Entrar para seguir isto  
Seguidores 0
Zé das Facas

Fim do periodo de isenção da SS, recibos verdes


4 publicações neste tópico

Olá,

Inscrevi-me em Maio de 2014 como trabalhador independente nas finanças. Foi-me dito que teria um ano de isenção nas contribuições para a segurança social e que deveria começar a pagar em Outubro de 2015, que é quando fazem as actualizações tendo em conta o IRS do ano anterior. Parece-me que está na hora e a minha dúvida prende-se com o que fazer: é suposto contactarem-me da SS informando qual o montante mensal a pagar daqui em diante ou terei de ser eu a contactá-los?

Obrigado!

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

A base de incidência é fixada pela SS este mês e é suposto receberes uma notificação com o valor das contribuições a pagar. As contribuições são para pagar até ao dia 20 do mês seguinte portanto, mesmo que houvesse alguma coisa para pagar relativa a este mês, seria sempre só para pagar no próximo...

Não sei ao certo como funciona a notificação hoje em dia (eu estou isento porque acumulo com atividade por conta de outrem por onde já desconto), mas diria que se não receberes nada até ao fim do mês, é melhor ires perguntar na SS. Até lá creio que ainda está tudo bem...

 

Também não perdes nada em aderir à SSDireta, se ainda o não fizeste...

Editado por pauloaguia
0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado Paulo!

Vou aderir à SSDireta penso que ainda não o fiz não.  Afinal já lá estou inscrito!

Já agora, relativamente à história de acumular actividade independente com dependente. Como é que calculam o valor a pagar? Os valores usados são sempre só os da actividade dependente? Ou seja, aquilo que declaras como actividade independente não entra para base de incidência em Outubro do ano seguinte?

Editado por Zé das Facas
0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Como já desconto pela atividade por conta de outrem estou automaticamente num regime de isenção de descontar pela atividade independente. A questão da base de incidência nem sequer se coloca... Eu podia à mesma optar por prescindir da isenção e descontar pela atividade independente, mas os valores são tão baixos (trata-se de trabalhos ocasionais) que não teria qualquer vantagem nisso...

Dá uma vista de olhos ao site da SS para mais detalhes: http://www4.seg-social.pt/trabalhadores-independentes

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

Entrar para seguir isto  
Seguidores 0