Fatima

Reinvestimentos mais-valias dois imóveis


11 publicações neste tópico

Boa tarde,

Agradeço a vossa ajuda para este assunto.

Tenho uma habitação própria permanente sobre a qual já não incide qualquer hipoteca, uma vez que se encontra completamente liquidada ao Banco.

Sendo eu única herdeira e com o falecimento dos meus pais, pretendo colocar à venda a moradia que era deles e com o valor comprar 2 apartamentos, um para minha habitação (uma vez que a casa onde actualmente habito será para o meu filho) e outro para colocar no mercado de arrendamento.

Com esta venda e compra de 2 imóveis fico isenta de mais valias?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Assumindo que essa moradia que era dos seus pais é actualmente a sua habitação própria e permanente, o reinvestimento das mais-valias obtidas só fica isento relativamente ao investimento na nova habitação própria e permanente, o imóvel que compra para arrendamento não entra nessas contas.

1

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigada pela ajuda, mas para eu melhor entender vamos a um caso prático:

As mais valias são calculadas entre o valor de venda da moradia e a avaliação constante da caderneta predial, ou seja e tomando como exemplo para ser mais fácil:

Avaliação da moradia pela caderneta predial: € 200.000,00

Venda da moradia: € 350.000,00

As mais valias irão incidir pelo valor de € 150.000,00

Ou seja, se eu comprar uma casa superior a € 150.000,00 para minha HPP, estou isenta de mais valias.

 

Estou certa neste raciocínio?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim, é esse o raciocínio. Deixo apenas a resalva que o dinheiro para a nova habitação tem de sair todo do seu bolso. Dinheiro à base de um crédito não conta para a isenção.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigada pela ajuda

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
há 2 horas, Fatima disse:

As mais valias são calculadas entre o valor de venda da moradia e a avaliação constante da caderneta predial

Em geral não será a avaliação constante da caderneta predial, mas o valor que serviu de base à liquidação de IMT. Nas doações isentas (que parecer ser o caso) é que se considera o valor patrimonial tributário constante da matriz até aos dois anos anteriores à doação.

1

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
há 21 horas, Fatima disse:

Tenho uma habitação própria permanente sobre a qual já não incide qualquer hipoteca, uma vez que se encontra completamente liquidada ao Banco.

Sendo eu única herdeira e com o falecimento dos meus pais, pretendo colocar à venda a moradia que era deles e com o valor comprar 2 apartamentos, um para minha habitação (uma vez que a casa onde actualmente habito será para o meu filho) e outro para colocar no mercado de arrendamento.

Com esta venda e compra de 2 imóveis fico isenta de mais valias?

Deduzo destas duas frases que essa moradia não é actualmente a sua habitação própria e permanente? Nesse caso não há lugar a qualquer isenção de tributação sobre as mais valias.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
há 9 minutos, Visitante PJA disse:

Deduzo destas duas frases que essa moradia não é actualmente a sua habitação própria e permanente? Nesse caso não há lugar a qualquer isenção de tributação sobre as mais valias.

Já fiz alteração no meu cartão de cidadão e actualmente a minha HPP é nesta moradia

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde,

Um amigo contabilista explicou-me que no exemplo apresentado, escritura por 200.000 € e venda por 350.000 € para não pagar imposto sobre as mais valias tem de investir os 350.000 € em HPP num prazo de 36 meses, senão a diferença apurada será sujeita a imposto.

Veja o artigo 10º do codigo de IRS.

 

Cumpts

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
A ‎03‎/‎11‎/‎2016 at 18:48, Visitante César disse:
A ‎03‎/‎11‎/‎2016 at 18:48, Visitante César disse:

Boa tarde,

Um amigo contabilista explicou-me que no exemplo apresentado, escritura por 200.000 € e venda por 350.000 € para não pagar imposto sobre as mais valias tem de investir os 350.000 € em HPP num prazo de 36 meses, senão a diferença apurada será sujeita a imposto.

Veja o artigo 10º do codigo de IRS.

 

Cumpts

Boa tarde,

Um amigo contabilista explicou-me que no exemplo apresentado, escritura por 200.000 € e venda por 350.000 € para não pagar imposto sobre as mais valias tem de investir os 350.000 € em HPP num prazo de 36 meses, senão a diferença apurada será sujeita a imposto.

Veja o artigo 10º do codigo de IRS.

 

Cumpts

Eu não escrituro por € 200.000,00, este é o valor de avaliação constante da caderneta predial... segundo me parece as mais valias incidem pela diferença entre este valor e o da venda...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde.

Relativamente ao Topico IRS sobre mais valias gostaria de colocar algumas duvidas, passo a explicar:

Trata-se de um imovel (chamemos-lhe A) que por falecimento dos pais da esposa passou por herança para o casal (filha e genro) esta herança foi atribuida em 2004. Deste casal, o marido faleceu em 2013 e em 2014 o  imovel passou para a mulher e para os 3 filhos, tendo a mulher 62.5% e cada um dos filhos 12.5%. Não havendo compra do imovel (trata-se de herança), o valor que servirá como base para calculo das mais valias sera o valor patrimonial, correcto? Valor este de 50 000 Eur. O valor de venda estimado é de 120.000 Euros

A mulher e os 3 filhos possuem outro imovel (chamemos-lhe "B" ) do qual pretendem apos venda do imovel "A" , usar essa verba para ampliar e renovar o imovel "B".

1ª QUESTAO

Para o calculo das mais valias do imovel "A" como é calculado? Para cada um dos proprietarios (mae e filhos) ?

Exemplo da mae: Valor patrimonial 50 000 Eur ; valor de venda 120 000 Eur

Mais valia total: 70 000 eur, sendo 35 000 eur  os 50% tributaveis, como possui apenas 62.5% do imovel a mais valia respeitante á mae sera de 21 875 Eur?

Logo a mae tera de incluir no impresso G este "rendimento", correcto?

Exemplo para cada um dos filhos:

Valor patrimonial 50 000 Eur ; valor de venda 120 000 Eur

Mais valia total: 70 000 eur, sendo 35 000 eur os 50% tributaveis, como cada um dos filhos possui apenas 12.5% do imovel a mais valia respeitante a cada um dos filhos sera de 4 375 Eur?

Logo cada um dos filhos tera de incluir no impresso G este "rendimento", correcto?

2ª QUESTAO

No calculo das mais valias nao entra o coeficiente de desvalorizaçao da moeda? As heranças sao recentes conforme mencionado mas conforme pode ser verificado o valor patrimonial é muito baixo...logo as mais valias são enormes

3ª QUESTÃO

É possivel abater as mais valias do imovel "A" nas obras a realizar no imovel "B" se sim, em que condições?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead