Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
Eurico, o presbítero

Obrigações subordinadas BANIF

34 publicações neste tópico

Amigos, precisava do vossos conselho:

tenho 50.000 € para investir e não preciso, no curto prazo do dinheiro.

No banco, propuseram-me aplicar o dinheiro em OBRIGAÇÕES SUBORDINADAS BANIF que têm as seguintes condições:

Banif – Banco Internacional do Funchal, S.A.

Emissão de até €100.000.000 de Obrigações Subordinadas de Taxa Fixa a Taxa Variável

emitidas ao abrigo do Euro Medium Term Note Programme no montante de €2.500.000.000

Prazo: 5 anos + 5 anos (se não for exercida a call)

Data de emissão: 30 de Junho de 2009

Data de maturidade: 30 de Junho de 2019

1º semestre: taxa 4,50%

2º ao 10º semestre: Euribor a 6 meses + 2,75%

11º semestre ao 20º: Euribor a 6 meses + 3,00%

Sei o que são Obrigações Subordinadas (naturalmente, li cuidadosamente os termos contratuais deste lançamento) e do risco inerente, na eventualidade de uma insolvência do banco.

Mas penso que o Banif tem solidez suficiente para eu não me preocupar com essa situação. Espero ...

O que eu pretendia saber era a vossa opinião, exactamente, sobre as condições e taxas desta emissão que vai ocorrer no final do mês. Valerá a pena? Ou acham que existem no mercado outras aplicações a longo prazo com rendibilidades mais interessantes?

Estes 50.000 euros são o meu "pé-de-meia" e tenho de ter muito cuidado com eles ...

Fico a agurdar pelos vossos comentários.

Obrigado.

Eurico

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O banif é dos bancos em Portugal que está com o rating mais baixo, tirando talvez o Finibanco. Ao contrário de muita gente que só fala do BPN (que agora está nacionalizado, não compreendo o sentimento que continua a surgir, o banco agora é que está seguro). Eu não confio no Banif a longo prazo, é a minha opinião.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O elbmurcs tem razão. há uns meses atrás, quando a crise estava a começar, falava-se que havia dois pequenos bancos portugueses em dificuldades. Embora não se soubessem na altura quais lembro que se falava insistentemente do Finibanco, Banif e BPN como sendo possibilidades fortes. Entretanto, como é sabido, o BPN e o BPP cairam. e se o BPP parece estar em queda livre o BPN ainda teve a sorte, bem ou mal, de ser amparado pelo estado.

Isto tudo para dizer que, pessoalmente, não ponho as mãos no fogo por banco nenhum, especialmente se for pequeno. Isto, no entanto, não quer dizer que o investimento na obrigações do BANIF seja mau. mas como não estou dentro do mercado de obrigações não tenho informação para o dizer.

uma ultima sugestão: desconheço se os 50 000 euros q referes são a totalidade do teu pe de meia, mas se forem eu não metia o guito todo nestas obrigaçoes. Diversificar é a palavra chave.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Agradeço as vossos opiniões.

Para ser sincero, elas deixaram-me preocupado....

É que analisei as condições (1º semestre fixo 4,5%, depois, até ao 10º semestre, taxa variável = Euribor a 6meses + 2,75%) e pareceram-me bastante razoável para o que é comum no mercado de obrigações.

Mas há a questão da sustentabilidade do banco (Banif), dado a maturidade destas obrigações ser a 5 + 5 anos. Pela minha experiência, há também o risco de serem "sorteadas" (exercida a "call") logo ao fim do 3º ano, mas o que me preocupa mesmo é o que possa acontecer ao Banif entretanto. Tratando-se de Obrigações Subordinadas a garantia é mínima (para não dizer nenhuma) de, em caso de insolvência do banco, poder ser ressarcido do capital investido.

Mas a pergunta mantem-se: em que produtos alternativos poderei eu aplicar estes meus 50.000 euros? Não seu avesso ao risco (quem não arrisca ...) embora não pretenda, claro está, entrar em loucuras tontas. Como disse, não espero precisar deles tão cedo (horizonte >5anos).

Agradeço desde já as vossas sugestões.

Eurico

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

 

  É muito complicado dar-te uma resposta concreta sobre a decisão de investimento, mas a regra básica de não empregares todo esse dinheiro numa só aplicação parece-me lapidar: para além de estares atento ao mercado, uma sugestão q posso dar é a consulta da revista Proteste Poupança, que publica mensalmente carteiras de investimento em fundos, em vários mercados, calculados riscos e rendibilidade prospectivos a 3 e a 5 anos, logo no teu caso, aconselhar-te a aplicares boa parte desse montante de acordo com as sugestões de uma destas carteiras.

  Depois, para o resto, é uma questao de estares atento a oportunidades variáveis, que surjam, como essa das obrigações, ou depósitos a prazo promocionais que os bancos fazem: frequentemente quanto maior a quantia e o prazo que o investidor esteja disposto a deixar o seu capital aplicado, tanto maior a taxa de juro...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Fundos de investimento não é a mesma coisa que obrigações. Nos fundos o rendimento é variável (pode ser negativo).

A CGD teve há umas semanas umas obrigações com taxa mt jeitosa.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

eu nao apostava nisso muito menos no banif, queres rendimentos a volta de que taxa? queres com grande risco ou baixo risco?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

eu nao apostava nisso muito menos no banif, queres rendimentos a volta de que taxa? queres com grande risco ou baixo risco?

Claro que o objectivo de qualquer um é maximizar o rendimento ... Como este é directamente proporcional ao risco, temos de ter juizo e não embarcar em esquemas gananciosos e até de legalidade duvidosa.

Posto isto, digo que o risco que estou disposto a assumir é médio/moderado. Mas claro, como o dinheiro "custa muito a ganhar" e como já vou nos cinquenta e tais, não quero -de todo - deitá-lo pela janela ... Gostava que ele valorizasse de forma interessante e que me garantisse o meu "poder de compra" daqui a uns 5 ou 8 anos (isto é, a sua valorização ultrapassasse os valores anuais da inflação, fazendo com que eu não perdesse "poder de compra", antes pelo contrário).

Nos dias de hoje, será pedir muito?

Se me derem sugestões de produtos adequados ao meu perfil ... agradeço. E muito!...

P.S. Estou a pensar aplicar 15.000€ (dos meus 50.000€) nestas Obr. Subordinadas do Banif. Farerei asneira?

Agora vou ter de pensar onde irei aplicar os restantes 35.000€ ...

Eurico

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

eu nao assinava as obrigações do BANIF secalhar ia mais depressa para as do millennium bcp mas acho que isso é muito arriscado neste momento, existem varias maneiras de aplicar o seu dinheiro por exemplo os depositos a prazo ja nao valem a pena, mas para os substituir temos os fundos de tesouraria que o risco e praticamente nulo e tens rendimentos de 3% ao ano.

Mas se pretende uma coisa acima aí aconselho fundos de investimento e aí é só procurar o melhor para o seu nivel de risco.

O risco varia numa escala de 1 a 6 sendo 6 o risco mais elevado, por exemplo BPI tem o BPI euro taxa fixa a rondar os 6% num risco de nível 3...

visite o site http://carteira.pt é muito útil

por exemplo esta noticia: http://carteira.pt/2009/05/19/fundos/fundos-de-investimento/2009-fez-bem-aos-emergentes/2/

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

NÃO adiram às obrigações do BCP. Tem tanta cláusula de caca que até mete medo.

Não existe garantia de pagamento de juros - O pagamento de juros é condicional e discricionário, por iniciativa do Millennium bcp, dependendo de deliberação do Conselho de Administração Executivo e da inexistência de limitações ao vencimento de juros (relacionadas essencialmente com existência de fundos distribuíveis e com o cumprimento dos requisitos de fundos próprios por parte do Banco), tal como definido nas páginas 64 e 65 do Prospecto de Base do Programa de Emissão de Valores Mobiliários Representativos de Dívida do Banco. Os pagamentos de juros são não cumulativos, ou seja, em caso de não pagamento de um cupão, este extinguir-se-á e não acumulará para pagamento futuro, pelo que não será devido pelo Banco Comercial Português.

Não é obrigatório pagar juros. Podem ter o dinheiro lá uma série de anos e receber 0.

Estes Valores Mobiliários não têm data de vencimento, visto não serem reembolsáveis, só o podendo ser a partir do final do 5º ano, por opção do Millennium bcp e com sujeição a autorização prévia do Banco de Portugal. Os Valores Mobiliários Millennium bcp Valor Capital 2009 poderão ser usados para cobrir as perdas do Emitente, se tal for necessário para que este possa prosseguir a sua actividade, podendo o respectivo valor ser chamado a absorver prejuízos. Neste caso, o reembolso poderá ser feito a um valor inferior ao capital investido.

Conclusao, o valor no final do investimento pode ser um valor inferior.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

eu nao assinava as obrigações do BANIF secalhar ia mais depressa para as do millennium bcp mas acho que isso é muito arriscado neste momento, existem varias maneiras de aplicares o dinheiro por exemplo os depositos a prazo ja nao valem a pena, mas para os substituir temos os fundos de tesouraria que o risco e praticamente nulo e tens rendimentos de 3% ao ano.

Mas se pretendes uma coisa acima aí aconselho fundos de investimento e aí é só procurares o melhor para o teu nivel de risco.

O risco varia numa escala de 1 a 6 sendo 6 o risco mais elevado, por exemplo no BPI tens o BPI euro taxa fixa a rondar os 6% num risco de nível 3...

visita o site http://carteira.pt é muito útil

por exemplo esta noticia: http://carteira.pt/2009/05/19/fundos/fundos-de-investimento/2009-fez-bem-aos-emergentes/2/

Agradeço as suas indicações. Vou analisar as opções propostas pelos "sites".

Muito sinceramente, nunca pensei que fosse tão complicado "investir" este meu pé de meia de 50.000€.

Estou a equacionar dividi-lo em 3 lotes (15+15+20) e subscrever 3 aplicações diferentes (é a velha teoria dos ovos e dos cestos...). Só não sei exactamente em quê aplicar ...

Vou decidir-me este fim de semana. Vou perder uma horas na net, comprar os jornais de Sábado, fazer 2 ou 3 telefonemas a amigos e ... seja o que Deus quiser.

Entretanto, se me quiserem dar mais algum conselho de como aplicar estas 3 tranches, ficarei muito grato. Na Segunda-Feira queria ter tudo decidido.

Aguardo as v/ dicas. Obrigado.

Eurico.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu alinharia tb nessa tónica: 15 mil em dep. a prazo e/ou seguros de capitalização, outro tanto em obrigações e 20 mil em fundos de investimento, que são a opção mais rentável a longo prazo...

Não sei a tua idade, mas se tiveres rendimento que o justifique, acho q deverias guardar 2000 € para fazer um PPR e obter os benefícios fiscais..

  Depois partilha a tua decisão,sobre a forma e a instituição onde aplicaste as tuas poupanças, se assim achares por bem... seria interessante para outros membros do forum daqui por algum tempo puderem comparar ctg sobre as opções entretanto tomadas...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu alinharia tb nessa tónica: 15 mil em dep. a prazo e/ou seguros de capitalização, outro tanto em obrigações e 20 mil em fundos de investimento, que são a opção mais rentável a longo prazo...

Não sei a tua idade, mas se tiveres rendimento que o justifique, acho q deverias guardar 2000 € para fazer um PPR e obter os benefícios fiscais..

  Depois partilha a tua decisão,sobre a forma e a instituição onde aplicaste as tuas poupanças, se assim achares por bem... seria interessante para outros membros do forum daqui por algum tempo puderem comparar ctg sobre as opções entretanto tomadas...

Eu já vou nos cinquentas ... Constituí um PPR, mais a minha mulher, quando fizemos 35 anos. Portanto, vai há quase 20 anos. Temos reforçado esses PPRs todos os anos.

Sou engenheiro civil (a minha mulher médica) e temos a nossa vida orientada/estabilizada, se é que alguém pode dizer isso nos dias que correm.

Claro que terei todo o gosto em partilhar a minha experiência neste forum.

Quanto ao investimento em si, considero os DP uma aposta muito pouco atraente. A taxa anda à volta dos 1,5% brutos, o que é uma verdadeira ninharia. Gostava que o meu dinheiro fosse melhor remunerado. Não se arranjará uma melhor aplicação do que os DP à taxa actual? É que a 1,5% mais apetece ... gastar o dinheiro!! (Já me imaginei na Austrália...)

Agradeço sugestões.

Eurico

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Mais uma reforço o meu conselho, não adiram às obrigações do BCP. Leiam bem o que escrevi no post anterior ou vejam este link

http://bcp.pt/site/conteudos/35/article.jhtml?articleID=557463

Sim, agradeço o aviso. Mas se Obrigações BCP - não, Obrigações Subordinadas Banif  -não, DP (que estão com uma taxa ridícula) - não ... então o que sobra? Fundos?...

Ainda ontem "aconselhei-me" com a minha gestora de conta do BPI e a senhora recomendou-me subscrever o Fundo BPI UNIVERSAL.

Ora, estive a analisar este fundo e o que verifico? Desde a sua fundação (ano 2000), a unidade de participação nunca ultrapassou o seu valor de lançamento!! Foi só descer - com altos e baixos, é certo - mas nunca ultrapassou o valor inicial de lançamento. Pergunto: um fundo com esta "performance" merece alguma confiança?

Aliás eu já estou bastante "queimado" com os fundos BPI ... Apliquei, em Setembro de 2007, 80.000 euros em BPI PORTUGAL (fundo de acções) que têm desvalorizado muitíssimo. Hoje, aqueles 80.000 euros já só valem cerca de 48.000 euros, portanto imaginem o meu estado de espírito ... A perder dinheiro assim com os meus "pseudo investimentos", deixa-me um tanto angustiado e com receio de voltar a errar redondamente. Daí vir procurar o vosso conselho.

Agradeço as vossa dicas. Na Segunda-Feira gostava de resolver este assunto da aplicação.

Obrigado, Eurico.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Caro Presbitero,

Li com atenção os teus ultimos posts e parece-me adequado fazer as seguintes e estimulantes observações:

Estou a equacionar dividi-lo em 3 lotes (15+15+20) e subscrever 3 aplicações diferentes (é a velha teoria dos ovos e dos cestos...). Só não sei exactamente em quê aplicar ...

Vou decidir-me este fim de semana. Vou perder uma horas na net, comprar os jornais de Sábado, fazer 2 ou 3 telefonemas a amigos e ... seja o que Deus quiser.

Entretanto, se me quiserem dar mais algum conselho de como aplicar estas 3 tranches, ficarei muito grato. Na Segunda-Feira queria ter tudo decidido.

sempre ouvi dizer que a pressa é má conselheira. Forçar uma decisão de investimento para um montante consideravel (pelo menos para mim seria consideravel) em dois dias parece me arriscado. A não ser que sejas, como aparentas ser, um homem de fé e confiante nos designios divinos.

Quanto a mim, que sofro de uma deprimente falta de fé, prefiro apelar à racionalidade, mesmo que leve mais tempo. Nem sempre resulta mas não me tenho dado mal... Neste aspecto, sigo a sabedoria de Sun Tzu que defende que que as batalhas se ganham antes de serem travadas (ver arte da guerra).

considero os DP uma aposta muito pouco atraente. A taxa anda à volta dos 1,5% brutos, o que é uma verdadeira ninharia. Gostava que o meu dinheiro fosse melhor remunerado. Não se arranjará uma melhor aplicação do que os DP à taxa actual? É que a 1,5% mais apetece ... gastar o dinheiro!! (Já me imaginei na Austrália...)

relembro que os DP, actualmente tão mal remunerados, estavam à meros 8 meses atrás a pagar TANB de 5 e 6%. Quem sabe onde estarão as taxas dentro de 6 meses?? As taxas Euribor parecem estar a estabilizar e para quem não está muito seguro sobre quais as decisões a tomar talvez valha a pena esperar um pouco e ver como evoluem as taxas.

Quanto à questão da Australia talvez se venha a revelar o investimento com melhor retorno que possas fazer :) Tb espero um dia conhecer a Australia e Nova Zelandia.....

Ainda ontem "aconselhei-me" com a minha gestora de conta do BPI e a senhora recomendou-me subscrever o Fundo BPI UNIVERSAL.

Nunca esquecer que os funcionários dos bancos estão lá para vender os respectivos produtos e não para dar conselhos de investimento.

Aliás eu já estou bastante "queimado" com os fundos BPI ... Apliquei, em Setembro de 2007, 80.000 euros em BPI PORTUGAL (fundo de acções) que têm desvalorizado muitíssimo. Hoje, aqueles 80.000 euros já só valem cerca de 48.000 euros

Estás nos cinquentas, já tens 80 000 € investidos em fundos de investimento e ainda estás a equacionar investir mais € em fundos? Não sei qual o montante da tua carteira ou qual o teu perfil de investidor mas das duas uma:

i) és um investidor (muito) agressivo;

ii) és um investidor sem estratégia.

Quanto a mim, quando tiver nos cinquenta estarei a reduzir o peso de acções/fundos na minha carteira.... mas isso sou eu e não faltarão por ai pessoas que defendem o oposto. O grave é se estiveres na segunda categoria, o que me parece mais provavel, visto que justificas a decisão de investir em fundos com o facto de os DP estarem a pagar pouco. Para mim isto não é uma justificação de investimento.

é um salto em frente, um lance de dados que tanto pode correr bem como mal.

Penso que precisas seriamente de equacionar os teus investimentos numa perspectiva global, definindo objectivos de retorno, horizontes de investimento e niveis de risco suportaveis. Caso contrário, quer tenhas ou não consciencia disso, és apenas um jogador que tanto pode ter sorte como azar (como tem sido o caso com o BPI portugal com perdas de 40% até ao momento).

Esta é a minha receita, não para o exito financeiro, mas para a consciencia tranquila à noite quando me deito.

De qq forma, boa sorte para segunda feira e espero que as leituras do fim de semana te iluminem.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Caro Lothar,

Agradeço a sua mensagem, que li (e reli) com a máxima atenção.

Em primeiro lugar digo-lhe que não tenho qualquer urgência em efectuar este meu investimento de 50.000€. Estabeleci a meta de Segunda-Feira apenas porque tenho o dinheiro à ordem há já algum tempo e não queria protelar indefinidamente a decisão.

Sou pessoa habituada a decidir e não gosto de "arrastar" assuntos. Se é neste momento que eu disponho do capital, é neste momento que devo aplicá-lo. Colocar este dinheiro num fundo de tesouraria (p.ex.) e ficar à espera de cenários mais favoráveis, não me parece muito ajustado. Será?

Sim, sou um homem de Fé mas, com todo o respeito, isso não vem aqui para o caso.

Acertou na mouche quando diz que sou um "investidor sem estratégia". É verdade. Sou o primeiro a reconhecê-lo. (Se tivesse queda para os cifrões tinha ido para Económicas  ;) ...)

Por isso - por andar "perdido" nestes meandros e ter já tomado más/péssimas decisões de investimento - venho pedir orientação, apoio e conselho aos experts deste forum.

Mas a verdade é que o amigo criticou - e com toda a razão - as "hipóteses" de investimento que eu coloquei, só que ... não apresentou qualquer alternativa. E é disso que eu ando à procura...

Diz, por exemplo, que .. "quando tiver nos cinquenta estarei a reduzir o peso de acções/fundos na minha carteira.... " só que não diz onde aplicaria o dinheiro que retiraria dos fundos.

Eu já disse aqui que tenho uma "perspectiva global" quanto à aplicação das minhas economias. Vamos lá ver, também não sou um tonto...

No que a estes 50.000€ diz respeito, o meu objectivo é o seguinte:

- taxa de retorno moderada (3 a 5 pontos acima da taxa de inflação já me daria por (muito) satisfeito, dado a conjuntura actual);

- horizonte do investimento: 5 a 8 anos

- nivel de risco: baixo/médio

Como disse aqui, já estou "escaldado" com desvalorizações enormes na minha carteira de fundos de acções. Não quero que isto volte a acontecer. Objectivamente, estou mais pobre hoje do que há 4 ou 5 anos atrás, o que é ... insuportável (!) para quem vive do seu trabalho como eu.

Não quero - não posso admiti-lo mais! - ver o meu dinheiro (que tanto custou a ganhar) a escapar-se-me das mãos como areia ... Portanto, "exijo" que estes meus 50.000€, que vou agora aplicar, não se esfumem e que, daqui a 5 ou 8 anos, estejam "lá" mais o juro/rendimento correspondente.

Espero que compreenda o que me vai no espírito.

Por essa razão, vim a este "site" procurar sugestões e aconselhamento independente, junto de pessoas conhecedoras destes meandros financeiros e abalizadas na matéria económica.

Se me puder(em) ajudar com sugestões concretas, ajustadas ao meu caso, ficaria muito grato.

Eurico.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Um mero exemplo, um fundo de risco nivel 3, leva um rendimento superior a 10% enquanto há fundos de nivel 5 com a mesma rendibilidade...

BNY Mellon Evolution Currency Options A EUR Acc

Ou entao tens um banco que da da renumeraçao liquida de 3,6% a 5,2% em depositos a prazo, aqui em portugal...

www.privatbank.pt é um banco letão com actividade em Portugal

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

  Eurico,

  1- BPI Portugal: um dos teus erros de investimento à partida foi teres precisamente depositado toda a expectativa de rendimento neste fundo, alocando a totalidade das tuas poupanças, o que basta leres meia duzia de linhas de qualquer publicação da area para perceberes o quanto essa opção foi errada, ainda para mais tratando-se de um fundo de acções, com alta volatilidade.

  a (única) boa notícia é que a recuperação dos mercados está prometida e, tal como desceu, este fundo pode de um ano para o outro recuperar imediatamente da enorme desvalorização.

  2- já chegaste a consultar as carteiras de investimento que a revista da Deco Proteste (Poupança) recomenda para os investimentos com horizonte temporal a 3,5 e 10 anos?

  essas carteiras orientam a pessoa a repartir o seu rendimento, de acordo com as perspectivas de evolução dos mercados, em termos de %, sem os concentrar em demasia...

3- por último, na sequência do que o lothar_m disse, em vez de estares à espera com o dinheiro parado à ordem, porque não aplica-lo num depósito a prazo a 3 ou 6 meses, em função da euribor (por baixa que esteja a taxa), enquanto esperas por outras oportunidades?

  é que com 50000 €, provavelmente ainda consegues negociar alguma coisa à volta dos 2,5/3%...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Caro "radical",

Sim, li atentamente os seus conselhos e os da Proteste Poupança (também sou assinante).

O obstáculo aqui está no facto de eu não dominar a matéria financeira e fazer-me "confusão" como vou investir em Acções/Obrigações, tal como eles recomendam, do género: Australianas 15%, do Canadá 9%, US 5%, GB 15% e ... por aí fora.  Como se faz isso? Tinha de ter conta em quantos bancos? E tempo/disponibilidade para toda essa "ginástica" financeira? Não é complicado?

E se consideraram aqui que o Banif era um banco pouco sólido e que não merecia confiança para eu investir em Obrigações Subordinadas (à Euribor 6m+2,75%), então o que dizer de bancos com AB7, Best, DB24, BIG que eu ... nem sei bem o que são? Ou então doutro que um nosso colega falou, o PrivatBank? Podem ser todos muito respeitáveis (e naturalmente o são) só que para mim - um "analfabeto" dos mercados financeiros - transmitem-me pouca segurança.

Mas por exemplo, eu para comprar esse BNY Mellon Evolution Currency Options A EUR Acc teria que me dirigir a que banco? O que teria exactamente que fazer? Não o vi na lista da Proteste...

Repare, eu não percebo grande coisa disto mas ... aprendo!! Se me der umas dicas, eu chego lá com facilidade.

Agradeço um esclarecimento. Obrigado.

Eurico

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Caro Eurico

Existe uma grande diferença entres os bancos "normais" (bes, bpi, cgd...) e os bancos de investimento ( best, big, ...) se reparar o banco best e detido em mais de 50% do capital pelo Grupo BES e se for ao site do próprio pode reparar no fundo da pagina no símbolo do banco espirito santo. O activobank7 é outro banco de investimento detido por outro banco português, o millenniumBCP. O DB24 penso que seja detido pelo maior banco alemão o Deutsche Bank. Estes bancos de investimento são criados para investimento, tal como o nome diz, logo vao assinar contratos com grandes entidades financeiras de investimento a nível internacional para alargarem a sua oferta. O privatbank é diferente é um banco "normal" mas tem uma renumeração muito boa nos depósitos a prazo agora não sei como está a sua segurança em termos financeiros.

Para aderir a esse fundo teria de abrir conta num banco de investimento com produtos da BNY, transferir para esse banco o dinheiro que quisesse investir e subscrever. Se criar conta num banco de investimento recomendo o Best pois é o que tem a oferta mais variada e por fazer parte do BES.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá pessoal

também gostaria de perceber melhor a subscrição de fundos

li este artigo no jornal de negocios

http://www.jornaldenegocios.pt/index.php?template=SHOWNEWS&id=372068

Alguém subscreveu estes fundos para dar dicas?

Tive a verificar no saite do best este fundos mas não econtrei, alguém me poderá ajudar?

mais uma vez obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

  Eurico,

  tens de jogar com duas ferramentas de análise que a Deco disponibiliza na tal revista: uma é esse gráfico circular com a distribuição de uma carteira de investimentos a médio e longo prazo, consoante se queira aumentar ou reduzir o risco; outra, é uma tabela, actualizada mensalmente, das rendibilidades de todos os fundos de investimento comercializados em Portugal pelas diversas instituições, agrupados em função da sua natureza...

  Por ex, na revista de 19 de Maio ultimo eles aconselham entre outras coisas, 10% em obrigações de dólar australiano: então tens de pesquisar na tabela que fundos existem neste segmento e qual o conselho que dão na respectiva linha, sendo que da análise da mesma nessa edição, constata-se que eles aconselham investir no fundo UBS Bond AUD B, apenas disponível no Bank 7 e no Best, que tem um desempenho médio (3 estrelas) e uma rendibilidade a 5 anos de 4,4% (5,5% no ultimo ano), com um prazo de investimento recomendado entre 5 e 7 anos, o que corresponde à meta que tu definiste...

  Assim sendo, supondo que o teu bolo total eram os tais 50.000€, então deverias comprar cerca de 5000 € de up's deste fundo. E assim sucessivamente para os seguintes...

    Na realidade, é aconselhável para quem queira investir em fundos, como ja foi atrás referido pelo Malone, abrir conta no activo bank 7, no best e/ou no Big pois são instituições com uma vasta carteira de opções e muito vocacionadas para esta área. Além disso, por enquanto não cobram comissões de manutenção nas contas à ordem...

 

  espero ter sido claro, mas considera-me à disposição para mais esclarecimentos,

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Caro "radical",

Agradeço o seu esclarecimento. Foi cristalino como água. Muito obrigado.

Vou seguir a sua recomendação: abrir conta nesses 3 bancos "virtuais" (Big, Banco7 e Best), repartir por eles os meus 50.000€ e finalmente distribuir esse montante por 5 ou 6 aplicações de médio/longo prazo, indicadas pela Proteste como mais favoráveis.

Irá ser uma verdadeira "experiência iniciática" para mim (nunca imaginei, nesta idade, abrir conta neste bancos despersonalizados, que existem apenas no "éter" da internet) mas, como alguém disse, "há uma primeira vez para tudo". Espero não me vir a dar mal ...

Reitero os meus agradecimentos.

Eurico

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

não é necessário abrir conta nos 3 bancos, só precisa de abrir num tem é de distribuir o dinheiro por vários fundos e o best é o que tem a oferta mais variada, pois o best tem fundos que outros nao tem e quase todos que os outros tem o best tem.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0