scpuser

Urgente - condições crédito hab. investimento


10 publicações neste tópico

Bom dia,

Tinha um crédito pré aprovado, delineado com o meu gestor de conta, para uma habitação secundária para investimento. Eu sou residente no estrangeiro. Entretanto, devido a um erro, alteraram as condições e proposeram-me o seguinte:

Crédito 35,000, Escritura 35,000;
Avaliação 80,000;
Spread 3,25% a 30 anos.
TAER 4

A única razão pela qual eu considero fazer uma taxa variável é porque este é um imóvel a liquidar nos próximos 5 anos (a não ser que a Euribor suba para mais de 2% antes disso, e aí liquido tudo). 

A pergunta é se este spread não é abusivo, mesmo sendo eu residente no estrangeiro. O mercado está a oferecer por volta dos dois e neste caso é habitação secundária e residente no estrangeiro, mas não é na mesma muito alto? Tentei alterar o rácio de capitais próprios mas não altera o spread. O crédito é aprovado sem fiadores, o que para mim é importante. 

Obrigado 

 

 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Mesmo para habitação secundária arranja-se melhor mas também não muito melhor e como o crédito é de pequeno valor talvez não valha a chatice de ter mais custos noutro banco. 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
há 5 horas, scpuser disse:

Bom dia,

Tinha um crédito pré aprovado, delineado com o meu gestor de conta, para uma habitação secundária para investimento. Eu sou residente no estrangeiro. Entretanto, devido a um erro, alteraram as condições e proposeram-me o seguinte:

Crédito 35,000, Escritura 35,000;
Avaliação 80,000;
Spread 3,25% a 30 anos.
TAER 4

A única razão pela qual eu considero fazer uma taxa variável é porque este é um imóvel a liquidar nos próximos 5 anos (a não ser que a Euribor suba para mais de 2% antes disso, e aí liquido tudo). 

A pergunta é se este spread não é abusivo, mesmo sendo eu residente no estrangeiro. O mercado está a oferecer por volta dos dois e neste caso é habitação secundária e residente no estrangeiro, mas não é na mesma muito alto? Tentei alterar o rácio de capitais próprios mas não altera o spread. O crédito é aprovado sem fiadores, o que para mim é importante. 

Obrigado 

 

 

Boa Tarde,

scpuser,

É possível dizeres quanto é que ficaria a tua prestação mensal?(Esse imóvel foi adquirido na zona de Lisboa?) Estive a ler uns comentários teus sobre "imobiliário" e fiquei interessado, vou investigar.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não tenho aqui à mão, desculpa.

Imóveis só compro no interior do país. ;-)

Abraço

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
On 6/9/2016 at 3:13 PM, RMDR said:

Mesmo para habitação secundária arranja-se melhor mas também não muito melhor e como o crédito é de pequeno valor talvez não valha a chatice de ter mais custos noutro banco. 

Não tinha visto esta mensagem @RMDR.

Podes-me dizer o melhor que conseguiria tanto variável como fixa? Será que consigo 1% abaixo disto? Acho que se for só até 0.5% nem sequer me vou dar ao trabalho...

Obrigado 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Depende de muitas variáveis. Tratando-se de um não residente a aprovação já seria um pouco mais difícil mas desde que houvesse uma boa avaliação e bom risco associado à operação consegue-se 2,25% variável. Em relação a taxa fixa esta será sempre ligeiramente superior à taxa variável mas penso que neste momento ainda não compensa nem nos próximos 3 anos. 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
9 hours ago, RMDR said:

Depende de muitas variáveis. Tratando-se de um não residente a aprovação já seria um pouco mais difícil mas desde que houvesse uma boa avaliação e bom risco associado à operação consegue-se 2,25% variável. Em relação a taxa fixa esta será sempre ligeiramente superior à taxa variável mas penso que neste momento ainda não compensa nem nos próximos 3 anos. 

Desculpa, és bancário @RMDR? Tanto bancário que tem esta ideia. A 30 anos compensa e muito fazer taxa-fixa, só a inflacção paga metade do crédito. E só agora é que compensa fazer taxa-fixa, daqui a 3 anos a Euribor vai estar mais alta e nunca mais vamos agarrar mínimos.

Tenho spread 3,25 para a variável e tenho taxa fixa a 4,5. Alguma é escandalosa má para o que é o mercado hoje em dia, considerando que sou não residente?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
há 4 horas, scpuser disse:

Desculpa, és bancário @RMDR? Tanto bancário que tem esta ideia. A 30 anos compensa e muito fazer taxa-fixa, só a inflacção paga metade do crédito. E só agora é que compensa fazer taxa-fixa, daqui a 3 anos a Euribor vai estar mais alta e nunca mais vamos agarrar mínimos.

Tenho spread 3,25 para a variável e tenho taxa fixa a 4,5. Alguma é escandalosa má para o que é o mercado hoje em dia, considerando que sou não residente?

há 4 horas, scpuser disse:

Desculpa, és bancário @RMDR? Tanto bancário que tem esta ideia. A 30 anos compensa e muito fazer taxa-fixa, só a inflacção paga metade do crédito. E só agora é que compensa fazer taxa-fixa, daqui a 3 anos a Euribor vai estar mais alta e nunca mais vamos agarrar mínimos.

Tenho spread 3,25 para a variável e tenho taxa fixa a 4,5. Alguma é escandalosa má para o que é o mercado hoje em dia, considerando que sou não residente?

Sim sou bancário. 

Julgo que fazer variável neste momento ainda é uma oportunidade dado que futuramente e quando houver essa tendência de subida da euribor se pode ficar o crédito sem qualquer custo e problema. 

Mediante valores que me falou e sem saber condições de aprovação, considero o spread alto. 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Publicado (editado)

44 minutes ago, RMDR said:

Sim sou bancário. 

Acertei :)

Julgo que fazer variável neste momento ainda é uma oportunidade dado que futuramente e quando houver essa tendência de subida da euribor se pode ficar o crédito sem qualquer custo e problema. 

Não percebi o que quis dizer. Vamos assumir que estamos certos (já vi que os dois nisso estamos em sintonia) e que a Euribor dispara daqui a 3-5 anos. Nessa altura vamos estar a pagar créditos de 2.5% + Euribor, pode chegar aos 7/8% de juro. Qual é a vantagem?  

Mediante valores que me falou e sem saber condições de aprovação, considero o spread alto. 

E na taxa fixa, sendo a 30 anos, considera 4,5 alto?

Obrigado @RMDR !!!

 

Editado por scpuser
0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Quando digo que é uma oportunidade é no sentido de se conseguir a qualquer momento fixar a taxa é daí ficar um pouco mais protegido e descansado. 

Sim uma taxa fixa a 30 anos de 4.5% parece-me exagerado. Atenção que não sei se há bancos que fixam os créditos até ao prazo máximo dado que o cálculo do swap financeiro para esse prazo não existe julgo eu. Na minha instituição só se consegue fixar 5 anos e a taxa swap desse prazo ronda os 2%. Logo fixar o CH não deverá fugir muito desta percentagem 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead