José Santos

bancos Conta jovem - Qual o melhor banco?


8 publicações neste tópico

Olá,

Antes de mais, devo informar de que sou novo nestas andanças, no entanto, pretendo aprofundar os meus conhecimentos nestes mesmos assuntos.

Acho também pertinente apresentar-me, para que vos contextualize na minha situação. Tenho 21 anos, terminei o meu curso este ano e apenas tive uma conta bancária, quando era criança, no banco Nova Rede (antigo BCP), mas que foi fechada.

Pessoalmente, não tenho sentido necessidade de uma conta bancária. Ou seja, simplesmente tenho resolvido a minha vida sem acesso a uma (com o meu nome e possibilidade de levantar dinheiro, efectuar transferências, pagamentos, DP's, etc). Mas claro que me tinha dado jeito, tinha-me dado outras possibilidades em termos de autonomia.

Há uma semana atrás, fui convidado a fazer Erasmus + e um dos requisitos é que lhes dê uma conta em meu nome para que possam efectuar transferências com as ajudas de custo. 

Após dias a comparar bancos e a ler tudo o que consegui neste fórum, cheguei à conclusão de que, para já (para esta conta), darei uma prioridade maior aos bancos de retalho, pois, apesar de preferir a componente online de um banco, acho que os bancos online não me satisfazem por completo, pois, depois do erasmus, irei para o ano que vem estudar para fora durante um ano. Para além de que sou ainda novato nesta questão e de certa forma, acredito que, caso tenha alguma dúvida, o acompanhamento seja maior (não conto que seja muito maior ou melhor, penso apenas que não estou tão sozinho).

Neste momento, a minha escolha recai para a CGD, para a conta Caixa Jovem Extracto, sem despesas de manutenção (requisito), Cartão Débito e têm também um cartão de crédito que permite pagamentos sem comissão fora de Portugal (cartão ISIC Erasmus), se bem que preferia um cartão de débito recarregável (Estilo cartão Free Travel do Millenium BCP). Algo que também me interessa é a remuneração sobre o saldo, algo que esta conta da CGD também proporciona (embora que sejam juros muito baixos). O que para já, como ainda não tenho muito dinheiro, serve. Os meus pais têm conta CGD, de modo que não há custos interbancários.

Pretendo também, assim que reunir mais capital, investir em fundos de investimento e, eventualmente, acções, mas não para já, pois não possuo capital que justifique o investimento AKA estou liso.

É importante referir que não estou de momento a estudar, visto ter acabado há uns meses o curso e de estar a trabalhar como freelancer na área de cinema e fotografia.

Gostava portanto que me aconselhassem, atendendo à questão de que, de momento, não tenho muito dinheiro livre porque está investido em equipamento e de que será a minha 1ª conta.

Obrigado,

Cumprimentos

 

 

Editado por José Santos
0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Só não compreendo muito bem porque prefere os bancos de retalho se está a pensar ir para fora. O maior trunfo da banca tradicional é a maior rede de agências para quem não se sente bem a tratar das coisas à distância. Mas se está a pensar ir para o estrangeiro, de que serve ter muitas agências físicas? O contacto será à distância logo a banca online e banca retalho estão em igualdade de circunstâncias.

Se essa conta da CGD não tem despesas de manutenção nem de cartões, tudo bem, mas aviso já que para o resto das transferências existem comissões. Não deve pensar que a única conta para a qual vai precisar de transferir dinheiro no futuro é a dos seus pais.

Não sei qual o país para onde pretende ir, mas todos os cartões de crédito que conheço permitem fazer pagamentos sem comissões fora de Portugal, desde que seja na zona Euro. Fora disso penso que todos cobram alguma comissão.

Se quer um cartão recarregável, então o mais indicado é o ActivoBank, que tem o cartão Boost (para jovens até aos 30 anos). O ActivoBank também não tem comissões de manutenção de conta e as transferências são todas gratuitas.

1

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

De certeza que o cartão de crédito te fica gratuito? É que vejo no preçário uma desnecessária anuidade de 20€. (Estranhamente vejo que existe também um outro cartão de crédito ISIC com uma anuidade mais barata e teoricamente isentável mas mesmo assim acho que não compensa...)

Quando fiz Erasmus também levei um cartão ISIC. Serviu de cartão de crédito e mais nada. Não utilizei esse famoso "cartão internacional de estudante" uma única vez durante 1 ano.

Eu cá também olhava para a oferta do ActivoBank com atenção. Zero despesas de manutenção, cartões de crédito, pré-pago e débito gratuitos, transferências gratuitas...

Se não vives perto de um ponto do AB, nem é problema: podes tratar quase tudo online ou por telefone ou num balcão do Millennium BCP. Em 4 anos nunca *precisei* de ir uma única vez a um balcão. Agora se o facto de não teres um balcão dedicado perto de ti te fizer impressão, compreendo... Mas é sobretudo uma barreira psicológica.

1

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pessoalmente recomendava o Crédito Agrícola. Até aos 30 anos inclusive, tens acesso a uma conta jovem sem custos de manutenção + transferências nacionais e internacionais SEPA sem custos + serviço online autenticado sem recurso a cartão físico matriz(os cartões matriz tem validades de 6 meses na maior parte dos bancos e terás que pedir a alguém que te envie/dite o cartão quando estiveres fora) que no caso do CA este usa exclusivamente códigos via SMS com discriminação dos valores e do que se trata ao certo(o que o torna mais simples, cómodo e seguro).

Em pagamentos com divisas que não o Euro, é o único banco nacional que não cobra a taxa internacional de processamento(1% do valor pago), cobrando unicamente 1.7% da taxa de conversão(nos outros bancos é 2.7%).

Tenho conta lá à uns anos e zero problemas, até têm sido bastante zelosos, à coisa de uns meses quando fui ao USA telefonaram-me a perguntar se estava tudo bem pois tinham detectado movimentos estranhos com o meu cartão de débito(pagamentos no USA). O MBNet funciona bem neste banco, tenho também um cartão de crédito neles e zero problemas(bater na madeira). Têm apps para Android, iOS e Windows Phone, e o serviço online via web browser nunca me deixou sem poder entrar devido a manutenção(como acontece com a CGD).

Posto isto têm a grande vantagem de terem uma quantidade enorme de balcões, muitos deles em locais onde nem existem outros bancos(zonas rurais, fora das grandes cidades).

É um banco com história(+ de 100 anos), tradicionalmente de fomento à industria/agricultura, e que por isso mesmo não tem uma exposição aos mercados/estrangeiro bem como ao crédito habitação como grande parte da banca nacional.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Por acaso trocou os termos. O que não se paga é a taxa de conversão (1%). Nos cartões do crédito agrícola paga-se 1.7% da taxa de processamento.

Um facto interessante. Embora os pagamentos com os cartões do CA sejam mais baratos fora da zona euro do que outros bancos, para levantamentos a débito já não é sempre o caso. O CA leva 2.5€ + 5.03%, enquanto que por exemplo na CGD a comissão é de 3,5€ + 2.9%.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Ligaram-me hoje da minha escola a lembrar de que tinha de enviar hoje os dados para eles darem seguimento ao processo do Erasmus, de modo que tinha de fazer a conta hoje.

Ainda fui ao BCP e NB, mas acabei por escolher a CGD.

No BCP, tentei pedir informações sobre o AB, mas fecharam-se em copas e que nem sequer conseguiam abrir lá conta e que funciona de forma independente do Millennium...

Esta conta funciona apenas até aos 25, altura em que, se a situação não se alterar, mudarei para AB ou algo do género, só que de momento, ainda existe essa questão dos balcões físicos que me incomoda (sei que é psicológico e que provavelmente não hei-de ir mais de uma ou duas vezes à CGD tratar de alguma coisa) e que se houver algum problema a tratar ou algum murro na mesa a dar. Acho que de momento, é o que me satisfaz.

Não me safo é dos míseros 0.15% TANB na conta poupança nem dos 9€ anuais de anuidade C Débito...

Obrigado

 

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Claro que nao, eles só permitem levantamentos e depósitos ao balcao, o Activo Bank é um banco à parte. Uma especie de uzo e meo.

Editado por elbmurcs
1

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Já estava a achar muito não pagar o cartão de débito na CGD. Sim, para comissões esses estão sempre prontos. Só mesmo os cartões de débito que tb servem como cartões de identificação de aluno e que se têm continuado a escapar.

1

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead