tonecas

Subida da euribor

62 publicações neste tópico

Pela quinta vez vemos a euribor a subir.

Será que vai começar?

Será que assim como está, não está bem (finalmente todos podem pagar)?

Qual o interesse nas subidas, e depois não podermos pagar?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tudo se resume à lei da procura e da oferta. Se a Euribor está a subir é porque os bancos (através das pessoas - nós) estão a pedir mais dinheiro uns aos outros, é esse o motivo.

É bom para quem tem dinheiro a mais (depósitos a prazo) e mau para quem tem créditos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

era inevitável. o mercado nao acredita que o BCE vá baixar as taxas abaixo do 1%. Além disso o discurso oficial dos politicos é que a crise está (aparentemente) estancada e a economia irá começar a recuperar lentamente ao longo dos próximos anos. Caso este cenário se confirme, a tendência do BCE será subir as txs de juro. Parece me que o mercado está a antecipar este movimento.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

julgo que a taxa deveria ser fixada por um determinado periodo (5 ou mais anos) para que as pessoas ganhem confiança.

E não andar a se contrair nas despesas, com medo de futuros aumentos.

Se o ordenado acompanhar as subidas da euribor e não só , também do custo de vida

Porque quem tinha 25 anos fez o empréstimo por 50 anos e quem tinha 30 fez por 40. logo não pode pedir mais ( não esquecer do seguro de vida que aumenta conforme a idade)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

julgo que a taxa deveria ser fixada por um determinado periodo (5 ou mais anos) para que as pessoas ganhem confiança.

E não andar a se contrair nas despesas, com medo de futuros aumentos.

Se o ordenado acompanhar as subidas da euribor e não só , também do custo de vida

Porque quem tinha 25 anos fez o empréstimo por 50 anos e quem tinha 30 fez por 40. logo não pode pedir mais ( não esquecer do seguro de vida que aumenta conforme a idade)

Compreendo o que dizes, mas a verdade é que nesse caso as pessoas deveriam ter optado pela taxa fixa. Optar pela taxa variável é, de alguma forma, uma espécie de "aposta" que no total da duração do crédito vai ser mais favorável que a taxa fixa. Não podemos é ter o melhor dos dois Mundos :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se percebo

O BCE empresta neste momento aos bancos a 1% e destes cobram o spreed aos clientes, que é o seu ganho.

Qual o interesse subir as taxas sabendo que os clientes não podem pagar.

Porque é que quando as taxas estão altas os bancos não usam o calculo da taxa de esforço para verificar se o cliente pode pagar. Pois o ordenado que entra na conta é sempre o mesmo.

Será que teremos que entregar as casas aos bancos e fazer um quartinho nas casas dos pais, como se fazia antigamente e lá viver.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Qual o interesse subir as taxas sabendo que os clientes não podem pagar.

Porque é que quando as taxas estão altas os bancos não usam o calculo da taxa de esforço para verificar se o cliente pode pagar. Pois o ordenado que entra na conta é sempre o mesmo.

Será que teremos que entregar as casas aos bancos e fazer um quartinho nas casas dos pais, como se fazia antigamente e lá viver.

Esticam a corda e vêem se não "parte" :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

julgo que a taxa deveria ser fixada por um determinado periodo (5 ou mais anos) para que as pessoas ganhem confiança.

tal como o pedro pais disse essa opção existe e chama-se credito a taxa fixa. no resto da europa, estes empréstimos representam, grosso modo, 80 a 90 % do total de empréstimos à habitação. Precisamente o inverso de Portugal.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

tal como o pedro pais disse essa opção existe e chama-se credito a taxa fixa. no resto da europa, estes empréstimos representam, grosso modo, 80 a 90 % do total de empréstimos à habitação. Precisamente o inverso de Portugal.

Qual é a razão? Maior estabilidade?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

olá a todos!

se começarmos a verificar subidas que possa atingir os valores que foram atingidos em 2007/2008, começa a complicar a situação para todos nós.

eu tenho um crédito habitação por 37 anos, será agora altura ideal para fixar as taxas? e a médias actual das taxas fixas serão vantajosas?

porque é que não fixam uma média nas taxas 2% para que todos possamos pagar os nossos empréstimos e podermos viver um pouco mais descansados?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Concordo plenamente

Que fazem os reguladores ( boa medida essa de certos paises usarem mais a taxa fixa no crédito habitação)

Já agora alguém sabe informar que tipo de taxas cobram.-

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Que fazem os reguladores ( boa medida essa de certos paises usarem mais a taxa fixa no crédito habitação)

Isso não é algo que os reguladores possam impor. O mercado é livre - as pessoas devem poder optar livremente entre taxas fixas ou variáveis. Depende da escolha de cada um e, no limite, até de questões culturais porque muitas vezes as pessoas optam por aquilo que outras à sua volta escolheram em vez de parar para pensar qual será efectivamente a melhor solução para o seu caso em particular.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

No momento de pedir a crédito temos de apresentar garantias de que podemos pagar o crédito. Até simulações de 1% e 2% são feitas no caso da taxa subir, coisa que eu penso que nem os bancos acreditavam que a taxa ia subir tanto 5,6,7%.

A taxa de esforço!!!!!!!!!!!!!!!!!

O ordenado que cai na conta é sempre o mesmo, os aumentos....

Quem pediu crédito paga:

Emprestimo

Seguro de vida ( que muitos vão aumentar com a idade)

Seguro multiriscos

IMI ( alguns com isenção mas depois vem a bomba)

Conta da luz

Conta da agua

Conta da telefone

Conta da tv cabo

Manutenção da casa

E as outras despesas do dia a dia para termos qualidade de vida

Sera que me esqueci de alguma?

Somos ou não somos nós que devemos que mexemos com a economia, nós que damos de ganhar aos bancos e a outras empresas.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O ordenado que cai na conta é sempre o mesmo, os aumentos....

Quem pediu crédito paga:

Emprestimo

Seguro de vida ( que muitos vão aumentar com a idade)

Seguro multiriscos

IMI ( alguns com isenção mas depois vem a bomba)

Conta da luz

Conta da agua

Conta da telefone

Conta da tv cabo

Manutenção da casa

E as outras despesas do dia a dia para termos qualidade de vida

Sera que me esqueci de alguma?

sim, esqueceste te de mais umas quantas:

i) taxa de saneamento,

ii) taxa de residuos solidos;

iii) gás;

iv) tx do audio visual;

v) nao me lembro de mais nenhuma ....

Somos ou não somos nós que devemos que mexemos com a economia, nós que damos de ganhar aos bancos

sem duvida alguma. Se não fosse o emprestimo que tu e muitos outros pediram aos bancos eles não tinham nada. Sem o teu pedido de emprestimo os bancos não teriam nenhum dinheiro.

No entanto, isso não razão para que não se cumpram os compromissos anteriormente assumidos pelas partes envolvidas, de livre vontade.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A questão não é não querer pagar, mas é  poder pagar.

Já tenho o crédito há dez anos e numca falhei uma só prestação.

Pois continuo a achar que a melhor coisa que fiz para ter uma boa qualidade de vida foi fazer o empréstimo a habitação para compra de casa.

Senão estava em casa de meus pais ou dos sogros, que não é a mesma coisa.

Nos anos de 1998 a 2005 mais ou meno, nem sequer se ouvia falar das pretações de casa da euribor, porém hoje em dia é quase minuto a minuto.

Não viviam todos na mesma, os bancos e as pessoas, depois começou o petróleo os bens de primeira necessidade.

Penso que querem matar a galinha dos ovos de ouro, para mais depressa tirar os lucros.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Tenham calma  ;D as taxas não vão subir assim tanto nos próximos tempos, amanha já baixa  :P

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

concordo com o D@vid, a taxa só subiu umas 2 decimas.

Eu este mês de maio é o mês da minha revisão e só quero que a euribor 6 meses desça muito, mas não podemos ficar alarmados pois é normal o mercado oscilar um pouco.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
BCE será subir as txs de juro. Parece me que o mercado está a antecipar este movimento.

O mercado antecipa as subidas, hipotéticas subidas.... se bem que com as descidas isso não se via nesses termos.

Depois, as despesas inerentes à casa são muitas, mas a maioria advem de um tipo de vida que se tem por prazer  ::)

Quantas pessoas teem a TVCabo com 100 canais e na realidade veem uns 5 ou 6? A diferença entre pagar 69€ de um plano ou 29€ de um menos ocmpleto mas que serve....

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O mercado antecipa as subidas, hipotéticas subidas.... se bem que com as descidas isso não se via nesses termos.

Tanto se via nesses termos que as Euribor chegaram a estar abaixo da taxa de referencia do banco central, justamente a antecipar mais descidas.

E´ engraçado como so´ nos lembramos do que nos da´ jeito para reclamar ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

É obvio, estando as taxas neste momento a níveis históricamente baixos, que elas vão subir, agora o que também é obvio é que nos proximos tempos não vão chegar aos níveis de Outubro de 2008, a espectativa é que estabilizem na ordem dos 2.00/2.50, até finais de 2010.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Alguém pode me explicar melhor

Porque é que as familias podem falir  e os bancos não?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Alguém pode me explicar melhor

Porque é que as familias podem falir  e os bancos não?

Claro que os bancos podem falir!

Veja-se o caso do BPN e do BPP... e de muitos outros por esse mundo fora.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

se ben entendo

e o milhões que foram colocados pelo governo

e o seu retorno

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Claro que os bancos podem falir!

Veja-se o caso do BPN e do BPP... e de muitos outros por esse mundo fora.

quais?? só conheço o caso do Lehmans Brothers em 2007.

a maioria dos outros foram amparados pelo(s) respectivos estados (entre bail-outs e nacionalizações).

Quanto à factura a pagar com estes gastos ainda se está para ver em quanto vai ficar...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Isto por aqui é só potenciais eleitores do Bloco de Esquerda. Mudem-se para a Coreia do Norte, penso que seja dos poucos países em que a regulação do Estado está ao nível do que muitos reclamam por aqui.  ;D

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor