Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
Louletano

Crédito habitação


2 publicações neste tópico

Boa noite a todos!

 

É a primeira vez que entro neste fórum e crio um tópico, espero estar no local certo. Passo a explicar a minha situação para ver se alguém me consegue ajudar. Tenho 29 anos e resido no Algarve. Aliás trabalho e resido no Algarve. Acontece que estou bastante interessado em comprar casa nos arredores de Lisboa, margem sul ou norte (principalmente margem sul). Desde há muito tempo que tenho o "sonho" de trabalhar em Lisboa e viver na margem sul, ou se puder, viver e trabalhar na margem sul. Trabalho na hotelaria (sou rececionista de hotel em horário noturno). Tenho conseguido fazer poupanças e neste momento já tenho um "pé de meia considerável". Acontece que no atual emprego não estou efetivo, mas ao mesmo tempo é como se estivesse. Trocando isto por miúdos, a empresa não manda ninguém embora mas também não passa os colaboradores a efetivos. Fazem contratos aos colaboradores com outras entidades criadas recentemente dentro da própria empresa... (só mesmo neste país). Queria saber a vossa opinião se acham que algum banco me dá empréstimo à habitação mesmo não estando efetivo? acham possível? tenho interesse num apartamento no máximo até 35000 euros (ou menos de preferencia). Não tenho fiadores e nem quero. O objetivo para já seria comprar e tentar arranjar trabalho nessa zona o mais depressa possível. Pode parecer uma ideia um pouco suicida, mas dado que nunca me passarão a efetivo e um dia quero sair da casa dos meus pais, estou tentado em arriscar, opiniões precisam-se! =) algum banco me facultará empréstimo nestas condições? se sim, qual ou quais? Antes que me esqueça, devo dizer também que o meu salário líquido é de 725 euros. (900 brutos).  

 

Muito obrigado a todos, aguardo as vossas respostas

 

Cumprimentos. 

Editado por Louletano
0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Se ainda não sabes onde vais ficar a trabalhar eu não me atiraria, para já, a comprar uma casa. Primeiro arranja um emprego e depois arrenda uma casa nas imediações durante uns meses. Se não conseguires arranjar emprego e tiveres de voltar para o Algarve, não tens o ónus de uma casa em Lisboa para vender; se encontrares o emprego primeiro fica mais fácil arranjar uma casa que fique perto do emprego e que não te obrigue a gastar 2h por dia em deslocações só para ir trabalhar.

Além disso, 35.000€, nessa área dão para quê? Um T0 ou T1? E se daqui por um ano tiveres arranjado uma namorada, pensarem em ter filhos, o que fazes ao apartamento se precisarem de mudar para um sítio maior para viver? Ou se chegares à conclusão que afinal há zonas mais indicadas para morares (por proximidade ao trabalho, por exemplo), é muito mais complicado vender apartamentos pequenos... Se vais fazer uma mudança tão grande na tua vida, dá algum tempo para as coisas estabilizarem antes de decidires qual o sítio que se adequa mais a ti para viver. Daí dizer que o arrendamento é a melhor opção no imediato.

Além disso, o estar ou não efetivo é apenas um fator. Vai interessar igualmente ao banco o dinheiro que tenhas posto de lado em poupanças, o teu salário, idade, preço do imóvel, etc. E, se esperares uns meses depois de arranjar trabalho para te meteres num empréstimo, vai ser mais fácil demonstrar que estás numa situação estável...

Se o teu sonho é morar e trabalhar na zona de Lisboa força (embora havendo tanta gente com o mesmo sonho não será fácil). Agora, para isso não precisas de ser proprietário de uma casa - numa situação destas acho que a casa podia rapidamente contribuir para transformar o sonho em pesadelo!

1

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0