Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
anaritapaula

Reenbolso de IRS

9 publicações neste tópico

Gostaria de saber se é possivel um casal sem filhos, sem despesas de educação, sem despesas de casa, com as despesas de saúde normais, mas que faz as devidas retenções na fonte (supondo que estas são mais que suficientes para colmatar as despesas que o estado tem com ambos), pagar irs em vez de ser reembolsado?

ARP

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Sem valores em concreto é impossível responder a essa pergunta  :)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Gostaria de saber se é possivel um casal sem filhos, sem despesas de educação, sem despesas de casa, com as despesas de saúde normais, mas que faz as devidas retenções na fonte (supondo que estas são mais que suficientes para colmatar as despesas que o estado tem com ambos), pagar irs em vez de ser reembolsado?

ARP

Parece uma contradição pois se a retenção foi bem feita e ainda têm algumas despesas não deveriam pagar nada, mas sim receber, mesmo que pouco. No entanto, como os escalões de IRS foram alterados em 2008, mensalmente a retenção foi menor, logo, como consequência, o que não se pagou por mês vai-se pagar no final do ano  :) :)

Isto está a acontecer a pessoas que têm poucas despesas que  anulem "a poupança" de IRS mensal!!!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Parece uma contradição pois se a retenção foi bem feita e ainda têm algumas despesas não deveriam pagar nada, mas sim receber, mesmo que pouco.

Nao vejo porque... as formulas de calculo da retençao na fonte e do calculo do imposto nao tem nada a ver uma com a outra...

Por exemplo, no meu caso, se meter so´ os dados da declaraçao da minha empresa, tenho a pagar cerca de 450€, isso e´ normal. Mesmo com algumas despesas que tenho para declarar, vou acabar por ainda ter que pagar alguma coisa. Pelo menos o dinheiro foi ficando do meu lado ao longo do ano e eu fui aproveitando para o ter a render qualquer coisa ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Nao vejo porque... as formulas de calculo da retençao na fonte e do calculo do imposto nao tem nada a ver uma com a outra...

Por exemplo, no meu caso, se meter so´ os dados da declaraçao da minha empresa, tenho a pagar cerca de 450€, isso e´ normal. Mesmo com algumas despesas que tenho para declarar, vou acabar por ainda ter que pagar alguma coisa. Pelo menos o dinheiro foi ficando do meu lado ao longo do ano e eu fui aproveitando para o ter a render qualquer coisa ;)

Pois é Paulo, por isso é que eu digo que parece uma contradição....

Acho que muita gente se habituou a ser reembolsada, mas com poucas despesas e bons rendimentos, há que pagar e como dizes, pelo menos o dinheiro ficou do lado do contribuinte, que fez dele o que quis.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Nem acredito na simulação que fiz hoje do meu irs 2008.

Sempre fui reembolsada e este ano vou pagar, com valores praticamente iguais!!!

Não estava nada mesmo à espera desta surpresa.

O meu marido pensou que era mentira de 1 de Abril.

Desculpem o meu desabafo  :'( :'(

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Nem acredito na simulação que fiz hoje do meu irs 2008.

Sempre fui reembolsada e este ano vou pagar, com valores praticamente iguais!!!

Não estava nada mesmo à espera desta surpresa.

Das duas uma - ou eras reembolsada de muito pouco e vais pagar muito pouco (entre um reembolso de 30€ e ter que pagar 30€ a diferença é de apenas 60€ - se o imposto apurado for de 4000€, por exemplo, esses 60€ de diferença não representam uma oscilação assim tão significativa).

Senão, olha para o apuramento final do IRS do ano passado e do deste e vê quais são os valores que mudaram bastante. E depois vai esmiuçando a partir daí. Por exemplo, as taxas de retenção na fonte desceram bastante nos últimos anos - o Estado vai ficando com menos ao longo do ano o que significa que, agora no acerto de contas, recebes menos ou tens mesmo que pagar o que ainda falta.

De qualquer forma, tens que ver as coisas pelo lado positivo - o facto de teres ainda que pagar alguma coisa, quer dizer que o dinheiro esteve do teu lado este tempo todo. Tiveste a oportunidade de por esse dinheiro a render juros no banco, por exemplo. Se fosses a ser reembolsada por ter pago a mais, o Estado não to dava com juros ;)

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

pauloaguia

Obrigada pela resposta, mas eu no ano passado recebi perto de 600 euros e este ano vou pagar cerca de 100.

Quanto a meter o dinheiro no banco, até me ri.... ;D ;D de mim, claro! Quase não dá para viver que fará depositar.

Espero que tudo melhore!

Boa Páscoa

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

pauloaguia

Obrigada pela resposta, mas eu no ano passado recebi perto de 600 euros e este ano vou pagar cerca de 100.

Quanto a meter o dinheiro no banco, até me ri.... ;D ;D de mim, claro! Quase não dá para viver que fará depositar.

Espero que tudo melhore!

Boa Páscoa

Mas afinal o que é que mudou tanto de um ano para o outro? Dizes, "com vlaores praticamente iguais", este ano pagas 100 e o ano passado recebeste 600 €. Provavelmente tens menos despesas. Não me parece que as mudanças nas tabelas de 2008 justifiquem uma alteração tão grande!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0