Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
Visitante hfsb

Dúvida IRS (junto ou separado dos pais?)


17 publicações neste tópico

Boa tarde.

Tenho 24 anos e, até hoje, sempre constei como dependente dos meus pais. O ano passado comecei a passar recibos verdes e auferi um total de 3000€. Em casa somos 4 pessoas (eu, os meus pais e a minha irmã ainda menor), sendo que a minha mãe é dona-de-casa e o meu pai trabalha por conta de outrem (auferindo um salário ligeiramente superior ao salário mínimo).

A minha dúvida é a seguinte:

Este ano, devo fazer ou não o IRS juntamente com os meus pais? Quais são as vantagens/desvantagens? Sei que os prazos de entrega para dependentes/independentes são diferentes, daí também a minha dúvida de qual será a melhor forma de entregar o IRS deste ano.

Agradeço desde já toda a ajuda!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Metendo o IRS sozinho não vais pagar qualquer imposto. Na eventualidade de teres feito retenção na fonte é-te devolvida mas nada mais.

Metendo IRS juntamente com os teus pais, vais dar direito a mais uma dedução como dependente. Além de que as tuas despesas de saúde, educação, etc, se as tiveres, servem para abater também ao imposto que os teus pais terão de pagar. Apenas na eventualidade de também os teus pais não terem qualquer imposto a pagar é que é absolutamente irrelevante se entras como dependente na declaração deles ou não.

Eu diria que o melhor é meterem apenas uma declaração em que surges como dependente. Uma vez que tens rendimentos da categoria B, essa declaração terá de ser metida na segunda fase.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Já agora, porque é que não vou pagar qualquer imposto?

Fiz uma simulação através daquela aplicação da DECO (IRS sem custo), e dos 3000€ de ganhos, tenho que pagar cerca de 175€ de imposto (já com cerca de 40€ em despesas gerais de 455€ de despesas de educação). 

Na eventualidade de fazer o IRS juntamente com os meus pais, a declaração de todos é introduzida só em maio? Como referi, o meu pai é trabalhador dependente.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Trabalho dependente é entregue agora, em Abril. Independente é que é em Maio. Logo é o seu prazo que vai definir quando entregam todos.

Quando à sua simulação, para ter esse valor presumo que não tenha feito qualquer retenção na fonte. O que me espanta é ter apenas 40€ de despesas gerais. Essa dedução é das mais fáceis de atingir o limite....

Já agora os recibos verdes que passou foram sempre para a mesma entidade? É que se for penso que pode optar pelas regras da categoria A e aí a tributação é mais favorável

O melhor é simular para a entrega conjunta com os seus pais e verificar qual a diferença no IRS deles caso os seus rendimentos entrem junto com os deles.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sim, de facto é esse o valor nas despesas gerais. Como vivo com os meus pais geralmente não tenho despesas muito elevadas em termos de mercearias, pagamento de serviços, etc.

Não faço retenção na fonte e os recibos (num total de 3000€) foram todos passados para a mesma entidade. 

Como e onde posso fazer essa simulação conjunta? Nas ferramentas que tenho utilizado não consigo. Testei também um simulador do Francisco Mesquita, mas não me é possível colocar rendimentos de categoria B em dependentes (se entregar a declaração junta com os meus pais, eles continuam a ser os sujeitos passivos e eu dependente, certo?).

Obrigado pela atenção.

 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se optar pela tributação.de acordo com as regras da categoria A, vai provavelmente pagar zero IRS. Logo imagino que declaração conjunta seja mais favorável. Simuladores como o da Deco (do ano passado, IRS sem custo) devem dar uma ideia aproximada das vantagens.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Uma dúvida:

No simulador da DECO (IRS sem custo) e no simulador em excel do Francisco Mesquita, os valores a colocar nas despesas é o respetivo valor total, ou o valor da "Dedução correspondente à despesa"? Pergunto pois eventualmente andei a fazer mal as simulações que anteriormente mostrei.

Fiz a simulação em ambas as plataformas, para ambos os cenários (eu juntamente com os meus pais e sozinho) e verifiquei o seguinte:

- com os meus pais, o valor a receber é de 97€

- fazendo sozinho, não recebo nem tenho que pagar, e o valor que os meus pais têm a receber permanece nos 97€

Faz sentido?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

No simulador da Deco, os valores a colocar são os valores totais. Não uso o outro simulador logo aí não sei dizer, mas deve ser igual.

Quanto a fazer sentido, tudo depende dos rendimentos dos pais e do valor de imposto retido na fonte. Se o imposto retido foi 97€, então o máximo que do reembolso é esse valor, não fazendo diferença que há mais ou menos despesas.

Se o único rendimento da família é do seu pai, então faz sentido que para um salário perto do mínimo a retenção da fonte seja perto de 0, logo o reembolso vai ser diminuto. Ninguém na família tem algum depósito a prazo ou conta-poupança que tenha pago juros? É que nesse escalão é vantajoso englobar rendimentos de capitais, permitingo receber mais umas migalhas.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Agradeço a ajuda Rui.

Sim, temos alguns depósitos a prazo, mas os montantes não são nada de especial. Esses valores não são emitidos diretamente pelo banco às finanças? Caso não sejam, como posso obter o comprovativo?

Outra questão:

Tendo em conta que é indiferente fazer o IRS junto ou separado para o meu agregado, qual é a solução mais vantajosa em termos fiscais/sociais? Pergunto isto pois tenho uma irmã menor que recebe abono de família, além de que temos isenção de taxas moderadoras. Não sei se o fazer/não fazer IRS junto poderá ter implicações nestes apoios...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Salvo erro o conceito de agregado familiar é diferente entre a Segurança Social e o fisco. Na SS creio que o que interessa é quem mora na mesma casa, independentemente de poder fazer ou não parte do mesmo agregado familiar para efeitos fiscais. De qualquer forma convém confirmar esta informação junto da SS...

Relativamente à questão dos depósitos a prazo, podem pedir o comprovativo ao banco. De realçar que se optarem por englobar este tipo de rendimentos têm de englobar todos os rendimentos desse tipo (depósito a prazo, juros de obrigações, certificados de aforro, etc - grosso modo, todas as aplicações fiscais sujeitas a imposto a taxas liberatórias e que são alvo de retenção na fonte). O que pode implicar consultar mais de uma entidade (por exemplo, os certificados de aforro são emitidos pelo IGCP).
Tipicamente esta opção pelo englobamento só compensa se estiverem no primeiro escalão. Aí, o facto de ter sido retido imposto a uma taxa mais alta do que aquela que é aplicada aos rendimentos declarados, faz com que o fisco devolva a diferença relativamente ao que foi retido na fonte e ao imposto efetivamente calculado na altura da entrega da declaração.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pelos dados que foram apresentados, parece-me que ficam claramente no 1º escalão devido ao tamanho do agregado. Só é necessário pedir aos bancos as declarações se não souberem ao certo quanto receberam em juros, pois de resto já não é necessário entregar nenhum comprovativo às finanças. Apenas noto que optar pelo englobamento implica entregar a declaração em Maio.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Agradeço mais uma vez a ajuda de ambos.

Continuo com uma dúvida relativa à entrega do IRS. O meu pai tem rendimentos da categoria A, e o prazo para entrega de rendimentos dessa categoria é até ao final deste mês (abril). Se optar por fazer IRS com os meus pais, qual das seguintes hipóteses é a correta?

- os meus pais entregam a declaração ainda este mês, e no próximo submetem o anexo correspondente à categoria B (os meus rendimentos);

ou

- como vou fazer IRS junto com os meus pais, só submetemos uma declaração em maio com todos os rendimentos ( A e B )?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Só é metida na segunda fase.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bom dia.

Tenho mais uma dúvida, neste caso relacionada com o anexo H, quadro 7 (despesas e encargos com imóveis para habitação permanente).

A nossa casa está em nome do meu pai. Em termos de pagamentos das prestações do crédito a habitação, no Portal das Finanças tanto o meu pai como a minha mãe apresentam deduções nessa categoria. Posto isto, devo apenas adicionar uma linha no quadro 7 (relativa ao meu pai), ou têm que entrar duas linhas (pai e mãe)?

Já agora, o que é suposto inserir na coluna "Fração"? Na caderneta predial apenas encontro a seguinte referência:  Parte 1/1

Por último, e uma vez que irei constar como dependente dos meus pais (embora tenha rendimentos da categoria B), deverei também submeter a declaração, ou isso cabe apenas aos meus pais?

Obrigado!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
há 7 horas, Visitante hfsb disse:

Tenho mais uma dúvida, neste caso relacionada com o anexo H, quadro 7 (despesas e encargos com imóveis para habitação permanente).

A nossa casa está em nome do meu pai. Em termos de pagamentos das prestações do crédito a habitação, no Portal das Finanças tanto o meu pai como a minha mãe apresentam deduções nessa categoria. Posto isto, devo apenas adicionar uma linha no quadro 7 (relativa ao meu pai), ou têm que entrar duas linhas (pai e mãe)?

Da Ajuda ao Preenchimento (F1):

Citação

A coluna Titular destina-se à identificação do membro do agregado familiar que suportou o encargo, através da utilização dos códigos seguintes:

A = Sujeito Passivo A

B = Sujeito Passivo B (no caso de sujeitos passivos casados ou unidos de facto que optem pela tributação conjunta dos seus rendimentos - campo 01 do quadro 5A da folha do Rosto da declaração).

C = Cônjuge ou unido de facto com o Sujeito Passivo A, ou cônjuge falecido no ano do óbito (apenas no caso de sujeitos passivos casados ou unidos de facto no regime de tributação separada dos seus rendimentos - campo 02 do quadro 5A da folha do Rosto da declaração.

F = Falecido (no ano do óbito, caso tenha sido efetuada a opção pela tributação conjunta dos rendimentos -campo 04 do Quadro 5, da folha do Rosto da declaração).

Os dependentes devem ser identificados conforme se exemplifica, tendo em conta a posição assumida por cada um no Quadro 6B da folha de Rosto da declaração:

D1, D2, D.= Dependente                   AF1, AF2, AF. = Afilhado civil

DG1, DG2, DG. = Dependente em guarda conjunta

 

há 7 horas, Visitante hfsb disse:

Já agora, o que é suposto inserir na coluna "Fração"? Na caderneta predial apenas encontro a seguinte referência:  Parte 1/1

Basicamente tem a ver com apartamentos. Se não for o vosso caso podem deixar em branco.

há 7 horas, Visitante hfsb disse:

Por último, e uma vez que irei constar como dependente dos meus pais (embora tenha rendimentos da categoria B), deverei também submeter a declaração, ou isso cabe apenas aos meus pais?

Só os titulares são responsáveis por submeter a declaração.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
há 27 minutos, pauloaguia disse:

Só os titulares são responsáveis por submeter a declaração.

Muito obrigado pela ajuda.

Por titulares pode ler-se sujeitos passivos, certo?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Certo

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0