rfag02

Crédito habitação - taxa fixa


6 publicações neste tópico

Tenho um crédito na CGD e foi-me proposto mudar para uma taxa fixa de 1,94 % durante 9 anos dos 10 que faltam para terminar e no último ano a taxa será a euribor a 6 meses mais o spred de 0,75%  que é o que tenho actualmente. A CGD garante que não haverá alteração do spred e que a única alteração ao meu actual contrato será quanto às amortizações antecipadas ou liquidação do total do empréstimo, que actualmente permite amortizações sem penalização se o valor for até 50% do capital em divida.

Gostaria de saber se face aos actuais valores da taxa euribor e tendo em conta a sua evolução quando a economia e a inflação começarem a ter crescimentos significativos se será aconselhável aderir ao sistema da taxa fixa e se não poderei ficar a perder no final. 

Sei que não é possível prever a evolução da euribor para tantos.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Amortizações parciais na sua atual situação, têm uma comissão de 0,5%. Se aceitar mudar para taxa fixa, têm comissão por cada amortização parcial de 2%.

Em que mês atualiza a euribor? Suponhamos que tenha sido em maio. A sua TAN seria de 0,807%. Eles estão-lhe a propor que mude para 1,94%...

Se mudar agora, para além do factor relativo à comissão pela amortização, perde pois não é previsível que a euribor comece a subir nos tempos mais próximos!...

Proponha-lhes taxa fixa de 1%, sem alteração de spread como lhe disseram, com a condições de no final desse período voltar para spread 0,75% e euribor a seis meses. Se tiver resposta negativa, tem a resposta à sua dúvida, deixe-se estar como está.

Editado por ABCD
correção ortográfica.
1

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

deixe-se ficar como está. a euribor vai andar anémica pelos próximos anos e quando começar  subir não subirá 1% de uma vez.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Muito obrigado pelas opiniões que me deram e que me ajudam a decidir. Não andam longe de outras que obtive em sítios internacionais embora relativos  a outras economias e mercados que não o nosso.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

É óbvio que vou ficar como estou. A minha taxa é revista em Novembro com base na média da euribor a 6 meses do mês de Outubro. As revisões não me trazem grandes reduções na prestação pois grande parte dela é amortização do capital.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Não andam longe de outras que obtive em sítios internacionais ...

Que sítios são esses?

A minha taxa é revista em Novembro com base na média da euribor a 6 meses do mês de Outubro.

As revisões não me trazem grandes reduções na prestação pois grande parte dela é amortização do capital.

A prestação mensal não sofre alterações durante cada período de de 6 meses. No entanto, o que varia é o valor da amortização do capital e dos juros onde, respetivamente, um aumenta e outro diminui...

As grandes reduções na prestação, ocorrem apenas quando efetua amortizações "extras" (ou parciais) sobre o capital em divida!...

1

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead