Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
Visitante Marco António

Compra de casa e posterior arrendamento.


4 publicações neste tópico

Boa tarde,
        
        Pedi um empréstimo habitação no final de 2012 para habitação própria permanente. Entretanto a vida mudou e preciso de uma habitação maior para a qual vou pedir novo empréstimo. Como solução para a casa antiga estava a pensar arrendar a casa visto que não estou a conseguir interessados para comprar e tenho muitos interessados em alugar.
        
        A minha questão está com o seguinte:
        - A renda da casa antiga neste momento é de 260€
        - A renda inicial da casa nova é de 450€
        - Vou arrendar a casa antiga por 400€/Mês
        - Ou seja no final tenho um "prejuizo" de cerca de 310€ (450€ + 260€ - 400€).
        
        Nunca arrendei nenhuma casa mas, segundo sei, tenho de declarar as rendas obtidas e estas entram como rendimento certo? Até aqui tudo bem, mas como comprei a casa depois de 2011, a mesma já não entra para IRS, logo o estado não tem em conta esta minha "segunda despesa" com a nova casa.
        
        Prevejo que irei ser bastante prejudicado pois no fundo era como se não tivesse despesa nenhuma com a nova casa e só tivesse lucro do arrendamento o que não é verdade...
        
        Alguém me consegue ajudar? 
        Isto processa-se mesmo desta forma?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
há 25 minutos, Guest Marco António disse:

A minha questão está com o seguinte:
        - A renda da casa antiga neste momento é de 260€
        - A renda inicial da casa nova é de 450€
        - Vou arrendar a casa antiga por 400€/Mês
        - Ou seja no final tenho um "prejuizo" de cerca de 310€ (450€ + 260€ - 400€).

Isso por oposição ao "prejuízo" que tens agora de 260€? Não me parece que 50€ de diferença seja assim tããão grave...

há 25 minutos, Guest Marco António disse:

        Nunca arrendei nenhuma casa mas, segundo sei, tenho de declarar as rendas obtidas e estas entram como rendimento certo? Até aqui tudo bem, mas como comprei a casa depois de 2011, a mesma já não entra para IRS, logo o estado não tem em conta esta minha "segunda despesa" com a nova casa.

Sim, as rendas entram como rendimento. Mas os custos que tenhas com a primeira casa (IMI, condomínio, obras) passam a poder entrar como despesa para abater a esse rendimento, algo que não tens agora. Para além disso, se a primeira casa for arrendada para habitação própria e permanente do inquilino continuas a poder deduzir os juros do empréstimo como até agora...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

 

On 3/15/2016 at 6:12 PM, Guest Marco António said:

Boa tarde,
        
        Pedi um empréstimo habitação no final de 2012 para habitação própria permanente. Entretanto a vida mudou e preciso de uma habitação maior para a qual vou pedir novo empréstimo. Como solução para a casa antiga estava a pensar arrendar a casa visto que não estou a conseguir interessados para comprar e tenho muitos interessados em alugar.
        
        A minha questão está com o seguinte:
        - A renda da casa antiga neste momento é de 260€
        - A renda inicial da casa nova é de 450€
        - Vou arrendar a casa antiga por 400€/Mês
        - Ou seja no final tenho um "prejuizo" de cerca de 310€ (450€ + 260€ - 400€).
        
        Nunca arrendei nenhuma casa mas, segundo sei, tenho de declarar as rendas obtidas e estas entram como rendimento certo? Até aqui tudo bem, mas como comprei a casa depois de 2011, a mesma já não entra para IRS, logo o estado não tem em conta esta minha "segunda despesa" com a nova casa.
        
        Prevejo que irei ser bastante prejudicado pois no fundo era como se não tivesse despesa nenhuma com a nova casa e só tivesse lucro do arrendamento o que não é verdade...
        
        Alguém me consegue ajudar? 
        Isto processa-se mesmo desta forma?

Qual é o preço que pediste pela casa quando puseste à venda, se posso perguntar?

Respondendo às perguntas, o Paulo já disse. Primeiro não é "prejuízo" que tens, e segundo uma diferença de 50€ é na realidade um excelente negócio se a casa nova é maior. Se estás preocupado com 50€, então se calhar comprar uma nova habitação não é o que tu queres...

@pauloaguia

Ele não vai poder deduzir os juros, porque segundo ele diz o contrato foi celebrado depois de 2011, e esses já não entram...

Editado por scpuser
0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites
A 3/20/2016 at 19:10, scpuser disse:

@pauloaguia

Ele não vai poder deduzir os juros, porque segundo ele diz o contrato foi celebrado depois de 2011, e esses já não entram...

Pois, é verdade, obrigado pela correção. No entanto, reparo também que já o primeiro empréstimo era posterior a 2011, logo já não tinha direito a deduzi-lo no IRS... ou seja, pior também não fica...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0