Mysterium

Investir 150mil sem risco?


51 publicações neste tópico

Boa tarde,

Brevemente irei levantar 145mil euros que estão investidos com uma rentabilidade de 4% ao mês. Sim, é mesmo muito. Mas o risco também é grande, pois é investimento sem segurança alguma, posso ficar sem ele de um dia para o outro. Apesar de ser super aliciante, é uma situação em que tenho todos os "ovos no mesmo cesto" devido à rentabilidade que dá e pretendo retirar e só deixar o que ganhei em juros, cerca de 100mil. Assim, se perder esses 100mil, sei que não ganhei nada mas também não perdi...e no entretanto já ganhei os juros de 4%/mês desses 100mil.

Como esse investimento foi crescendo através de montantes que ia acrescentando (cerca de 10 a 30mil por cada mÊs), vejo-me agora numa situação em que de repente terei um montante muito elevado disponível.

Podem-me pf. fazer alguma sugestão? Não quero risco mas queria alguma rentabilidade, claro que nunca 4% ao mês nem nada que se pareça mas se for uns 8% ao ano, acho que ficaria satisfeito desde que sem risco e com certeza que nada aconteceria a esse montante.

Obrigado!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá,

4% ao mês? Acha bom demais para ser verdade, e por isso quer "saltar fora" antes da coisa dar para o torto, não querendo suportar mais o risco, mas que ainda assim possa garantir eventualmente 8% ao ano?

A realidade deste "campeonato" parece-me ser outra, porque dentro da legalidade dos jogos de sorte ou azar, dos investimentos ou poupanças institucionalizados, heranças, rendimentos prediais, etc, não estou a deslumbrar o "como é possível", mas por outro lado, sabendo que também "é possível".

Ou seja, se você tem a possibilidade de levantar o capital+juros sem perdas, eu faria isso o quanto antes. A pergunta que surge é se, ainda não perdeu tudo ou uma grande fatia do bolo, mesmo sem ainda o saber.

Depois disso, eu veria a diversificação do capital, por fundos de investimento em acções, ETF's, etc, para atingir ou superar pelo menos os 8% ao ano, mas isto implica conhecimento, se não, ajuda profissional, controlo emocional, e tempo necessário para o investimento respirar, e mesmo assim sem garantias sólidas.

8% ao ano era o que eu também pretendia, mas... não basta ter dinheiro e querer que as coisas simplesmente aconteçam, infelizmente, os factores mais relevantes não dependem apenas de nós.

Mas desde já fica a "mea culpa" se a minha visão das coisas é curta. A verdade é que, a relação entre ter 8% ao ano e o meu conhecimento e empreendimento é ténue. :mellow:

1

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
há 15 horas, Mysterium disse:

Boa tarde,

Brevemente irei levantar 145mil euros que estão investidos com uma rentabilidade de 4% ao mês. Sim, é mesmo muito. Mas o risco também é grande, pois é investimento sem segurança alguma, posso ficar sem ele de um dia para o outro. Apesar de ser super aliciante, é uma situação em que tenho todos os "ovos no mesmo cesto" devido à rentabilidade que dá e pretendo retirar e só deixar o que ganhei em juros, cerca de 100mil. Assim, se perder esses 100mil, sei que não ganhei nada mas também não perdi...e no entretanto já ganhei os juros de 4%/mês desses 100mil.

Como esse investimento foi crescendo através de montantes que ia acrescentando (cerca de 10 a 30mil por cada mÊs), vejo-me agora numa situação em que de repente terei um montante muito elevado disponível.

Podem-me pf. fazer alguma sugestão? Não quero risco mas queria alguma rentabilidade, claro que nunca 4% ao mês nem nada que se pareça mas se for uns 8% ao ano, acho que ficaria satisfeito desde que sem risco e com certeza que nada aconteceria a esse montante.

Obrigado!

Boa Tarde,

Antes de mais devo confessar que este é dos tópicos mais estranhos que li neste fórum. (grande mistério).

Independentemente de seres alguém que ganhou um grande prémio, herança ou através de outra fonte, não deve ter "amor" ao dinheiro. O pior é que parece que é alguém "experiente" a fazer-se passar por "inexperiente". Alguém que tem a capacidade de acrescentar 10-30 mil por mês, não é um amador.

Se isto não for uma invenção ou alguém a querer fazer publicidade a algo, levante todo o dinheiro. Não consigo perceber como é que gerou 100.000€ em juros, se acrescentava 10 a 30 mil por mês...se isto ainda capitalizar, é o negócio do século! 

Gostava de saber que tipo de investimento é esse, apesar de ter uma ideia.

Eu não me importo de arriscar 5% do meu capital, só para ter uma ideia do que estamos a falar.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Publicado (editado)

 

Bom, voltando ao cerne da questão, vou ter 145mil para colocar algures que ainda não sei onde e as taxas dos depósitos a prazo são uma valente treta.... mas não conheço mais nada, não sou nada entendido nestas questões, a minha área é outra. Quero colocar esse dinheiro a render, sem tempo limite, não olhar mais para ele, deixar a render. Comprar e arrendar apartamento é outra possível opção mas dá trabalho e também não tenho experiência nisso..

 

Obrigado!!

 

 

Editado por Mysterium
0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Publicado (editado)

Acho a situação muito estranha mas isto sou eu que estou a iniciar no mundo dos investimentos.

Em primeiro lugar e no imediato fazia um teste que era levantar 50 mil euros para verificar se o dinheiro é real ou só virtual.......

porque não levantar algum só para experimentar a fiabilidade do sistema.,,,

 

 

Editado por superkinas
0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
há 1 minuto, superkinas disse:

Acho a situação muito estranha mas isto sou eu que estou a iniciar no mundo dos investimentos.

Em primeiro lugar e no imediato fazia um teste que era levantar 50 mil euros para verificar se o dinheiro é real ou só virtual.......

porque não levantar algum só para experimentar a fiabilidade do sistema.,,,

 

 

 

Já fiz isso. Mas bom, levantar 20mil não é o mesmo que levantar tudo. Portanto, se for burla, não era por 20mil que deixava o esquema  acabar.

Também não sei se até hoje alguém levantou o total que investiu, isso eu não sei. Mas em Outubro irei levantar o total investido deixando os juros e nessa altura logo se saberá se é esquema ou não. Ia levantar em Janeiro, mas, acho que é como no jogo, investe-se e ganha-se e é tão aliciante e uma tentação ganhar ainda mais que acaba por se insistir e perder o que se ganhou e se investiu.

 

 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Independentemente de onde veio o dinheiro, neste momento não é possível 8% ao ano sem risco. Tirando alguns depósitos a prazo promocionais, nem 1%, quanto mais 8%.

No entanto, e dado o que acabou de nos descrever, parece-me que o conceito de "risco" pode não ser o mesmo que normalmente se considera. Assim sendo só vejo as seguintes hipóteses:

- Esquecer os 8% / ano, contentar-se com bastante menos e colocar o dinheiro em depósitos a prazo promocionais ou Certificados de Tesouro Poupança Mais (CTPM);

- Esquecer a ausência de risco e fazer uma carteira de vários produtos de investimento (fundos, ETFs, obrigações), ou simplesmente, e dado o montante, entregar o dinheiro a um serviço de gestão de carteiras num banco de investimento, sabendo que mesmo assim será muito difícil garantir os 8% / ano;

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
há 3 minutos, Jaymz disse:

- Esquecer a ausência de risco e fazer uma carteira de vários produtos de investimento (fundos, ETFs, obrigações), ou simplesmente, e dado o montante, entregar o dinheiro a um serviço de gestão de carteiras num banco de investimento, sabendo que mesmo assim será muito difícil garantir os 8% / ano;

Nesta situação, qual o risco. Digamos que, o capital investido, esse é garantido com a taxa que poderá flutuar ou, posso perder o capital investido?

E, banco de investimento, qual a opção que mais recomendam?

Obrigado!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
Just now, Mysterium said:

Nesta situação, qual o risco. Digamos que, o capital investido, esse é garantido com a taxa que poderá flutuar ou, posso perder o capital investido?

E, banco de investimento, qual a opção que mais recomendam?

Tirando os depósitos a prazo (para montantes inferiores a 100.000€) e alguns seguros de capitalização há sempre possibilidades, maiores ou menores de perder pelo menos parte do capital investido, mas tudo depende do produto. Já a taxa pode ser fixa, por exemplo no caso dos cupões de obrigações, ou então flutuar com mais ou menos volatilidade, mais uma vez depende do produto.

Se optar por exemplo por um serviço de gestão de carteiras a longo prazo, que pelo que li me parece ser o objetivo, embora exista sempre a possibilidade de perder algum dinheiro, normalmente o tempo encarrega-se de recuperar de algum ano menos bom e a diversificação que têm também faz baixar essa possibilidade. E apenas falo neste tipo de produto porque disse acima que investir não é a sua especialidade, nem quer ter essa preocupação. Tanto o banco Best como o banco Invest prestam este serviço (eu sou cliente de ambos, embora não deste tipo de produto), mas haverá com certeza outros bancos, até mesmo os tradicionais, que dado o montante disponível deverão ter algum tipo de serviço de gestão de carteiras.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Passa-se de um investimento altamente especulativo ( digo eu, para se ganhar 4%/mês :D ) para o objectivo de ter algo "sem risco", quando isso é óbvio não existe.

Não havia uma tipa que está presa de um banco que também oferecia 4% ao mês? :D

PS: Só li até meio, não me dei ao trabalho de ler mais nada.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Algumas hints:

- Não há investimentos sem risco.

- Se for alguma coisa sem risco chama-se parqueamento de dinheiro.

- Qualquer coisa a 4% não deve ter um risco assim tão grande. 

- "Investimento", quer fizer que o seu dinheiro cresce a uma taxa "razoavelmente acima" da inflação. A inflacção para o resto do ano ronda os 1%, por isso se não tiver pelo menos 2% ou 3% líquidos (para não dizer 5) não é investimento, é preservação de riqueza.

 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
29 minutes ago, scpuser said:

- Qualquer coisa a 4% não deve ter um risco assim tão grande. 

 

Olha que é 4%... ao mês!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
28 minutes ago, Jaymz said:

Olha que é 4%... ao mês!

Perdão, erro meu.

Se é 4% ao mês só pode ser um destes: prostituição, tráfico de droga, um mega de um scam ou... imobiliário. Qual é? :D

"Mega de um scam" : por exemplo aqueles bancários que prometem 4% ao mês e depois fogem quando não têm dinheiro para cobrir todos os vencimentos.

Um abraço a todos e excelentes negócios!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Um amigo que faz daytrade, só aceita empréstimos de quantias elevadas, oferece aos amigos 4% ao mês e o excedente fica para ele, que supostamente não mexendo no dinheiro irá proporcionar rentabilidade máxima, etc.

Sim é possível, porque como diz o ditado popular, "em terra de cegos quem têm olho é Rei", e nesta matéria, quem sabe-sabe, quem não-sabe, estudasse! Mas também como diz outro ditado popular, "se não queres perder um amigo, não lhe emprestes dinheiro".

Mas, partindo do pressuposto de toda a boa fé e intenção, a questão remanescente de ser respondida tem a ver com as finanças, ou seja, com a legalidade. O amigo terá que justificar a proveniência do dinheiro dos amigos, e os amigos teriam que declarar os lucros.

Oxalá que tudo corra bem, mas seria de bom senso, receber periodicamente os lucros, como já referido, nem que seja a título de teste ao sistema, e não deixá-los acumular ao capital. Mas compreendo que uma vez a "roda" estando a girar, seja mais difícil sair dela, pois é super aliciante.

É que há por aí muitos esquemas tipo D. Branca e BES que seguem a mesma filosofia, embora com apresentações e "cheiros" diferentes.

 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
há 7 horas, macase disse:

Um amigo que faz daytrade, só aceita empréstimos de quantias elevadas, oferece aos amigos 4% ao mês e o excedente fica para ele, que supostamente não mexendo no dinheiro irá proporcionar rentabilidade máxima, etc.

Sim é possível, porque como diz o ditado popular, "em terra de cegos quem têm olho é Rei", e nesta matéria, quem sabe-sabe, quem não-sabe, estudasse! Mas também como diz outro ditado popular, "se não queres perder um amigo, não lhe emprestes dinheiro".

Mas, partindo do pressuposto de toda a boa fé e intenção, a questão remanescente de ser respondida tem a ver com as finanças, ou seja, com a legalidade. O amigo terá que justificar a proveniência do dinheiro dos amigos, e os amigos teriam que declarar os lucros.

Oxalá que tudo corra bem, mas seria de bom senso, receber periodicamente os lucros, como já referido, nem que seja a título de teste ao sistema, e não deixá-los acumular ao capital. Mas compreendo que uma vez a "roda" estando a girar, seja mais difícil sair dela, pois é super aliciante.

É que há por aí muitos esquemas tipo D. Branca e BES que seguem a mesma filosofia, embora com apresentações e "cheiros" diferentes.

 

Obrigado.

Sim, no meu caso eu acumulo e reforço ainda mais todos os meses pois não preciso nem dos juros nem do que ganho da minha actividade mas a maior parte das pessoas que eu conheço recebe os juros mensalmente e em mão. A essa taxa de 4% são precisos uns 26 meses para receber em valor o mesmo que o capital investido pelo que várias pessoas já terão recebido isso e pelo menos nesse ponto sabem que perder já não perdem. No meu caso não porque estou sempre a reforçar mas por outro lado acumulei um montante bem elevado de juros devido aos reforços.

Obrigado e sim, esperemos que corra tudo bem, eu acredito que é possível pelo que só me resta manter a confiança.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Publicado (editado)

Mas isso são 4% ao mês ( 4% / 12 ) com juros compostos que permitem reforços mensais ?

Para se ter 4% líquidos / mês actualmente com relativa segurança, o único investimento que vejo é o imobiliário, mas mais uma vez, é preciso apanhar um bom negócio ( preço Vs localização + procura + potencial de arrendamento elevado )

Fundos, bolsas e afins é volátil, muitas variáveis ao barulho que não se controla para quem quer garantir 4% / mês

Editado por Greedy
0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
há 57 minutos, Greedy disse:

Mas isso são 4% ao mês ( 4% / 12 ) com juros compostos que permitem reforços mensais ?

Para se ter 4% líquidos / mês actualmente com relativa segurança, o único investimento que vejo é o imobiliário, mas mais uma vez, é preciso apanhar um bom negócio ( preço Vs localização + procura + potencial de arrendamento elevado )

Fundos, bolsas e afins é volátil, muitas variáveis ao barulho que não se controla para quem quer garantir 4% / mês

Essa fórmula ("4%/12") não é quatro por cento ao mês. É quatro por cento ao ano.

 

Quatro por cento ao mês, sem capitalização, é 4% x 12. Ou seja 48% ao ano.

 

Auferir 48% ao ano, líquido de impostos, com arrendamentos??? Investir €100.000  e no final do ano ter €148.000,00, já líquidos de impostos (já depois dos 28%...!). Isso é possível? E com "relativa segurança"?

 

Explique-me como. Que eu quero aprender.  

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Publicado (editado)

Lendo a descrição que o Mysterium escreveu acima (e que entretanto parece que foi apagada... mas li ontem), parece-me que se trata de algo como um "fundo de investimento". As pessoas "emprestam" dinheiro ao fundo e o gestor, neste caso o amigo do Mysterium, gere o dinheiro investindo em day trading na bolsa. Agora esse "gestor" terá de ser excepcionalmente bom para conseguir mais-valias de forma consistente que permitam dar esses 4% ou 3% por mês para cada participante no "fundo".

Editado por Jaymz
0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
há 2 horas, Jaymz disse:

Lendo a descrição que o Mysterium escreveu acima (e que entretanto parece que foi apagada... mas li ontem), parece-me que se trata de algo como um "fundo de investimento". As pessoas "emprestam" dinheiro ao fundo e o gestor, neste caso o amigo do Mysterium, gere o dinheiro investindo em day trading na bolsa. Agora esse "gestor" terá de ser excepcionalmente bom para conseguir mais-valias de forma consistente que permitam dar esses 4% ou 3% por mês para cada participante no "fundo".

Correcto. É precisamente isso. E sim, 48% ano. E sim, soa a loucura mas é o que é. E não é treta, vemos (nós, os amigos de infancia e investidores na pessoa em causa) com os nossos olhos e no seu computador ele a fazer login e mostrar no portal as compras e vendas em daytrading com percentagens de lucro consideráveis (tem que ser até porque ele provavelmente ganhará + que os 4% que oferece).

Agora ,se é show off ou seja, é bom mas não o suficeinte para diariamente conseguir esses ganhos e conseguir cumprir com os pagamentos a que se presta, não sei. Até hoje, fumo não houve.

Sim, apaguei o meu post super detalhado pois entretanto receeei estar a detalhar demasiado a informação que pode ser sensível e não contribui para a minha principal questão que é, como conseguir a melhor rentaibilidade de 145mil eur sem grandes riscos. Vou sondar essa possibilidade de gestão de carteira que foi aqui referida. Muito obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Publicado (editado)

Já agora Mysterium, como é que declarou fiscalmente todo o capital que ganhou?

Agora que as coisas estão mais claras, a resposta é simples:

Não há investimentos sem risco. Por definição, um investimento acarreta risco. O que pode é tentar dimiuir esse risco, alocando o capital de forma muito diversificada, em produtos eles próprios de baixo risco. Agora a questão é saber se quer investir o dinheiro ou preservar a sua riqueza, que são coisas bem diferentes. Se apenas quiser preservar a sua riqueza talvez queira explorar a possibilidade de alocar partes do capital em certificados do tesouro, seguros de capitalização, acções e obrigações de empresas muito sólidas e depósitos a prazo. Não espere é ficar mais rico, pode ver isto como um parqueamento do dinheiro, crescendo ao ritmo da inflacção.

Um exemplo prático: assumindo uma inflacção de 1% nos próximos 12 meses (não deve andar longe disso), terá que ter 151500€ na conta ao fim dos 12 meses (ou seja terá que gerar 1500€) para ter exactamente o mesmo poder de compra/riqueza.

Editado por scpuser
0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu um dia também entreguei umas massas a um daytrader ai bem conhecido da praça...por acaso ele conseguiu estourar mais de 4% ao mês.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
há 24 minutos, jump disse:

Eu um dia também entreguei umas massas a um daytrader ai bem conhecido da praça...por acaso ele conseguiu estourar mais de 4% ao mês.

:lol::lol: O Mysterium dá-te o contacto do dele.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

lol

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Conseguiste recuperar esse teu dinheiro?

 

é que investir tanto dinheiro, numa coisa que pode no dia seguinte ou no instante seguinte, ir com o vento, é preciso ter coragem...

 

 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
A 05/08/2016 at 21:07, jotix disse:

Conseguiste recuperar esse teu dinheiro?

 

é que investir tanto dinheiro, numa coisa que pode no dia seguinte ou no instante seguinte, ir com o vento, é preciso ter coragem...

 

 

Ainda não levantei. Mas temos amigos que levantaram sempre que precisaram. Tenho um objectivo de 100mil de juros que vai ser atingido dentro de mês e meio e então aí levanto o capital deixando os 100mil. Mas para já, tudo tranquilo, como nos últimos 7 anos para quem conheço que está neste investimento (eu só estou há 1 ano e meio mas quero sair com o capital próprio em mes e meio).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead