inessantos

Mudar morada fiscal com novo arrendamento


8 publicações neste tópico

Boa tarde,

Irei proceder ao arrendamento de um apartamento. Ao celebrar o contrato de arrendamento devo mudar a minha morada fiscal para a morada do apartamento alugado?

Para mudar a morada fiscal para esse apartamento alugado basta ter o contrato de arrendamento ou tenho de ter a luz, água, ou gás em meu nome?

É obrigatório que a luz, água, gás passem para o nome do inquilino ou podem permanecer no nome do senhorio?

Obrigada

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A morada fiscal não tem nada a ver com as contas que são pagas. A morada fiscal é a morada que as Finanças conhecem como tua, para onde te enviam a correspondência e que é atualizada, por exemplo, quando atualizas a morada do cartão do cidadão. Não é imposto qualquer tipo de restrição para se poder atualizar a morada, que eu saiba.

Não tens de atualizar a morada fiscal mas tens todo o interesse em fazê-lo - por um lado para garantir que recebes as eventuais notificações das Finanças; por outro porque, tratando-se de arrendamento para habitação própria e permanente, podes deduzir as rendas no IRS.

Quanto ao facto de as contas estarem em nome do senhorio ou do inquilino, depende do que estiver estipulado no contrato - pessoalmente, acho que faz mais sentido as contas estarem em nome do inquilino (evita chatices para o senhorio em caso de incumprimento e que o inquilino se sinta à vontade para gastar porque depois é o senhorio que paga); mas há casos em as partes acordam, em troca de uma renda mais alta, ser o senhorio a tratar das relações com os prestadores de serviços... 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Muito obrigada pelo esclarecimento e pela rapidez.

Então quer dizer que a morada fiscal não precisa de ser a mesma que a morada de residência?

Eu tenho algumas dúvidas quanto a este tópico, porque para as finanças eu já não faço parte do agregado familiar do meu pai, mãe e irmão, embora tenha a mesma morada que a deles, pois tenho mais de 26 anos e já tenho os meus rendimentos (o meu IRS é feito à parte - atualmente não necessito de fazer, pois recebo bolsa de investigação).

Por outro lado, para a segurança social eu ainda faço parte do agregado familiar (mãe, pai e irmão) e o meu rendimento conta e prejudica o meu irmão relativamente a abonos/bolsas (até porque as minhas despesas não contam).

Assim, para deixar de fazer parte do agregado familiar para a segurança social, teoricamente só teria de mudar a morada na segurança social? Mas pelo que sei, se mudar a morada de residência, também teria de alterar a morada do cartão de cidadão (e de forma automática, isso mudaria também a minha morada fiscal). Estou certa, ou nem por isso? E para mudar a morada na segurança social o que é necessário fazer?

Não esquecendo que a alteração da morada, acarreta ter que alterar a morada dos documentos todos, ou não?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Então quer dizer que a morada fiscal não precisa de ser a mesma que a morada de residência?

A morada fiscal é a morada de residência, sim. Peço desculpa se o meu comentário anterior deixou entender que não...

Assim, para deixar de fazer parte do agregado familiar para a segurança social, teoricamente só teria de mudar a morada na segurança social? Mas pelo que sei, se mudar a morada de residência, também teria de alterar a morada do cartão de cidadão (e de forma automática, isso mudaria também a minha morada fiscal). Estou certa, ou nem por isso? E para mudar a morada na segurança social o que é necessário fazer?

Não esquecendo que a alteração da morada, acarreta ter que alterar a morada dos documentos todos, ou não?

Dado que o Cartão de cidadão é usado também pela SS, a atualização de morada no CC atualiza automaticamente a morada junto da SS também.

Para além disso, ocorre-me a da carta de condução, que terias de mudar de qualquer forma... e avisar o banco, e provavelmente a empresa onde trabalhas, embora a isso não correspondam alterações de documentoação...

Para além disso, o que mais falta?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Estava mesmo muito mal informada então.

Como me aconselharam a sair do agregado familiar dos meus pais, de modo a que o meu irmão tivesse beneficios, eu pensei em mudra a minha morada para a residência do meu namorado. Mas vamos mudar de casa e achava que para mudar a minha residência teria de ter um contrato de arrendamento em meu nome.

Pelo que percebo o contrato de arrendamento pode estar apenas em nome do meu namorado (ou até em nome dos nós dois) e eu apenas solicito a alteração de morada junto dos serviços do cartão de cidadão, deixando assim de ser contabilizada no agregado dos meus pais. É só isto certo?

muito obrigada

 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pelo que percebo o contrato de arrendamento pode estar apenas em nome do meu namorado (ou até em nome dos nós dois) e eu apenas solicito a alteração de morada junto dos serviços do cartão de cidadão, deixando assim de ser contabilizada no agregado dos meus pais. É só isto certo?

Sim. Se vem mudar de casa em breve, talvez valha a pena esperar para não teres de atualizar os documentos outra vez daqui por uns meses... mas isso fica ao teu critério.

Se para mudar de morada fiscal fosse preciso o contrato de arrendamento, os pais tinham todos que fazer um com os filhos que moram com eles, por exemplo, para poderem ter a morada fiscal dos pais - não faz muito sentido, pois não? :)

 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Realmente, vendo as coisas por esse prisma sera fácil perceber que não faz muito sentido :D

Muito obrigada por toda a ajuda prestada! Deveras agradecida :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Boa tarde!

Bem, acabo de perceber que a informação das entidades públicas sobre este tema é muito escassa e confusa.

Fiquei com dúvidas relativamente a uma questão. Vi vários artigos sobre prazos de alteração de morada que referem que se não alterar dentro de um timing, tenho que pagar multa entre 50 a 100.

Alguém me sabe confirmar se efectivamente o exposto é verdade, e se sim, qual o prazo.

 

Muito obrigado,

Nuno Tavares Pinto

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor