ana_rita_maia

1.ª VEZ preenchimento ANEXO G - AJUDA

39 publicações neste tópico

Boa tarde,

Não sei mesmo preencher o anexo G, alguém me ajuda?

- Comprei com o meu marido um apartamento em 2004 por 85.000,00 euros com recurso a crédito bancário.

- Vendemos o apartamento escriturado em Agosto de 2008 por 103.000,00 euros

- Compramos um novo apartamento escriturado em Setembro de 2008 por 147.075,00 euros com recurso ao crédito bancário (empréstimo de 133.000,00 euros)

- Temos recibo da imobiliária no valor de 2.472,00 €.

Agora vem a parte do preenchimento.

Eu fiz desta forma... e não preenchi mais nada além disso, será que alguém me diz se está correcto?

60427607.th.png

68691093.th.png

Muito obrigada desde já...!

Ana Rita Silva

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

No quadro 4 podes acrescentar o IMT aos encargos.

No quadro 5, o valor reinvestido sem recurso ao crédito é de 14.075,00€ (a parte com que entraste sem precisar de crédito). Quanto ao campo 504, tu não tens 103.000€ para reinvestir, portanto aquele valor não pode estar bem.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigada pela tua ajuda.

Então alterei o que me indicaste, mas fiquei com dúvida do que afinal querem dizer com: Valor da Realização que pretende reenvestir (sem recurso a crédito)...  ??? É que assim não sei que valor colocar.... os 14.075,0??

Os custos com o cartório não se colocam pois não?

E fica assim...? Não faltará nada? É que agora o valor que ia inicialmente receber (após simulação) baixou... vou receber menos 400 e tal euros... é assim?

Desculpem lá estas dúvidas parvinhas mas é que disto percebo pouquíssimo como devem ter percebido  :D

Ana Rita Silva

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

E fica assim...? Não faltará nada? É que agora o valor que ia inicialmente receber (após simulação) baixou... vou receber menos 400 e tal euros... é assim?

A verdade é que não reinvestiste todo o valor das mais valias. Fazendo as contas por alto, tens mais de 15.000€ de mais valias mas só reinvestiste 14.000€

De qualquer forma, estás a comparar com o preenchimento que apresentaste antes ou com a simulação sem sequer entrar em conta com a venda da casa? É que relativamente ao cenário que tinhas dantes não é de admirar que o reembolso tenha diminuído ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bem agora reparei que me enganei, o empréstimo que pedi foi de 134.000,00 €

E o valor reenvestido será de 13.075,00 €.

Mas estava a comparar com a simulação sem o anexo G...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde, é a primeira vez que preencho o anexo G... Vendi uma parcela de terreno por 24 881 euros... em que sitio declaro isso?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pegar no Anexo G, quadro 4, linha 401.. começar a preencher o que lá pede.

Comece assim e vá expondo as duvidas em concreto para se poder ajudar melhor.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa Noite! Tenho duvidas no preenchimento do anexo g da minha declaração de irs. Vendi a minha casa no ano passado e quando a adquiri fiz uma primeira escritura por 214000€ e um ano depois fiz uma 2ª escritura de 20000€. A minha duvida é como é que preencho estes valores... Somo-os ou escrevo-os em diferentes alíneas? 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

boas tardes,gostava que me pudessem esclarecer se possivel o seguinte:depois de prencher o anexo G aparece-me a percentagem quotapArte.que percentagem devo meter?comprei um imovel em 1992 por 1500 euros.vendi o dito imovel em 2011 por 25 mil euros.

gastei 3190 euros em obras de beneficiaçao.

muito obrigados.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

deves meter a tua quota parte na propriedade desse imóvel: se és o proprietário então deves meter 100%.

mas se fores co-proprietário ( por exemplo, se tiveres apenas 40% do imóvel) então deves fazer duas coisas:

1ª - metes 40% no campo da quota

2ª - calculas 40% dos valores de aquisição e venda que referes e são esses valores que colocas no respectivo campo

mas no teu caso parece-me seres o único proprietário pelo que deves colocar 100% na quota

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

sim,sou unico proprietário .muito obrigado ;D

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa noite,

Aqui fica um pedido de ajuda.

Em 2010 vendi um apartamento e em 2011 declarei no meu IRS respeitante a 2010 a alienação com a intenção de reinvestir x euros. Em 2011 comprei um apartamento com o meu companheiro e não consigo preencher o anexo G pois aparece montes de erros. Preenchi o campo 4 com os dados do imovél que vendi em 2010 e no campo 5 preenchi o 501, 502 e 509 e o campo 5A com os dados do imóvel que comprei e onde reinvesti uma parte das mais-valias. Um dos erros que aparece é que tenho de preencher o anexo B. Pelo que percebi deveria colocar no campo 4 que em 2011 não tinha havido alienação, pois isso eu já tinha declarado no IRS referente a 2010. A partir daqui ainda aparecem mais erros: se é um acto isolado, se fechei actividade, entre outros.

Se alguém me conseguir ajudar agradeço a generosidade.

Cumprimentos,

Paula Reis

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa noite,

Aqui fica um pedido de ajuda.

Em 2010 vendi um apartamento e em 2011 declarei no meu IRS respeitante a 2010 a alienação com a intenção de reinvestir x euros. Em 2011 comprei um apartamento com o meu companheiro e não consigo preencher o anexo G pois aparece montes de erros. Preenchi o campo 4 com os dados do imovél que vendi em 2010 e no campo 5 preenchi o 501, 502 e 509 e o campo 5A com os dados do imóvel que comprei e onde reinvesti uma parte das mais-valias. Um dos erros que aparece é que tenho de preencher o anexo B. Pelo que percebi deveria colocar no campo 4 que em 2011 não tinha havido alienação, pois isso eu já tinha declarado no IRS referente a 2010. A partir daqui ainda aparecem mais erros: se é um acto isolado, se fechei actividade, entre outros.

Se alguém me conseguir ajudar agradeço a generosidade.

Cumprimentos,

Paula Reis

Pretende declarar o valor reinvestido no ano 2011, certo?

No anexo G só tem de preencher o Quadro 5 e o Quadro 5A.

Quadro 5:

501 = 2010

502 = 401

509 = valor que reinvestiu (sem recurso ao crédito).

Quadro 5A:

Na primeira linha identifica o imóvel alvo do reinvestimento.

O quadro 4 do anexo G não é para preencher, fica vazio.

Elimine o anexo B que está aí a mais, porque preencheu indevidamente o quadro 4 do Anexo G.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa noite !

Não sei preencher o anexo g.

Comprei uma casa com o meu marido em 2004 por 150.000.00 e vendemos por 280.000.00.

No quadro 4 ponho: linha 401 o titular meu marido com 140.000.00 de realizaçao e na aquisiçao 75.000.00 , quota 50.00% e abro outra alinha 402 e ponho o titular eu com o valor de 140.000.00 de realização e 75.000.00 de aquisição e quota 50.00%. Ou ponho c bem alienado pertencente em comum aos sujeitos passivos A e B ??? Sou casada em regime de separação de bens e quando mandam o papel do imi para pagamento fazem em separado. 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa noite,

Venho por este meio solicitar ajuda para preencher anexo G

A casa do meu pai foi vendida por 85000€, 50% foi para o meu pai e a outra metade foi dividida por 8 (7 filhos + o meu pai) onde coloco a parte que ficou para mim.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa noite !

Não sei preencher o anexo g.

Comprei uma casa com o meu marido em 2004 por 150.000.00 e vendemos por 280.000.00.

No quadro 4 ponho: linha 401 o titular meu marido com 140.000.00 de realizaçao e na aquisiçao 75.000.00 , quota 50.00% e abro outra alinha 402 e ponho o titular eu com o valor de 140.000.00 de realização e 75.000.00 de aquisição e quota 50.00%. Ou ponho c bem alienado pertencente em comum aos sujeitos passivos A e B ??? Sou casada em regime de separação de bens e quando mandam o papel do imi para pagamento fazem em separado. 

Na minha opinião, pode utilizar o "C".

Apesar de casados em separação de bens, o bem alienado é comum dos dois, ou seja pertence aos dois (que são os sujeitos passivos da declaração).

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa noite,

Venho por este meio solicitar ajuda para preencher anexo G

A casa do meu pai foi vendida por 85000€, 50% foi para o meu pai e a outra metade foi dividida por 8 (7 filhos + o meu pai) onde coloco a parte que ficou para mim.

Provavelmente é declarado no anexo G, mas também pode dar-se o caso de ser uma venda excluída de tributação e ter de ser declarado no anexo G1.

Penso que a sua quota parte veio de uma sucessão hereditária da parte da sua mãe, mas para ter certeza se é excluída ou não de tributação precisamos saber se a sucessão foi antes de 1989?!

Não quero estar aqui com preciosismos, mas a outra metade não é dividida por 8. Deveria ser 25% dessa metade para o pai e o restante (75% da metade) é dividida pelos 7 filhos. Penso estar correcto nesta analise.

Ou seja, 62,5% do total é do pai e cada filho tem cerca de 5,35 %.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

sim está correcto, 62,5% foivpara o meu pai e cada filho ficou com 5,35 %, mas não estou a perceber a parte se é excluída ou não de tributação. A minha mae faleceu em 2008, e a casa foi vendida em 2012. A construçao da casa foi feita pelo meu pai a 20 anos atras. agradeço que me informe os quadros e anexo a preencher.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

sim está correcto, 62,5% foivpara o meu pai e cada filho ficou com 5,35 %, mas não estou a perceber a parte se é excluída ou não de tributação. A minha mae faleceu em 2008, e a casa foi vendida em 2012. A construçao da casa foi feita pelo meu pai a 20 anos atras. agradeço que me informe os quadros e anexo a preencher.

Ok, com esses novos dados a mais valia não está excluída de tributação.

Anexo G:

Quadro 4

Titular = A ou B (conforme o/a filho/a for sujeito passivo A ou B da sua declaração)

Realização Ano = Ano da venda

Realização mês = Mês da venda

Realização valor = 5,35 % do valor total da venda ou do valor patrimonial no ano da venda, o que for maior.

Aquisição Ano = Ano do obito da sua mãe (2008)

Aquisição mês = Mês do obito da sua mãe

Aquisição valor = 5,35% do valor patrimonial à data do obito da sua mãe.

Na parte de baixo do quadro identifica o código da freguesia e o artigo matricial da casa e a quota parte = 5,35%

Valor patrimonial à data do obito da sua mãe, pode consultar na liquidação do IS na sequência da entrega da relação de bens nas finanças. Ou então consultar junto das finanças.

O valor patrimonial à data da venda para saber se é maior ou menor que o valor da venda, pode consultar numa caderneta predial actualizada do imovel.

O código da freguesa e artigo matricial, pode consultar igualmente numa caderneta predial.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Agardeço a ajuda, obrigada

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá,

É a primeira vez que preencho o anexo G.

Vendi uma casa por 126.000 € em Out 2012 no sentido de adquirir outra habitação noutra localidade. No entanto a habitação vendida custou-me 147.500€ em 2010.

E a habitação que adquiri posteriormente custou-me 110.000€.

Agora fiquei na dúvida se preencho o anexo G ou o G1, visto não ter obtido lucro na venda da casa.

Agradecia ajuda de como preencher esta situação para o portal das finanças.

Cumprimentos,

L. R.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá,

É a primeira vez que preencho o anexo G.

Vendi uma casa por 126.000 € em Out 2012 no sentido de adquirir outra habitação noutra localidade. No entanto a habitação vendida custou-me 147.500€ em 2010.

E a habitação que adquiri posteriormente custou-me 110.000€.

Agora fiquei na dúvida se preencho o anexo G ou o G1, visto não ter obtido lucro na venda da casa.

Agradecia ajuda de como preencher esta situação para o portal das finanças.

Cumprimentos,

L. R.

Anexo G.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

pretendo declarar as ações que vendi mas a instituição bancária apenas me informa o nome da empresa das ações e a quantidade das ações que vendi, o anexo G quadro 8 é necessário indicar o valor da venda das ações e o codigo da entidade das ações, como devo preencer o anexo G.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Agradecia a vossa ajuda no preenchimento do anexo G e G1

Por morte de um dos conjugues em 1997, a viúva e dois filhos herdaram um apartamento que

que foi comprado em 1971 por 989,72 €(valor patrimonial em 2013 44.505,02 €) o dito apartamento foi vendido em 2013 por 50.000,00 €.

Agradecia desde já a vossa resposta

AF

15.05.2014

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Agradecia a vossa ajuda no preenchimento do anexo G e G1

Por morte de um dos conjugues em 1997, a viúva e dois filhos herdaram um apartamento que

que foi comprado em 1971 por 989,72 €(valor patrimonial em 2013 44.505,02 €) o dito apartamento foi vendido em 2013 por 50.000,00 €.

O apartamento estava só em nome do falecido ou em nome do casal?

Admitindo que estava em nome do casal, a viúva tem uma parte que comprou antes de 1989. E tem uma parte que herdou depois dessa data.

Os filhos só têm partes que herdaram depois daquela data.

Portanto, a viúva declara a venda da parte dela no anexo G1 pois está isento de tributação. A outra parte e cada uma das partes dos filhos, são declaradas no anexo G em cada uma das respetivas declarações.

A parte que é declarada no anexo G1 deve ser declarada com o valor de aquisição de 494,86€ e o valor de realização de 25.000€ (admitindo que essa quota parte corresponde a 50% do imóvel).

Procedem de idêntica forma para as restantes partes declaradas no anexo G - atenção que neste caso o valor de aquisição é o valor patrimonial que o imóvel tinha à data em que foi herdado, têm que tentar obter essa informação.

Podem ainda incluir como encargos as parte correspondente a cada um nos registos, na altura em que foram feitas as partilhas, e com a SISA (se é que houve lugar ao pagamento da mesma). Podem também incluir a quota parte de cada um nos eventuais encargos com imobiliária a que tenham recorrido para vender o imóvel e com obras feitas nos últimos 5 anos antes da venda.

Obviamente, devem ter comprovativos de todos os valores que incluírem na declaração...

P.S: Se o apartamento estava só em nome do falecido, então nada era da viúva antes de 1989 e ela deve declarar a sua quota parte apenas no anexo G. Mantém-se tudo o resto do que foi dito.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead