Visitante Ricardo (visitante)

Ajuda, empréstimo Bancário.


3 publicações neste tópico

Boa tarde,

Gostaria de obter ajuda em relação a um problema que os meus pais estão a ter neste momento.

Os meus pais têm um empréstimo que neste momento está no valor de 27 mil euros, feito na altura no Banco Espírito Santo. Eles estavam a pagar o empréstimo normalmente, quando à cerca de 2 anos deixaram de conseguir pagar esse valor. Foram ao banco e pediram se podiam baixar o valor da prestação para continuarem a pagar. No entanto foi lhes rejeitado esse pedido, e a única alternativa do banco era eu contrair um empréstimo em meu nome e resolver a questão. Até hoje os meus pais não voltaram a   pagar nenhum valor do empréstimo, nem receberam qualquer notícia do banco. Ate que esta semana receberam uma carta do banco com o título "Vencimento antecipado de contrato" onde diz que têm 5 dias para pagar o valor de 27 mil euros. 
Os meus pais não têm possibilidades pagar o montante indicado, o podemos/devemos fazer para resolver a questão? 

Agradeço a atenção.

Ricardo.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Bem, eles romperam o contrato durante 2 anos(!), o banco está no seu direito de exigir a terminação imediata...

Mas eles não pagaram mesmo nada? Não tentaram fazer pelo menos pagamentos parciais, ou ir pagando a cada 2 meses ou assim? Em 2 anos sem pagar, os juros vão aumentando à dívida, o que vale é que o montante até nem é assim tão elevado como isso e que os juros andam em mínimos de sempre, senão em vez de 27, se calhar eram já mais de 30!

Embora tenha terminado no fim do ano passado, há 2 anos estava em vigor legislação que obrigava os bancos a colaborar com os clientes no sentido de resolver essas situações (ver PARI e o PERSI) - assim que eles foram ter com o banco a avisar que iam entrar em incumprimento, o banco devia ter facultado um documento com os seus direitos e deveres. E eles podiam ter pedido para serem integrados no PERSI. Alguma destas coisas aconteceu?

Dizes que o banco apresentou uma alternativa - chegaram a responder a essa sugestão? Como é que se passou de "têm aqui uma alternativa" para estarem 2 anos sem pagar?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

muito provavelmente o banco vai tomar medidas para reaver o dinheiro que emprestou, essa carte foi o primeiro passo, o segundo será provavelmente começar por pedir a penhora de parte dos ordenados.

os problemas não desaparecem por os ignorarmos

 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead