Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
scpuser

Amortização de crédito


2 publicações neste tópico

Olá 

Contraí recentemente um crédito para compra de uma habitação para arrendamento (com duas fracções distintas, uma já arrendada quando comprei o imóvel). Quis preservar ao máximo a minha liquidez por vários motivos, e então fiz um crédito a 30 anos em vez de 20 porque a prestação era mais baixa do que a fracção arrendada.

Acontece que em princípio já encontrei arrendatário para a segunda fracção, o que me dá cerca de 100 euros líquidos por mês a mais do que a prestação do crédito. A minha ideia é ir liquidando o mais possível de crédito enquanto tenho esta segunda fracção arrendada (que será arrendada temporaria e rotativamente, e a outra de forma mais permanente).

A pergunta é se normalmente há montantes mínimos de amortização (no contrato não diz nada, apenas menciona a bem conhecida taxa de 2% de penalização, visto ser taxa fixa). É normalmente aceite liquidar 80-100 euros extra por mês? É que neste modelo há interesse em liquidar o quanto antes, para diminuir o juro tão rápido quanto possível. 

Outra pergunta, alguém sabe se é possível diminuir o tempo do crédito em vez da prestação, caso se façam amortizações? Não é a minha ideia (a minha é precisamente a inversa), apenas estou curioso porque me disseram que noutros países é possível.

Obrigado

 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
há 9 horas, scpuser disse:

A pergunta é se normalmente há montantes mínimos de amortização (no contrato não diz nada, apenas menciona a bem conhecida taxa de 2% de penalização, visto ser taxa fixa). É normalmente aceite liquidar 80-100 euros extra por mês? É que neste modelo há interesse em liquidar o quanto antes, para diminuir o juro tão rápido quanto possível.

Se nada é dito no contrato nem no preçário, é provável que não haja um mínimo... mas quem te pode dar a resposta certa é o banco :)

há 9 horas, scpuser disse:

Outra pergunta, alguém sabe se é possível diminuir o tempo do crédito em vez da prestação, caso se façam amortizações? Não é a minha ideia (a minha é precisamente a inversa), apenas estou curioso porque me disseram que noutros países é possível.

Não conheço nenhum caso em que isso aconteça de forma automática. Até porque, a menos que acertes com o valor exato, o tempo seria sempre diminuído de uma forma estranha (tipo, em vez de faltarem 300 meses, passarem a faltar 298 meses e 12 dias - esses 12 dias depois vão andar sempre a complicar as contas...)

O que podes é negociar com o banco uma alteração do prazo do empréstimo. Isso é prática relativamente comum. Claro que ao pedir uma alteração ao contrato, o banco pode aproveitar e tentar meter também outras alterações que lhe interessem (em qualquer caso, não és obrigado a aceitá-las se não te interessarem a ti; mas claro que nesse caso o contrato fica na mesma no que diz respeito ao prazo)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0