micos3

Despesas de arrendamento

6 publicações neste tópico

Boas!

Numa habitação para rendimento ao quarto, como dono da habitação, disseram-me que podia declarar as despesas de electricidade e de gás, é verdade?

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não, não é possível. Potencialmente seria possível se o proprietário fosse uma entidade colectiva com contabilidade organizada, mas não me parece o caso.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O que é que se pode declarar como despesa neste caso?

E pode-se formar uma entidade colectiva com contabilidade organizada num apartamento em meu nome? Com que vantagem?

Esta questão dos impostos está relacionado com outro tópico que coloquei no "investimento", para se perceber melhor o envolvimento.

Obrigado pelas opiniões!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O que é que se pode declarar como despesa neste caso?

E pode-se formar uma entidade colectiva com contabilidade organizada num apartamento em meu nome? Com que vantagem?

Esta questão dos impostos está relacionado com outro tópico que coloquei no "investimento", para se perceber melhor o envolvimento.

Obrigado pelas opiniões!

Ups! Formar uma entidade colectiva num apartamento?!

Vamos ver se entendi alguma coisa.  Tens um apartamento, queres alugar os vários quartos e queres ter despesas para abater ao IRS? E consegues passar recibo por quarto? Ou é tudo à margem da lei, tipo casa para estudantes a quem não se passa recibo e se recebe uma pipa de massa?

Se calhar entendi mal  ???

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se calhar não me expliquei bem.

Se fores proprietário de 1 (ou N) apartamentos e os quiseres alugar podes fazê-lo e deves passar recibos comprovativos do pagamento por parte dos arrendatários. Se tiveres contabilidade organizada (e aí não tenho a certeza sobre que figura fiscal), vais poder declarar um conjunto de despesas que não o podes fazer no regime "normal".

Há para aqui alguns pormenores que alguns fiscalistas podiam esclarecer melhor, é certo.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não, não quero fugir à lei!  :)

Apesar de saber que podia realmente ganhar entre a margem mensal e mensalidade ao banco e ainda ganhar o IRS que recebo. Mas é estar sujeito, além de não estar disposto a isso.

Quero é conhecer melhor o que posso ou não fazer, para não cometer uma argolada, porque as contas estão feitas, mas é nos detalhes que o negócio pode correr bem ou não.

Se comprar para pagar impostos sem ganhar nada, é obvio que não compensa, e não o faço.

Se necessitar de ter uma pessoa sem recibos para no IRS ficar sem receber ou pagar, é um risco, mas que talvez seja necessário para que o negócio avance.

O problema neste caso e noutros é sempre a ignorancia dos detalhes, que geralmente apenas as pessoas por dentro da área sabem, e conseguem clarificar.

Posso afirmar que em 3 idas ás finanças para saber melhor a história do IMI e sobre outras coisas, diversos pormenores vieram com 3 versões, e foi necessário ir a 3 (!?) notários diferentes para conjugar esta história, e como a poder fazer.

Por isso é que agradecia todas as opiniões, sobre a forma de pagar menos impostos nesta situação!

Muito obrigado por estas opiniões e pelo blog que me ajudaram imenso a esclarecer muitas das pequenas dúvidas destes chamados detalhes...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead