Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
Mysterium

Compra de casa - Finanças e impostos


3 publicações neste tópico

Boa tarde,

Somos um casal que não temos a mesma morada física. Suponho portanto que não se aplique aqui a situação "união de facto".

Vamos adquirir um imóvel sendo que serei eu a efectuar a escritura pelo que para todos os efeitos a casa estará em meu nome e serei eu a efectuar o pagamento.

Esse imóvel será comprado a pronto, sem empréstimo bancário, com capital meu em maior parte, da minha companheira, meus pais, pais da minha companheira...

A minha questão é: o valor da casa (100mil eur) ultrapassa a totalidade do valor recebido em todas as declarações de IRS que realizei (cerca de 80mil euros).

As finanças só vêm números e a minha questão é: eu posso comprar esta casa? Tendo eu aos olhos das finanças só ganho 80mil eur em toda a minha vida, posso comprar uma casa de 100mil? Portanto aos olhos das finanças sou uma pessoa singular e não um casal e muito menos um casal com ajudas a comprar a casa.

Que problemas poderei ter?

E outra questão: No IRS, o que muda? O que passarei a ter que declarar?

Obrigado desde já pela atenção dada.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O que não falta por aí é gente a comprar casas que valem mais do que todos os ordenados que recebeu na vida. Quando se regista a casa as Finanças não querem saber se foi comprada com empréstimo ou não - logo, se fossem fazer esse tipo de validação, ia haver muita gente a ser chamada (e isso não acontece).
As doações entre pais e filhos e entre cônjuges estão isentas de imposto. Em teoria, no entanto, devias declarar em sede de imposto de selo o dinheiro recebido da tua namorada e dos pais, uma vez que estas não estão isentas (na prática, não conheço ninguém que o faça e nunca ouvi dizer que tivesse havido problemas por causa disso). 

Do ponto de vista do IRS a compra, por si só, não tem qualquer influência. No entanto, caso um dia venhas a vender a casa será preciso calcular as mais valias (o lucro com o negócio) que essas sim, são tributadas. Às mais valias podes abater o custo dos registos e impostos pagos na altura da compra, por isso trata de guardar religiosamente a documentação toda que comprove os custos que tiveres agora.

A posse da casa também não conta para o IRS. Mas passas a ter de pagar IMI todos os anos. Sendo a casa para habitação própria e permanente poderás pedir isenção deste imposto durante os primeiros anos mas depois não há mesmo volta a dar, terás de pagar.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

O que não falta por aí é gente a comprar casas que valem mais do que todos os ordenados que recebeu na vida. Quando se regista a casa as Finanças não querem saber se foi comprada com empréstimo ou não - logo, se fossem fazer esse tipo de validação, ia haver muita gente a ser chamada (e isso não acontece).
As doações entre pais e filhos e entre cônjuges estão isentas de imposto. Em teoria, no entanto, devias declarar em sede de imposto de selo o dinheiro recebido da tua namorada e dos pais, uma vez que estas não estão isentas (na prática, não conheço ninguém que o faça e nunca ouvi dizer que tivesse havido problemas por causa disso). 

Do ponto de vista do IRS a compra, por si só, não tem qualquer influência. No entanto, caso um dia venhas a vender a casa será preciso calcular as mais valias (o lucro com o negócio) que essas sim, são tributadas. Às mais valias podes abater o custo dos registos e impostos pagos na altura da compra, por isso trata de guardar religiosamente a documentação toda que comprove os custos que tiveres agora.

A posse da casa também não conta para o IRS. Mas passas a ter de pagar IMI todos os anos. Sendo a casa para habitação própria e permanente poderás pedir isenção deste imposto durante os primeiros anos mas depois não há mesmo volta a dar, terás de pagar.

Obrigado pelo feedback. De facto estava preocupado. Não queria sofrer uma investigação por "enriquecimento ilícito", portanto, ostentar mais do que aquilo que segundo as finanças posso pagar.

Relativamente a IMI é tranquilo, são apenas 180 eur ano.

Obrigado.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0