Tiago Mendes

Senhorio não me deixa trazer a minha cozinha!!


4 publicações neste tópico

Boa tarde a todos, estou com um problema entre mãos, estive numa casa alugada à cerca de um ano, e quando aluguei a casa, a casa ja tinha cozinha um bocadinho antiga, pronto falei com a senhoria e pedi-lhe para tirar a dela que eu ia pôr uma cozinha minha (comprei-a de propósito para a pôr la), tudo bem, ate ao dia que lhe disse que ia sair de la, fui falar com ela e perguntei-lhe se estava disposta a comprar-me a cozinha(assim não tinha trabalho em desmonta-la e a vende-la), pronto, ficou acordado por palavra claro, que quando aluga-.se a casa me pagava a cozinha.
Há dois meses que já tem a casa alugada, fui la pedir-lhe a respectiva quantia e diz-me que não me da um cêntimo da cozinha.
Agora a minha questão é: Há alguma coisa que posso fazer, visto ter a factura da respectiva cozinha?
Alguma solução para o meu problema?

Obrigado!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A forma mais simples de ter resolvido isso, na altura, provavelmente seria teres combinado com a senhoria deixar de pagar renda (ou diminuir o valor) até perfazer o valor da cozinha. Agora, basicamente entregaste-lhe a faca e o queijo e a tábua de queijos e sei lá mais o quê... parece-me que corres o risco de ter de seguir pelas vias legais...

Tenta "assustá-la" e enviar-lhe uma carta registada dando um prazo para acertar essas contas ou então que vais ter de levar o caso para tribunal. Pode ser que ela esteja disposta a ouvir-te, se vir que a coisa corre o risco de ficar mais séria. Mas senão, tens de estar preparada para ir ter com um advogado...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
On 7/16/2016 at 4:40 PM, Tiago Mendes said:

Boa tarde a todos, estou com um problema entre mãos, estive numa casa alugada à cerca de um ano, e quando aluguei a casa, a casa ja tinha cozinha um bocadinho antiga, pronto falei com a senhoria e pedi-lhe para tirar a dela que eu ia pôr uma cozinha minha (comprei-a de propósito para a pôr la), tudo bem, ate ao dia que lhe disse que ia sair de la, fui falar com ela e perguntei-lhe se estava disposta a comprar-me a cozinha(assim não tinha trabalho em desmonta-la e a vende-la), pronto, ficou acordado por palavra claro, que quando aluga-.se a casa me pagava a cozinha.
Há dois meses que já tem a casa alugada, fui la pedir-lhe a respectiva quantia e diz-me que não me da um cêntimo da cozinha.
Agora a minha questão é: Há alguma coisa que posso fazer, visto ter a factura da respectiva cozinha?
Alguma solução para o meu problema?

Obrigado!

Vamos ser pragmáticos. Fez um contrato, mas apenas verbal. Tem testemunhas? 

Se não tiver testemunhas, tem apenas uma opção "sem espinhas", mas para isso preciso de ver o contrato de arrendamento. Queira colocar aqui as cláusulas.

O que deve fazer, caso o contrato de arrendamento lhe seja favorável, é o que o Paulo disse mas eu recorria a um advogado ou solicitador para enviar a carta em meu nome. 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não vou jurar, mas julgo que legalmente o senhorio pode fazer isso.

Eu sou senhorio e segundo o contrato de arrendamento feito na altura pelo meu advogado eu faço as obras necessárias decorrentes do uso normal e responsável da casa, o inquilino é responsável por reparar quaisquer danos fruto de mau uso e obras de beneficiação com a minha autorização prévia. Basicamente, trocando por miúdos e colocando do ponto de vista do senhorio, "alugas a casa com uma cozinha velha. Se não gostares e quiseres trocar primeiro pedes autorização, porque se calhar o que para ti é velho para outro é antigo e dá valor á casa, se eu não me opuser pagas a cozinha e ela fica lá. O interesse é teu. Se eu quisesse uma cozinha nova já a tinha posto." Pode parecer duro mas é assim. E ainda por cima se esse acordo só foi verbal acho que não vai haver muito por onde pegar. Se conhecer algum advogado que lhe faça isso em conta a tal carta registada para assustar pode resultar. Era o que eu faria, mas eu tenho um advogado que me faz coisas dessas por uma grade de "minis" ;)

O mais eficaz na altura era o que sugeriu o @pauloaguia, reduzir o valor da renda até perfazer o valor da cozinha e vocês comparticiparem com o trabalho de a montar. Assim vocês tinham a cozinha nova, o senhorio melhorava o imóvel a preço de custo (dado que só pagava o material) e todos ficavam contentes.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead