master-chief

Controlo do Arrendamento de Curta Duração Email Financas


10 publicações neste tópico

2n993zl.jpg


Recebi isto à pouco...

isto supostamente é mesmo para fazer o quê? 
Nao estou a perceber se é para enviar de novo os dados corrigidos do IRS?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

2n993zl.jpg


Recebi isto à pouco...

isto supostamente é mesmo para fazer o quê? 
Nao estou a perceber se é para enviar de novo os dados corrigidos do IRS?

Pode ter-se dado o caso de algum "inquilino" ter indicado valores diferentes dos que o proprietário declarou. Você deve saber os dados que apresentou no IRS. Se contratou alguém para fazer o IRS por si, deverá verificar se os valores declarados batem certo com os valores recebidos.

De acordo com a informação da AT, nos anos 2013/2014 arrendou imobiliário, recebeu um valor e declarou outro diferente no IRS.

Some os valores constantes nos recibos (chegou a efetuar contrato e emitir recibos?) para cada um daqueles anos e verifique se estes são diferentes dos que declarou.

Independentemente de haver discrepâncias, apresente comprovativos dos rendimentos nesses anos na repartição de finanças da sua localidade o quanto antes. Não vá lá, perder tempo, fazer a mesma pergunta que deixou aqui!...

Editado por ABCD
1

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Obrigado

Essa informação que recebeu, insere-se na fiscalização que as "finanças" implementaram (através de despachos do secretário de estado das finanças) algum tempo atrás. Já dei conta noutro tópico relacionado com o arrendamento, de que a fiscalização já vai em 2014. Não falta muito para que esta seja feita com uma diferença menor.

Não deixe passar muito tempo. As coimas, como foi alertado, são a doer.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pelo que já andei a ler

isto basicamente deve ser efectuar a recontagem dos valores das facturas, ir ao site das finanças e efectuar uma correçao do IRS relativo ao ano e enviar, certo?

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Eu iria à repartição das finanças com os elementos todos.

Deixo a link com a informação que referi à pouco: http://www.forumfinancas.com/topic/3420-arrendar-uma-casa-legalmente-prós-e-contras/?page=4

1. Não é bem assim... Celebrou um contrato em 2011 e deveria ter declarado as rendas que recebeu no seu IRS. Independentemente de terem sido 2 meses ou terem sido 12 meses, "omitiu" as rendas que recebeu aquando da escritura do contrato. Assim, deverá fazer o que lhe indicam e aguardar pela "penalização" respetiva.

2. Caso tenha dúvidas deve dirigir-se à sua repartição de finanças e solicitar esclarecimentos ou em alternativa consultar um advogado...

O fisco, acabou de verificar os contratos dos contribuintes nos 4 anos anteriores a 2015. A partir de agora irá verificar, e fiscalizar, com maior regularidade.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Pelo que já andei a ler

isto basicamente deve ser efectuar a recontagem dos valores das facturas, ir ao site das finanças e efectuar uma correçao do IRS relativo ao ano e enviar, certo?

Mas já identificou alguma diferença entre as facturas emitidas, o valor declarado no IRS ou os valores da renda segundo o contrato de arrendamento (supostamente registado nas Finanças)? O ideal é antes de ir às Finanças tentar perceber o que se passou, para mais rapidamente poder regularizar a situação.

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

já fui visitar as finanças...

rever irs e iva mapas

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

consegui para ja perceber que aquilo é um email geral... tipo spam que está a ser enviado para todos os contribuintes com actividade aberta

alguns emails vao diferir nalgumas partes, como disseram nas finanças

sobre o meu caso, é possivel que uma terceira parte envolvida tenha sido utilizada para cruzar uma teia sobre os rendimentos obtivos... mas como nao quero problemas vamos rever a papelada toda

 

é o problema de estar tudo "online"

0

Partilhar esta publicação


Link para a publicação
Partilhar noutros sites

Este conteúdo terá de ser aprovador por um moderador

Visitante
Está a comentar como Visitante. Se já se registou, por favor entre com o seu Nome de Utilizador.
Responder a este tópico

×   Colou conteúdo com formatação.   Remove formatting

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor