobram comissões por manteres lá o dinheiro. Mas se tiveres algum tipo de produto que "obrigue" a ter uma espécie de comissão de guarda de títulos, então tens de pagar.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

  Só a semana passada reparei neste depósito a prazo do Montepio que já decorre há mais de 1 mês, sobretudo apetecível para quem queira transferir depósitos de outros bancos:

http://www.montepio.pt/ePortal/v10/PT/jsp/oferta/poupanca/contaspoupanca/superpoupanca.jsp#0

TANB Média para o prazo total do depósito (3 Anos): 3,08%.

Caso os montantes não provenientes de contas ou aplicações já existentes no Montepio representem 70% ou mais do montante total aplicado no depósito, as taxas de juro a aplicar são as seguintes (Taxas Anuais Nominais Brutas):

1º Ano = 2 %

2º Ano = 3 %

3º Ano = 5 %

tendo em conta que a Euribor demorará provavelmente bastante em voltar a atingir os 3%, creio que este depósito deve ser actualmente dos melhores do mercado, ainda para mais vindo de um banco cujas ofertas ultimamente não têm sido lá muito arrojadas...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia

se me é permitido, gostaria de questionar os peritos nas finanças sobre a poupança do Montepio Geral que se designa: Depósito Montepio Aforro 2009

Basicamente este Depósito a prazo a 3 anos, tem garantia de capital.

Montante:  A subscrição é efectuada com uma entrega inicial única, entre 1.000,00 Euros e 250.000,00 Euros, com múltiplos de 50,00 Euros.

Remuneração:  A taxa de juro é variável indexada à Euribor a 3 Meses:

              1º Trim               2º Trim               3º Trim               4º Trim

90% Média Eur 3M 90% Média Eur 3M 95% Média Eur 3M 95% Média Eur 3M

              5º Trim               6º Trim               7º Trim               8º Trim

100% Média Eur 3M 100% Média Eur 3M 105% Média Eur 3M 105% Média Eur 3M

              9º Trim               10º Trim               11º Trim               12º Trim

110% Média Eur 3M 110% Média Eur 3M 115% Média Eur 3M 120% Média Eur 3M

Pagamento de Juros:  Os juros são calculados trimestralmente, podendo optar pela capitalização total dos juros ou pelo crédito na conta de depósitos à ordem associada.

Gostaria de saber qual a rentabibilidade provável uma vez que a euribor a 3M anda na casa dos 1,2%...

Obrigado

P.S. O que é certo é que ao ler estas condições não me atraiu por ai além, mas já me telefonaram e vão voltar a insistir pois fiquei de pensar no assunto.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia

se me é permitido, gostaria de questionar os peritos nas finanças sobre a poupança do Montepio Geral que se designa: Depósito Montepio Aforro 2009

Basicamente este Depósito a prazo a 3 anos, tem garantia de capital.

Montante:  A subscrição é efectuada com uma entrega inicial única, entre 1.000,00 Euros e 250.000,00 Euros, com múltiplos de 50,00 Euros.

Remuneração:  A taxa de juro é variável indexada à Euribor a 3 Meses:

              1º Trim               2º Trim               3º Trim                4º Trim

90% Média Eur 3M 90% Média Eur 3M 95% Média Eur 3M 95% Média Eur 3M

               5º Trim               6º Trim                7º Trim                8º Trim

100% Média Eur 3M 100% Média Eur 3M 105% Média Eur 3M 105% Média Eur 3M

              9º Trim                10º Trim                11º Trim               12º Trim

110% Média Eur 3M 110% Média Eur 3M 115% Média Eur 3M 120% Média Eur 3M

Pagamento de Juros:  Os juros são calculados trimestralmente, podendo optar pela capitalização total dos juros ou pelo crédito na conta de depósitos à ordem associada.

Gostaria de saber qual a rentabibilidade provável uma vez que a euribor a 3M anda na casa dos 1,2%...

Obrigado

P.S. O que é certo é que ao ler estas condições não me atraiu por ai além, mas já me telefonaram e vão voltar a insistir pois fiquei de pensar no assunto.

Sinceramente, em comparação com o depósito que acima dei conta, parece-que este último é muito menos interessante, bastando para avaliar a rendibilidade comparar a taxa entre ambos logo no 1.º ano: a taxa fixa do super poupança situa-se nos 1,75%, muito fraco dirão alguns e com razão, mas a do aforro montepio queda-se pelos 90% de 1,25, ou seja, 1,12, só começando a revelar-se aceitável no 3.º ano (120%, no máximo), mas altura em que o outro já atingirá os 5%, ou seja, seria preciso que a E3 já estivesse nos 4,2%, um valor que obrigaria a que a mesma subisse cerca de 1% ao ano, ora se até ao final do presente ano não são de esperar subidas da taxa de referência do BCE, será altamente improvável que, mesmo no final desse intervalo temporal relativamente alargado ela recuperar os níveis históricos do ano passado...

Muito se poderia apostar quanto a isso, mas eu arriscaria no máximo um valor não superior aos 3,5%...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sem despesas a curto prazo , com um fundo de emergencia de 2 anos...Tem mesmo , mesmo a certeza de que não quer amortizar ?

Eu tenho exatamente as mesmas condições que vc.Sem dívidas, 2 anos de fundo de emergencia e uma casa para pagar .

Investi o melhor possível o meu fundo de emergencia, e todos os meses faço abatimentos à hipoteca da casa.

Bem feitas as contas , verá que pagará juros de um lado (para o emprestimo da casa), e receberá de outro (do investimento do dinheiro) e ao final será o mesmo do que ter esse dinheiro que vc quer ter de lado......embaixo do colchão.

Se esse dinheiro que vc vai precisar daqui a 26 anos é para a prestação final da casa , pode começar já por amortizar essa prestação que não pagará comissões por ela.

Abraço ,

Speedbird

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Os 26 anos não é para amortizar.

Qt a amortizar tb já pensei nisso, mas tenho algum receio do futuro imediato! E enqt a euribor andar cá por baixo, prefiro ir poupando, até pq o dinheiro está numa conta em que o juro é superior à euribor actual.

E depois a vida profissional familiar não é certa geograficamente. Eu estou onde estou e só saio se "quiser", mas a "patroa" é professora e embora nestes últimos anos tenha conseguido ficar por perto, amanhã pode ir para cascos de rolha e ter que arranjar outra casa, ou até ficar desempregada.

Provavelmente vou aplicar parte no depósito de 3 anos do Montepio (apenas disponível nos balcões) e esperar até Outubro (concursos dos professores e data da renovação dos meus contratos de trabalho).

Qt áquela poupança que o Montepio tem, onde todos os meses se coloca determinada quantia apenas está disponível para os associados. Ora ser associado implica pagar mensalmente 9 euros, mais um valor mensal correspondente À modalidade que se queira. Assim teria que dar pelo menos 100 euros anuais para poder subscrever e não creio que o que ganhasse eventualmente em juros cobrisse esse valor. Deixou de interessar...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Os 26 anos não é para amortizar.

Qt a amortizar tb já pensei nisso, mas tenho algum receio do futuro imediato! E enqt a euribor andar cá por baixo, prefiro ir poupando, até pq o dinheiro está numa conta em que o juro é superior à euribor actual.

Qt áquela poupança que o Montepio tem, onde todos os meses se coloca determinada quantia apenas está disponível para os associados. Ora ser associado implica pagar mensalmente 9 euros, mais um valor mensal correspondente À modalidade que se queira. Assim teria que dar pelo menos 100 euros anuais para poder subscrever e não creio que o que ganhasse eventualmente em juros cobrisse esse valor. Deixou de interessar...

Boa tarde,

não percebi bem o que é dito em relação ao Montepio Geral. Ser associado custa 9€ mensais, mais um valor mensal correspondente à modalidade que se queira? Desde quando? Gostava de saber se isso corresponde à verdade.

Que eu saiba, até inicios de 2008 ser associado custava 1€ por mês e algures em 2008 eles duplicaram esse valor mas só para quem quiser uma vez que tem um seguro de vida associado no valor de 2500€ no caso de quota mensal de 1€ ou 5000€ no caso de quota mensal de 2€. Estes são os valores que conheço e que me parecem possíveis de reaver aplicando em qualquer produto de capital garantido, tendo a possibilidade em caso de falecimento (ou necessidade de tratamento hospitalar, não estou certo disto) o conjuge ou herdeiros receberem os 2500€ ou 5000€ consoante a quota que estiver a pagar!

Como se denomina essa conta onde todos os meses se tem de depositar uma determinada importância?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde,

não percebi bem o que é dito em relação ao Montepio Geral. Ser associado custa 9€ mensais, mais um valor mensal correspondente à modalidade que se queira? Desde quando? Gostava de saber se isso corresponde à verdade.

Que eu saiba, até inicios de 2008 ser associado custava 1€ por mês e algures em 2008 eles duplicaram esse valor mas só para quem quiser uma vez que tem um seguro de vida associado no valor de 2500€ no caso de quota mensal de 1€ ou 5000€ no caso de quota mensal de 2€. Estes são os valores que conheço e que me parecem possíveis de reaver aplicando em qualquer produto de capital garantido, tendo a possibilidade em caso de falecimento (ou necessidade de tratamento hospitalar, não estou certo disto) o conjuge ou herdeiros receberem os 2500€ ou 5000€ consoante a quota que estiver a pagar!

Como se denomina essa conta onde todos os meses se tem de depositar uma determinada importância?

Essa "conta" julgo que é um plano mutualista.

Tenho um plano mutualista no Montepio, que subscrevi para que me reduzissem o spread  >:(

Desse plano consta o seguinte:

Quota associativa - 2€ por mês

Montepio poupança Complementar - 13€ por mês

Capital garantia (CREF) - 8,99 por ano ( não sei bem o que é, mas não é obrigatório)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tem razão. Vi mal:  :-[

Com a admissão, e no respeito pelos Estatutos e Regulamentos existentes, é apenas necessário o pagamento de uma jóia única de inscrição de 9 euros, da quota associativa de 2 euros por mês e da quotização resultante da(s) modalidade(s)

subscrita(s).

A conta em causa será a M Poup. Complementar

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia,

parece-me que em termos de crédito à habitação, o Montepio Geral não é o melhor banco para o fazer, pois "obrigam" as pessoas a tornarem-se associados como se isso fizesse melhorar as condições de empréstimo e no entanto qualquer pessoa pode dirigir-se à concorrência e encontra melhor sem ser "obrigado" a tornar-se associado.

Já sugeri que tentassem saber o que oferece a DECO/CAIXA GALICIA mas parece que as pessoas não querem arriscar num spread 0% por um ano e de 0,4% nos anos seguintes. Pelo menos foram estas as condições que me disseram à uns tempos atrás e que me pareceram muito boas. O "inconveniente" é que se tem de ser associado da DECO. Enquanto, por exemplo, no Montepio se paga actualmente 2€ para se ser associado e não se recebe "aparentemente" nada em troca (tá bem, têm desconto nalgumas lojas e clinicas de luxo) na DECO recebem duas revistas com conselhos para poupar e investir todos os meses.

m.elis, em relação ao plano mutualista, o capital que é descontado todos os meses é de capital garantido no final do prazo? Parece-me que há lá umas contas não muito claras para quem adere a esse produto...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Já sugeri que tentassem saber o que oferece a DECO/CAIXA GALICIA mas parece que as pessoas não querem arriscar num spread 0% por um ano e de 0,4% nos anos seguintes. Pelo menos foram estas as condições que me disseram à uns tempos atrás e que me pareceram muito boas. O "inconveniente" é que se tem de ser associado da DECO. Enquanto, por exemplo, no Montepio se paga actualmente 2€ para se ser associado e não se recebe "aparentemente" nada em troca (tá bem, têm desconto nalgumas lojas e clinicas de luxo) na DECO recebem duas revistas com conselhos para poupar e investir todos os meses.

Só um aparte - para ser sócio da DECO basta pagar uma anuidade de cerca de meia dúzia de euros, se não se quiser as revistas (neste caso sim, sai um bocado mais caro, mas com a vantagem que referiste). Ou seja, pode-se ser sócio da DECO pelo equivalente a menos de 1€ por mês :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Falando na DECO, não esquecer o que está no Portal. E ainda se recebe umas prenditas...

Eu aderi...

E depois dos dois meses e durante a assinatura anual (mais 9 meses penso eu) o valor da mensalidade é de apenas 3 euros e qq coisa em vez de 8 euros e tal...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

parece-me que em termos de crédito à habitação, o Montepio Geral não é o melhor banco para o fazer, pois "obrigam" as pessoas a tornarem-se associados como se isso fizesse melhorar as condições de empréstimo e no entanto qualquer pessoa pode dirigir-se à concorrência e encontra melhor sem ser "obrigado" a tornar-se associado.

Poderá ser a regra geral, mas como a minha dívida já é inferior a 50 000 € não encontrei nenhum banco que suportasse todas as despesas com a transferência.

Bom dia,

parece-me que em termos de crédito à habitação, o Montepio Geral não é o melhor banco para o fazer, pois "obrigam" as pessoas a tornarem-se associados como se isso fizesse melhorar as condições de empréstimo e no entanto qualquer pessoa pode dirigir-se à concorrência e encontra melhor sem ser "obrigado" a tornar-se associado.

Já sugeri que tentassem saber o que oferece a DECO/CAIXA GALICIA mas parece que as pessoas não querem arriscar num spread 0% por um ano e de 0,4% nos anos seguintes. Pelo menos foram estas as condições que me disseram à uns tempos atrás e que me pareceram muito boas. O "inconveniente" é que se tem de ser associado da DECO.

Sou sócia da DECO há muitos anos, só que  em 2000 não tinham ainda esse protocolo com a Caixa Galicia! Mesmo assim contactei-os e não me compensava, já que devo +- 20 000 €.

m.elis, em relação ao plano mutualista, o capital que é descontado todos os meses é de capital garantido no final do prazo? Parece-me que há lá umas contas não muito claras para quem adere a esse produto...

Ups....Espero bem que esteja tudo claro. Assim que possa vou ver a papelada, eles disseram-me que o capital era garantido e eu tenho quase a certeza de que li isso.

Obrigada pelo alerta  :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Um ligeiro off-toppicc...

Alguém se tornou assinante nos últimos tempos?

Eu fiz a assinatura há mais de um mês e até hoje nada. Já enviei um mail para eles e não responderam...

É normal tanto tempo?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Alguém se tornou assinante nos últimos tempos?

Eu fiz a assinatura há mais de um mês e até hoje nada. Já enviei um mail para eles e não responderam...

É normal tanto tempo?

Não. Não é normal tanto tempo!

Creio que eles demoram cerca de 10 dias úteis a partir do momento que a pessoa se torna assinante, entregou todos os dados necessários e estes estão correctos, para começar a receber as revistas e os "brindes".

Ainda não recebeu nada?

Pode ligar para o serviço de assinaturas e encomendas, número de telefone 218410801, cujo horário de atendimento durante a semana é das 9h às 13h e das 14h às 18h (à 6.ª feira, encerra às 17h), para saber o que se passou no seu caso.

O email não é uma forma rápida de obter informações, ainda para mais quando ainda não tem nº de associado!...

Cumps  8)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Desisti...

A mulher tb se fez assinante... Era para ser um Mp4 para cada, mas paciência veio só um e assim tb não tenho que desistir.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Desisti...

A mulher tb se fez assinante... Era para ser um Mp4 para cada, mas paciência veio só um e assim tb não tenho que desistir.

Bem, afinal o problema não era deles!...  :o

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Meu é que não era!  :D  Fizemos tudo igual.

Eles telefonaram-me depois para activar o meu pedido, mas acabei por não querer.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas, tenho um seguro de vida para credito habitação de duas cabeças. A minha pergunta é se poderei capitalizar esse seguro se no fim de pagar a casa poderei receber esse dinheiro, obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boas, tenho um seguro de vida para credito habitação de duas cabeças. A minha pergunta é se poderei capitalizar esse seguro se no fim de pagar a casa poderei receber esse dinheiro, obrigado

Em principio os seguros de vida associados a crédito habitação não permitem a capitalização e reembolso. Pode questionar a companhia de seguros acerca desse propósito e averiguar noutras companhias. O mais provável é que lhe indiquem a possibilidade de subscrição de um seguro de vida capitalizável e reembolsável ao fim de 8 anos (e um dia)...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sem despesas a curto prazo , com um fundo de emergencia de 2 anos...Tem mesmo , mesmo a certeza de que não quer amortizar ?

Eu tenho exatamente as mesmas condições que vc.Sem dívidas, 2 anos de fundo de emergencia e uma casa para pagar .

Investi o melhor possível o meu fundo de emergencia, e todos os meses faço abatimentos à hipoteca da casa.

Bem feitas as contas , verá que pagará juros de um lado (para o emprestimo da casa), e receberá de outro (do investimento do dinheiro) e ao final será o mesmo do que ter esse dinheiro que vc quer ter de lado......embaixo do colchão.

Se esse dinheiro que vc vai precisar daqui a 26 anos é para a prestação final da casa , pode começar já por amortizar essa prestação que não pagará comissões por ela.

Abraço ,

Speedbird

Olá,

Será que me podia explicar o que quer dizer com "todos os meses faço abatimentos à hipoteca da casa."? Para além de pagar a prestação, faz abatimentos mensais ao capital em dívida? E não paga a penalização por liquidação antecipada?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá,

Será que me podia explicar o que quer dizer com "todos os meses faço abatimentos à hipoteca da casa."? Para além de pagar a prestação, faz abatimentos mensais ao capital em dívida? E não paga a penalização por liquidação antecipada?

O que ele faz é isso emsmo, faz pagamentos extraordinários de amortização de capital, e lógico que deve de pagar comissão de amortização antecipada.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá,

Será que me podia explicar o que quer dizer com "todos os meses faço abatimentos à hipoteca da casa."? Para além de pagar a prestação, faz abatimentos mensais ao capital em dívida? E não paga a penalização por liquidação antecipada?

Se ele faz abatimentos todos os meses (seria mais pratico fazer apenas um ou dois por ano) extras, ou não, só ele poderá responder. Caso o faça paga 0,5% (CH indexado à euribor) sobre o valor do abatimento extra. Caso não o faça, ele faz abatimentos todos os meses relativos à prestação mensal que paga pelo CH. Como deve saber, uma parcela é para abater na divida e outra são os juros que o banco recebe pelo empréstimo que concedeu!...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead