R.T.

IRS e o Subsidio de Maternidade

6 publicações neste tópico

A minha mulher esteve de Subsidio de Maternidade vários meses no ano passado, tendo recebido o respectivo subsidio (ordenado) da Segurança social.

Este ano recebeu da entidade patronal o papel com os rendimentos de 2008 para preencher o Irs, e os subsidios da segurança social são colocados no Irs como rendimentos???

Agradeço esclarecimentos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

R.T.

Os subsídios de maternidade, paternidade, desemprego, etc.., não se declaram.

Girassol

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este ano recebeu da entidade patronal o papel com os rendimentos de 2008 para preencher o Irs, e os subsidios da segurança social são colocados no Irs como rendimentos???

Mas na declaração da entidade patronal vêm englobados com os restantes rendimentos ou discriminados à parte?

No primeiro caso tem que pedir que lhe passem outra, correcta, que permita às Finanças, caso tenhas que apresentar essa documentação, distinguir claramente a proveniência dos rendimentos.

No segundo caso, não há problema nenhum. Basta não declarares essa parcela, como diz a Girassol.

De qualquer forma, se meterem o IRS por via electrónica, vai dar logo para perceber se os valores estão a ser bem considerados ou não, porque já vêm preenchidos...

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A entidade patronal não tem conhecimento dos valores que são pagos pela segurança social a título de subsídios, logo, a declaração de rendimentos está correcta.

A segurança social, para efeitos de atribuição do abono de família, para a determinação do escalão, considera os rendimentos anuais ilíquidos do agregado familiar auferidos em território nacional ou no estrangeiro, provenientes de:

- Trabalho dependente;

- Actividades empresariais e profissionais;*

- Capitais;

- Rendimentos prediais;

- Pensões;

- Prestações sociais compensatórias da perda ou inexistência de rendimentos de trabalho (por exemplo: doença, desemprego, maternidade e rendimento social de inserção).

Portanto, só para efeitos de atribuição de abono de família, é que se tem em linha de conta os rendimentos declarados e os subsídios recebidos.

Girassol

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu percebi mal a pergunta - tinha ficado com a impressão que R.T. dizia que vinha tudo na declaração patronal. Mas acho que interpretei a frase de forma errada :-\

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Olá

Esta situação continua válida?

Cumps

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead