Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
JoGato

Ajuda casa penhorada

3 publicações neste tópico

Boas

Gostaria de ter ajuda para ajudar também um amigo que neste momento está desnorteado.

Na realidade passa-se com um amigo e não sei muitos promenores, mas aqueles que sei vou aqui esclarecer, para depois se souberem me darem umas dicas para dizer a ele.

O pai desse meu amigo contraiu uma divida com as finanças (impostos?), parece que esta era de 2500 € mas talvez com juros de mora ou outra coisa penhoram a casa e esta está no site das finanças em leilão em carta fechada pela licitação minima de 27000 €.

Já foi pago esta semana os 2500 €, mas agora têm de pagar os 27000 € ou ficam sem a casa, este meu amigo foi ás finanças para tentar em nome dele e do irmão renegociar a divida para não ficarem sem a casa que foi herança em vida da avó por partilhas para os pais dele, avó essa que também vive na mesma casa e tem 80 e tal anos.

O pai disse-lhe que foi ás finanças para regenociar e que está á espera de um oficio.

Como disse atrás este meu amigo foi ás finanças para tentar renegociar a divida, disseram-lhe que como não era o próprio não podiam dar muitas informações, mas adiantaram que já tinha saído ou já não estava mais na secção de renegociar.

Ele está de rastos e os amigos servem para as ocasiões, pena tenho eu de não ter $$$$$ para ajudá-lo, venho pois por este meio pedir a vossa ajuda.

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A questão dos 27.000€ é fácil de explicar - o preço base de licitação é de 70% do valor patrimonial do bem. Mesmo que a dívida seja muito menor do que isso. Supondo que a casa era vendida antes de pagarem a dívida, as Finanças ficavam com os 2.500€ e davam o resto do produto da venda ao pai do teu amigo.

Agora, eu não sei exactamente quando é que é o ponto sem regresso em que se perde mesmo o direito à casa. Se não lhe podem dar informações por não ser o próprio, ele que vá com o pai às Finanças (na presença do próprio já lhe podem explicar as coisas, mesmo que o pai não pesque nada do assunto) ou então que o pai lhe passe uma procuração dando poderes para isso, se não puder sair de casa...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado

Amigo PauloAguia

Fiquei um pouco mais esclarecido e vou-lhe comunicar, por sinal também já tinha pensado em dizer-lhe para ir com o pai ás finanças e assim saber mais pormenores. Mas duas cabeças pensam melhor. Obrigado mais uma vez.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0