Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
Mysterium

Descontar LETRA


5 publicações neste tópico

Boa noite,

Possuo alguns documentos - LETRA - e gostaria de saber o seguinte:

Em vez de aguardar que a pessoa que me passou a LETRA me entregue esse valor, posso descontar no banco?

Creio que sim. Como funciona? E quanto terei de pagar ao banco.

Simulação: Letra de 50mil euros. Preciso desses 50mil euros por 2 meses. Desconto a letra no Banco e até 90 dias tenho que devolver esse dinheiro mais quanto?

Qual a vantagem de Letra vs. pedido empréstimo? O que é mais vantajoso, descontar uma letra de 50mil ou pedir um empréstimo de 50mil?

A minha ideia é descontar a letra, 2 meses depois já tenho novamente os 50mil para devolver ao banco e ter novamente a letra em minha posse. Mas não sei qual será o custo final de tudo isso, ou seja, no final para além dos 50mil quanto é que entreguei ao banco em despesas, juros, etc? Neste caso, Millenium BCP.

Uma última questão, a pessoa devedora ou que emitou a Letra é informada que eu a coloquei a descontar no banco via crédito do banco (e não tirar o dinheiro da conta dessa pessoa).

 

Obrigado!

 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Parece-me que aquilo de que estás a falar é de um pedido de empréstimo apresentando um outro produto como garantia ou colateral.

Não estou muito por dentro do assunto mas o melhor é mesmo questionares o banco - eles é que vão ter de responder se aceitam a letra como garantia ou não...

Creio que a pessoa que emitiu a letra não tem nada a ver com o assunto... claramente não é à conta dela que vão buscar o dinheiro, isso é certo...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O desconto de letras paga juros e despesas e não é pouco, o valor depende da tabela de preços do banco. Pede-se ao banco que adiante o pagamento do valor da letra e no seu vencimento esta é apresentada no banco de quem emitiu a letra, para pagamento.

Sim a pessoa devedora sabe porque esse valor entra na conta dele(a) na data de vencimento.

Normalmente o banco só aceita a letra se, tanto o emissor como o aceitante, tiver um "bom nome" bancário.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Trata-se de uma situação creio que chamada "alavancagem". Portanto, eu sei que colocando esses 50mil num determinado investimento, 3 meses depois tenho 56mil. Se o processo de pedir emprestimo ou descontar a Letra no banco não for mais dispendioso que os 6mil, então estarei a ganhar.

Ao mesmo tempo não queria que o devedor soubesse que coloquei a Letra e muito menos que lhe retirassem a Letra pois neste caso a Letra apenas respresenta uma garantia de empréstimo, eu emprestei-lhe os 50mil por um periodo de 3 meses. Portanto, receberia dele os 50 mil ou os outros 50mil que teria investido, devolvia ao banco e a o Letra era também anulada uma vez que o devedor me tinha devolvido os 50mil.

O que precisava de saber é se compensa mais pedir 50mil por emprestimo ao banco ou se fazer uso dessa Letra de 50mil como garantia para o banco não penalizando contudo o devedor da letra.

Editado por Mysterium
0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Trata-se de uma situação creio que chamada "alavancagem". Portanto, eu sei que colocando esses 50mil num determinado investimento, 3 meses depois tenho 56mil. Se o processo de pedir emprestimo ou descontar a Letra no banco não for mais dispendioso que os 6mil, então estarei a ganhar.

Ao mesmo tempo não queria que o devedor soubesse que coloquei a Letra e muito menos que lhe retirassem a Letra pois neste caso a Letra apenas respresenta uma garantia de empréstimo, eu emprestei-lhe os 50mil por um periodo de 3 meses. Portanto, receberia dele os 50 mil ou os outros 50mil que teria investido, devolvia ao banco e a o Letra era também anulada uma vez que o devedor me tinha devolvido os 50mil.

O que precisava de saber é se compensa mais pedir 50mil por emprestimo ao banco ou se fazer uso dessa Letra de 50mil como garantia para o banco não penalizando contudo o devedor da letra.

No desconto de letras, pelo menos nos que assisti, o Banco recebe uma letra de 50000 e paga à pessoa que a entrega o valor de, por exemplo, 47.000.

Portanto, logo à partida, descontando a letra, não receberá os 50.000 que nela estão inscritos.

Por outro lado, nada impede o banco, na data de vencimento da letra, apresentá-la ao aceitante (a pessoa que lhe entregou a letra a si).

Para o aceitante da letra (o devedor originário, ou seja, quem lhe entregou a letra) é indiferente: ele sabe que, na data do vencimento da letra, tem de pagar 50.000 euros a quem lhe apresentar a letra para pagamento. Atenção que, ao endossar a letra ao banco, fica também a ser devedor perante o o banco. O banco, na data de vencimento, pode-lhe exigir o dinheiro a si ou a quem lhe entregou a letra.

 

Se compensa mais pedir um empréstimo ou descontar a letra? É melhor dirigir-se ao banco e perguntar que juros pagaria numa ou noutra situação.

Editado por atlas
0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0